Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas.

    Preciso de uma ajudinha, se faz favor. Vou tentar resumir:

    Condomínio composto por 6 blocos, cada um com 4 apartamentos e 1 loja. O estacionamento exterior tem 32 lugares de estacionamento. É fechado por uma cancela que abre automaticamente com comando por infravermelhos, sendo que em teoria cada fracção tem um comando.

    Os lugares são "marcados", ou seja, à minha fracção corresponde o lugar nº 3.

    Quando o apartamento foi comprado, há quase 3 anos, preocupou-nos ver que os números não eram respeitados. Cada um estacionava onde calhava. Como era inverno, preocupava-nos que no verão, por se tratar de uma zona turística e muito central, pudéssemos chegar a casa e não ter onde estacionar. Alertámos para isto na primeira reunião de condomínio onde estivemos logo nesse ano, mas os restantes vizinhos desvalorizaram e consideraram que era melhor continuar a fazer-se como até ali. Aceitámos e esperámos para ver.

    No primeiro e segundo verões (2017 e 2018) foi mais ou menos tranquilo. Só houve uma ou duas vezes em que não havia lugar onde estacionar, mas deu para improvisar um lugar até que outro carro saísse e pudéssemos estacionar convenientemente e em lugar designado.

    Entretanto, a loja do nosso bloco passou a ser uma agência imobiliária e, todos os empregados (e até clientes ou amigos) estacionam ali no parque privado. Quando algum chega, é-lhe aberta a cancela e estaciona onde quer, muitas vezes temos visto carros com o logotipo da agência no nosso nº 3. Mas sempre sem nos chatearmos. Pois nunca faltando lugar, até pode ser conveniente esta liberdade de estacionamento, pois também nós já aproveitámos outros lugares que não o nº 3 para estacionar quando por exemplo o nº 3 não está à sombra e outros estão. Pode dar jeito nestes termos.

    Ora, não é que esta tarde, o irmão do meu pai que está a passar férias com a mulher no apartamento, chega ao carro e tem um papel que diz "Lugar Reservado - [nome da empresa imobiliária]". Portanto, ele parou no nº 2, que pelos vistos é da imobiliária, e estes, à revelia daquilo que se convencionou em assembleia de condóminos, andam a tentar fazer valer o estacionamento designado para a sua fracção através de papel na viatura de quem lá estacionar.

    Note-se que todos os dias (incluindo hoje), eles lá têm entre 4 e 7 carros. E agora são eles que dão inicio a este tipo de prática.

    Nós a única coisa que queremos e, para ser verdadeiro, agora ainda mais, é que o nosso lugar nº 3 esteja sempre disponível para nós e que ninguém possa fazer entrar mais carros que o número de estacionamentos que legalmente possui.

    Na próxima assembleia de condóminos, que é já dentro de 1 mês, queremos propor um sistema que possa assegurar isso mesmo. É possível? Que sistema é que se poderia implementar?

    Pensámos colocar ferros no chão do lugar com cadeado (ou um sistema deste tipo), para "guardar" o nosso lugar, como já vimos noutros estacionamentos na mesma localidade, mas não é a solução ideal, até porque se formos só nós a fazê-lo, outros continuarão a fazer entrar meia dúzia de carros. Será que existe algum tipo de sistema informático em que cada fracção pode ter apenas um cartão e que cada vez que um carro entra com uso desse cartão, não possa entrar mais nenhum até que este primeiro saia do estacionamento?

    Alguém sabe se isto é possível? Existe este produto? Ou outra alternativa?


    Por exemplo, se cada um tiver um cartão (com chip ou código de barras) e cada um puder associar apenas 3 matrículas a esse cartão, essas 3 matrículas podem entrar desde que apenas 1 de cada vez. Podendo a qualquer momento cada condómino adicionar outra matrícula ou trocar por uma que já não utilize.

    Obrigado.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    acho que está a complicar

    estacione sempre mas sempre apenas no nº3 que é "seu", e quando alguém ocupar esse lugar meta um papel a pedir para não tornar a estacionar que o lugar é reservado. as boas praticas começam em nós e na nossa perseverança.
    Concordam com este comentário: JoelM, Pedro Azevedo78
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
    • size
    • 13 Agosto 2019 editado

     # 3

    Hoje em dia a electrónica faz tudo que o homem queira. Isso é obra, um pouco complicada, que deve obedecer um projeto de âmbito electrónico e informático, a ter que ser apresentado e estudado pelos respectivos técnicos. Não será nada económico.
    Porque não reestruturam o espaço de estacionamento, devidamente regulamentado, com penas pecuniárias aos incumpridores ?
    Concordam com este comentário: zed, desofiapedro
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry

  4.  # 4

    Isso é simples de resolver.
    A gestão de condomínio tem apenas que informar todos os condóminos o numero de lugar que lhe pertence.

    Alertar que tem sido detectada a utilização abusiva por parte de alguns condóminos, se houver bom senso, a coisa fica resolvida.

    Se não houver o bom senso, a assembleia de condóminos pode reestruturar o espaço de estacionamento como já foi dito.
    Concordam com este comentário: ADROatelier
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  5.  # 5

    É simples.
    Cada fracção tem direito ao lugar X.
    Não podem estacionar em mais lugares do que o previsto, nem em maior numero de veiculos por fogo.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  6.  # 6

    Boas!

    Claro que concordo com tudo aquilo que vocês os 4 acabam de dizer/sugerir. O problema é que não estamos a falar de um condomínio com "normal" vizinhança. Aquilo é um caos, pois 80% dos apartamentos são arrendados para férias. Depois há uma loja que mete lá 4 ou mais carros em simultâneo todos os dias, bares que provavelmente fazem o mesmo (não tenho tanta noção pois situam-se um pouco mais "a baixo"), bares que deixam entrar constantemente fornecedores, comerciais, clientes, etc, etc.

    Em Julho e Agosto muito poucas vezes chegamos e temos o nosso lugar disponível, tendo que acabar por fazer como todos os demais e como se convencionou em assembleia de condóminos: estacionar em lugares que não nos pertencem. O que até vinha resultando até ontem, momento em que aqueles que mais prevaricam (agência imobiliária que lá coloca 4 ou mais carros quando só tem 2 lugares) vieram colocar papel no nosso carro a dizer que aquele lugar é deles. Ainda há 3 dias tinham um carro deles estacionado no nosso lugar e ainda ontem no mesmo momento que colocaram o papel, tinham 5 carros nos estacionamentos de outros vizinhos que não lhes pertencem.

    Se nós fizermos como bem sugere o Marco1, se fossem sempre os mesmos vizinhos, passados 2 ou 3 meses estariam todos informados de que no nº 3 não podem estacionar. Problema resolvido. O problema é que esta semana são uns vizinhos, na próxima semana já são outros. Não é possível educar as pessoas e resolver-se assim a situação. Mas claro, se for só para chatear, podemos imprimir uns papéis e colocar em qualquer carro que ali se estacione, apenas vamos fazê-lo "eternamente" e com muito poucos resultados.

    Quanto às "penas pecuniárias" que o size refere, é uma boa questão. Uma das que eu iria colocar em seguida. Em assembleia de condóminos é possível aprovar-se uma pena pecuniária (multa) para quem estacionar em lugares que não lhe pertencem? Bastaria então nós fotografarmos a viatura que estivesse no nosso lugar e enviar a foto para a gestão de condomínio? Outra: É possível nós escrevermos no nosso lugar algo como "Lugar pertence à fracção X, se estacionar chama-se reboque"? Ou seja, é possível chamar-se reboque se houver viatura estacionada na nossa propriedade privada?

    leandro_m, sabemos bem que não vai haver bom senso. Primeiro, a gestão de condomínio não vai conseguir fazer chegar essa mensagem nem a 1/3 dos condóminos. São apartamentos que passam todo o ano vazios, de proprietários que vivem longe, sendo que depois uns 80% dos apartamentos são arrendados no verão a turistas e os outros 20% estão "abandonados" (mais uma razão para haver lugares de sobra... e há, não fosse haver quem lá coloca 4 ou mais carros). Quanto a reestruturar o espaço, não me parece que faça falta, está tudo muito bem organizado e identificado. Aliás, ainda há ano e meio voltaram a pintar os números de cada estacionamento na parede, pois já mal se viam. Agora estão bem visíveis. Grandes e tudo, o nosso nº 3 deve medir uns 25cm de altura e 15cm de largura.

    ADROatelier: exactamente. Mas tal como tudo na vida, há coisas extremamente simples mas ao mesmo tempo extremamente complicadas de se fazer cumprir.

    Mais qualquer opinião ou sugestão agradece-se. Entretanto se alguém conseguir responder às perguntas que deixei aqui meia dúzia de linhas acima a negrito, também seria importante. Também é extremamente simples fazer-se pisca quando se ultrapassa outro carro, e a cada 5 minutos na estrada vimos alguém que não o faz.

    Obrigado.
    • Nelhas
    • 13 Agosto 2019 editado

     # 7

    Indigo,

    Nada mais fácil que reunir o condomínio e definir números de lugares fixos com os DONOS dos apartamentos.
    Incluir na reunião o dono da loja e por cortesia , eu incluía o responsável do espaço da imobiliária para ele entender como funcionar o sistema ( assim não há desculpas).
    Os comandos de abertura de cancela devem ser revistos e restringidos aos donos dos apartamentos.

    Afixam em lugar central de acesso aos apartamentos nota informativa simples e concisa.

    Apartamento X - Lugar 1
    Apartamento Y - Lugar 2
    Apartamento Z - Lugar 4

    Etc.

    Para mais se informa de que cada apartamento só possui um lugar de estacionamento respetivo.
    Caso a sua estadia seja temporária, por favor confirme o lugar de estacionamento do seu apartamento e mantenha-o até ao fim da sua estadia.
    Em caso de não cumprimento, serão tomadas as medidas-....etc etc
    Enfatize as medidas tomadas - Reboque, Policia Municipal , Etc

    E fica o problema resolvido.
    Concordam com este comentário: marco1
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  7.  # 8

    Colocado por: IndigoBerryDepois há uma loja que mete lá 4

    E vai continuar a meter, enquanto ninguém lhes disser nada.
    Concordam com este comentário: Nelhas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  8.  # 9

    Muito bem Nelhas. Tudo depende então das "medidas" a ser tomadas e a que ponto estas podem ou não assustar.

    Que medidas podem ser tomadas?

    Também, "obrigar" o dono da loja ou responsável do espaço a estar presente na próxima assembleia de condóminos, penso que é algo que não podemos fazer. Em alternativa, ocorreu-me agora, podemos pedir à gestão de condomínio para que na convocatória se inclua uma nota de que se vai debater a organização e funcionamento dos lugares de estacionamento? (ao menos assim se ele não for à reunião, depois não tem desculpa se não souber o que se falou/decidiu)

    .
  9.  # 10

    Colocado por: Picareta
    E vai continuar a meter, enquanto ninguém lhes disser nada.
    Concordam com este comentário:Nelhas
    Estas pessoas agradeceram este comentário:IndigoBerry


    Eu diria de outra forma: Vai continuar a meter mesmo depois de alguém lhe dizer alguma coisa. Quase de certeza absoluta. Mas já veremos.

    -
  10.  # 11

    Mete um pino no seu lugar de estacionamento
    Concordam com este comentário: ADROatelier, DR1982
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
      pino.jpg
  11.  # 12

    Aqui está o espaço. O lugar com as linhas vermelhas é o nº 3, que nos pertence. Depois, nessa lateral até lá ao fundo, estão todos os lugares designados. No outro lado da estrada, já junto aos prédios, ainda há vários lugares (dá para mais uns 10 ou 12 carros) não designados, que podiam servir para quando alguém tem uma visita. Mas mesmo com estes 10-12 lugares extra, dado o abuso por parte da agência e provavelmente de mais alguma loja/bar, aquilo em Julho e Agosto chega a encher.
      Screen Shot 2019-08-13 at 12.07.25.png
    • Nelhas
    • 13 Agosto 2019 editado

     # 13

    Colocado por: IndigoBerryMuito bem Nelhas. Tudo depende então das "medidas" a ser tomadas e a que ponto estas podem ou não assustar.

    Que medidas podem ser tomadas?

    Também, "obrigar" o dono da loja ou responsável do espaço a estar presente na próxima assembleia de condóminos, penso que é algo que não podemos fazer. Em alternativa, ocorreu-me agora, podemos pedir à gestão de condomínio para que na convocatória se inclua uma nota de que se vai debater a organização e funcionamento dos lugares de estacionamento? (ao menos assim se ele não for à reunião, depois não tem desculpa se não souber o que se falou/decidiu)

    .


    Pense inversamente.
    Não procure resolver o fim do problema , mas sim a sua origem.
    Caso o dono da loja não queira comparecer está no seu direito.
    As medidas primeiro devem em reunião de condomínio, incluir penalizações para os donos dos apartamentos que não façam cumprir o estipulado.
    Não interessa se alugam para férias , para uma loja ou para uma discoteca.
    Os donos devem fazer cumprir as regras aos seus inquilinos.
    Caso não aconteça , devem ser estabelecidas penalizações para os donos.
    Vai ver se eles não passam a cumprir.
    No seu caso só tem de informar que passará sempre a estacionar no 3.
    Caso esteja ocupado irá chamar sempre a Policia Municipal para rebocar a viatura em incumprimento.



    Colocado por: IndigoBerryQue medidas podem ser tomadas?


    Policia Municipal. Reboque.

    Isso não é via publica.
    É um parque privado com regras de estacionamento, ao qual o acesso a não residentes é Proibido.
    No caso da loja, o dono da loja, inquilino, pode estacionar, mas não os seus 378 funcionários.

    Deve levar a consideração do condomínio o seguinte:

    Acabar com essa balburdia.
    Pintar lugares de estacionamento, com os respectivos números.
    Definir nos lugares que sobram, lugares de visita e cortesia.
    Tudo bem marcado e definido.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  12.  # 14

    Colocado por: NelhasPolicia Municipal para rebocar a viatura em incumprimento.

    A policia municipal não se mete em estacionamentos privados
    Concordam com este comentário: Apostador
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  13.  # 15

    Colocado por: PicaretaMete um pino no seu lugar de estacionamento
    Estas pessoas agradeceram este comentário:IndigoBerry
      pino.jpg


    Foi a primeira ideia que nos ocorreu, mas tem as seguintes desvantagens:

    1 - Pode ser vandalizado (o que até é provável, pois haverá quem esteja em desacordo com a colocação do mesmo) e como nós passamos tempos sem lá ir, às vezes 2 ou 3 meses, não podemos controlar minimamente a coisa;

    2 - Para garantir que temos o lugar livre para nos caber um carro, não basta um pino, seriam necessários 4, um em cada esquina. Se metermos apenas 1, no meio, podem ainda (e vão quase de certeza) outros carros estacionar ocupando parte do nosso lugar;

    3 - O gasto de colocar 1 (ou 4);

    4 - O trabalho que teremos cada vez ao chegar, de parar o carro em frente ao lugar, sair, usar a chave para "destrancar" o pino e, só depois, estacionar. Em dias que sairmos 3 ou 4 vezes, torna-se uma desvantagem relevante.

    .
  14. Ícone informação Anunciar aqui?

    • Nelhas
    • 13 Agosto 2019 editado

     # 16

    Colocado por: Picareta
    A policia municipal não se mete em estacionamentos privados


    Se eu chegar a garagem subterrânea do meu prédio, e uma carro bloquear a minha saída e não for possível contactar o dono.
    A Policia Municipal não vai la tomar conta da ocorrência e rebocar a viatura?
    Fico o resto da vida sem tirar o meu carro?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  15.  # 17

    Colocado por: Nelhas

    Se eu chegar a garagem subterrânea do meu prédio, e uma carro bloquear a minha saída e não for possível contactar o dono.
    A Policia Municipal não vai la tomar conta da ocorrência e rebocar a viatura?
    Estas pessoas agradeceram este comentário:IndigoBerry


    Ou se eu tiver uma moradia não geminada (vivenda) e por 10 minutos deixar o portão exterior aberto e me entrar lá uma viatura, ficando a mesma no interior da minha propriedade e sem o proprietário da mesma estar presente nem regressar durante X horas ou X dias, o que posso eu fazer?

    Penso que a questão se pode colocar nestes termos, pois o nº 3 daquele estacionamento consta da caderneta predial do imóvel.

    .
    • SMBS
    • 13 Agosto 2019

     # 18

    Então é avisar todos os condóminos por escrito que o lugar é seu e que sempre que o veja ocupado vai chamar o reboque.

    E depois cumprir com o que disse.

    Vai ver que resulta.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: IndigoBerry
  16.  # 19

    Colocado por: SMBSEntão é avisar todos os condóminos por escrito que o lugar é seu e que sempre que o veja ocupado vai chamar o reboque.

    E depois cumprir com o que disse.

    Vai ver que resulta.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:IndigoBerry


    Obrigado. Mas...

    Como disse anteriormente, será muito difícil avisar todos os condóminos por escrito. Há condóminos que não aparecem nem dão sinal de vida há mais de 10 anos, para que tenha uma ideia.

    Mas isso nem é o principal entrave, avisar-se-iam aqueles que fosse possível, pois os que não aparecem há mais de 10 anos, também não são os que lá metem carros, obviamente. O problema é: posso "ameaçar" chamada de reboque? Ou é uma ameaça em vão que nunca poderei cumprir?

    -
    • SMBS
    • 13 Agosto 2019

     # 20

    Claro que pode. O lugar é seu e, desde esteja identificado como estacionamento privado, pode chamar o reboque. É invasão do seu espaço privado.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">