Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas!

    Costumo ler as discussões deste fórum e ajudam me sempre.
    Desta vez queria pedir eu uma ajuda para entender um pouco melhor o processo de construção de uma casa e com quanto contar gastar em projetos de arquitetura etc. . .

    Resumidamente, estamos a começar a planear a construção de uma moradia térrea de cerca de 100m2.

    Vamos pedir o financiamento para construção. Pelo que entendo esse financiamento paga a construção que está prevista no contrato com os empreiteiros. Mas tudo o que seja licenças de construção, instalações de agua luz etc, projetos de arquitetura, impostos vai ser sempre pago com fundos próprios.

    Qual é o valor normal a ter disponível para tudo isto?

    Será na zona de Mafra.

    Obrigada!
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Normalmente uns 10k, maioria irá para a arquitectura/especialidades..
    Estas pessoas agradeceram este comentário: SusanaD
  4.  # 3

    Eu apontaria mais para uns 15mil euros, sendo a maioria como o Flavio21 indicou para os projetos de Arquitetura e Especialidades de Engenharia. As taxas e taxinhas da Câmara facilmente acumulam para valores consideráveis.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: SusanaD

  5.  # 4

    Obrigada Flavio e nao sei se me saberia responder a esta pergunta também...

    Visto que o empréstimo que vou pedir é de terreno mais construção.

    Li algures que é possivel que tenha de avançar com o início da obra com capital proprio e só depois receberei o dinheiro do banco. Sabe se esta informação está correta...? Ou será algo mais relativo ?

    Obrigada !
  6.  # 5

    Colocado por: SusanaD...

    Li algures que é possivel que tenha de avançar com o início da obra com capital proprio e só depois receberei o dinheiro do banco. Sabe se esta informação está correta...? Ou será algo mais relativo ?

    Obrigada !


    Não tenho certezas disso, mas é o mais certo visto que não possuem o terreno.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: SusanaD
  7.  # 6

    O banco empresta para terreno?

    Tinha ideia que, para construção, seria necessário ter terreno próprio e projecto aprovado. Eventualmente ter ainda o suficiente para construir até receber a 1ª tranche. Quanto menos avaliações forem necessárias, melhor e mais barato.

    Talvez se for um terreno com projecto aprovado já se consiga?
  8.  # 7

    Alguns bancos emprestam para comprar o terreno também, mas nenhum financia 100% do valor terreno + construção.
  9.  # 8

    100%? Nem para casa já construída. Já lá vai o tempo. A não ser, talvez, para casas da banca.

    Nem tenho ideia de como possa funcionar esse empréstimo de terreno + construção sem haver projecto. Serão 2 empréstimos distintos?
  10.  # 9

    Emprestam o 80% pelo menos que e o valor que preciso.

    Mas sendo este tipo de credito habitação... Terreno mais construção.. sim tenho de ter o plano aprovado ao comprar o terreno...

    Ou seja. Vou ter de correr de um lado para o outro mas é possível.

    Só nao sei se não preciso de ter algo de parte para o início das obras caso o banco não me disponibilize o dinheiro de imediato.
    Bem de qualquer forma devo ter essa informação por parte do banco al tratar do credito imagino..
  11.  # 10

    Colocado por: pguilherme100%? Nem para casa já construída. Já lá vai o tempo. A não ser, talvez, para casas da banca.

    Nem tenho ideia de como possa funcionar esse empréstimo de terreno + construção sem haver projecto. Serão 2 empréstimos distintos?


    É so um empréstimo. Não há muitos bancos que o façam. Mas sei que a caixa e o NB sim.
  12.  # 11

    Colocado por: SusanaDEmprestam o 80% pelo menos que e o valor que preciso.

    Mas sendo este tipo de credito habitação... Terreno mais construção.. sim tenho de ter o plano aprovado ao comprar o terreno...

    Ou seja. Vou ter de correr de um lado para o outro mas é possível.

    Só nao sei se não preciso de ter algo de parte para o início das obras caso o banco não me disponibilize o dinheiro de imediato.
    Bem de qualquer forma devo ter essa informação por parte do banco al tratar do credito imagino..


    Precisam de ter algum dinheiro para iniciar.

    Precisam também de fazer conta com o IMT (6,5% do valor do terreno), aqui na zona de Mafra, consegue um projeto por uns 6/7k mais IVA.

    Depois mais a licença de construção (para 100m2) devem ser uns 1000 e poucos euros.

    Se for loteamento não precisa de se preocupar com os ramais, mas se tiver de fazer vc os ramais, faça conta com mais uns bons €! (Água, esgotos, luz, gás)! Pode ir de 1000 a 5000€ ou mais dependendo de onde está o ramal mais próximo!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: SusanaD
  13.  # 12

    Colocado por: jcfcid

    Precisam de ter algum dinheiro para iniciar.

    Precisam também de fazer conta com o IMT (6,5% do valor do terreno), aqui na zona de Mafra, consegue um projeto por uns 6/7k mais IVA.

    Depois mais a licença de construção (para 100m2) devem ser uns 1000 e poucos euros.

    Se for loteamento não precisa de se preocupar com os ramais, mas se tiver de fazer vc os ramais, faça conta com mais uns bons €! (Água, esgotos, luz, gás)! Pode ir de 1000 a 5000€ ou mais dependendo de onde está o ramal mais próximo!
    Estas pessoas agradeceram este comentário:SusanaD


    Muito obrigada pela resposta esclarecedora.
    Outra questão que tenho é a seguinte... Caso me soubesse responder.

    Existe portanto o custo direto da construção ( materiais e etc ) mas também custos indiretos ( mao de obra ) isto é correto?

    Ou seja no fundo quero entender se o valor que me será emprestado pelo banco para a construção será o total que necessito.

    Pelo que tenho lido o valor estaria numa media de 1000€ o m2. Este valor é com tudo incluido ?

    Nao sei se me faço entender
  14.  # 13

    Materiais e mão-de-obra são pagos pelo empréstimo, só tem de apresentar um orçamento para a totalidade dos trabalhos.

    Sim, pode usar os 1000€/M2 como referência, ainda que hajam alguns factores que possam influenciar. Arranjos exteriores (muros, acessos, jardins) por exemplo normalmente não estão neste valor, só mesmo a construção da casa em si.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: SusanaD
  15.  # 14

    Colocado por: SusanaD

    Muito obrigada pela resposta esclarecedora.
    Outra questão que tenho é a seguinte... Caso me soubesse responder.

    Existe portanto o custo direto da construção ( materiais e etc ) mas também custos indiretos ( mao de obra ) isto é correto?

    Ou seja no fundo quero entender se o valor que me será emprestado pelo banco para a construção será o total que necessito.

    Pelo que tenho lido o valor estaria numa media de 1000€ o m2. Este valor é com tudo incluido ?

    Nao sei se me faço entender

    Boa noite Susana,

    Para um maior controlo de gastos na obra, e não haver surpresas, aconselho a elaboração de mapa de quantidades e projeto de execução, aquando contratar arquiteto.

    Cumprimentos,
    smgarquitecto.com https://www.instagram.com/sergiomiguelgodinho_arq/
    geral@smgarquitecto.com
    Estas pessoas agradeceram este comentário: SusanaD
  16.  # 15

    Colocado por: SusanaD

    Muito obrigada pela resposta esclarecedora.
    Outra questão que tenho é a seguinte... Caso me soubesse responder.

    Existe portanto o custo direto da construção ( materiais e etc ) mas também custos indiretos ( mao de obra ) isto é correto?

    Ou seja no fundo quero entender se o valor que me será emprestado pelo banco para a construção será o total que necessito.

    Pelo que tenho lido o valor estaria numa media de 1000€ o m2. Este valor é com tudo incluido ?

    Nao sei se me faço entender


    Estou a construir em Mafra também (Malveira / venda do Pinheiro) e os custos que falei são para a construção da casa em si (mão de obra e materiais) que é o mais normal. Pode apontar sim para os 800 a 1000€ + IVA ( o banco não faz esta distinção).

    No meu caso, inclui muros e alguns arranjos exteriores (pavet no meu caso)!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: SusanaD
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    Boa tarde,

    Peço desculpa pela noobice mas ainda dentro do tema, porque é que os ramais (Água, esgotos, luz, gás) não podem ser contemplados no Crédito Habitação? Porque é um serviço fora do construtor é isso?

    Outra coisa, a mobilia e electrodomésticos entra no financiamento? Se quiser EU comprar os roupeiros/camas/MLR/TV, etc todos no IKEA/Worten? Ou se quiser fazer isso, tem de ir descrito no orçamento que foi dado ao banco?

    Cumps
  19.  # 17

    Alguém? :)
  20.  # 18

    Colocado por: diogoflipsgomesPeço desculpa pela noobice mas ainda dentro do tema, porque é que os ramais (Água, esgotos, luz, gás) não podem ser contemplados no Crédito Habitação? Porque é um serviço fora do construtor é isso?


    imagine uma casa em que tinha que fazer um ramal de 1km para água, esgostos luz e água, iria gastar uma fortuna nesses ramais todos, no fim a casa vale mais por ter esses ramais de 1km em vez de os ter a 10m? não, valia a mesma coisa.

    esses são os custos de criar as infraestruturas básicas para a construção, nos loteamentos é um custo de quem faz o loteamento, não havendo loteamento é um custo do dono do terreno.



    Colocado por: diogoflipsgomesOutra coisa, a mobilia e electrodomésticos entra no financiamento? Se quiser EU comprar os roupeiros/camas/MLR/TV, etc todos no IKEA/Worten? Ou se quiser fazer isso, tem de ir descrito no orçamento que foi dado ao banco?


    uma coisa são os roupeiros e as bancadas da cozinha, isso pertençe à construção em si. Não pode pegar num roupeiro e levar para outro sitio. outra coisa são os moveis, louceiros, mesas, cadeiras, isso não pertence à construção. Pode pegar numa mesa e levar para outro sitio qualquer.

    electrodomesticos, depende do que está acordado com o construtor mais o principio é o mesmo, uma placa, um exaustor, um forno de encastrar isso pertençe à construção, se tiver no orçamento do construtor pode ser financiado, agora coisas moveis, como um frigorifico, uma maq. de lavar, já parece mais complicado.


    Agora do ponto de vista do banco, é apenas um contrutor a fazer a obra, por isso vai apenas entregar apenas um orçamento ao banco, o banco não vai aceitar um orçamento do construtor e depois vários do ikea e da worten.
  21.  # 19

    não vai poder financiar a Bimby....nem o super Oled de 70''
  22.  # 20

    Colocado por: pauloagsantos

    imagine uma casa em que tinha que fazer um ramal de 1km para água, esgostos luz e água, iria gastar uma fortuna nesses ramais todos, no fim a casa vale mais por ter esses ramais de 1km em vez de os ter a 10m? não, valia a mesma coisa.

    esses são os custos de criar as infraestruturas básicas para a construção, nos loteamentos é um custo de quem faz o loteamento, não havendo loteamento é um custo do dono do terreno.





    uma coisa são os roupeiros e as bancadas da cozinha, isso pertençe à construção em si. Não pode pegar num roupeiro e levar para outro sitio. outra coisa são os moveis, louceiros, mesas, cadeiras, isso não pertence à construção. Pode pegar numa mesa e levar para outro sitio qualquer.

    electrodomesticos, depende do que está acordado com o construtor mais o principio é o mesmo, uma placa, um exaustor, um forno de encastrar isso pertençe à construção, se tiver no orçamento do construtor pode ser financiado, agora coisas moveis, como um frigorifico, uma maq. de lavar, já parece mais complicado.


    Agora do ponto de vista do banco, é apenas um contrutor a fazer a obra, por isso vai apenas entregar apenas um orçamento ao banco, o banco não vai aceitar um orçamento do construtor e depois vários do ikea e da worten.


    Obrigado pela resposta Paulo! :)

    No geral, entendi. Se bem que no segunto ponto, julgo haver argumentos discutíveis aí pelo meio. Por exemplo, eu quando falei em roupeiros não falei em nada de encastrar ou que pertença à ''estrutura'' da casa, falei sim do IKEA, então isso já não inclui?

    Ainda há pouco tempo a minha mãe tirou uma cozinha de uma casa (que estava em boas condições e para aproveitar) e meteu noutra, os armários, bancada, móveis, tudo. Na minha opinião, tudo o que não seja as paredes da casa e o pavimento/revestimento se pode movimentar, com maior ou menos dificuldade claro. Ou seja, dizer que financia um roupeiro e armários de cozinha e não financia um frigorifico, percebo mas discutível...

    Já agora, mais uma pergunta, já vi alguns mapas de quantidades aqui no fórum e lá vêm sempre os armários dos banhos, armários da cozinha e alguns até com mapa de armários roupeiros, presumo que estes por norma são os que vão dentro do Crédito Habitação? É isso?

    Obrigado!



    Colocado por: Pedro Barradasnão vai poder financiar a Bimby....nem o super Oled de 70''


    Boas!

    Acho que devia de haver uma separação do que é e não é "essencial", consigo viver sem a bimby, sem o frigorífico é discutível xD
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">