Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    https://www.youtube.com/watch?v=Br124JLbWmk

    A inflação não se tem reduzido tanto como o previsto e continua muito elevada, e por causa disso a FED e o BCE vão continuar a subir os juros mais do que o previsto inicialmente e a um ritmo mais acelerado.

    O colapso recente de um grande banco dos EUA também fez soar os alarmes e pode-se alastrar para a Europa.

    Se os bancos centrais se acobardarem e não subirem os juros para salvar os bancos e os empregos, a inflação vai disparar para cima dos 10% e as pessoas mais pobres vão ficar sem dinheiro e a passar fome.

    A atualização dos créditos habitação em Portugal vai provocar um aumento brutal das prestações mensais no verão de 2023.

    Qualquer que seja a decisão (subir juros e combater inflação ou não subir juros e salvar a economia), a verdade é que vêm aí tempos muito difíceis e é altura de apertar bem o cinto!
    Concordam com este comentário: ferreiraj125
  2.  # 2

    Viram o trambolhão da Euribor a 12 meses hoje????

    Passou de 3,858 para 3,509!!!!
  3.  # 3

    muita desinformação sobre o que está a acontecer nos usa. calma...
  4.  # 4

    Colocado por: JosebaViram o trambolhão da Euribor a 12 meses hoje????

    Passou de 3,858 para 3,509!!!!


    Já há previsão para descida dos juros nos EUA a partir de Junho.
    • NMGS
    • 14 março 2023

     # 5

    Colocado por: PedroNunes24

    Ouro e Bitcoin têm sido a minha aposta já desde 2020 a contar com este cenário. Efetivamente ambos dispararam desde o anuncio dos bancos.

    Já agora, Credit Suisse só hoje já conta com 13% de queda. BNP Paribas com queda de 6.5% só hoje também.

    A meu ver estamos numa crise de confiança. E desta vez os governos já não têm margem para safar os bancos, porque só o conseguem inflacionando ainda mais a própria moeda. Os unicos portos seguros começam a ser instrumentos impossíveis de manipular pelo governo, daí o ouro e Bitcoin estarem a disparar.

    No entanto o ouro continua com o problema de que tem de ser custodiado num banco...


    Pelo que consta o Credit Suisse já estaria no limite antes disto....ainda assim penso que não pertença aos próximos episódios
  5.  # 6

    Colocado por: JosebaViram o trambolhão da Euribor a 12 meses hoje????

    Passou de 3,858 para 3,509!!!!


    Isso é o valor de há 8 dias.
  6.  # 7

    Daqui a pouco dá um trampolim e vai para os 4
  7.  # 8

    Colocado por: ferreiraj125

    Isso é o valor de há 8 dias.


    Trambolhão de num dia ter caído 0.349, deduzo que ainda não tinha acontecido, tanto a subir como a descer.

    O que nada invalida que nos próximos dias já esteja a 4%, ou mais 2 ou 3 bancos declarem insolvência, a ver vamos.
  8.  # 9

    A queda de bancos leva a crer que o FED não vai aumentar tanto os juros.
  9.  # 10

    Colocado por: NTORIONConcordo com esse promotor, muito.

    Se ele tivesse ficado na sombra da bananeira, ia ficar a dever a meia dúzia de fornecedores, secalhar alguns com tal relevância que iriam ficar a dever a mais 2 ou 3 cada um, inclusive a trabalhadores... Já viu a bola de neve que ele iria criar? Assim não só se salvaguardou que ainda protegeu os seus clientes.


    Precisamente. Infelizmente haverá muitos casos assim. Nas startups e pequenas empresas haverá problemas de liquidez para proceder ao pagamento de salários... e amanhã é dia 15, ou seja, 5a feira é dia de lançar o pagamento da quinzena. Há também gente revoltada com os midia pela desinformação ou por tratarem o caso como que se todos os clientes do banco fossem bastante abonados. Nem todos terão margem de manobra para aguentar muito tempo sem acesso à conta.
  10.  # 11

    Colocado por: N Miguel Oliveira

    Precisamente. Infelizmente haverá muitos casos assim. Nas startups e pequenas empresas haverá problemas de liquidez para proceder ao pagamento de salários... e amanhã é dia 15, ou seja, 5a feira é dia de lançar o pagamento da quinzena. Há também gente revoltada com os midia pela desinformação ou por tratarem o caso como que se todos os clientes do banco fossem bastante abonados. Nem todos terão margem de manobra para aguentar muito tempo sem acesso à conta.


    O governo já anunciou que vai safar os bancos. Durante um ano vão comprar todos os titulos e não ao valor de mercado, mas sim de maturidade. A impressão de dinheiro voltou.

    Para mim o mais problemático é a falta de responsabilidade que isto passa aos bancos. Continua a valer tudo, porque em caso de problema o governo continua a safar os irresponsáveis. Os lucros só tocam a uns quantos, já os prejuízos paga o povo, que começa a questionar-se até que ponto o preço das cebolas é devido à especulação de mercado/impressão de dinheiro.

    Continuo a achar (cada vez mais), que depois da poeira assentar, a situação vai ser:
    - Meta da inflação revista para 3-4% (não o vão admitir em teoria, mas sim em prática: vão deixar de subir juros para não rebentar mais nada);
    - Euribor vai estabilizar nos 2-3% durante anos e o imobiliário estagnar;
    - Com o imobiliário, ações e obrigações em máximos históricos e a arriscar correcções se os juros subirem mais, o risco não vai compensar. Isto aliado à perda de confiança nos bancos e moedas fiduciárias, só restam os produtos que o governo/instiuições não conseguem manipular para os seus interesses: Bitcoin e metais preciosos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: NMGS
  11.  # 12

    Colocado por: PedroNunes24O governo já anunciou que vai safar os bancos. Durante um ano vão comprartodosos titulos e não ao valor de mercado, mas sim de maturidade. A impressão de dinheiro voltou.
    Não há problema. Depois aumenta-se ainda mais os juros, para retirar o "excesso de dinheiro" a quem está dependente dos rendimentos do trabalho, e a coisa resolve-se.
  12.  # 13

    Isto do aguenta aguenta é só para os "pequenos" que contrataram taxa variável no "limite" da taxa de esforço, esses irresponsáveis, quando toca aos "grandes", temos de rever políticas para os salvar e já agora injetar lá uns bons milhões.

    Alguns incomodados em pagar ajudas de 720€ anuais, para os que ficaram com taxa de esforço elevada, Peanuts.

    P.s Já colocavam o tópico a funcionar como deve ser, volta sempre à primeira página.
    Concordam com este comentário: desofiapedro
  13.  # 14

    Colocado por: PedroNunes24Durante um ano vão comprartodosos titulos e não ao valor de mercado, mas sim de maturidade. A impressão de dinheiro voltou.

    Dasss, tenho 2 carros velhos, bem que mos podiam comprar a preço de novos, afinal até os estimo bem.
    Mal por mal, daqui a pouco ainda defendo uma banca nacionalizada, ao menos bastava 1 banco.



    Colocado por: PedroNunes24- Meta da inflação revista para 3-4% (não o vão admitir em teoria, mas sim em prática: vão deixar de subir juros para não rebentar mais nada);
    - Euribor vai estabilizar nos 2-3% durante anos e o imobiliário estagnar;
    - Com o imobiliário, ações e obrigações em máximos históricos e a arriscar correcções se os juros subirem mais, o risco não vai compensar. Isto aliado à perda de confiança nos bancos e moedas fiduciárias, só restam os produtos que o governo/instiuições não conseguem manipular para os seus interesses: Bitcoin e metais preciosos.


    Com a inflação bem acima das taxas de juro, continuo na minha, prefiro empresas com muitos ativos (tangíveis, pq de pó estou farto) que valoriam com a inflação e que sejam cash cow's...
    Concordam com este comentário: ferreiraj125
  14.  # 15

    Colocado por: NTORION

    Mal por mal, daqui a pouco ainda defendo uma banca nacionalizada, ao menos bastava 1 banco.



    Há quem diga que é a meta dos bancos centrais e que toda esta crise vai servir como pretexto para implementar as CBDCs (criptomoeda do banco central). Poder total na mão do banco central sobre o dinheiro do povo, sem ter de passar pela banca tradicional.

    Credit Suisse hoje caiu mais 20% (queda total de 98% do topo) e já arrastou o Deutsche Bank e o BNP Paribas, que já foi impedido de ser negociado na bolsa da Paris. Começa o contágio no mercado europeu.
  15.  # 16

    Você subscreveu criptomoedas e quer fazer toda a gente acreditar que é a salvação do mundo.. a realidade, deve andar perto do extremo oposto..
  16.  # 17

    Bem, depois do reboliço dos últimos dias dos bancos americanos, a Euribor já subiu novamente.

    https://www.jornaldenegocios.pt/mercados/mercados-num-minuto/detalhe/europa-aponta-para-inicio-sessao-inalterada-asia-termina-dia-com-ganhos
    • AMG1
    • 15 março 2023

     # 18

    Colocado por: PedroNunes24

    Há quem diga que é a meta dos bancos centrais e que toda esta crise vai servir como pretexto para implementar as CBDCs (criptomoeda do banco central). Poder total na mão do banco central sobre o dinheiro do povo, sem ter de passar pela banca tradicional.


    Pois, também há quem diga que a terra não e redonda.
    As moedas digitais a emitir pelos BC estão em desenvolvimento há varios anos e no caso do Japão p.e. creio mesmo que ja haverá testes a correr.
    O euro digital, também já esta marcha e só não está mais adiantado porque a máquina burocrática europeia tem de "pedir licença a um pé para mexer o outro". Nos EUA também há um projecto em curso, mas não sei exactamente a situação.
    Estas moedas podem substituir as actuais criptomoedas em tudo, menos numa coisa: nas utilizações assim um "pouco mais estranhas", isto para ser simpático, claro.
    Mas gosto da ideia de que as criptomoedas são o dinheiro do povo. Pelo menos revela uma imaginação ao nivel de alguns dos usos que se conhecem com esses "activos".
    • AMG1
    • 15 março 2023

     # 19

    Colocado por: PedroNunes24

    Credit Suisse hoje caiu mais 20% (queda total de 98% do topo) e já arrastou o Deutsche Bank e o BNP Paribas, que já foi impedido de ser negociado na bolsa da Paris. Começa o contágio no mercado europeu.


    Depois dos acionistas e gestores dos bancos terem recuperado o que perderem na ultima crise, incluindo a colossal distribuição de dividendos relativos a 2022, já pode voltar outra crise bancária. Os otarios do costume estao cá para arcar com o custo da solução, seja de que forma for.
    O estranho é que ainda há dias andava por aqui gente a bramar, ou melhor, a insultar quem mostrava desagrado pelo facto dos bancos estarem a empochar uma pipa astronómica de massa muito à conta de quem suportou os seus erros passados.
    Eu nao quero a nacionalização da banca e menos ainda o descalabro do sistema, porque os custos seriam incalculáveis, mas se se vier a repetir novamente o que se passou na crise anterior, nao sei se nao tem mesmo de haver mudanças drasticas no sistema financeiro. Desta forma os bancos não estão a cumprir o seu papel de ajudar a economia real a desenvolver-se, pelo contrario estão a constituir-se como um impecilho a esse desenvolvimento, pelo risco permanente que aportam a toda a sociedade.
    Provavelmente a era dos bancos gigantes terá de acabar, para que possam ser tratados como qualquer outra empresa.
    O sistema pode perder eficiência, é um facto, mas pelo que temos visto, essa eficiência só traz beneficios a uns poucos e custos enormes para todos os outros.
    Já me alonguei demais, até porque podemos estar apenas a ver uma ligeira turbulência sem consequencias de maior, mas à cautela eu, se pudesse, dava um conselho ao Centeno que avise os bancos que seria melhor repensarem a politica de distribuição de dividendos para este ano.
    Concordam com este comentário: NTORION, N Miguel Oliveira, ferreiraj125
  17.  # 20

    Colocado por: Bragas VVocê subscreveu criptomoedas e quer fazer toda a gente acreditar que é a salvação do mundo.. a realidade, deve andar perto do extremo oposto..


    Eu acho que 99.99% das criptomoedas são lixo, por isso até concordo mais consigo do que discordo.

    Colocado por: AMG1

    As moedas digitais a emitir pelos BC estão em desenvolvimento há varios anos e no caso do Japão p.e. creio mesmo que ja haverá testes a correr.
    O euro digital, também já esta marcha e só não está mais adiantado porque a máquina burocrática europeia tem de "pedir licença a um pé para mexer o outro". Nos EUA também há um projecto em curso, mas não sei exactamente a situação.


    Se quiser saber mais, tem o relatório oficial do BIS (banco central dos bancos centrais):

    https://www.bis.org/publ/othp42.htm

    Se acha que os bancos centrais têm feito um bom trabalho (eu até gosto do Powell) e acha que devem ter ainda mais direitos, parece-me ser uma ótima solução.
 
0.0527 seg. NEW