Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde a todos,
    Venho pedir o vosso parecer em relação á seguinte situação:
    - Há dois anos atrás uma empresa Imobiliária pôs em frente a uma casa um anuncio VENDE-SE com a fotografia da vendedora da empresa assim como todos os contactos e, inclusive, anuncio no site deles na internet.
    - Em finais Janeiro deste ano fiquei interessado em comprar a casa e falei pessoalmente com o proprietário o qual me disse para entrar em contacto com a Imobiliária, visto esta ter toda a documentação. Assim o fiz.
    - No dia seguinte tive encontro com a vendedora a qual, prontamente, enviou-me toda a documentação da casa para que eu pudesse fazer um pedido de empréstimo bancário para pagamento de parte do valor da casa.
    - Reunidas as condições financeiras e avaliação favorável, o banco dá parecer positivo para o valor pedido para empréstimo.
    - Em finais de Fevereiro eu pago o Sinal acordado e assinamos o Contrato de Promessa de Compra e Venda.
    - Aqui vem a surpresa:
    Toda a gente da região sabe que aquela casa existe há mais de 50 anos,
    só que na Caderneta Predial está registada em 1970.
    A vendedora anda, só agora, a tratar de papéis para pedir à Câmara uma Certidão em como a casa é anterior a 1951 porque não tem planta nem licença de habitação.
    Com todos os gastos que eu já tive, alterações a nível do empréstimo bancário e tão cedo não temos Escritura feita, como é que posso chamar a responsabilidades ao Mediador Imobiliário, visto não ter prontas todas as documentações necessárias aquando da fixação da placa, bem grande, a dizer VENDE-SE em frente da casa?
    Agradeço o vosso parecer e aproveito para vos felicitar pela ajuda que têm dado a muita gente.
    Melhores cumprimentos,
    José Rodrigues
  2.  # 2

    Colocado por: Jose Rodrigues 67Toda a gente da região sabe que aquela casa existe há 50 anos,
    só que na Caderneta Predial está registada em 1970.

    Só que? 2020 - 50 anos = 1970

    Chamar responsabilidades: estabelece um preço para as suas chatices e exige esse preço à vendedora.
    Se ela não pagar, tribunal com ela.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  3.  # 3

    A imobiliária não procedeu de forma correcta com as suas obrigações legais. Quando coloca em publicidade qualquer imóvel, deve certificar-se de todos os registos normalizados

    Não sendo a escritura formalizada no prazo acordado por culpa do vendedor, tem agora o direito de exigir a devolução do sinal, em DOBRO.
    Concordam com este comentário: APina, Jose Rodrigues 67
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  4.  # 4

    Acho estranho o banco ter aprovado o crédito sem estar tudo em condições.
    Há aí qualquer coisa que cheira mal.
    Ou então, já podemos acrescentar o departamento de crédito à habitação à lista de incompetentes desta história.
    Concordam com este comentário: Jose Rodrigues 67
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  5.  # 5

    Quanto à imobiliária pode fazer uma queixa no IMPIC
    O dono de obra terá que devolver o sinal em dobro caso a escritura não se faça, por culpa dele.
    Qual o prazo para a realização da escritura?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  6.  # 6

    Colocado por: PoisÉAcho estranho o banco ter aprovado o crédito sem estar tudo em condições.

    é uma pré aprovação
    Concordam com este comentário: Jose Rodrigues 67
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  7.  # 7

    Colocado por: PoisÉ
    Só que? 2020 - 50 anos = 1970

    Chamar responsabilidades: estabelece um preço para as suas chatices e exige esse preço à vendedora.
    Se ela não pagar, tribunal com ela.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Jose Rodrigues 67
  8.  # 8

    Peço desculpas queria dizer há mais de 50 anos
  9.  # 9

    Colocado por: Picaretaé uma pré aprovação

    Foi lá o avaliador... supostamente deveria ter avaliado todas as condicionantes do imóvel, não? Ou só serve para tirar medidas?
    Digo eu, sei lá, neste país de faz de conta já não deve faltar muito para cobrarem uns 500€ por um processo de avaliação de crédito, com umas folhas rasuradas e umas consultas feitas por Google Maps e StreetView, se depois vier para trás, olha, já cá cantam os 500€.
  10.  # 10

    as imobiliárias são rápidas a colocar a placa de vende-se mas só começam a tratar da papelada quando tem um interessado

    é normal que assim seja, ja viu se o vendedor decide cancelar a venda. quem pagava o trabalho à imobiliaria de ter tratado da papelada.
    Concordam com este comentário: APina
  11.  # 11

    Colocado por: PoisÉFoi lá o avaliador...

    Não sei se foi .... não foi isso que foi dito.

    Colocado por: Jose Rodrigues 67Reunidas as condições financeiras e avaliação favorável,


    Mas de realmente lá foi o avaliador, .....
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  12.  # 12

    Colocado por: pauloagsantosquem pagava o trabalho à imobiliaria de ter tratado da papelada.

    Num mundo de imobiliárias responsáveis e sérias, tinham exigido esse papelinho ao proprietário antes de por a casa à venda.

    Mas como são 100 cães a 1 osso, vale tudo.

    Colocado por: Jose Rodrigues 67avaliação favorável

    Por aqui entendi que houve uma avaliação ao imóvel.

    Se não houve, a culpa também é do Jose Rodrigues 67, facilitou, folixou-se.
    Concordam com este comentário: Jose Rodrigues 67
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  13.  # 13

    Calma , pode ser que a agente imobiliária obtenha a documentação a tempo.
    Os prazos ainda decorrem ?
    Concordam com este comentário: Jose Rodrigues 67
  14.  # 14

    À empresa de mediação imobiliária cabe facilitar o contacto entre comprador e vendedor.
    Já a documentação do terreno cabe ao actual proprietário.
    Concordam com este comentário: APina
  15.  # 15

    Colocado por: ADROatelierÀ empresa de mediação imobiliária cabe facilitar o contacto entre comprador e vendedor.

    Criou-se a instituição do "todos se preocupam por mim" e é este o resultado.

    Confia-se cegamente em toda a gente para tratar dos nossos interesses, quando todos eles cuidam é dos deles.
    Só quando o cócó bate na ventoínha é que se apercebem que ninguém quer saber deles, querem é saber o dinheiro deles...

    Mais um dia no Fórum da Casa, mais uma voltinha...
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, Jose Rodrigues 67
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jose Rodrigues 67
  16.  # 16

    Ainda há dias, num tópico aqui ao lado, falei sobre a importância da consultoria por arquitecto/engenheiro quanto a estas questões.
    O cliente paga bem e fica muitas vezes mal servido. Situação muito referida no fórum e fora dele.

    Colocado por: PoisÉ
    Criou-se a instituição do "todos se preocupam por mim" e é este o resultado.
    Confia-se cegamente em toda a gente para tratar dos nossos interesses, quando todos eles cuidam é dos deles.
    Só quando o cócó bate na ventoínha é que se apercebem que ninguém quer saber deles, querem é saber o dinheiro deles...

    Mais um dia no Fórum da Casa, mais uma voltinha...


    Colocado por: ADROatelierExiste muita falta de uma adequada formação TECNICA no sector. Depois temos os casos que vamos vendo à nossa volta.
    As imobiliárias deviam ter um arquitecto ou engenheiro, do mesmo modo que têm um advogado. Evitava-se muita coisa.
    Concordam com este comentário:CESARIO

    Colocado por: rjmsilva
    Mais um tacho por decreto?

    https://forumdacasa.com/discussion/70363/como-escolher-um-terreno/
  17.  # 17

    Agradeço a todos pela vossa atenção dispensada e pelos vossos pareceres, em função às vossas experiências.
    Fiquei muito bem esclarecido com as vossas opiniões.
    Para quem está com uma situação idêntica à minha, aqui vai o que efectivamente interessa:
    Diário da República n.º 155/2018, Série I de 2018-08-13
    Portaria n.º 228/2018

    de 13 de agosto
    ...
    "Cláusula 6.ª
    Obtenção de Documentos
    1 - No âmbito do presente contrato, a Mediadora, na qualidade de mandatária sem representação, obriga-se a prestar os serviços conducentes à obtenção da documentação necessária à concretização do(s) negócio(s) visado(s) pela mediação".

    ...
    Assunto Resolvido!
    Respeitosos cumprimentos,
    José Rodrigues
  18.  # 18

    Colocado por: Jose Rodrigues 67Assunto Resolvido!

    Calma, é melhor meter a cláusula 6 completa:

    "....
    2 — Pela prestação de serviços previstos no número
    anterior:
    a) O segundo contratante pagará a quantia de ______
    ________ (__________), acrescida de IVA à taxa legal
    de ____%.
    OU
    b) A remuneração pelos serviços referidos no número
    anterior considera -se incluída no montante acordado na
    cláusula 5.ª e só será devida nos termos aí descritos.
    3 — Sem prejuízo do disposto no n.º 2, a Mediadora
    mantém, sempre, o direito ao reembolso das despesas
    efetuadas com a obtenção da documentação.
    (Esta cláusula é facultativa e só deverá ser preenchida
    se as partes assim o pretenderem e acordarem.)
    "
    Concordam com este comentário: Jose Rodrigues 67
  19.  # 19

    Colocado por: Picareta
    Calma, é melhor meter a cláusula 6 completa:

    "....
    2 — Pela prestação de serviços previstos no número
    anterior:
    a) O segundo contratante pagará a quantia de ______
    ________ (__________), acrescida de IVA à taxa legal
    de ____%.

    OU
    b) A remuneração pelos serviços referidos no número
    anterior considera -se incluída no montante acordado na
    cláusula 5.ª e só será devida nos termos aí descritos.
    3 — Sem prejuízo do disposto no n.º 2, a Mediadora
    mantém, sempre, o direito ao reembolso das despesas
    efetuadas com a obtenção da documentação.
    (Esta cláusula é facultativa e só deverá ser preenchida
    se as partes assim o pretenderem e acordarem.)
    "
    Concordam com este comentário:Jose Rodrigues 67



    Quantias bem pagas e liquidadas
  20.  # 20

    Colocado por: PoisÉAcho estranho o banco ter aprovado o crédito sem estar tudo em condições.
    Há aí qualquer coisa que cheira mal.
    Ou então, já podemos acrescentar o departamento de crédito à habitação à lista de incompetentes desta história.
    Concordam com este comentário:Jose Rodrigues 67
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Jose Rodrigues 67


    Conivência entre a vendedora e a pessoa, do banco, que tratou do empréstimo.
 
0.0212 seg. NEW