Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Gostava de ouvir a vossa opinião acerca dos tamanhos das divisões que estou a pensar para a minha casa. Serão as mais correctas?

    Não quero divisões muito grandes mas também não quero apertos...A habitação vai ser para duas pessoas, a outra virá a caminho daqui a dois ou três anos :)
    As divisões a que dou mais valor são sala e cozinha (passo lá bom tempo porque gosto imenso de cozinhar).

    Já agora quais são as divisões que ficam mais caras na construção de uma casa? Faz sentido colocar esta questão ?

    Min Max
    Hall Entrada 8 10
    Sala 42 45
    WC social 2 3
    Cozinha 22 25
    Lavandaria 6 8
    Hall circulação 5 9
    WC Principal 6 8
    Quarto 18 20
    Office 16 18
    Suite 18 20
    Closet Suite 2 3
    WC Suite 5 6

    Total 150 175
    (falta a garagem...)
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

    • Jonh
    • 12 Setembro 2008

     # 2

    isso sao áreas boas...se diz que nao quer coisas muito grandes e tem uma sala com 42 ou 45m2 ... mas isso depende do interesse e gosto de cada um. Penso que sao medidas num modo geral excelentes.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: peter_pan__
  3.  # 3

    Também acho áreas boas. Se se trata de uma moradia, acho a sala pequena pois é o que costumo fazer para apartamentos T3, mas isso depende muito do uso que der à sala e da sua configuração em planta que pode estar muito bem aproveitada. Contudo confesso que para uma situação de uma moradia em que a sala tenha área para jantar e estar, os 50m2 no mínimo seriam de prever.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: peter_pan__

    •  
      FD
    • 12 Setembro 2008 editado

     # 4

    Nunca é demais relembrar que vai pagar o IMI, o imposto anual devido por sermos proprietários de uma casa, com base nas áreas das mesmas, entre outros factores.

    Para uma casa pequena, pagará o IMI de uma casa pequena. Para uma casa palaciana, pagará o IMI de uma casa palaciana.

    Alguém da minha família, com uma casa relativamente grande, em que não utiliza cerca de 30% do espaço, paga quase 1.500€ de IMI todos os anos... cuidado.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: peter_pan__
    • Jonh
    • 12 Setembro 2008

     # 5

    Bem mas 1500€ para essas áreas apresentadas pelo peter pan, acho muito...isso será para casas muito maiores
    •  
      FD
    • 12 Setembro 2008

     # 6

    Era só um exemplo, porque existem outras variantes, como a localização, que influenciam bastante o cálculo.

    Mas só para ver, essa casa tem 4 quartos, 3 casas de banho, 1 sala, 1 cozinha, 1 cave em cerca de 250m2 de terreno...
  4.  # 7

    Boas,

    Danielaportela, 50m2 como mínimo para uma sala? ;)

    Então qual é o tamanho médio das salas que projecta para uma moradia?

    Cump.

    P.S. Já agora em que zona do país é que são esses T3 com salas de 50m2? É que pelo menos na minha zona de comum isso não tem nada...
  5.  # 8

    Obrigado FD, John e danielaportela pelos comentários e dicas!

    A dúvida que me surgiu é que talvez tivesse a colocar divisões muito pequenas. Sempre que percorro o forum vejo pessoas que vão construir moradias de 250 m2 para cima...E realmente as área parecem-me adaptadas a minha "realidade". E se pagar menos IMI, ainda melhor. Já agora é possível prever o IMI que vamos pagar depois da casa feita?
    •  
      FD
    • 13 Setembro 2008

     # 9

  6.  # 10

    50m2 para sala comum? A Daniela faz condomínios de luxo (estou a brincar), agora tudo depende da configuração..., se o espaço destinado a jantar tiver 27m2 e a sala estar 15m2 aí já se torna pequeno..., o que é usual nas famílias portuguesas é a sala de jantar só ser utilizada nas reuniões familiares, acaba por ser quase um espaço residual (15/16m2 parece-me razoável).
    27m2 de sala de estar para nela conviverem diariamente 3 pessoas a maior parte do tempo parece-me mais que razoável e dependendo da configuração da sala essa área pode ser incrementada ainda com área da sala de jantar.
    Tenho um familiar que vive em apartamento T3 e a sala comum acaba por ter o tal espaço residual de jantar, apesar disso não deixa de estar bem definido a quem entra na sala que se trata de um espaço de jantar e ocupa uma área mínima (8/9m2).
    Agora põe-se o caso de ser uma família "atípica" e utilizar a sala de jantar como sala de refeições diariamente é possível que se torne pequena.
    Cumprimentos,
    Carlosmcd
    • kami
    • 13 Setembro 2008

     # 11

    Boas

    Para calculo do valor patrimonial algu+em sabe interpretar isto?

    Estado deficiente de conservação (0,00 a 0,05)
    Qualidade construtiva (0,00 a 0,15)
    Localização e operacionalidade relativas (0,00 a 0,05)
    Localização excepcional (0,00 a 0,10)
    Localização e operacionalidade relativas (0,00 a 0,05)

    Cumps

    kami
  7.  # 12

    Colocado por: Pedro Azevedo78Boas,

    Danielaportela, 50m2 como mínimo para uma sala? ;)

    Então qual é o tamanho médio das salas que projecta para uma moradia?

    Cump.

    P.S. Já agora em que zona do país é que são esses T3 com salas de 50m2? É que pelo menos na minha zona de comum isso não tem nada...


    No Porto já não se conseguem vender apartamentos T3 a um preço interessante com salas com menos de 40 m2.
    Antigamente, digo nos anos 90 faziamos T2 com salas de 25 m2 e estava tudo bem, hoje as pessoas quando compram um T2 querem salas com 30-40m2, sendo 30 o mínimo dos mínimos, nenhum investidor encomenda projectos com menos que isso porque sabe que não vende.

    Em moradias unifamiliares, sobretudo quando não se trata de loteamentos, com áreas limitadas de raiz, em que é preciso coordenar muito bem os espaços para caber lá tudo condignamente e com alguma graça, mas sim quando se tratam de moradias inseridas num terreno livre, com 4 frentes disponíveis, é muito incomum apontarmos para salas com menos de 50 m2. Na maioria dos casos as pessoas preferem Open Spaces com sala de estar, jantar, pequena biblioteca ou espaços de jogos integrado. Cada vez mais as caves saem de moda para passar o suposto "salão" para a sala, porque as pessoas actualmente já descobriram que ao ter duas salas, uma delas é pouco usada.
    Quando se trata de um apartamento é uma coisa, uma moradia que pode ser moldada à nascença por quem a vai habitar, é outra completamente diferente, mas como disse anteriormente, tudo depende da configuração e dos elementos definidores do espaço e não da área em si. Eu posso gastar 5 m2 dessa sala com uma lareira em xisto ao cutelo escultorica e móvel para TV, posso querer ter uma mesa de bilhar, posso querer ter um canto para uma biblioteca ou sala de estudo apenas definida por uns moveis estante, uns bambus, uma chaise longue e um candeeiro de pé etc...tudo isso depende das necessidades do cliente e do estilo vivencial de cada um, e essas coisas ocupam espaço, para a sala dar a sensação que tem espaço, precisa não só estar organizada mas também deixar espaço livre.
    •  
      FD
    • 18 Setembro 2008

     # 13

    Colocado por: kamiBoas

    Para calculo do valor patrimonial algu+em sabe interpretar isto?

    Estado deficiente de conservação (0,00 a 0,05)
    Qualidade construtiva (0,00 a 0,15)
    Localização e operacionalidade relativas (0,00 a 0,05)
    Localização excepcional (0,00 a 0,10)
    Localização e operacionalidade relativas (0,00 a 0,05)

    Isso é determinado pelos avaliadores das finanças. Pode ver mais informações aqui: http://www.dgci.min-financas.pt/pt/informacao_fiscal/codigos_tributarios/CIMI/index_cimi.htm
    Veja a partir do artigo 38.º.
  8.  # 14

    Atenção as medidas, em relação ao IMI, a minha opinião é a seguinte:
    Uma casa grande sem cave sem sótão, por exemplo a minha casa tem +- 300m2 só um piso sem cave nem sótão, assim só pago sobre os 300m2 e não sobe 900 m2, e que em termos de imi não importa se é cave ou sala.
  9.  # 15

    Para os profissionis de projecto... estudos relativos a áreas, respectivos usos e níveis de conforto,
    aconselho leitura atenta das seguintes publicações:

    BRANCO PEDRO, João – Programa Habitacional. Espaços e Compartimentos
    Lisboa: LNEC, 2ª edição 2002. ITA 4

    BRANCO PEDRO, João – Programa Habitacional. Habitação
    Lisboa: LNEC, 4ª edição 2001. ITA 5

    BRANCO PEDRO, João – Programa Habitacional. Edifício
    Lisboa: LNEC, 3ª edição 2002. ITA 6

    COELHO BAPTISTA, António; REIS CABRITA, António – Habitação evolutiva e adaptável
    Lisboa: LNEC, 1ª edição 2003. ITA 9
  10. Ícone informação Anunciar aqui?

  11.  # 16

    Colocado por: Pedro BarradasPara os profissionis de projecto... estudos relativos a áreas, respectivos usos e níveis de conforto,
    aconselho leitura atenta das seguintes publicações:


    E para os não profissionais ? Talvez o Fórum da Casa :))
  12.  # 17

    ... para os não profissionais, estas são as áreas uteis de referência que costumo utilizar (mas dependerá muito do tipo de exigências do cliente/ promotor):
    Quarto simples- 9m2
    Quarto duplo/casal- 12m2
    IS, acessivel/ completa - 6m2
    IS, serviço, 3m2
    IS, complementar - 4m2
    Sala comum (estar + refeições) - 24m2
    Sala estar - 20m2
    Sala refeições - 16m2
    Cozinha - 12m2
    ... despensas, trat roupa, garagens, arrumos, etc.. é visto caso a caso...
    a estas áreas.. dever-se-á somar uma percentagem, para circulações... uma percentagem sobre o somatório para a area bruta de construção..
    As percentagens.. dependem do tipo de programa e abordagem para o projecto...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Jonh, CC_C&C
    • Jonh
    • 20 Setembro 2008

     # 18

    No meu projecto tenho a sala de estar com 17,20m2 e a de jantar com 24m2,.........isto de modo a que a sala de estar, quando necessario, seja climatizada artificialmente mais rapido, tornando-se mais acolhedora...ainda assim, tenho uma porta de correr entre ambas o que possibilita que quando aberta fique com as duas salas ligadas, fazendo uma grande.
  13.  # 19

    .. lá está, é como tudo.. tive clientes que preferiram ter uma Cozinha com 20m2 e a sala de estar com 13m2 (não usam!!!)
  14.  # 20

    Vai ser um grande desenteranco lol mas li este artigo e achei curioso comparar com este tópico https://www.idealista.pt/news/imobiliario/internacional/2011/09/19/4262-arquitectos-britanicos-contra-tamanho-de-casas-novas-sao-caixas-de-sapatos-tabelas
    Concordam com este comentário: Madeirinha
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">