Iniciar sessão ou registar-se
    • ES
    • 16 março 2009 editado

     # 1

    Olá ao forum,
    uma das paredes da sala da casa que estou a remodelar apresenta manchas que me foram descritas pelo vendedor como um problema de salitra ... gostava de saber se conhecem alguma solução eficaz para colmatar este problema, as tintas anti-salitra existentes no mercado (nomeadamente da robbialac) serã eficazes ..??? ou existem outras soluções melhores ?, existe alguma maneira de confirmar se é mesmo salitra ou humidade ?? é que de facto numa area de 90m2 de sala, só uma das paredes é que apresenta uma mancha aí de meio metro, mas está a descascar toda e forma "bolhas" opadas na tinta ... obg desde já pelos v/ comentários, ES
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Luis K. W.
  1.  # 2

    O salitre (uma espécie de de pó branco que "efloresce" nas paredes) resulta de uma reacção química do revestimento que foi originalmente aplicado nas paredes, com a água/humidade que a parede tenha entretanto apanhado (até pode ser água que sobe pelas paredes, no piso térreo, por capilaridade).

    Portanto, se tem salitre é quase certo que também tem humidade.

    O mais seguro é picar as paredes e aplicar um novo reboco com aditivo ou primário anti-salitre (procurar aqui no Forum, ou no Google). Mas não se esqueça que isto trata o SALITRE, mas não a humidade que o originou.
    Concordam com este comentário: nunogouveia
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Janaína Mateus
  2.  # 3

    Razão pela qual, normalmente se diz que o salitre é um cancro sem cura.
    Concordam com este comentário: Nôa
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Janaína Mateus
  3.  # 4

    O salitre nunca mais desaparece....

    O melhor é forrar em pladur, é garantido....
    Concordam com este comentário: Nôa
  4.  # 5

    Colocado por: 2970713o salitre é um cancro sem cura.
    Colocado por: vasco tomeO salitre nunca mais desaparece...
    A sério? Olhe que não... olhe que não...
    Para acabar com o salitre, deveria ser "suficiente" acabar com a humidade que alimenta a reacção química que provoca o seu aparecimento. Ou aplicar um produto que neutralize essa reacção.
  5.  # 6

    nop
    nop

    Já tentei com varios produtos que os vendedores sempre dizem milagrosos e dpois 1 ou 2 anos aparece, por vezes no mesmo local outras por cima da zona isolada.

    Dizem que funcioca picar o reboco até ao tijolo, valar bem para tirar o pó, deixar secar, aplicar um produto que vidra o tijolo, aplicar um reboco da kerakoll que deixa a parede respirar e pintar com tinta propria.
  6.  # 7

    Vasco,
    O salitre não aparece do nada.
    É um sal (resultado de uma reacção de substância ácida com outra básica) solúvel que ao cristalizar provoca o «salitre».
    Resulta (PROVAVELMENTE) de algum sal misturado na areia com que se fez a argamassa, ou que veio desde o solo juntamente com a água que sobre por capilaridade, e que reage com a presença da humidade.
    Há várias hipóteses:
    . tentar remover a extensão de revestimento de parede minada (quase impossível);
    . pode tentar-se eliminar a causa da humidade, com drenos, tinta membrana, produtos hidrófogos... (difícil, uma vez que as paredes são porosas, e a humidade pode vir de todos os lados);
    . pode aplicar-se um processo químico de migração de sais (não creio que este remédio dure para sempre);
    (nota: qualquer destes tratamentos deve estender-se a uma área bem maior que aquela que aparenta estar afectada).

    . e pode tentar-se fazer todas estas 3 e ainda colocar uma parede de pladur forrada a azulejo na frente para o caso de tornar a acontecer! :-))
  7.  # 8

    gostei da ultima hipotese, mas falta a mais eficaz:

    -derrubar a parede e ficar a sala e o terraço tipo openspace....., é garantido que o salitre desaparece totalmente.
    Concordam com este comentário: Nôa
  8.  # 9

    Colocado por: vasco tome
    Dizem que funcioca picar o reboco até ao tijolo, valar bem para tirar o pó, deixar secar, aplicar um produto que vidra o tijolo, aplicar um reboco da kerakoll que deixa a parede respirar e pintar com tinta propria.

    Fiz isso em casa da minha mãe e a verdade é que já lá vão 6 anos e ainda não apareceu. Mas em vez do produto para vidrar, apliquei uma argamassa de salpico (1 areia/ 1 cimento) aplicada com força com as costa da colher de pedreiro

    Existem outras soluções para o problema mas nenhuma delas barata. uma é a utilização de rebocos especiais, como o Weber.Dry.Sane, que já utilizámos e que ao fim de 5 anos, também continua bom. Mas a 0,52€ por kilo com um consumo de 15kg/m2 x 3cm, é caro. A Robbialac têm também um sistema parecido com os Cappotos/ETICS, que funciona da mesma maneira que o weber.dry.sane.

    Luis
    O facto de eliminarmos a causa dos salitres, não resolve o problema, porque os sais continuam lá e por muitos e bons anos, aparecendo á superfície mais tarde ou mais cedo. Estes rebocos especiais o que fazem, é criar uns depósitos onde os sais se depositam, atrasando o seu aparecimento, mas mais cedo ou mais tarde, eles irão aparecer
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Janaína Mateus
    • ES
    • 17 março 2009

     # 10

    Olá a todos, agradeço desde já todos os v/ comentários, pelo que li, estou a ver que afinal não será tão fácil como pintar apenas com a robbialac anti-salitre.. que era o que estava previsto fazer .., bom então vou seguir a sugestão de mandar picar a parede :( ,o Weber.Dry.sane também exige o processo de picar a parede ?? obg a todos!
  9.  # 11

    O melhor que têm a fazer, é picar 75cm em redor da zona afectada e com uma escova de aço, escovar muito bem o tijolo, até tirar o pó branco da parede (nunca sai totalmente) e depois aplicar o dry.sane ou a outra solução do Vasco. è uma questão de €€€.

    Tenha atenção que a zona afectada, pode ser maior do que está á vista, porque o salitre como vêm de dentro para fora, pode ainda não ter chegado á superfície. Na prática conte em picar e reparar a parede toda
    • ES
    • 17 março 2009

     # 12

    OK. obg pela sugestão,
    isto de remodelar tem sempre imprevistos e os €€€ não param de subir :(
  10.  # 13

    Colocado por: ESisto de remodelar tem sempre imprevistos e os €€€ não param de subir :(


    Esta frase devia ir para os Mandamentos do Fórum
  11.  # 14

    Nós temos dois métodos um para aplicar cerâmica e o outro tanto para cerâmica como para estuque.

    Mais uma vez os links.

    http://www.schluter.pt/2366.aspx

    http://www.schluter.pt/produkt.aspx?doc=6-1-ditra.xml&pg=funktion
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ES
    • jugo
    • 15 abril 2009

     # 15

    Boas
    todo o mundo tem razão
    mas salitre digam o que disserem é considerado o cancro da construção
    pode quase dizer-se que não tem cura mas...
    se eliminar a fonte de alimentação do salitre que é a humidade quase certo tem o probelema resolvido
    pois o salitre reage com a humidade e o resultado disso é que normalmente já para não dizer sempre o salitre
    aparece em paredes viradas ao exterior, ou paredes á volta das casas de banho
    se detetar essa fonte de humidade mata de certo o cancro
    um abraço e disponham sempre
  12.  # 16

    A minha casa tem, na pintura da fachada, umas manchas amareladas e ainda não consegui perceber o que são.
    Será também humidade/salitre?

    Alguém me consegue elucidar?

    Cumps.
  13.  # 17

    diz-me só se estamos a falar de int. ou exterior
    se for no exterior só vendo para melhor diagnosticar e tentar arranjar a solução
  14.  # 18

    Colocado por: gordasdiz-me só se estamos a falar de int. ou exterior
    se for no exterior só vendo para melhor diagnosticar e tentar arranjar a solução


    É no exterior... vou tentar arranjar umas fotos para que possam ver melhor.
  15.  # 19

    ok cá fico a aguardar
  16.  # 20

    Colocado por: gordasok cá fico a aguardar


    Para não "roubar" este tópico, abri um novo sobre o meu problema:
    https://forumdacasa.com/discussion/4164/manchas-na-pintura-foto/#Item_1
 
0.0260 seg. NEW