Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde

    Estou quase em fase de acabamentos na construção de uma moradia térrea. Tem cerca de 180m2 entre sala, cozinha, quartos e casas de banho. Não vou meter piso radiante. Aquecimento será somente com AC.
    Antes de regularizarmos o chão, temos de escolher o tipo de acabamento da casa, e ouço tanto feedback de tanta gente, que me deixa mais confuso.

    Se calhar ao perguntar aqui, vou concluir o mesmo: é tudo bom e todos tem vantagens, mas depende a quem pergunto.

    Pelo que tenho ouvido, vou ter de decidir entre um destes 3, ou uma mistura: cerâmico, vinílico ou flutuante.

    Mas antes de decidir, quero perceber as vantagens que cada material dá. Sei que terão de haver compromissos (mais disto, e menos daquilo). A minha prioridade será resistência ao desgaste e durabilidade mantendo a aparência original o mais tempo possível.

    Vou tentar enumerar as vantagens de cada um, de acordo com o que ouço:
    - Cerâmico: o mais resistente(quer a impactos, arranhões ou a químicos) e o material não "trabalha", ou seja, não vai levantar ou mover. O mais barulhento dos três.
    - Vinílico: menos frio que o cerâmico ao contacto, mas menos resistente um pouco. Mais suave o contacto, ou seja, mais agradável o caminhar em comparação com o cerâmico.
    - Flutuante: menos frio que o cerâmico ao contacto também, mas o menos resistente dos três. Mais suave o contacto, ou seja, mais agradável o caminhar em comparação com o cerâmico.

    Mas depois entram outras questões que me deixam um pouco apreensivo:
    1. Há diferença entre diferentes cerâmicos? Há cerâmico bom e mau? Como posso distinguir? Nas lojas não me conseguem explicar porque é que um cerâmico exatamente do mesmo tamanho que outro, e que tem o mesmo material (dizem eles), tem preços diferentes.
    2. Ouço muitos vendedores a dizer que o vinílico mais grosso é melhor, mas nenhum me consegue explicar o porquê de o mais grosso ser melhor.


    Claro que depois o fator preço entra em conta.
    Mas o que eu quero perceber na realidade é: tenho um material de cada e todos eles custam o mesmo ao m2. Quais exatamente as vantagens de desvantagens de cada um?

    Obrigado
    • RCF
    • 18 março 2023

     # 2

    Pondera colocar cerâmico nos quartos?
    Eu colocaria cerâmico na cozinha e WC's e nos restante ou flutuante ou vinílico.
    Como, provavelmente, o orçamento é limitado, tente encontrar um compromisso entre gosto e preço.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
  2.  # 3

    O cerâmico é eterno, barato e fácil de aplicar. Para os quartos flutuante.
    Nada mais simples.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
  3.  # 4

    Se pode chegar a cerca de 50€ m2 ainda para mais com AC coloque estratificado.
    Tenho experiência em casa onde com o ac ligado na cozinha onde é cerâmico é desagradável andar descalço, ja na sala e quartos andasse bem
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
    • snob
    • 19 março 2023 editado

     # 5

    Colocado por: WerBnVou tentar enumerar as vantagens de cada um, de acordo com o que ouço:
    - Cerâmico: o mais resistente(quer a impactos, arranhões ou a químicos) e o material não "trabalha", ou seja, não vai levantar ou mover. O mais barulhento dos três.


    O mais resistente? depende, se deixar cair um carrinho de ferro num flutuante, vai ficar com uma marca pouco visível. Se cair num cerâmico, este pode partir ou esmilhar, não sei se é mais resistente, depende do impacto.
    Não percebi a parte do barulhento, o cerâmico não é barulhento, a não ser que esteja oco.

    Colocado por: WerBn1. Há diferença entre diferentes cerâmicos? Há cerâmico bom e mau? Como posso distinguir? Nas lojas não me conseguem explicar porque é que um cerâmico exatamente do mesmo tamanho que outro, e que tem o mesmo material (dizem eles), tem preços diferentes.


    Eu próprio também passei por estas indecisões, inicialmente estava inclinado para aplicar vinílico na casa toda, depois de ouvir e ler algumas críticas (fundadas ou não), decidi instalar cerâmico nas casas de banho, cozinha e sala de estar.
    Não posso confirmar que o vinílico seja uma má opção, simplesmente não foi o material que eu apliquei.
    Comprei várias marcas de cerâmico e concluí que existem várias qualidades e preços.
    Se optar por um bom cerâmico e por um bom aplicador (o preço da mão de obra minimamente profissional é a partir de 15 € o m2 + cimento cola), não vai ficar mais barato do que se aplicar vinílico ou flutuante.
    A qualidade do cerâmico está relacionada com a qualidade do acabamento. Tenho dificuldade em explicar, mas um acabamento fraco tem o aspeto tipo às ondas enquanto um acabamento de qualidade, o topo do cerâmico parece uma imagem de alta definição. Os vendedores das lojas de materiais sabem explicar muito bem a diferença entre um bom cerâmico e um cerâmico mais fraco, isto é mais fácil de perceber com os diferentes materiais na mão.
    E depois há cerâmicos que em consequência do processo de cozedura apresentam o chamado "lombo" / "empeno", ou seja não são completamente direitos. Pegando num peça comprida, a olho nu é visível o tal empeno.
    Para disfarçar estes defeitos um bom aplicador sabe truques para não se notar no resultado final.
    Um deles é seguir a recomendação de instalação que vem na caixa ;) E parte da decisão da espessura das juntas é outro. Obrigatoriamente o ceramico tem de ser aplicado com junta, descarte quem lhe disser o contrário. O material trabalha, tem de ter junta, pode é ser mínima tipo de 1,5mm
    Não querendo fazer publicidade, contudo das várias marcas que comprei, houve uma que se destaca pela positiva em qualidade - Aleluia cerâmicas. Visite o site que tem preços, claro que depois ainda pode contar com um desconto. Mas há outras marcas, eu posso falar da Navarti, Love e Rak ceramics...
    Concordam com este comentário: peasm, JorgeASC
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
    • WerBn
    • 19 março 2023 editado

     # 6

    Colocado por: RCFPondera colocar cerâmico nos quartos?
    Eu colocaria cerâmico na cozinha e WC's e nos restante ou flutuante ou vinílico.
    Como, provavelmente, o orçamento é limitado, tente encontrar um compromisso entre gosto e preço.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:WerBn

    Colocado por: Casa da HortaO cerâmico é eterno, barato e fácil de aplicar. Para os quartos flutuante.
    Nada mais simples.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:WerBn

    A mesma questão para os dois: porquê para os quartos flutuante ou vinílico? Por causa do preço?
    Colocado por: DR1982Se pode chegar a cerca de 50€ m2 ainda para mais com AC coloque estratificado.
    Tenho experiência em casa onde com o ac ligado na cozinha onde é cerâmico é desagradável andar descalço, ja na sala e quartos andasse bem
    Estas pessoas agradeceram este comentário:WerBn

    50m2 está mesmo fora de questão. Mas obrigado pela dica. Está a dizer então que cerâmico ao contacto é desagradável com AC no frio ou quente?


    Colocado por: snob

    O mais resistente? depende, se deixar cair um carrinho de ferro num flutuante, vai ficar com uma marca pouco visível. Se cair num cerâmico, este pode partir ou esmilhar, não sei se é mais resistente, depende do impacto.
    Não percebi a parte do barulhento, o cerâmico não é barulhento, a não ser que esteja oco.



    Eu próprio também passei por estas indecisões, inicialmente estava inclinado para aplicar vinílico na casa toda, depois de ouvir e ler algumas críticas (fundadas ou não), decidi instalar cerâmico nas casas de banho, cozinha e sala de estar.
    Não posso confirmar que o vinílico seja uma má opção, simplesmente não foi o material que eu apliquei.
    Comprei várias marcas de cerâmico e concluí que existem várias qualidades e preços.
    Se optar por um bom cerâmico e por um bom aplicador (o preço da mão de obra minimamente profissional é a partir de 15 € o m2 + cimento cola), não vai ficar mais barato do que se aplicar vinílico ou flutuante.
    A qualidade do cerâmico está relacionada com a qualidade do acabamento. Tenho dificuldade em explicar, mas um acabamento fraco tem o aspeto tipo às ondas enquanto um acabamento de qualidade, o topo do cerâmico parece uma imagem de alta definição. Os vendedores das lojas de materiais sabem explicar muito bem a diferença entre um bom cerâmico e um cerâmico mais fraco, isto é mais fácil de perceber com os diferentes materiais na mão.
    E depois há cerâmicos que em consequência do processo de cozedura apresentam o chamado "lombo" / "empeno", ou seja não são completamente direitos. Pegando num peça comprida, a olho nu é visível o tal empeno.
    Para disfarçar estes defeitos um bom aplicador sabe truques para não se notar no resultado final.
    Um deles é seguir a recomendação de instalação que vem na caixa ;) E parte da decisão da espessura das juntas é outro. Obrigatoriamente o ceramico tem de ser aplicado com junta, descarte quem lhe disser o contrário. O material trabalha, tem de ter junta, pode é ser mínima tipo de 1,5mm
    Não querendo fazer publicidade, contudo das várias marcas que comprei, houve uma que se destaca pela positiva em qualidade - Aleluia cerâmicas. Visite o site que tem preços, claro que depois ainda pode contar com um desconto. Mas há outras marcas, eu posso falar da Navarti, Love e Rak ceramics...
    Estas pessoas agradeceram este comentário:WerBn

    Vou tentar estar atento a estes pormenores. Muito obrigado. O maior problema é que o pessoal das lojas não me consegue mesmo explicar a diferença nos preços. Já fui a 3 diferentes.
    Fica desde já uma pergunta semelhante às anteriores? Porquê que meteu vinílico/flutuante nos quartos?
  4.  # 7

    Colocado por: WerBnEstá a dizer então que cerâmico ao contacto é desagradável com AC no frio ou quente?
    sim é. Eu nas divisões que tenho madeira ando bem, nas divisões com cerâmica tenho de ir atras dos chinelos e portanto está tudo à mesma temperatura
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
  5.  # 8

    Gostava de deixar aqui uma opinião diferente: onde vivo actualmente o cerâmico e efectivamente frio ao toque mas optamos por ter na casa toda porque as varias amostras recentes demonstraram ter um comportamento termico muito superior. Continua frio mas não o gelo do material de ha 10-20 anos atras.
    Gostaria de madeira na casa toda mas o orçamento foi impróprio para cardíacos…
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
    • snob
    • 19 março 2023 editado

     # 9

    Colocado por: WerBnO maior problema é que o pessoal das lojas não me consegue mesmo explicar a diferença nos preços. Já fui a 3 diferentes.

    Os preços também tem a ver com a marca, ser polido, brilhante ou mate, dimensão (120cm por 120cm é mais caro do que um 60cm por 60cm), a espessura, tudo são pormenores que influenciam o preço. Mas se for incisivo e perguntar o motivo de este custar 30€ e aquele 50€, os vendedores sabem...

    Colocado por: WerBnPorquê que meteu vinílico/flutuante nos quartos?


    Nos quartos vou meter flutuante AC5 ou AC6. Porque considero o flutuante mais quente e confortável para a zona dos quartos.
    Só não vou para multicamadas (estratificado) por questões de preço. Um bom flutuante e bem aplicado para mim é suficiente.

    Na sala de estar ainda ponderei o flutuante, mas como tenho recuperador a lenha e a sala é a entrada da casa, considero o cerâmico mais resistente e prático de limpar. Os quartos são uma área mais reservada da casa onde temos outros cuidados, pelo que o flutuante acaba por estar mais protegido.
    Concordam com este comentário: Beto1980
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
  6.  # 10

    Colocado por: NielsBohrGostava de deixar aqui uma opinião diferente: onde vivo actualmente o cerâmico e efectivamente frio ao toque mas optamos por ter na casa toda porque as varias amostras recentes demonstraram ter um comportamento termico muito superior. Continua frio mas não o gelo do material de ha 10-20 anos atras.
    Gostaria de madeira na casa toda mas o orçamento foi impróprio para cardíacos…

    Pode partilhar os orçamentos?
    Obrigado
    • DR1982
    • 19 março 2023 editado

     # 11

    Um estratificado chines custa por volta dos 50€ m2, claro que é caro mas dependendo dos m2 em questão pode não ser uma diferença absimal.
    É verdade tambem que os laminados atuais sao diferentes do que se via primeiro, ja se encontram alguns com textura que sinceramente imitam muito bem a madeira, eu tinha a ideia dos laminados serem aqueles lisos plastificados mas isso ja mudou
    Concordam com este comentário: snob
    • RCF
    • 19 março 2023 editado

     # 12

    Colocado por: WerBnA mesma questão para os dois: porquê para os quartos flutuante ou vinílico? Por causa do preço?

    Não é por causa do preço que recomendo, pois os preços poderão ser idênticos. Recomendo não colocar cerâmico nos quartos, por não ser tão agradável ao toque. Não é agradável sair da cama e colocar os pés em cima de cerâmico. Já na cozinha e WC's, recomendo a cerâmica por ser o mais fácil de limpar e mais resistente a água.
    Concordam com este comentário: snob, Casa da Horta
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
  7.  # 13

    Nao tenho orçamentos recentes e posso dizer que muda muito de acordo com a metragem pedida.

    Não temos problemas do “frio ao toque”. Nunca andamos descalcos em casa. Gostava de madeira por uma questão estetica. Mas cada caso e um caso. Sou daqueles que acho que isso e um não-problema. Entra no argumento das pessoas que querem uma casa no centro da cidade para “ir de bicicleta para o trabalho”. So acontece no primeiro meio ano. Chega a chuva, pegam no carro e na primavera passa a ser o problema do polen, no verao o calor, no outono o vento…
    Concordam com este comentário: JMHouse
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
    • DR1982
    • 19 março 2023 editado

     # 14

    Colocado por: NielsBohrNunca andamos descalcos em casa.
    isto faz toda a diferença
  8.  # 15

    Muito obrigado pelas respostas

    Acho que vou optar por flutuante na parte "privada" da casa: corredor e quartos.

    Casas de banho, cozinha e sala com cerâmico.

    Agora uma outra questão relacionada: na zona do corredor, em que provavelmente vou por flutuante, tenho umas escadas para a cave.
    Qual o material ideal a meter nas escadas? O mesmo flutuante, para dar continuidade? Ou um cerâmico?
    Estou a pensar em termos de custos e de qualidade.
  9.  # 16

    Pedra
  10.  # 17

    Colocado por: WerBnMuito obrigado pelas respostas

    Acho que vou optar por flutuante na parte "privada" da casa: corredor e quartos.

    Casas de banho, cozinha e sala com cerâmico.

    Agora uma outra questão relacionada: na zona do corredor, em que provavelmente vou por flutuante, tenho umas escadas para a cave.
    Qual o material ideal a meter nas escadas? O mesmo flutuante, para dar continuidade? Ou um cerâmico?
    Estou a pensar em termos de custos e de qualidade.


    O meu arquitecto disse-me que para a escada o melhor é a madeira, porque o material vai ter de "trabalhar". Disse me que o flutuante não resultava bem…. Mas os entendidos poderão dizer melhor (eu não sou de todo uma entendida)
    • snob
    • 19 março 2023 editado

     # 18

    Colocado por: WerBnAgora uma outra questão relacionada: na zona do corredor, em que provavelmente vou por flutuante, tenho umas escadas para a cave.
    Qual o material ideal a meter nas escadas? O mesmo flutuante, para dar continuidade? Ou um cerâmico?
    Estou a pensar em termos de custos e de qualidade.


    Também tive esta indecisão. O flutuante em escadas, com o tempo poderá começar a descascar, principalmente na transição entre espelho e cobertura. O ideal é madeira, mas umas escadas em madeira maciça são caras.
    Eu tenho dois lanços de escada iguais.
    O lanço que dá acesso da garagem à sala vai ser feito em mármore moca. (este fica no total em cerca de 2000 €)
    O lanço que dá acesso da sala aos quartos vai ser feito em madeira sucupira. (este fica no total em cerca de 3000 €)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
    • WerBn
    • 19 março 2023 editado

     # 19

    Colocado por: NielsBohrPedra

    Fora de questão por causa do orçamento

    Colocado por: martafgc8

    O meu arquitecto disse-me que para a escada o melhor é a madeira, porque o material vai ter de "trabalhar". Disse me que o flutuante não resultava bem…. Mas os entendidos poderão dizer melhor (eu não sou de todo uma entendida)

    Pois, flutuante ao final de uns anos a coisa deve ficar barulhenta. Desconfio

    Colocado por: snob

    Também tive esta indecisão. O flutuante em escadas, com o tempo poderá começar a descascar, principalmente na transição entre espelho e cobertura. O ideal é madeira, mas umas escadas em madeira maciça são caras.
    Eu tenho dois lanços de escada iguais.
    O lanço dá acesso da garagem à sala vai ser feito em mármore moca. (este fica no total em cerca de 2000 €)
    O lanço dá acesso da sala aos quartos vai ser feito em madeira sucupira. (este fica no total em cerca de 3000 €)

    Bem, 2000€ ou mais por umas escadas é qualquer coisa.
    No meu caso a escadas serão uns 5m2 máximo, de área de construção. A 2000€, a coisa fica por ~450€ m2. É demais.
  11.  # 20

    Eu coloquei ceramica da cifre... gostei bastante.. pecas de 120x120...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: WerBn
 
0.0283 seg. NEW