Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde a todos,


    Depois de ja ter conseguido o terreno que se adequa as caracteristicas da moradia que pretendo construir, contactei alguns arquitectos para no sentido obter orcamentos.
    Um dos arquitectos que contactei disponibilizou-se para tambem fazer a gestao da obra, mediante um pagamento mensal de 500 Euros . Ou seja, mediante o valor que estou estou disposto a investir na casa ele poderia fiscalizar a obra e aol mesmo tempo negociar os precos com os carpinteiros, picheleiros, electricistas etc.. de modo minimizar eventuais derrapagens orcamentais e ao mesmo tempo garantir que a construcao vai cumprir com os padroes de qualidade pretendidos.
    Por um lado esta e uma solucao que me agrada porque teria um profissional qualificado a zelar pelos meus interesses, uma vez que nao percebo nada de construcao civil e porque o meu trabalho me obriga a longos periodos de ausencia do pais.
    Por outro lado, entregar a obra a uma so pessoa e algo que me preocupa.
    Qual e a vossa opiniao? Acham que esta e a melhor solucao ou nao?
    Muito obrigado.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Não faz sentido ou explicou se mal ....
    Se fizer um mapa de quantidades com tudo detalhado... Mete a obra a concurso. E tem um valor para a obra.
    A gestão é sempre do empreiteiro geral. Portanto não entendo essa do arquitecto de negociar com sub empreiteiros...
    Tem é de ter um técnico para fiscalizar a obra e se entender afectuar os autos de medição e autorizar o pagamento das tranches devidas. Assim como terá de nomear um coordenador de segurança em obra.
    Concordam com este comentário: zedasilva, nunogouveia
  4.  # 3

    Colocado por: Marques22Por um lado esta e uma solucao que me agrada porque teria um profissional qualificado a zelar pelos meus interesses, uma vez que nao percebo nada de construcao civil

    A lei já o obriga a isso mesmo. Chama-se fiscalização. É feita por um profissional qualificado cujo objetivo é única e exclusivamente defender os seus interesses.
  5.  # 4

    Ahhh qual é o problema eu tb faco gestao de obra + fiscalizacao, estou quase todos os dias na obra, coordeno a obra(fora de chaves na mao) e vou á caça dos materiais e de orcamentos etc...mas levo mais do dobro desse arquiteto..
  6.  # 5

    Mas o arquiteto não diz que vai fiscalizar, só gerir, certo?. Ele ao menos explica o que entende por gerir a obra?
  7.  # 6

    Colocado por: riscosgestao de obra + fiscalizacao

    Colocado por: riscosquase todos os dias na obra

    Pois, mas alguns técnicos têm um conceito de gestão de obra um pouco diferente.
    Gerir uma obra obriga uma disponibilidade total. 24 horas por dia e muitas vezes à noite tb.
    Gerir obra não é ir lá de vez enquando e mandar uns mails a uns empreiteiros para dar preço para isto e para aquilo.
  8.  # 7

    Bom dia a todos,


    So para esclarecer a situacao, o arquitecto disponibiliza-se, alem da gestao da obra para fazer a sua fiscalizacao tambem.
    Ou seja, quase todos os dias na obra.
  9.  # 8

    Só 500€/ mês ... Imagino em comissões...
    Mas o arquitecto será também director de obra do Empreiteiro?
  10.  # 9

    Colocado por: Pedro BarradasSó 500€/ mês ... Imagino em comissões...

    Atão?
    Isso diz-se?
    :))
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, riscos, davidspt
  11.  # 10

    Caro zedasilva,



    Os gestores da obra acabam sempre por ganhar comissoes sobre os materiais ou servicos que sao contratados para a obra, isto e certo.
    O meu racocinio e o seguinte: a minha falta de experiencia no ramo da construcao civil e falta de conhecimentos sobre os materiais e especialidades, pode-me levar a cometer erros e esses erros podem custar caro.
    A construcao de uma casa e como outro projecto qualquer. A fase mais importante e o planeamento, com base no orcamento que se pode gastar. Depois e so gerir.
    Muita gente aventura-se em adoptar o papel de gestor da obra e a comprar materiais sem conhecimento, depois aquilo que poupam nos honorarios que teriam que pagar a um tecnico que podia fazer esse trabalho, e aquilo que vao gastar nos prejuizos e nas derrapagens do orcamento, muitas vezes, este valor a duplicar ou a triplicar.
    Por isso, prefiro pagar a quem possa fazer esse trabalho.
  12.  # 11

    Colocado por: Marques22Os gestores da obra acabam sempre por ganhar comissoes sobre os materiais ou servicos que sao contratados para a obra, isto e certo.

    Não deixa de ter razão, mas eu não entendo isso assim. Se sou gestor de uma obra, tenho o dever moral e deontológico de defender o meu cliente. Quando falo em defender não é apenas das eventuais trafulhices de uns e outros, é das minhas tb. Se por ventura consigo um excelente preço numa ou outra tarefa/empreitada, isso deve ficar no bolso do meu cliente, nunca no meu. É para isso mesmo que ele me paga.

    Colocado por: Marques22Por isso, prefiro pagar a quem possa fazer esse trabalho.

    O seu raciocínio está completamente correto.
    Tem é que ter consciência que não se pode fazer gestão e fiscalização de obra por 500€ mês. Nem que a obra seja ao lado do meu escritório.
    A menos que eu esteja a contar ter outros dividendos.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, nunogouveia
    Estas pessoas agradeceram este comentário: nunogouveia
  13.  # 12

    Caro Zedasilva,


    Obrigado pela sua resposta.
    Sem querer ofender ninguem, muita gente pensa em "os empreiteiros ou construtores so nao nos roubam se nao puderem, por isso temos que estar atentos e confirmar sempre se os materiais que estao a colocar correspondem na verdade aquilo que ficou acordado".
    Na minha opiniao, ate pode existir um fundo de verdade nisto. Colocando os pratos na balanca, nao podemos acreditar a 100% que a toda a gente e fiavel, mas tambem nao podemos partir do pressuposto que todos os construtores sao desonestos. Existe todo o tipo de pessoas, o importante e encontrar aqui um meio termo.
    Apesar de nao ser da area da construcao civil, vou fazer questao de controlar cada factura da minha obra e em conjunto com o meu gestor de obra que tambem ira fiscalizar a obra encontrar as melhores solucoes.
    Na minha opiniao e uma mais valia que seja o arquitecto a gerir a fiscalizar a obra, porque melhor do que ninguem ele e a pessoa que melhor pode avaliar se aquilo que esta no projecto e de facto aquilo que esta a ser construido ou nao.
    Eu ainda sou daqueles que pensa: "cada macaco no seu galho".
    Quero investir num bom projecto, com um caderno de encargos onde constem o tipo de materiais e as quantidades necessarios para o melhor controlo possivel da relacao qualidade-preco da obra.
    Em relacao aos 500 Euros por mes que referi, foi valor que o arquitecto me propos.
    Dependendo da zona do pais, os precos variam muito os precos no norte do pais sao diferentes da zona da Grande Lisboa ou Algarve..
  14.  # 13

    Colocado por: Marques22Na minha opiniao e uma mais valia que seja o arquitecto a gerir a fiscalizar a obra, porque melhor do que ninguem ele e a pessoa que melhor pode avaliar se aquilo que esta no projecto e de facto aquilo que esta a ser construido ou nao.

    Em teoria sim, ainda que exista um recomendação da própria ordem dos arquitetos a dizer exatamente o contrário.
    Eu defendo (ainda que possa ser considerado julgar em causa própria) que a melhor pessoa para avaliar/fiscalizar uma obra, será alguém que não tenho conflito de interesses. Quer seja ao nível dos projetos, quer seja em relações privilegiadas com os executantes.
    A sua estratégia é correta e a mais adequada, ainda que num ou outro ponto possa ser afinada e melhorada.
  15.  # 14

    Caro zedasilva,



    Obrigado pelo seu comentario.
    Voce sugere que nao seja o arquitecto a fazer a fiscalizacao da obra, mas sim outra pessoa (para minimizar o risco de conflito de interesses)?
    Quais sao os pontos em que devo melhorar ou afinar a minha estrategia?
  16.  # 15

    Colocado por: Marques22Voce sugere que nao seja o arquitecto a fazer a fiscalizacao da obra, mas sim outra pessoa (para minimizar o risco de conflito de interesses)?

    Sim!
    Ainda que o arquiteto possa ficar com a parte da gestão de obra.

    Colocado por: Marques22Quais sao os pontos em que devo melhorar ou afinar a minha estrategia?

    Garantir pelo menos na fiscalização, alguma isenção.
    Garantir uma boa coordenação dos projetos.
    Garantir uma boa Coordenação de segurança
    Garantir acessoria para as partes burocráticas do processo, câmara, finanças, act etc.
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    Mas se a gestão tem de ser feita pelo empreiteiro.. onde é que o arquitecto vai gerir....!!? vai gerir a obra e sub-empreiteiros do empreiteiro geral!!!?

    desculpem-me mas faz-me confusão.
  19.  # 17

    O meu serviço nao é feito assim. Brevemente se tudo correr bem terei uma na herdade da aroeira, depois vou colocando.
  20.  # 18

    Colocado por: Pedro BarradasMas se a gestão tem de ser feita pelo empreiteiro..

    E pelo DT.
    Mas imagino que se possa tratar de uma obra onde o DO vai adjudicar trabalhos por especialidade e não chave na mão.
  21.  # 19

    Colocado por: riscosO meu serviço nao é feito assim.

    Riscos.
    Que métodos/técnicas utilizas?
  22.  # 20

    Caro Pedro Barradas,


    Basicamente o papel do arquitecto sera:

    - Garantir que o que esta no projecto e de facto aquilo que esta a ser executado sem nenhum tipo de desvio;
    - Supervisionar o empreiteiro e assegurar que todos os materiais que estao a ser colocados sao aqueles que foram previamente combinados, sem nenhum tipo de desvio;
    - Colaborar na escolha dos materiais que serao colocados na parte interior da casa (sim, porque o papel do arquitecto nao se limita a projectar a parte exterior da casa);
    - O arquitecto ira ainda estar envolvido na negociacao dos sub-empreiteiros do empreiteiro geral, de forma a garantir o melhor servico possivel ao melhor preco.

    Ate parece que ando a promover os arquitectos, mas na realidade, depois de muito pensar e analisar cheguei a conclusao que o papel de um arquitecto na concepcao e execucao de um projecto e muito mais importante do que aquilo que se pensa para se conseguir um bom resultado final.

    O papel da fiscalizacao tembem e muito importante.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">