Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa noite,
    Já demorou mais para as obras múltiplas e em simultânio acabarem em Lisboa.Caos no trânsito,obstáculos para os veiculos e peões...apenas uma ligeira descrição dos acontecimentos.
    Mas agora já se vislumbra o resultado:há muito mais espaço para os peões!!!pistas de bicicletas há-as com fartura.
    Mas e para os automóveis???
    1-vias cada vez mais estreitas e afuniladas...quiçá para acabar-se de vez com o estacionamento em 2a fila...
    2-extinção de lugares de estacionamento em espinhado(o estacionamento passou a ser todo milimétrico e pago)acarretando mais tempo e habilidade para estacionar,com a simultânia paragem do trânsito durante as tentativas para não arranhar a chapa nos milhares de pilaretes metálicos que bordejam os passeios.
    Enfim Lisboa ...ficará melhor ou pior?
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Colocado por: Alexandre SilvaMas e para os automóveis???

    Num percurso que faço diariamente de automóvel [Av- 5 de Outubro (virar à esquerda) - Av. António Serpa - (virar à direita) Av. da República - (virar à esquerda) Av. João XXI.] simplesmente deixei de o fazer!
    Porque:
    1.- Por causa dos "melhoramentos" das faixas de peões (nomeadamente, criando curvas apertadas a 90º para os automóveis), o acesso da Av. 5 de Outubro à Av. António Serpa tem sempre uma fila de vários minutos.
    2.- A Av. da República tinha TRÊS faixas para virar à esquerda para o túnel da Av João XXI e Av. de Roma. Agora, sem qualquer ganho para NINGUÉM, passou a ter DUAS faixas (aumentando em 50% o tempo de escoamento).
    Gostaria de conhecer o génio que se lembrou de criar estes entupimentos.

    A Avenida Praia da Vitória (do lado da 5 de Outubro) passou a ser uma rua sem saída para a Praça do Saldanha. O engraçado é que, quando se chega ao fim da rua, a maior parte dos carros não tem "brecagem" suficiente para fazer a curva numa só manobra. O meu, tem uma brecagem fantástica e não faz.
    Quem terá sido a besta que desenhou aquilo?
  4.  # 3

    Colocado por: Alexandre Silva1-vias cada vez mais estreitas e afuniladas...quiçá para acabar-se de vez com o estacionamento em 2a fila...

    Não consigo perceber como é que alguém pode estar de acordo com isto.
    Bem, até percebo, porque só pode vir de uma pessoa que estaciona em 2• fila recorrentemente.
    Sendo de Aveiro e assistindo todos os dias a esta pratica na Av. Dr. Lourenço Peixinho, gostava de dizer que esta atitude dificulta a circulação de trânsito na Av. é que só pode estar contra que só olha para o seu umbigo.
    Eu se fosse psp e tivesse de apresentar resultados, bastava passar os dias nesta Av.
    Concordam com este comentário: socio
  5.  # 4

    Essas avenidas deveriam era ser fechadas ao transito. As pessoas podem muito bem andar a pé ou de bicicleta. Eu cá na paroquia também só utilizo o carro quando tenho que ir à vila que dista 16km. Para fazer compras vou à aldeia vizinha onde já tem farmácia, bancos, correios, supermercado e vou a pé, são 3 kms. Se eu o posso fazer os lisboetas não são mais do que eu, que vão a pé.
  6.  # 5

    Colocado por: Diogo LimaEu cá na paroquia também só utilizo o carro quando tenho que ir à vila que dista 16km
    Basta ir de minha casa até "ali ao pé", ao escritório, para percorrer essa distância, que são ambos bem dentro da cidade de Lisboa.
    Se eu morasse no Restelo e trabalhasse na zona da Expo, seriam uns 30km. Só ida!

    Colocado por: Diogo Limafarmácia, bancos, correios, supermercado e vou a pé,
    Eu também. Excepto supermercados, onde só vou de 10 em 10 dias, ou de 15 em 15 dias, e carrego, em média, uns 20kg de compras.
    De resto, num raio de 1000m tenho 3 estações de correios, 8 farmácias, uns 15 balcões de bancos, 5 lavandarias self-service, uns 30 restaurantes, 4 piscinas públicas ou semi-privadas, 2 estações de comboio, 3 estações de Metro, etc.... a dificuldade está na escolha.

    !
    Colocado por: Diogo Limasão 3 kms
    Planos?
    Em Lisboa NÃO EXISTEM 3km planos, a não ser nas grandes vias longe do centro (Cpo Grande; Av. República; Av. Berna, etc.). O resto é tudo a subir/descer.
    Em Lisboa chove. E faz muito vento. Aí na sua terra faz sempre sol?

    Colocado por: Diogo Limaos lisboetas não são mais do que eu
    O problema não são os lisboetas.
    O problema é que há meio-milhão de "estrangeiros" que entram todos os dias em Lisboa, e *muitos* vêm da respectiva paróquia de carrinho.
    Provavelmente, *muitos* ... como o Diogo Lima!
  7.  # 6

    Não, nunca paro em 2a fila.As pessoas que o fazem é que não fazem ideia dos constragimentos que causam.Essa gentinha devia ser toda multada.No entanto acho que devia haver mais facilidade para veiculos de emergência chegarem aos locais necessários.
  8.  # 7

    Conheço bem os arranjos de arruamentos de Leiria e Almada.Verifica-se a tendência de haver apenas 1 trajecto possível para atravessar as cidades.Anulam-se os percursos paralelos,que passam a servir o transito local(como em Lisboa na Av.Liberdade) e todo o grosso do transito é empurrado para as mesmas vias que agora são mais estreita e em menor número.
  9.  # 8

    Mudem-se para o campo ou a serras, por estas bandas não existem problemas de tráfego. Terão é um rendimento miserável para os vossos padrões. Alerto-vos já que os galos cantam às 6 da manhã, e se começais a reclamar por isso sois recambiados à origem em menos de um fosforo.
  10.  # 9

    Tanta acidez...todos temos direito a ser felizes:no local onde nascemos ou noutro seja qual for o motivo.
    Há gente miserável em Lisboa e muito rica ,assim como em terras mais pequenas.
    Mas mais vale ser-se pobre em Portugal do que em África ou na Índia.
  11.  # 10

    Colocado por: Diogo LimaTerão é um rendimento miserável para os vossos padrões.
    Nada mais falso.
    Um empregado de escritório, um professor de liceu, um engenheiro da Câmara, um médico de família ganha o mesmo em todo o lado (em Lisboa como em qualquer outro local).
    Mas fora de Lisboa GASTA-SE muito MENOS em habitação, comida, deslocações, etc.
    Colocado por: Diogo LimaAlerto-vos já que os galos cantam às 6 da manhã
    Em Lisboa não precisamos dos galos. Temos aviões.

    Ó Diogo Lima. Acho que tem uma visão um bocado distorcida da vida na cidade.
    É essencialmente a mesma coisa.
    Só que há *mais* oportunidades , mas *MUITÍSSIMO MAIS* competição.
    E faz-se tudo ao dobro da velocidade. Até comer!
    E, normalmente, é a malta da aldeia a primeira a desistir, porque não aguenta a pressão...
    Concordam com este comentário: O.Martins
  12.  # 11

    O Diogo Lima deve ser padre de alguma freguesia do interior.
  13.  # 12

    Por um azar do caraças, além das obras da Av.Republica /Saldanha/ Fontes Pereira de Melo Ainda levo com as obras da Av. Dq. Avila (que vão acabar em Abril de 2016, segundo o cartaz afixado :-) ) ,as alterações nas ruas do Arco Cego, e as maravilhosas obras do programa Uma Praça em cada Bairro ou la como se chama aquilo, que tornam o acesso a Campolide um tormento.
  14.  # 13

    Começa a ser cada vez mais raro dirigir-me ao sul da segunda circular por motivos não laborais.
  15.  # 14

    Sugestão à administração: colocar um campo no software que permita bloquear alguns utilizadores que parecem que andam muito folgados...
    Concordam com este comentário: O.Martins
  16.  # 15

    Eu vou a Lisboa frequentemente e acho que o transito está cada vez pior-

    É filas onde não existiam! Mesmo onde não há obras nenhumas.

    Penso que a cidade está a ser planeada como se fosse uma cidade pequena de um país nórdico, mas na verdade trata-se de uma cidade com problemas crónicos de transito e poluição.

    Há algum planeamento a longo prazo para o transito em Lisboa?

    Mas nem tudo é mau.
    Quando vou a Lisboa fico sempre muito contente por perceber que não moro lá!
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    Não é só aqui no Forumdacasa,é algo generalizado...comentadores descarregam as suas frustrações sem saberem muitas vezes do que estão a falar.Escondendo-se atrás do anonimato de um nickname lançam palavras cheias de preconceitos sem contribuirem para a discussão de uma maneira construtiva...
  19.  # 17

    Reaberto.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Alexandre Silva
  20.  # 18

    Olha...! A Administração resolveu reabrir este tópico!
    (querem lá ver que é por causa da aproximação da data das eleições?!?) :-)

    Houve algumas evoluções desde Dez/2016. Continuo a não fazer o percurso "Av. Álvaro Pais - Av. 5 de Outubro - R António Serpa - Av. da República", mas...
    Colocado por: Luis K. W.2.- A Av. da República tinha TRÊS faixas para virar à esquerda para o túnel da Av João XXI e Av. de Roma. Agora, sem qualquer ganho para NINGUÉM, passou a ter DUAS faixas (aumentando em 50% o tempo de escoamento).
    Gostaria de conhecer o génio que se lembrou de criar estes entupimentos.
    ... REPUSERAM as TRÊS faixas para virar à esquerda - para quem pretende vir da Av da República (EntreCampos) e pretende virar para o túnel da Av. João XXI.
    Agora temos TRES FAIXAS E MEIA nesta zona da Av da República ("meia" porque os autocarros mal cabem no espaço que lhes foi atribuído!)...!

    Colocado por: Luis K. W.A Avenida Praia da Vitória (do lado da 5 de Outubro) passou a ser uma rua sem saída para a Praça do Saldanha. O engraçado é que, quando se chega ao fim da rua, a maior parte dos carros não tem "brecagem" suficiente para fazer a curva numa só manobra. O meu, tem uma brecagem fantástica e não faz.
    Quem terá sido a besta que desenhou aquilo?
    Alteraram o desenho e a curva está mais larga. Aposto que foi aqui o munícipe ("moi") que pagou esta "alteração"...

    Continuo MUITO CURIOSO em saber quem foi o génio que desenhou estas alterações em volta da Av. da República.

    Bem como quem foi o génio que decidiu colocar uns 400 pilaretes metálicos nos passeios do bairro do Arco do Cego (por trás da sede da CGD), que impedem a circulação de veículos de maior porte. Sempre que passo por lá, vejo alguns pilaretes tortos ou derrubados. Segundo os moradores, são os carros do lixo (camarários...) que os derrubam ao fazer as curvas.
  21.  # 19

    Espero que o Luis não me bata mas...

    Depois das obras quase concluídas, a minha opinião é:

    - Mais passeios e mais largos convidando a passeios a pé e de bicicleta.
    - Mais estacionamento para motas (mas insuficiente) e bicicletas. incentivando o uso destes meios de transporte
    - Mais jardins e espaços verdes e o Campo Grande está fantástico.
    - Ruas de sentido único aproveitando o espaço para mais esplanadas e locais de convívio.

    O trânsito está mais complicado (e no túnel da Av. João XXI, sentido Areeiro- Campo Pequeno é o caos todos os dias) penso que com a intenção de afastar o uso do automóvel e incentivar outros meios de transporte. Poderão dizer que os transportes públicos são ineficazes e é possível mas eu concordo com a entrega da cidade aos peões.
  22.  # 20

    Concordo. Está mais bonito, visto de drone, para aparecer nas telenovelas.
    Mas o tráfego está um caos!

    Se querem menos carros na cidade, ponham portagens nas entradas, e estacionamento CARO para os não-residentes (em vez de enfernizar a vida a quem cá mora).

    Colocado por: AlexMontenegro- Mais passeios e mais largos convidando a passeios a pé e de bicicleta.
    Quem é suficientemente doido para fazer bucólicos passeios a pé com bebé nos carrinhos, numa das avenidas mais poluídas da Europa?
    Uma minha familiar morreu de um cancro no pulmão. Não fumava, mas morava num 1.º andar na Av. da República...

    Colocado por: AlexMontenegro- Ruas de sentido único aproveitando o espaço para mais esplanadas e locais de convívio.
    Apelo ao consumismo? ;-)

    Colocado por: AlexMontenegroO trânsito está mais complicado (e no túnel da Av. João XXI, sentido Areeiro- Campo Pequeno é o caos todos os dias) penso que com a intenção de afastar o uso do automóvel e incentivar outros meios de transporte
    QUAL outro meio de transporte?!?
    Daqui a 30(?) anos, quando os automóveis forem maioritariamente eléctricos, ainda irão ser o meio de transporte preferido, e mais eficaz.

    Colocado por: AlexMontenegroeu concordo com a entrega da cidade aos peões.
    Eu também. Mas.... Calma aí! :-)
    Alguém vai do Campo Grande ao Saldanha A PÉ (sobretudo, debaixo de chuva ou de calor intenso)?!? PARA ISSO servem os autocarros e o Metropolitano (que eu também uso!)!
    Os automóveis têm de circular de forma fluida - poluem menos, e não estorvam os veiculos de emergência e os transportes públicos!
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">