Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia,

    Recentemente adquiri uma moradia usada e tem sido um mar de problemas. Ultimamente o vizinho que possui o terreno de cima/trás precisou de efetuar uma reparação no esgoto e precisou de vir abrir o meu jardim pois encontram-se 2 caixas de visita do esgoto dele ali enterradas, feitas em cimento com 1 tampa de ferro (cheias de ferrugem) sendo uma delas a ultima antes do coletor publico... Isto está fora das normas certo? Acham que vai continuar a dar chatices? O que posso fazer para resolver?

    Segundo o empreiteiro, a rua de cima não tinha saneamento então passou na altura pelo meu terreno e diz estar tudo legal. Mas na planta do meu terreno não aparece sequer.

    Obrigado,

    Manuel Vieira.
  2.  # 2

    .
  3.  # 3

    .
  4.  # 4

    A casa é de que ano?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Manuel_R
  5.  # 5

    Colocado por: VarejoteA casa é de que ano?

    p.s edite o post anterior.


    A minha é de 2006 e a do vizinho 2008. Foram feitas pelo mesmo empreiteiro. Porém a minha tem a ultima caixa de visita na via publica numa caixa "standard" e a do vizinho ficou pendurada no meu jardim feita numa "gaiola".

    Obrigado,

    Manuel Vieira
  6.  # 6

    Ponha fotos .
    Se já comprou assim, não haverá muito a fazer.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Manuel_R
  7.  # 7

    Se não estiver registado na certidão permanente esse ónus encha com cimento !

    Ou exija que o vizinho lhe pague essa travessia e a regista na conservatória.

    Se reparou nisso agora é porque lhe incomoda/correu mal...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Manuel_R
  8.  # 8

    A origem do problema parece não estar no seu vizinho mas no mesmo empreiteiro. Para poupar em valas e manilhas resolveu atalhar o percurso do esgoto. Eu contactava a Câmara que deveria conhecer essa situação.

    Do RGEU- Regulamento Geral das Edificações Urbanas

    Artigo 94º
    Os dejectos e águas servidas deverão ser afastados dos prédios prontamente e por forma tal que não possam originar quaisquer condições de insalubridade.
    § Único. Toda a edificação existente ou a construir será obrigatoriamente ligada à rede pública de esgotos por um ou mais ramais, em regra privativos da edificação, que sirvam para a evacuação dos seus esgotos.

    Artigo 95º
    Nos locais ainda não servidos por colector público acessível os esgotos dos prédios serão dirigidos para instalações cujos efluentes sejam suficientemente depurados. É interdita a utilização de poços perdidos ou outros dispositivos susceptíveis de poluir o subsolo ou estabelecidos em condições de causarem quaisquer
    outros danos à salubridade pública.
    § Único. As instalações referidas neste artigo não poderão continuar a ser utilizadas logo que aos prédios respectivos for assegurado esgoto para colector público e, ao cessar a sua utilização, serão demolidas ou entulhadas, depois de cuidadosamente limpas e desinfectadas.
    Concordam com este comentário: NielsBohr
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Manuel_R
  9.  # 9

    Colocado por: BoraBoraA origem do problema parece não estar no seu vizinho mas no mesmo empreiteiro. Para poupar em valas e manilhas resolveu atalhar o percurso do esgoto. Eu contactava a Câmara que deveria conhecer essa situação.

    Do RGEU- Regulamento Geral das Edificações Urbanas

    Artigo 94º
    Os dejectos e águas servidas deverão ser afastados dos prédios prontamente e por forma tal que não possam originar quaisquer condições de insalubridade.
    § Único. Toda a edificação existente ou a construir será obrigatoriamente ligada à rede pública de esgotos por um ou mais ramais,em regra privativos da edificação, que sirvam para a evacuação dos seus esgotos.

    Artigo 95º
    Nos locais ainda não servidos por colector público acessível os esgotos dos prédios serão dirigidos para instalações cujos efluentes sejam suficientemente depurados. É interdita a utilização de poços perdidos ou outros dispositivos susceptíveis de poluir o subsolo ou estabelecidos em condições de causarem quaisquer
    outros danos à salubridade pública.
    § Único. As instalações referidas neste artigo não poderão continuar a ser utilizadas logo que aos prédios respectivos for assegurado esgoto para colector público e, ao cessar a sua utilização, serão demolidas ou entulhadas, depois de cuidadosamente limpas e desinfectadas.
    Concordam com este comentário:NielsBohr
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Manuel_R


    Sim, ela comprou a casa feita, a culpa foi do empreiteiro. Não entendo é como a câmara aprovou isto, fazem o que lhes apetece e não se passa nada, depois uma mão lava a outra.

    Obrigado,

    Manuel Vieira.
  10.  # 10

    Colocado por: RicardoPortoSe não estiver registado na certidão permanente esse ónus encha com cimento !

    Ou exija que o vizinho lhe pague essa travessia e a regista na conservatória.

    Se reparou nisso agora é porque lhe incomoda/correu mal...
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Manuel_R


    Como posso consultar a certidão permanente? Sim ela tinha as águas residuais a sair para a valeta e criava mau cheiro em frente à minha casa. Fiz queixa ao SEPNA e vim a descobrir esta situação no meu jardim. Na ultima caixa de visita feita "artesanalmente" no meu jardim estava tudo mal ligado.

    Obrigado,

    Manuel Vieira.
  11.  # 11

    Vai ao site predial online, pega na caderneta predial, pede a certidão permanente e paga 15euros

    https://www.predialonline.pt/PredialOnline/
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Manuel_R
  12.  # 12

    Colocado por: RicardoPortoVai ao site predial online, pega na caderneta predial, pede a certidão permanente e paga 15euros

    Se pedir uma informação predial simplificada, fica a saber o mesmo e paga 5€.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Manuel_R
  13.  # 13

    Colocado por: Manuel_RNão entendo é como a câmara aprovou isto, fazem o que lhes apetece e não se passa nada, depois uma mão lava a outra.
    nao sabe se foiaprovado pela CM.. o mais certo é que nao foi.