Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 361

    Colocado por: Casa da HortaQual é a variedade da batata que tem agora?
    Bem, feijão em flor nesta altura não deve ser fácil encontrar por cá! Sorte a vossa :-)
    Rossana , nesta época dá tudo , só não se semeia devido aos ventos fortes , ainda assim quem tem terras abrigadas o que não é o meu caso consegue fazer fortunas com certas culturas ... O caso da batata se escapa é vendida a 1€ 1.2 ao kg para o Natal ... Não é o meu caso porque semeio para casa mas quem vive disto e tem terrenos abrigados consola-se ...
  2.  # 362

    Não consigo imaginar uma ventania por cá a destruir um batatal (só mesmo um tornado, coisa que só vi na televisão 🙂), por isso acho estranha essa preocupação com o vento aí nos Açores! Devem ser os tais ventos ciclónicos.

    Por cá são as geadas no inverno e o calor brutal no verão. Cada vez mais intensos, mais devastadores!
  3.  # 363

    Colocado por: Casa da HortaNão consigo imaginar uma ventania por cá a destruir um batatal (só mesmo um tornado, coisa que só vi na televisão 🙂), por isso acho estranha essa preocupação com o vento aí nos Açores! Devem ser os tais ventos ciclónicos.

    Por cá são as geadas no inverno e o calor brutal no verão. Cada vez mais intensos, mais devastadores!
    já mostrei aqui várias vezes a limpeza que fica na terra ,realmente são ventos fortes inconstantes , hoje até nem é muito mau porque esperamos rajadas máximas de 75kmh até ao dia de amanhã , mas é muito tempo de vento e pode acontecer duas coisas , a destruição da planta por completo ou parte muita folha e ela depois mela toda e acaba por morrer enfim , o que escapa é que é nosso vamos ver .
  4.  # 364

    Colocado por: Casa da HortaNão consigo imaginar uma ventania por cá a destruir um batatal (só mesmo um tornado, coisa que só vi na televisão 🙂), por isso acho estranha essa preocupação com o vento aí nos Açores! Devem ser os tais ventos ciclónicos.

    Por cá são as geadas no inverno e o calor brutal no verão. Cada vez mais intensos, mais devastadores!


    Casa aqui por Peniche, quando vem vento, em abril queima as batateiras todas. ou por exemplo quando se semeia ervilhas agora em dezembro e faz vento em janeiro fevereiro, também vai tudo a vida.
  5.  # 365

    Mesmo assim acho que está tudo bem por aqui , fui hoje ver o estrago e fiquei satisfeito... Foi de leve !só mesmo as courgettes é levaram feio e forte ...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Casa da Horta, zero07, Peper87
  6.  # 366

    Por aqui ontem foi dia de apanhar azeitona. Ainda temos para mais uns dias. Mas.ja só no próximo fim-de-semana.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rjmsilva, rafaelisidoro, Casa da Horta
  7.  # 367

    Colocado por: André PimentaPor aqui ontem foi dia de apanhar azeitona. Ainda temos para mais uns dias. Mas.ja só no próximo fim-de-semana.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:rjmsilva,rafaelisidoro
      Screenshot_2022-11-06-12-15-47-529-edit_com.miui.gallery.jpg
      Screenshot_2022-11-06-12-15-38-382-edit_com.miui.gallery.jpg


    Ena que cedo(pelo menos para onde costumo ir hehe). Isso é para onde se permite perguntar? Daqui a um mês mostro da zona de Figueira Castelo Rodrigo. Sogros dizem que não é muita este ano. Mas também dizem isso todos os anos....
  8.  # 368

    Colocado por: Dacepa

    Ena que cedo(pelo menos para onde costumo ir hehe). Isso é para onde se permite perguntar? Daqui a um mês mostro da zona de Figueira Castelo Rodrigo. Sogros dizem que não é muita este ano. Mas também dizem isso todos os anos....
    zona da beira alta/ Viseu. Por aqui começa tudo por esta altura, começa a secar e a cair muito. Este ano depende da poda que elas levaram no ano anterior, pelo menos por aqui. As que levaram muito corte não deram muito, as outras carregaram.
  9.  # 369

    Colocado por: André PimentaPor aqui ontem foi dia de apanhar azeitona. Ainda temos para mais uns dias. Mas.ja só no próximo fim-de-semana.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:rjmsilva,rafaelisidoro,Casa da Horta
      Screenshot_2022-11-06-12-15-47-529-edit_com.miui.gallery.jpg
      Screenshot_2022-11-06-12-15-38-382-edit_com.miui.gallery.jpg

    É azeitona para curar, certo? Ripada à mão? E variedade?
    Desculpe tanta pergunta, é assunto que gosto mas tenho pouca experiência...
  10.  # 370

    Colocado por: André Pimentazona da beira alta/ Viseu. Por aqui começa tudo por esta altura, começa a secar e a cair muito. Este ano depende da poda que elas levaram no ano anterior, pelo menos por aqui. As que levaram muito corte não deram muito, as outras carregaram.


    Hmmm nós é sempre nos primeiros fds de Dezembro. Quando elas levam corte é normal darem menos. Como de faz de 3 em 3 anos e são dois terrenos dá para diluir anos maus. A não ser que sejam anos maus ponto final e este ano foi tudo mau certo?
    A apanha aqui é à vara (já há 3/4 anos com varas a motor).
  11.  # 371

    Colocado por: Casa da Horta
    É azeitona para curar, certo? Ripada à mão? E variedade?
    Desculpe tanta pergunta, é assunto que gosto mas tenho pouca experiência...

    Variedade não lhe sei dizer, mas são de variedades diferentes de certeza porque nota-se na aparência da azeitona, estas oliveiras já são do tempo do meu bisavô, quiçá até antes. Estas não são para curar, alguma mais graúda é sim apanhada à mão e essa sim é para retalhar e depois curar para posteriormente comer temperada. Esta é mesmo para fazer azeite, mas foi toda ripada à mão sim
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Casa da Horta
  12.  # 372

    Casa da horta já tem saudades da apanha lá em cima?

    Nós também era nos primeiros dias de dezembro que se apanhava, mas agora a tendência é de meio de novembro para a frente.

    Ao longo deste anos já ripei e varejei umas quantas árvores tudo de forma manual. Ainda me lembro de ir com os meus avós ao lagar. Na altura,o processo ainda era tudo muito tradicional, era de prensas de com discos
    Concordam com este comentário: Peper87
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Casa da Horta
  13.  # 373

    Colocado por: bluthunder82Casa da horta já tem saudades da apanha lá em cima?

    Nós também era nos primeiros dias de dezembro que se apanhava, mas agora a tendência é de meio de novembro para a frente.

    Ao longo deste anos já ripei e varejei umas quantas árvores tudo de forma manual. Ainda me lembro de ir com os meus avós ao lagar. Na altura,o processo ainda era tudo muito tradicional, era de prensas de com discos
    Concordam com este comentário:André Pimenta
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Casa da Horta

    Saudades dos cheiros, das merendas. De escolher os ramalhos, de andar com a manta, de ensacar a azeitona nas sacas e atá-las. E de no fim do dia o puxar o trator à frente para carregar as sacas no reboque! :-)
    Do frio, de varejar ou ajudar as mulheres a apanhar já não tenho grandes saudades! Mas eu vivi isto em criança, sem obrigação de fisicamente aguentar o trabalho como se fosse adulto.

    Os cheiros do lagar é outra coisa. Ficava impressionado com as prensas e esses discos de corda que fala. Penso que na minha aldeia o processo de fazer azeite ainda é igual, acho.
  14.  # 374

    Na minha terra chamam às coisas redondas onde colocar a azeitona moída para ir à prensa as ceiras.
    Concordam com este comentário: maria rodrigues, manelvc
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Casa da Horta, manelvc
  15.  # 375

    Colocado por: Casa da Horta
    Saudades dos cheiros, das merendas. De escolher os ramalhos, de andar com a manta, de ensacar a azeitona nas sacas e atá-las. E de no fim do dia o puxar o trator à frente para carregar as sacas no reboque! :-)
    Do frio, de varejar ou ajudar as mulheres a apanhar já não tenho grandes saudades! Mas eu vivi isto em criança, sem obrigação de fisicamente aguentar o trabalho como se fosse adulto.

    Os cheiros do lagar é outra coisa. Ficava impressionado com as prensas e esses discos de corda que fala. Penso que na minha aldeia o processo de fazer azeite ainda é igual, acho.

    Aqui existem muitos lagares na redondeza, de um em um foram todos se modernizando e já não há nenhum "à moda antiga". Não é dos trabalhos que goste mais apanhar azeitona, é um trabalho chato e há sempre frio, e humidade à mistura nestes dias. O meu pai deve ter cerca de 150 pés de Oliveira chega e sobra para nós. Eu tenho alguns onde ando a construir. Alguns deles não me vão dar trabalho a apanhar porque vão ficar de jardim, outros ainda estão à espera de decisão.
    Concordam com este comentário: Sansoni7
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Casa da Horta
  16.  # 376

    Os feijões já estão a começar a ficar prontos para se comer ... Aproveitar que vem aí o verão de São Martinho para comer um guisado de feijão verde ...
  17.  # 377

    Anonas

    Por aqui já dá anonas
  18.  # 378

    anona
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rafaelisidoro, Sansoni7, rjmpires
  19.  # 379

    A anona é um excelente fruto , cresci com elas , transportadas em cestas de vimes cada uma enrolada em folha de bananeira seca para não machucar , adoro comer aquela parte que envolve a pevide ...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: xiripiti
  20.  # 380

    Colocado por: rafaelisidoroA anona é um excelente fruto , cresci com elas , transportadas em cestas de vimes cada uma enrolada em folha de bananeira seca para não machucar , adoro comer aquela parte que envolve a pevide ...
    Estas pessoas agradeceram este comentário:xiripiti


    Este ano cresceram bastante, normalmente são pequenas aqui
 
0.0239 seg. NEW