Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 101

    Celeste, um termoacumulador a fazer apoio a outro termoacumulador?
    Não faz muito sentido...
  2.  # 102

    Colocado por: Pedro Azevedo78
    Não faz muito sentido...


    Já que não quero esquentador a gás, qual é a opção? A resistência no próprio termossifão?
  3.  # 103

    Parece-me a mais lógica e simples.
  4.  # 104

    Colocado por: Pedro Azevedo78Parece-me a mais lógica e simples.


    Ok, então assim ainda é mais fácil. Com este sistema consigo ligar e desligar a resistência quando quiser, ou terei de a ter sempre ligada? Se calhar gasta muita electricidade, não?
  5.  # 105

    Pode, o sistema tem um termoestato só liga a resistencia quando a temperatura dentro do deposito baixa para além dos 50º mas isso pode ser regulado.
    è aconselahvel o sistema estar ligado a um interruptor horario, e a um disjuntor dedicado. Deste modo controla os fgastos de energia do equipamento, sendo que normalmente, durante os meses de Verão se desliga o sistema electrico.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: hellkkas
  6.  # 106

    Nuns sistemas que estive a ler, têm um sistema despressurizado.
    "Se a luz solar for insuficiente ou se o depósito de armazenamento solar não necessitar de mais calor, a bomba de alimentação desliga-se e a totalidade do sistema solar é drenada para o depósito de armazenamento."

    Penso que este tipo de sistema evita o problema relatado, mas teriam de ser informar melhor.

    Cumps
  7.  # 107

    Colocado por: electraoNuns sistemas que estive a ler, têm um sistema despressurizado.
    "Se a luz solar for insuficiente ou se o depósito de armazenamento solar não necessitar de mais calor, a bomba de alimentação desliga-se e a totalidade do sistema solar é drenada para o depósito de armazenamento."

    Penso que este tipo de sistema evita o problema relatado, mas teriam de ser informar melhor.

    Cumps


    Já agora, qual a marca/modelo que diz isso?

    Saudações.
    • lbvp
    • 24 julho 2010

     # 108

    sr. electrao

    O que leu é em sistema forçado, não é termosifão.
  8.  # 109

    Boas,
    Estive de férias de 1 a 15 de Julho, com temperaturas na minha zona de 40ºC durante 2 ou 3 dias senão mais e o meu sistema (termosifão 300 L) nem uma gota deitou! E mais, não usa vaso de expansão!. Portanto há sistemas e sistemas..., parecem todos iguais mas não são. A água dentro dos depósitos chega a atingir quase os 130ºC!!!! Já consegui verificar no tubo de saída do depósito 115ºC, medição feita com laser com uma margem de erro muito pequeníssima.
  9.  # 110

    Pode, o sistema tem um termoestato só liga a resistencia quando a temperatura dentro do deposito baixa para além dos 50º mas isso pode ser regulado.
    è aconselahvel o sistema estar ligado a um interruptor horario, e a um disjuntor dedicado. Deste modo controla os fgastos de energia do equipamento, sendo que normalmente, durante os meses de Verão se desliga o sistema electrico


    O meu sistema de Termossifão tem esse mecanismo. Basicamente, tem uma válvula para controlo da temperatura, 2 disjuntores dedicados (um com o relógio e outro com a activação da resistência).

    Não tenho controlado isso com muita atenção, mas pelo menos ontem não houve descarga de água! :)

    Coisas da Casa
  10.  # 111

    Já agora, qual a marca/modelo que diz isso?


    Daikin (Rotex)

    sr. electrao

    O que leu é em sistema forçado, não é termosifão.


    Correcto
  11.  # 112

    Boas!

    Alguém conhece a marca "Solius" ? http://www.solius.pt/

    Quero instalar colectores para aguas sanitárias e estou a ponderar a instalação do seguinte equipamento:

    Solius CF300:

    - 2 Colectores selectivos Solius SilverSol Certificados;
    - 1 acumulador 300l Solius HidroMantel serpentina dupla;
    - 1 controlador digital solius 21;
    - 1 Grupo de bombagem Solius S1;
    - 1 Vaso de expansão e grupo de segurança sanitária;
    - 1 estrutura de suporte;

    Preço: 3618€ com iva "chave na mão"

    Que dizem os especialistas?

    Cumps
    Márcio Carvalho
  12.  # 113

    Estou confuso relativamente a outro assunto, li uma publicação deste mês na revista Proteste (se não estou em erro) relativamente ao apoio ao painel solar para aquecimento de águas sanitárias.

    A minha dúvida é se a melhor opção é a resistência no termoacumulador ou o esquentador a gás, como fonte de apoio.

    Mais logo deixo aqui o artigo.

    Cumps
    Márcio Carvalho
    • eu
    • 8 setembro 2010 editado

     # 114

    Esse artigo da DECO falhou muito num aspecto: não considerou o backup eléctrico com tarifa bi-horária, que é a opção mais adequada (tarifa bi-horária em vez de tarifa normal).

    Com tarifa bi-horária, o backup eléctrico possui um custo de utilização equivalente ao backup a gás natural.
  13.  # 115

    Bem visto!
    Assim sendo na sua opinião a opção mais económica é com backup eléctrico com tarifa bi-horária?
  14.  # 116

    se é equivalente e apenas com tarifa bi-horária, então não é assim tão significativo, digo eu!!! :)
    • eu
    • 8 setembro 2010

     # 117

    Colocado por: m.carvalhoBem visto!
    Assim sendo na sua opinião a opção mais económica é com backup eléctrico com tarifa bi-horária?


    É pelo menos tão económica como o backup a gás natural.

    No entanto, o backup a gás natural tem uma vantagem clara: pode fornecer a quantidade de água quente que quisermos, pois o aquecimento é feito na altura da utilização. O backup eléctrico está limitado ao volume do acumulador.
  15.  # 118

    SE for equivalente acho melhor opção o backup eléctrico, pois é menos um aparelho (esquentador, visto que a resistência fica integrada no termoacumulador).
    Outra questão no meu caso particular é a comodidade, visto neste momento não possuir ainda gás natural na zona... :S
    • eu
    • 8 setembro 2010

     # 119

    Colocado por: m.carvalhoSEfor equivalente acho melhor opção o backup eléctrico, pois é menos um aparelho (esquentador, visto que a resistência fica integrada no termoacumulador).
    Sim, foi isso que me levou a optar pelo backup eléctrico. Além disso, não gosto de ter gás em casa por motivos de segurança.

    Colocado por: m.carvalhoneste momento não possuir ainda gás natural na zona.
    Então, não há dúvida nenhuma que no seu caso o melhor backup é o eléctrico com bi-horário! Se quiser investir mais dinheiro inicialmente e poupar depois no aquecimento, pode optar também por uma bomba de calor como backup, mas duvido que compense...
  16.  # 120

    Aqui fica o artigo para quem não leu poder opinar.

    Cumps
      004.jpg
      003.jpg
      002.jpg
      001.jpg
 
0.0274 seg. NEW