Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 121

    Colocado por: Gex

    Pois, essa é a tal vantagem de ter o alarme ligado a uma central, mas 30€ por mês é muito dinheiro...

    Alguém tem alguma informação de outras empresas de segurança que façam este serviço (e preços)?


    Existem várias empresas de segurança com a quais pode estabelecer contrato, de acordo com informação de outros foruns de onde retirei a seguinte informação (não consigo é encontrar o sitio de onde retirei o texto abaixo) :

    "A maioria das empresas de alarme local não dispõem de central de alarme, mas pode contactar uma das mais de 30 empresas que tem central de recepção de alarmes devidamente autorizadas pelo MAI (ver aqui a listagem: https://sigesponline.psp.pt/). As que têm o Alvará com letra A no DL-231/98 e o Alvará com letra C no DL-35/2004) para fazer a ligação do seu alarme à central deles. "

    Pode ser que consiga contratos sem fidelização ou com periodo de fidelização mais reduzido e/ou com preços mais atractivos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Gex
  2.  # 122

    Quanto aos sensores, acho que devem ser previstos sempre 2 modos de ativação.
    Perimétrica e total.

    A perimétrica permite ter o alarme ligado consigo em casa. A localização e o tipo de sensores deve ser bem estudada para fazer o trabalho correto.
    Os sensores de cortina apenas têm um contra... o €€€€.
    São feitos para cobrir grandes áreas (10m para cada lado do sensor) e se forem usados assim não ficam muito caros.
    • Gex
    • 3 outubro 2012

     # 123

    Colocado por: PBarata

    Não é vantagem nenhuma.
    A central de alarme telefona-lhe a perguntar se está tudo bem.
    Se voce não atender, ou não der a palavra certa eles mandam lá a policia.

    Os "piquetes" deles são +- tanga.
    Áté podem ir lá, mas chegam sempre 30 ou 40 minutos depois (ou 1 ou 2 horas)...
    E acha que eles têm armas? Ou que vão "deter" os ladrões?NADA.
    Eles também chamam sempre a policia.

    A central de alarmes apenas lhe garante que a policia é chamada, caso o alarme toque, mais nada. E por isso paga 30 €/mes, não tenha ilusões.

    Já agora abra o olho é que o equipamento NÃO É SEU é alugado, se terminar o contrato tem de o devolver.


    Pelo que a menina me disse eles (securitas) nem sequer têm piquete. Fazem exactamente isso que disse, ligam para lá a perguntar se está tudo bem e ligam para a polícia.
    A vantagem que vi ali é a obtenção de imagens e envio das mesmas para o telemóvel, o que serve de prova do assalto e mostra que não é um falso alarme. Também achei interessante e útil o botão de pânico.

    Eu estou mais inclinado para a opção de ser eu a colocar o alarme, mas preocupa-me se ele toca e eu não estou longe de casa (principalmente no estrangeiro).
  3.  # 124

    Apenas queria chamar a atenção para um pormenor.
    Quando o alarme toca, eles já estão dentro de casa. Se for à noite, voce ainda nem acordou bem e eles já estão ao seu lado na cama.

    Veja quanto tempo demora a chegar da porta de entrada ao seu quarto, com uma corridinha...

    Os sensores exteriores são importantes. Assim voce sabem que eles se estão a preparar para entrar, ANTES de entrarem.
    Muita atenção é aos falsos alarmes.
    Concordam com este comentário: electrao
  4.  # 125

    Colocado por: Gexvantagem que vi ali é a obtenção de imagens e envio das mesmas para o telemóvel

    Existem muitos sistemas que fazem isto.... É só €€€€,


    Colocado por: GexTambém achei interessante e útil o botão de pânico

    TODOS os sistemas têm esta opção.



    Colocado por: Gexmas preocupa-me se ele toca e eu não estou longe de casa (principalmente no estrangeiro).

    Roaming....
    Os sistemas normalmente são para colocar 6 numeros de telefone.
    O seu, o da sua mulher, do seu pai, do seu amigo, do seu vizinho (este é dos mais úteis, mas tem que ter uma boa relação com o vizinho).
    • Gex
    • 3 outubro 2012

     # 126

    Colocado por: PBarataMuita atenção é aos falsos alarmes.


    Com sensores exteriores era falsos alarmes a cada minuto por causa do cão.

    Colocado por: PBarataQuando o alarme toca, eles já estão dentro de casa. Se for à noite, voce ainda nem acordou bem e eles já estão ao seu lado na cama.


    Então mas não há aqueles sensores de vibração nas janelas? E os de movimento? Isso não toca imediatamente?
    • Gex
    • 3 outubro 2012

     # 127

    Já agora, nesses alarmes não há a possibilidade de colocar uma luz (tipo sirene) ou/e um sistema de vibração para colocar na cama (imaginem para alguém que não ouve)?
  5.  # 128

    Colocado por: PBarataApenas queria chamar a atenção para um pormenor.
    Quando o alarme toca, eles já estão dentro de casa. Se for à noite, voce ainda nem acordou bem e eles já estão ao seu lado na cama.

    Veja quanto tempo demora a chegar da porta de entrada ao seu quarto, com uma corridinha...

    Os sensores exteriores são importantes. Assim voce sabem que eles se estão a preparar para entrar, ANTES de entrarem.
    Muita atenção é aos falsos alarmes.


    Os sensores de cortina tornam-se mais caros porque normalmente é necessário colocar mais sensores (1 por qualquer janela que se justifique), porque em termos de preço pouco diferem dos volumetricos.

    Com os volumetricos normalmente nem se coloca em todas as divisões, mas apenas nas zonas onde 'eles' tem teoricamente de passar.

    Não sou a favor das ligações a essas centrais que chamam a policia etc também pelas razões já aqui mencionadas...
    O facto de serem eles a avisar-nos nao resolve e também demoram tempo a chegar ao local, e no fim de contas nada se resolve ...
    E podem haver custos extra com chamadas de policia por falso alarme, etc.

    Actualmente prefiro ser eu avisado e poder tomar as devidas precauções para o efeito.
  6.  # 129

    Colocado por: GexCom sensores exteriores era falsos alarmes a cada minuto por causa do cão.

    Então já tem um "sensor de exterior".... hehe


    Colocado por: GexEntão mas não há aqueles sensores de vibração nas janelas? E os de movimento? Isso não toca imediatamente?

    hummm, não sou especialista mas creio que não.
    Os de movimento sim, os de vibração têm o problema do vento (que pode originar falsos alarmes).


    Colocado por: GexJá agora, nesses alarmes não há a possibilidade de colocar uma luz (tipo sirene) ou/e um sistema de vibração para colocar na cama (imaginem para alguém que não ouve)?

    Sim, existe de tudo. As sirenes têm elas próprias "strobes".

    A questão que eu lhe referia era:
    O ladrão entra, o sensor de movimento (ou outro qualquer) dispara o alarme.
    O ladrão entra a correr virado ao seu quarto, por exemplo.
    Voce acorda com o barulho, meio confuso, pega nas calças... Salta da cama e nesse momento, o tipo já está à sua beira...
    E voçe está de cuecas com as calças na mão (literalmente)!


    Não é para assustar, mas é verdade.
  7.  # 130

    Colocado por: SchopferGottOs sensores de cortina tornam-se mais caros porque normalmente é necessário colocar mais sensores (1 por qualquer janela que se justifique),

    Não.
    Os sensores de cortina são bons se forem exteriores e cubram a fachada toda....
    Mas depende muito dos sitios.

    Uma varanda por exemplo.
    Assim que eles saltem para a varanda, ainda nem tentaram abrir a janela e já foram detetados.

    Tipo isto
    http://www.youtube.com/watch?v=xTwk9-JY-6Q
  8.  # 131

    Colocado por: Gex

    Pois, essa é a tal vantagem de ter o alarme ligado a uma central, mas 30€ por mês é muito dinheiro...

    Alguém tem alguma informação de outras empresas de segurança que façam este serviço (e preços)?


    Já tive e foi um barrete.

    Já contei +/- esta história uns posts atrás:
    Já tive um alarme de uma muita conhecida empresa de segurança nacional.
    Uma vez estava eu em Espanha quando recebo uma chamada da central de alarmes a informar-me que o alarme tinha disparado no meu quarto.
    Pensei eu, é pá isto até que funciona

    A seguir tive uma conversa +/- parecida com isto:
    Eu: Não estou em casa, por isso podem sff mandar lá o piquete verificar o que se passa.
    Empresa de segurança: Só podemos lá ir se for acompanhado da policia e se não for nada, tem de pagar à policia. O Sr. não tem forma de ver há algum problema?
    Eu: ãh!!!


    Resultado, liguei para uma loja vizinha para ver se podiam ir lá espreitar se havia algum problema.
    Não havia, foi um falso alarme.

    Nunca mais confiei na treta das chamadas para a Central deles, porque apenas funcionam como telefonistas. Não preciso de telefonistas.

    Deixei ficar aquilo durante mais uns meses (alarme da empresa de se...).
    Quando vendi a casa e decidi mudar de casa, qual não foi a minha surpresa que afinal o alarme nem era meu.
    Eu quando assinei o contrato sabia as condições do mesmo. Sabia que o alarme não era meu. Mas ao fim de alguns anos e ao fim de várias rendas, fui-me convencendo inconscientemente, que o equipamento era meu.
    No fim, devo ter gasto mais de 3.000 euros numa treta que agora não tenho.

    A única coisa que eles dão e ainda vale algum dinheiro pelo investimento que se faz, é as placas de aviso de alarme ligado à central XPTO, que se coloca no exterior.

    Mas eu isso também me forneceram no novo alarme (já o tenho à 3 anos). Não diz que está ligado à Central X, mas diz que tem vigilância por um sistema inteligente de domótica.
  9.  # 132

    Todos os dias aqui na urbanização ouço alarmes a tocar, muitas vezes estão várias horas a tocar do género 5 minutos a tocar 1 minuto em silêncio. Quase nunca consigo localizar onde é pois as sirenes têm um toque que confunde o ponto de origem do som. NUNCA vi qualquer carro da polícia que pudesse associar ao toque. Por outro lado, mesmo que identificasse bem o local não me iria expor perante um eventual ladrão, é uma forma de heroísmo que é mesmo desaconselhável por todos os especialistas.
    Qualquer assaltante sabe que com o alarme a tocar ninguém lá vai e tem sempre um determinado tempo para fazer o que tem a fazer e se o vizinho abrir a porta corre o risco de ser também assaltado.
    As empresas de alarme irem de imediato para o local é pura ficção.
  10.  # 133

    Mais ainda: a lei portuguesa proíbe a policia de entrar numa propriedade sem um mandato judicial.

    Portanto se o alarme toca e SE (se!!!) a central de alarmes mandar lá a policia (se!!) eles apenas passam pela rua e dão uma espreitadela de FORA.

    NÃO ENTRAM EM CASA , se for moradia não podem nem entrar no quintal

    Por isso acho pagar uma mensalidade para isso inútil.

    É melhor ligação ao meu telemóvel e eu depois vejo o q posso fazer!
  11.  # 134

    Colocado por: PBarata
    Não.
    Os sensores de cortina são bons se forem exteriores e cubram a fachada toda....
    Mas depende muito dos sitios.

    Uma varanda por exemplo.
    Assim que eles saltem para a varanda, ainda nem tentaram abrir a janela e já foram detetados.

    Tipo isto
    http://www.youtube.com/watch?v=xTwk9-JY-6Q


    Uma solução que me convence que já vi montada e a funcionar muito bem era com os sensores de cortina pelo interior das janelas, em que um sensor pode cobrir uma ou mais janelas, no caso de estarem alinhadas na mesma parede dentro do alcance. No fundo cria uma barreira vertical paralela á parede que ao ser transposta activa o alarme.

    Estes sensores podem ser colocados indoor ou outdoor.
  12.  # 135

    Colocado por: SchopferGottUma solução que me convence que já vi montada e a funcionar muito bem era com os sensores de cortina pelo interior das janelas, em que um sensor pode cobrir uma ou mais janelas, no caso de estarem alinhadas na mesma parede dentro do alcance. No fundo cria uma barreira vertical paralela á parede que ao ser transposta activa o alarme.

    Estes sensores podem ser colocados indoor ou outdoor.

    tipo isto?
    Por dentro não me parece muito util, face a outras coisas no mercado...
    Por fora parece-me muito bem.
      Curtain_Coverage.jpg
  13.  # 136

    Estou agora a estudar um sistema interligado de câmaras cctv com alarme, a parte de fora de casa fica assegurada com as câmaras, o video das câmaras dá um pré aviso ao alarme, se houver um sensor a detectar movimento dentro de casa a central dispara de imediato.

    ainda não tenho valores, mas amanha já tenho comigo o preço de todo o sistema, vou ser eu a montar.
    • Gex
    • 3 outubro 2012

     # 137

    Colocado por: ultrahipermegamas amanha já tenho comigo o preço de todo o sistema, vou ser eu a montar.


    Podemos perguntar qual é...?
  14.  # 138

    Ainda não está decidido mas do alarme poderá ser bosh, porque não é tudo da mesma marca, são dois sistemas distintos que vão funcionar em conjunto.
    • Gex
    • 3 outubro 2012

     # 139

    Depois faça-nos aí um esquema de como vai montar isso. Certamente que muita gente (incluindo eu) estará interessada (e do preço também...).

    Por outro lado, isso parece-me ser algo bastante trabalhoso, principalmente a montagem das sirenes interiores e exteriores e da central, que têm que ter alimentação de electricidade. Acho que não me arranjo com isso...
    Concordam com este comentário: electrao
  15.  # 140

    Colocado por: SchopferGott

    Existem várias empresas de segurança com a quais pode estabelecer contrato, de acordo com informação de outros foruns de onde retirei a seguinte informação (não consigo é encontrar o sitio de onde retirei o texto abaixo) :

    "A maioria das empresas de alarme local não dispõem de central de alarme, mas pode contactar uma das mais de 30 empresas que tem central de recepção de alarmes devidamente autorizadas pelo MAI (ver aqui a listagem:https://sigesponline.psp.pt/). As que têm o Alvará com letra A no DL-231/98 e o Alvará com letra C no DL-35/2004) para fazer a ligação do seu alarme à central deles. "

    Pode ser que consiga contratos sem fidelização ou com periodo de fidelização mais reduzido e/ou com preços mais atractivos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Gex


    Sim, de facto andou a estudar o assunto =) Essa citação é parte de um texto enorme que escrevi nos comentários dos utilizadores no site http://alarmecasa.com/quanto-custa-um-alarme-securitas-verisure/

    A realidade é que com mais de 30 empresas, vai certamente encontrar uma disponível para ligar o sistema que comprou e montou (tipo: Faça Você Mesmo) à central de alarme deles. Tenha em atenção que deve comprar uma central que tenha vários protocolos de comunicação, para aumentar as probabilidades de a central de alarmes ter equipamento compatível do lado deles. Prefira ligação via telemóvel... porque normalmente cortam sempre a linha telefónica... e as centrais de alarme quase nunca detetam tal... ou quando detetam já o gatuno vai longe à horas. Mas ter uma ligação de recurso por linha telefónica é uma boa ideia à mesma, mas a principal deve ser por rede móvel.

    O ideal é instalarem sensores com câmara de vídeo (no interior das habitações não é necessária licença, mas no exterior é preciso licença da CNPD) assim se o alarme disparar podem ver o que se passa na central de alarmes (se tiverem equipamento compatível). Se existir intrusão confirmada visualmente a polícia pode entrar pois existe causa provável forte, existem (ou estiveram lá) intrusos ou desconhecidos de certeza... não é a mesma coisa saber que o alarme disparou... mas pode ser mais um falso alarme ou ligarem da central de alarmes a dizer que estão lá intrusos que apareceram nas câmaras e que já confirmaram no local que não são pessoas autorizadas pelo proprietário.

    Para o serviço que prestam as centrais de alarme, não deveriam ter de pagar mais de 15€ por mês... é só mesmo verificar o alarme, telefonar para as instalações para confirmar se é falso alarme ou não (ou para a lista de contatos do cliente) e mandar a polícia se for mesmo assalto.

    Algumas empresas enviam vigilante ao local, mas a sua presença só é útil por exemplo se chegarem antes da polícia, para lhes abrir a porta se existirem sinais (ou certezas) de que existiu intrusão... e isto se tiverem a chaves de acesso ou sistema de abertura remoto.
    Nenhuma empresa, de que tenha conhecimento, presta serviços de vigilância / segurança privada em regime de mobilidade, ou seja o alarme dispara e deslocam-se de imediato ao local e entram no mesmo com uma equipa armada para confrontar eventuais intrusos... tal não acontece, até ver, enviam um ou dois vigilantes, vêm se existe indícios exteriores de intrusão (se usarem chave falsa, não vão deixar indícios nenhuns), eventualmente tocam à campainha e na maior parte dos casos não passará disso... se houver indícios não vão de certo entrar, chamam a polícia e eles que façam o que entenderem... o que está bem feito, mas se entretanto forem confrontados pelos assaltantes não terão como se defender na maior parte dos casos.

    Só um serviço de segurança privada que garanta estar no local vários seguranças privados armados, com cães de guarda e em menos de 5 minutos após o disparo inicial do alarme, e que façam várias rondas 24/7/365 pela propriedade tem alguma utilidade e valem os 30€, 40€ ou 50€ que queiram cobrar. 5 minutos dá para roubar todos os objetos de valor expostos e acessíveis, mas não lhe vão levar os móveis todos, nem levar os conteúdos do cofre se o mesmo for um certificado EN 1143-1 nível III ou superior e demorarem a encontrá-lo.
    Concordam com este comentário: Tavares Miguel
 
0.0536 seg. NEW