Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa Tarde

    Sei que vou abrir aqui uma discussão sobre a qual já li neste forum, no entanto os comentários sobre a mesma ou já são antigos ou então são pouco esclarecedores.

    Tenho um terreno com viabilidade de construção e estou a ponderar construir uma moradia, tipo T3 e sinceramente estou inclinado para que a construção da mesma seja em LSF.

    Ainda não tenho o projecto feito, e estou precisamente neste momento a analisar algumas empresas de LSF e se efectivamente as vantagens deste tipo de construção anulam as desvantagens (sim sabemos que todos os métodos de construção as têm).

    Gostaria de ouvir opiniões sobre este assunto, principalmente de quem construiu neste sistema, ou de quem andou a pesquisar sobre o mesmo e que possa ajudar.

    Neste momento já fiz muita pesquisa na internet e vi "in loco" um modelo da Modiko… muito em breve vou visitar a steel houses (imperlousada). Que mais construtoras recomendam para visitar???
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    tem um topico bem recente no forum a falar sobre a modiko e outros sistemas similares!


    https://forumdacasa.com/discussion/35222/construir-pequena-moradia-em-lsf-ou-equivalente/
  4.  # 3

    Colocado por: rmsspQue mais construtoras recomendam para visitar???

    http://www.futureng.pt/construtores
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    loversout já li esse tópico todo, e foi de lá que tirei alguma informação para pesquisar empresas na internet, no entanto o fórum começou a fugir um pouco e penso que falta comentários de quem efetivamente construiu ou andou a pesquisar e a analisar propostas neste modelo de construção…. pessoalmente e como não sou desta área tenha alguma dificuldade neste assunto… tenho lido muito e procuro elucidar-me sobre o assunto...
  7.  # 5

    Até amanha, dia 9, está a decorrer a Tektónica na FIL.
    Se não residir muito longe de Lisboa pode pensar em visitar a Tektónica, julgo que devem estar lá algumas empresas de LSF representadas - sem certezas, porque não visitei a exposição.

    Todos os sistemas de construção têm algumas vantagens e também desvantagens. Uma das vantagens do LSF é a rapidez de construção, imagino eu.
    Em termos de custos não fique iludido a pensar que por construir de uma maneira ou de outra poderá poupar algo de forma significativa, no final das contas os custos para qualidades e isolamentos equivalentes serão idênticos para as mesmas áreas de construção reais.

    Cumps.
  8.  # 6

    Colocado por: rmsspe sinceramente estou inclinado para que a construção da mesma seja em LSF.

    Porquê?
  9.  # 7

    Colocado por: Picareta
    Porquê?


    Picareta, se rmssp tivesse dito que ia construir uma casa em alvenaria de certeza que não lhe perguntava porquê.

    Então pergunto-lhe porque acha que o seu método construtivo (sei que é construtor e alinha pelo tijolo e cimento) é o melhor e o mais adequado para quem quer construir uma casa?
  10.  # 8

    Colocado por: sousa tavaresEntão pergunto-lhe porque acha que o seu método construtivo

    Eu não tenho nenhum método construtivo, faço aquilo que os clientes querem, nem acho que uma solução construtiva seja melhor de que outra.

    Colocado por: sousa tavaressermssptivesse dito que ia construir uma casa em alvenaria de certeza que não lhe perguntava porquê.

    Claro que não, porque olhamos à nossa volta e todos constroem da forma tradicional, e se aparece alguém que não percebe nada de obras, a dizer que quer construir de forma diferente, acho que é normal questionar porquê.

    Colocado por: sousa tavareso melhor e o mais adequado para quem quer construir uma casa?

    Se é melhor ou não não sei, sei que existem casas em betão com mais de 70 anos, em LSF não existe nenhuma, nem sei quanto duram.
    Concordam com este comentário: sergio_pintas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: sousa tavares
  11.  # 9

    Boa noite rmssp,

    Pessoalmente abomino o LSF no que toca à construção do edificado unifamiliar. Na reabilitação, penso que seja uma óptima solução, mas depende dos casos.
    Se não for muito exigente por uma Arquitectura com determinada identidade com determinado desenho de carácter artístico e intencionalidade, resolvida por um arquitecto, ficará possivelmente deslumbrado pela "arquitectura" insípida de venda por catálogo, que se insere em qualquer parte do território, ignorando determinadas características do lugar.
    O LSF tem algumas limitações http://www.futureng.pt/limitacoes-do-lsf, onde este tipo de construção tende em não valorizar comercialmente.

    Cumprimentos,

    SMG, arq
    smgarquitecto.com
  12.  # 10

    PIcareta, claro que tenho algumas ideias que me levam a pender neste momento para o LSF.

    A rapidez de construção é uma delas.
    O controlo de qualidade dos materiais aplicados (algumas empresas apresentam certificados de controlo de qualidade)
    O preço.. pois apesar das soluções que pesquisei apresentarem preços equivalente à alvenaria, pelo que me tenho apercebido o controlo dos custos são mais controláveis (uma vez que os cadernos de encargos parecem ser mais minuciosos).
    O facto de poder fazer um projecto à minha medida e não ter que optar por um projecto feito em série (isto como é obvio acontece nos dois lados),

    Efetivamente temos casas em betão com mais de 70 anos (que também sofrem degradação) e em LSF não existem.. mas este por si só não me parece um argumento válido… também temos carros com mais de 70 anos a circular na estrada….

    A mim preocupam-me mais questões de isolamentos térmicos, ruidos, etc…. e gostaria de obter algumas opiniões nesse sentido
  13.  # 11

    Colocado por: PicaretaEu não tenho nenhum método construtivo, faço aquilo que os clientes querem, nem acho que uma solução construtiva seja melhor de que outra.


    Certo. Aceitável. Se os clientes quiserem construir com uma coisa "esquisita" aceita?
    Acho que "um dia" os clientes lhe vão exigir construir em sistema "MODIKO".
    E porquê?
    Porque o sistema MODIKO está neste momento a construir com sucesso nos EUA (no reino do LSF) e em França. Com arquitectos de renome. Como vê, países e profissionais pouco exigentes!

    Cumpts.
  14.  # 12

    Colocado por: SG_arquitectoBoa noite rmssp,

    Se não for muito exigente por uma Arquitectura com determinada identidade com determinado desenho de carácter artístico e intencionalidade, resolvida por um arquitecto, ficará possivelmente deslumbrado pela "arquitectura" insípida de venda por catálogo, que se insere em qualquer parte do território, ignorando determinadas características do lugar.
    O LSF tem algumas limitaçõeshttp://www.futureng.pt/limitacoes-do-lsf,onde este tipo de construção tende em não valorizar comercialmente.

    Cumprimentos,

    SMG, arq
    smgarquitecto.com


    Pois, como disse no meu comentário anterior não pretendo uma compra por catálogo…. mas sim um projecto feito à minha medida, tendo em consideração o meu terreno e a ideia…. e isso pelo que percebi é possivel com algumas empresas, aliás tenho a sensação que algumas empresas estão a apostar nisso mesmo, apresentando o projecto individualizado, mas também o permitem (será em principio o meu caso) realizarem projectos idealizados por arquitectos particulares (sem serem das empresas).
  15.  # 13

    Colocado por: rmsspO controlo de qualidade dos materiais aplicados

    Por aqui não vale a pena. O controlo de qualidade dos materiais aplicados pode e deve ser feito em qualquer tipo de construção.

    Colocado por: rmsspO preço..

    Pelo que tenho visto, também não é por aqui que se diferenciam.

    Colocado por: rmsspO facto de poder fazer um projecto à minha medida

    Idem.

    Colocado por: rmsspA rapidez de construção é uma delas.

    Aqui sim, tem razão. Mas há quanto tempo já anda a ponderar construir a moradia, e quanto tempo vai continuar a ponderar? Porque é que há-de andar anos a ponderar construir uma moradia e depois quer construir em 3 ou 4 meses?....se correr muito bem.
    E quanto a prazos, uma moradia de construção tradicional, facilmente se constrói em 6 meses, os donos de obra é que não querem definir os materiais antes de iniciar a construção, nem querem gastar dinheiro com projectos de execução.
  16.  # 14

    Caro rmssp,

    O sistema MODIKO é um sistema aberto. A empresa tem um corpo de arquitetos e engenheiros próprio para suportar o desenvolvimento dos projectos (arquitetura e especialidades) aos seus franquiados, pois tem de informar/formar. É um sistema aberto a todos os arquitetos. Muitos arquitetos tem ajudado no desenvolvimento do conceito: especialmente o novo conceito de parede modular sem caixilho que vai ser lançada brevemente. Com esse lançamento (ele está dependente da patente ser validada) o sistema ganha liberdade criativa pois o sistema porticado fica a trabalhar "por dentro" e os paramentos que são "a pele" da casa são colocados "por fora" e deste modo os pilares não são obrigados a respeitar um dimensionamento padrão. Libercdade criativa para o arquitecto, rapidez de montagem na construção, melhor preço para o dono de obra.
    A MODIKO fabrica e comercializa um conceito e uma parte dos elementos construtivos que formam a casa (a parte mais importante para nós que é a estabilidade da casa). Carpintarias, Carpintarias, Cozinhas, Pavimentos e Revestimentos, Mobilias e Interiores são outros elementos construtivos que o arquiteto dispõe para realizar o sonho do cliente.
    Os arquitetos tem de ser os nossos maiores amigos. Digo isto com convicção!
    Cumpts.
  17.  # 15

    Janus, já percebi que está ligado à Modiko, sei que apresentam serviços "chave na mão" com ou sem projecto, mas também apresentam outras possibilidades, isto é sem acabamentos???? E se for o cliente a optar pela compra dos mesmos (cozinha, sanitários, pavimentos, fazem a aplicação do mesmos)…
  18. Ícone informação Anunciar aqui?

  19.  # 16

    Colocado por: janusCarpintarias, Carpintarias, Cozinhas, Pavimentos e Revestimentos, Mobilias e Interiores são outros elementos construtivos que o arquiteto dispõe para realizar o sonho do cliente


    Para ser mais preciso, para os puristas:
    Deve ler-se:
    "Caixilharias, Paredes interiores perimetrais, Paredes divisórias, Revestimentos, Pinturas, Pavimentos, Sanitários, - considerando que as infraestruturas são ao logo do processo, a considerar, eletricidade, água, esgotos, telecomunicações e gás, - depois seguem-se as Carpintarias, Cozinha e a última demão de Pinturas de acabamento".

    Cumpts.
    • jpvng
    • 9 Maio 2015 editado

     # 17

    Por acaso tenho um colega que já tem terreno e esta muito interessado neste tipo de construção...contudo existe muito pouca informação...creio que não há ninguém aqui no forum que tenha uma casa assim e também ninguém que tenha feito uma obra destas...o que lhe agradou foi a rapidez de construção, o controlo mais eficaz/facil segundo ele, da qualidade e dos materiais, a possibilidade de futuras reparações serem mais fáceis de executar e também a possibilidade de poder fazer a casa e mais tarde acrescentar módulos à mesma (ou seja aumentar a área habitada)
  20.  # 18

    Pois, como disse no meu comentário anterior não pretendo uma compra por catálogo…. mas sim um projecto feito à minha medida, tendo em consideração o meu terreno e a ideia


    Um projecto em betão e alvenaria é igualmente elaborado à sua medida - invocando um cliché - e passível de "realizar o seu sonho".
    No entanto, "mesmo à sua medida", o LSF é sempre limitativo para abrir vãos com uma dimensão razoável e por isso cria limitações arquitectónicas.
    A nível de ruído, estamos a falar de paredes com espessuras de 0,22 m. Ouve-se bastante a chuva a bater no OSB (falo por experiência própria) e como tem uma inércia fraca, as paredes na transmissão de calor, é aconselhável uma boa caixilharia.

    Se é rápido a construir - é.
    Se resolve exigências de habitabilidade - resolve.
    Se não colapsa perante um sismo - ninguém sabe ao certo.
    Se é arquitetonicamente interessante em termos de espaço interior ou desenho exterior - não.

    Visite sistemas destes e tire as suas conclusões, consoante as suas exigências.

    Cumprimentos,
  21.  # 19

    Colocado por: rmsspJanus, já percebi que está ligado à Modiko, sei que apresentam serviços "chave na mão" com ou sem projecto, mas também apresentam outras possibilidades, isto é sem acabamentos???? E se for o cliente a optar pela compra dos mesmos (cozinha, sanitários, pavimentos, fazem a aplicação do mesmos)…


    Em relação à ligação à Modiko sempre a confirmei. Sou parte interessada!

    Vou ser franco consigo.
    No estrangeiro, os arquitetos conduzem todo o processo e portanto, o conceito de "casa fechada" não existe, porque estes profissionais controlam tudo e cobram muito bem por isso.
    Em Portugal os franquiados MODIKO oferecem a possibilidade "casa fechada" que inclui as caixilharias e, deste modo para um observador do exterior da casa esta parece-lhe terminada.
    Mas faltam as Paredes interiores perimetrais e as Paredes divisórias em Gesso cartonado, os Revestimentos, as Pinturas, os Pavimentos, os elementos Sanitários, - e excluindo as infraestruturas base das fundações, faltam todas as especialidades de eletricidade, água, esgotos, telecomunicações e gás, - faltam também as Carpintarias da casa, a Cozinha e a demão final de Pinturas de acabamento.
    A MODIKO, caso o cliente exija, "obriga" o construtor a fazer "casa fechada", pois exige menor esforço financeiro ao dono de obra.
    Na verdade, os franquiados (construtores) que trabalham com o projeto executado por arquiteto com competências no sistema MODIKO não gostam muito desta opção, pois preferem construir o projeto do princípio ao fim. Os arquitetos também gostam de trabalhar a obra do princípio ao fim e muitas vezes definem os interiores da habitação.
    Penso ter esclarecido.
    Cumpts.
  22.  # 20

    Colocado por: SG_arquitectoVisite sistemas destes e tire as suas conclusões, consoante as suas exigências.


    Está convidado.
    Quando quiser.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">