Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 21

    Carolina, estou curioso qual o valor da construção total.
  2.  # 22

    Colocado por: marco1rufos mal feitos
    deviam ser executados com ligeira pendente para dentro para a cobertura
    em tempos publiquei por ai umas varandas que fiz em betão aparente só com pendente para dentro no topo das platibandas, nem pingadeira nem nada… nao sei como se estão a aguentar
  3.  # 23

    Colocado por: marco1
    não tem nada a ver com gostos, mas a carolina é que sabe
    o gril podia fica entre o pilar que lá está e a cozinha e nada se perdia, só ganhava era em qualidade funcional na vivencia da casa.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Carolina1983


    Eu aquando da realização do projeto cheguei a ponderar essa hipótese. Acabei por não fazê-lo por diversos motivos um deles é o fato de querer ter uma parede livre na cozinha para a colocação de um painel em madeira para posicionar um plasma, outro é por querer manter privacidade na cozinha aquando da utilização do espaço exterior.
  4.  # 24

    Carolina
    o que importa é que esteja como pretende
    mas como arquiteto posso facilmente desmontar o seu argumento
    Concordam com este comentário: zedasilva, HAL_9000
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Carolina1983
      70e56a03-acc4-4dc2-aa10-4bb61b161c18.jpg
  5.  # 25

    Colocado por: marco1Carolina
    o que importa é que esteja como pretende
    mas como arquiteto posso facilmente desmontar o seu argumento
    Concordam com este comentário:zedasilva
      70e56a03-acc4-4dc2-aa10-4bb61b161c18.jpg


    Com essa porta em vidro fosco ganha claridade sem perder a privacidade que referiu. Eu se um dia fosse arquiteto gostava de ser como o Marco.

    Adoro as suas "resoluções".
    Concordam com este comentário: Carolina1983, fm2023, LJMendes, HAL_9000
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Carolina1983
  6.  # 26

    Colocado por: silenceCarolina, estou curioso qual o valor da construção total.


    Pois, essa é parte menos boa mas que todos nós sabemos que faz parte.
    A obra foi adjudicada no conceito chave na mão, porém ao ler pormenorizadamente o contrato de empreitada e na tentativa de evitar futuras discórdias com o empreiteiro decidimos deixar ao nosso cargo a aquisição de todos os pavimentos (cerâmicos, flutuantes e/ou vinílicos), portões de acesso a casa (garagem e o pedonal, cúpulas das chaminés, churrasqueira, o muro lateral e os arranjos exteriores.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: silence
  7.  # 27

    Colocado por: marco1Carolina
    o que importa é que esteja como pretende
    mas como arquiteto posso facilmente desmontar o seu argumento
    Concordam com este comentário:zedasilva
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Carolina1983
      70e56a03-acc4-4dc2-aa10-4bb61b161c18.jpg


    De fato e pelo que acompanho neste fórum o Marco tem inúmeras soluções, dou-lhe desde já os meus parabéns.
    Concordam com este comentário: mica, JMHouse
  8.  # 28

    Colocado por: Carolina1983

    Pois, essa é parte menos boa mas que todos nós sabemos que faz parte.
    A obra foi adjudicada no conceito chave na mão, porém ao ler pormenorizadamente o contrato de empreitada e na tentativa de evitar futuras discórdias com o empreiteiro decidimos deixar ao nosso cargo a aquisição de todos os pavimentos (cerâmicos, flutuantes e/ou vinílicos), portões de acesso a casa (garagem e o pedonal, cúpulas das chaminés, churrasqueira, o muro lateral e os arranjos exteriores.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:silence


    Pode enviar valores por PM?

    Obrigado.
    • Kepe
    • 17 março 2023

     # 29

    O Marco é uma máquina.
    É o que se pode chamar arquiteto de A grande.
    Concordam com este comentário: fm2023, Carolina1983, SAPM, FabCardoso, lmcaet, LJMendes, HAL_9000, nbastos, JMHouse
  9.  # 30

    Colocado por: silence

    Pode enviar valores por PM?

    Obrigado.


    Eu tenho intenção de deixar aqui publicado a informação com todos os valores.
    Sei que pode servir como referência a muitos de vós.
    Concordam com este comentário: tiagodiaf, Troino
    Estas pessoas agradeceram este comentário: marco1, silence, powerPT, FTavares
  10.  # 31

    Como era de expectável a zona onde ficará a piscina existe rocha.

    Hoje temos a giratória com o martelo perfurador a partir pedra.

    Trabalho extraordinário (não previsto no orçamento) Paga Carolina!!!
      334877367_3343891115874478_793833001264674969_n.jpg
      333045929_198404729475405_4269627482402733443_n.jpg
  11.  # 32

    Colocado por: Carolina1983Como era de expectável a zona onde ficará a piscina existe rocha.

    Hoje temos a giratória com o martelo perfurador a partir pedra.

    Trabalho extraordinário (não previsto no orçamento) Paga Carolina!!!
      334877367_3343891115874478_793833001264674969_n.jpg
      333045929_198404729475405_4269627482402733443_n.jpg


    E ainda agora começou :D (infelizmente, sei bem o q isso é, o "não estar no orçamento" )
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Carolina1983
  12.  # 33

    Boa sorte, também sou de Viseu.
    Acho que sei quem é o construtor.
  13.  # 34

    geralmente no MQT na estrutura aparece este ponto:
    Escavações necessárias para a execução de todos os novos elementos de betão armado enterrados/ abaixo do piso térreo e na envolvência do edifício (piscina, pérgulas, muros, etc.), medido em m³ de volume teórico escavado, considerando taludes ao longo do perímetro das áreas de implantação de todos os novos elementos de betão armado a executar, conforme indicado nas peças desenhadas; o preço unitário terá de ser elaborado considerando a remoção de solos ou rocha de qualquer natureza (em proporção de 80% de solo facilmente escavável e 20% de rocha) e ainda elementos de fundação de construções antigas que possam existir (alvenarias , lajedos e outros elementos de difícil escavação), seleção e separação de materiais e resíduos, todas as operações e meios de acesso necessários à remoção referida, e todos os trabalhos de acordo com as peças desenhadas e especificações do caderno de encargos. Deverá ainda considerar-se no preço unitário eventuais sobre-escavações para além das definidas no critério apresentado atrás, em consequência da escolha dos meios de execução ao dispor do empreiteiro, movimentação de máquinas e equipamentos, instabilidade de solos escavados e opção por parte do empreiteiro pela realização de taludes com inclinações diferentes das indicadas no projeto.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Carolina1983
  14.  # 35

    Colocado por: silence

    E ainda agora começou :D (infelizmente, sei bem o q isso é, o "não estar no orçamento" )
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Carolina1983


    Colocado por: silence

    E ainda agora começou :D (infelizmente, sei bem o q isso é, o "não estar no orçamento" )
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Carolina1983



    Pois! Acredito que terei essas surpresas também.
    A situação da rocha já era espectável, basta ler o contrato de empreitada.
  15.  # 36

    Colocado por: trupedeiroBoa sorte, também sou de Viseu.
    Acho que sei quem é o construtor.


    Trupedeiro Viva!

    Esse ainda não é o empreiteiro da minha obra, é a empresa contratada por ele para a realização dos trabalhos de movimentação de terras.
  16.  # 37

    Isto anda forte para os lados de Viseu :D
    Concordam com este comentário: trupedeiro
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Carolina1983
  17.  # 38

    Colocado por: marco1considerando a remoção de solos ou rocha de qualquer natureza (em proporção de 80% de solo facilmente escavável e 20% de rocha)

    O problema é que para escrever isso é necessário fazer sondagens ao terreno na fase de projeto, e em moradias poucos fazem isso.
  18.  # 39

    Colocado por: Carolina1983A situação da rocha já era espectável, basta ler o contrato de empreitada.

    E o que é que diz o contrato de empreitada?
  19.  # 40

    Colocado por: Pickaxe
    E o que é que diz o contrato de empreitada?


    Sim no contrato está mencionado a exclusão desse trabalho, além disso fomos logo elucidados pelo diretor técnico da obra, que dado a posição da piscina iria ser em cheio na porra da rocha.

    E no próprio levantamento topográfico sabíamos da existência dessas 2 rochas.
 
0.0393 seg. NEW