Iniciar sessão ou registar-se
    • RCF
    • 18 janeiro 2022
    Colocado por: JotaPA única coisa que notei no caso do seguro foi...que tenho que o pagar como os outros. Ninguém fez distinção por ser importado.

    Eu só notei diferença porque já tinha uma apólice de seguro para um carro que vendi e pedi para trocar a apólice para o carro que comprei, que era igual. Fiquei surpreendido, quando a seguradora me disse que o valor não seria o mesmo, mas que havia um aumento.
    Ora, sendo carros iguais, porque havia aumento? A seguradora disse que era por este ser importado e que os carros importados tinham um incremento no valor de seguro.
    Se fosse um seguro novo, também não teria notado diferença...
    Mas, também não é grande diferença. Nada que justifique deixar de comprar um importado por causa disso. Nem me recordo bem quanto foi, mas creio que uns €30 ou €40 a mais.
    Concordam com este comentário: JotaP
    • Dom
    • 18 janeiro 2022
    Colocado por: JotaPComprar um elétrico importado, nestes casos é comprar um carro já com bomba
    A IPO B paguei eu a semana passada 79€ para um Ioniq Executive. Se aumentou foi há poucos dias.

    Então será considerada uma inspeção de nova matricula, não? Porque a chamada B (extraordinária) custa 109€. Tive de a pagar o ano passado quando coloquei películas.
  1. Elas todas são chamadas de extraordinárias, mas de facto os valores devem diferir. São os 79 e vem a folha verde e também uma amarela similar.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Dom
  2. Ministro alemão aconselha a não comprar carros com motor a combustão

    O novo ministro dos Transportes alemão, Volker Wissing, deu uma entrevista à publicação germânica Tagesspiegel, a quem confessou que o Governo que integra “aposta na mobilidade eléctrica e não aconselha a compra de modelos com motores de combustão, sejam eles a gasolina ou a gasóleo”. Wissing, do partido liberal ****, defende que “temos de utilizar as diferentes fontes de energia onde elas são mais eficientes e, no caso dos carros, é a mobilidade eléctrica”.
  3. Colocado por: mafgodMinistro alemão aconselha a não comprar carros com motor a combustão


    Ministro "inteligente". Não aconselha a compra de viaturas com motor de combustão.
    Como desativaram as centrais nucleares, é com centrais a gas natural que produzem energia eléctrica, a mesma com que carregam os popós a baterias!!!
  4. Colocado por: pkasaComo desativaram as centrais nucleares


    Foi um enorme erro. Era um investimento que já estava feito e produzia muita energia.
    Concordam com este comentário: IronManSousa, RicardoPorto, pkasa
  5. Colocado por: rjmsilva

    Foi um enorme erro. Era um investimento que já estava feito e produzia muita energia.
    Concordam com este comentário:IronManSousa,RicardoPorto,pkasa

    Além do investimento feito, poderiam usufruir das instalações que funcionavam em perfeitas condições de segurança e adiavam a " fortuna " que é desmantelar uma central nuclear
  6. Quando as decisões são politicas e não científicas dá no que dá
  7. Assustaram-se com Fukushima.
    Concordam com este comentário: ricardo.rodrigues
  8. Colocado por: rjmsilvaAssustaram-se com Fukushima.


    Essa decisão foi tomada muito antes dos problemas no Japão.
  9. Colocado por: branco.valter

    Essa decisão foi tomada muito antes dos problemas no Japão.


    https://www.dw.com/en/merkel-shuts-down-seven-nuclear-reactors/a-14912184
  10. Cafés da Nestlé já são distribuídos em carrinhas elétricas

    A Nestlé Profissional está a renovar toda a frota de veículos de distribuição para auto venda a estabelecimentos hoteleiros, restauração e similares (canal Horeca) e já estão em circulação as primeiras carrinhas 100% elétricas das marcas Buondi, Sical, Tofa e Christina, para fazer entregas de cafés. Para apoiar a eletrificação da frota, a empresa instalou postos de carregamento em Linda-a-Velha, onde se localiza a sede da Nestlé, e nas fábricas do Porto e de Avanca, no concelho de Estarreja, Aveiro
  11. Frota zero emissões dos CTT já chega aos 400 veículos. Empresa tem dois ‘hubs’ 100% elétricos

    Os CTT – Correios de Portugal acabam de receber 73 novos carros elétricos, da marca Peugeot, com uma bateria 50 kWh e uma autonomia prevista de 200 quilómetros. Os veículos recém-chegados serão distribuídos por vários centros de entrega, o que permite aos CTT a expansão da sua frota sem emissões poluentes, que passa a contar com mais de 400 veículos movidos a eletricidade, dos quais cerca de 20 híbridos
  12. Lamborghini vai apenas produzir carros elétricos já a partir de 2024

    São cada vez mais as marcas de automóveis a abraçar o segmento dos elétricos. Bem sabemos que o futuro dos motores poderá estar por um fio, com grandes nomes da indústria a dizerem adeus aos carros a combustão.
  13. Revolução elétrica? Primeiros carros com baterias sólidas na China!

    Portanto, naquilo que pode muito bem ser descrito como um momento ‘espetacular’ no mundo da mobilidade elétrica, a Dongfeng Motor já foi capaz de produzir, e entregar, 50 carros elétricos baseados na tão desejada tecnologia de baterias ‘solid-state’, para uma demonstração, em território Chinês.
  14. Não é propriamente o que chamaria revolução. Não são as "solid-state" desejadas, pelo que li são 99% sólidas . Para além disso as especificações não são nada de encantar. Densidade de 260Wh/Kg e carga de 0,33C não são propriamente algo entusiasmante.
    Concordam com este comentário: mafgod
    • dom123
    • 28 janeiro 2022 editado
    Preço carregamento no MERCADONA
      20220128_114544.jpg
      20220128_114556.jpg
  15. hum..
    não é para alarmar,
    mas se os hibridos não funcionarem sem a bateria de apoio, quem os tem, tem uma preciosidade...
    se noticias destas começarem a alastrar/alarmas, ninguem os comprará usados...

    https://multinews.sapo.pt/noticias/quando-substituir-a-bateria-custa-mais-do-que-o-valor-do-veiculo-hibrido-cliente-da-mercedes-recebe-conta-inesperada/
 
1.9250 seg. NEW