Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Se houver por cá um advogado gostaria que me esclarecesse acerca de uma coisa: entrei hoje pela primeira vez numa padaria "Gleba". Nada de extraordinário mas o pão tinha bom aspecto e, apesar do preço escandaloso, a curiosidade venceu e lá pedi dois pãezinhos de não-sei-o-que para levar. Quando fui pagar apresentei uma banalissima nota de 10 euros. Não aceitam. Só pagamentos cashless. Fiquei um bocado surpreendida. A rapariga disse que estava um papel escrito na janela da loja a dizer isso mesmo. Ok, disse eu, mas tanto quanto sei, é ilegal rejeitar um pagamento em dinheiro, sobretudo para coisas tão banais como dois papos secos. Eu bem sei que são caríssimos, mesmo assim não atingem aquele montante a partir do qual os governos começam a franzir o sobrolho aos pagamentos em dinheiro. Perguntei qual a base legal para essa política da loja. "O nosso advogado disse que podemos fazer isso" diz a rapariga com ar entendido. Continuei a perguntar com base em que normativa. Nada. Pedi para falar com o gerente. Não há gerente, diz ela, pode contactar-nos através do site ...... Enviei e-mail à loja para tentar saber qual a legislação que estão a aplicar porque, honestamente, se já estamos ao ponto em que és obrigado a levar cartão multibanco para comprar um papo seco (caríssimo embora) gostava de saber. Não responderam. Estou a pensar fazer uma reclamação no livro de reclamações electrónico. A parte a óbvia arrogância da atitude desta empresa e respectivos funcionários, é sequer legal o que estão a fazer? Alguém sabe? Obrigada.
  2.  # 2

    Ilegal!
    Nenhum comerciante pode recusar pagamento em numerário a não ser que queira pagar com mais de 50 moedas ou o valor seja superior a 3500 euros.
    Pode inclusive chamar a policia e esta irá obrigar o comerciante a aceitar o pagamento.

    https://www.cgd.pt/Site/Saldo-Positivo/negocios/Pages/meios-pagamento-obrigatorios.aspx
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Teulada, jorgemlflorencio
  3.  # 3

    https://www.ecb.europa.eu/euro/cash_strategy/html/cash-faq.pt.html

    Os comerciantes podem recusar aceitar numerário como meio de pagamento?


    - A Comissão Europeia emitiu uma recomendação (Recomendação 2010/191/UE), baseada num relatório de um grupo de peritos sobre o euro como moeda legal (Report of the Euro Legal Tender Expert Group (ELTEG) on the definition, scope and effects of legal tender of euro banknotes and coins), que aborda os aspetos a seguir enunciados em relação à obrigação de aceitação de numerário.

    - Os comerciantes não podem recusar pagamentos em numerário, a menos que as partes tenham acordado entre si outros meios de pagamento.

    - A afixação de etiquetas ou cartazes a indicar que o comerciante recusa pagamentos em numerário, ou pagamentos em certas denominações de notas, não é suficiente. O comerciante tem de apresentar uma razão legítima, tal como dificuldades em assegurar suficientes reservas de numerário para dar troco aos clientes ou riscos de segurança física concretos relacionados com a presença de grandes montantes em numerário no seu estabelecimento.

    - Entidades públicas que prestam serviços essenciais aos cidadãos não podem aplicar restrições ou recusar totalmente pagamentos em numerário sem razão válida. Tal prejudicaria o curso legal das notas e moedas de euro protegido pela legislação da União Europeia.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Teulada
  4.  # 4

    Colocado por: LuisPereiraIlegal!
    Nenhum comerciante pode recusar pagamento em numerário a não ser que queira pagar com mais de 50 moedas ou o valor seja superior a 3500 euros.
    Pode inclusive chamar a policia e esta irá obrigar o comerciante a aceitar o pagamento.

    https://www.cgd.pt/Site/Saldo-Positivo/negocios/Pages/meios-pagamento-obrigatorios.aspx


    Wow! Tem certeza do que diz? Eu também diria que não podem, mas nunca se sabe, com o mundo todo virado do avesso como está, às tantas o que nos parece lógico deixa de ser
  5.  # 5

    Colocado por: dalmoniohttps://www.ecb.europa.eu/euro/cash_strategy/html/cash-faq.pt.html



    Pois, eu também vi isso, mas isso é uma recomendação e salvo erro não tem carácter vinculativo. Provavelmente nem foi transposta para o regime legal português?
  6.  # 6

  7.  # 7

    Colocado por: dalmonioPenso que seja de lei:

    https://www.consumidor.gov.pt/pagina.aspx?f=1&lws=1&mcna=0&lnc=6401AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA&parceiroid=0&codigoms=0&codigono=619162026210AAAAAAAAAAAA
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Teulada


    Obrigada. Esta página não tinha visto.
  8.  # 8

    não sei se poderá haver medidas temporárias por causa da covid a dar suporte legal, mas legal ou ilegal ninguém se vai chatear por dois paposecos.

    vejo isso como uma politica interna da padaria. nem vale a pena chatear a funcionária, porque ela apenas segue a ordens do patrão. Podia ter pedido o livro de reclamações e escrever algo.

    até pode fazer algum sentido. não existindo dinheiro físico minimiza-se a probabilidade de roubos, de enganos nos trocos, o ter que fazer a abertura de caixa e o fecho, com a preocupação de ir ao banco depositar o dinheiro e de ter que arranjar trocos etc. Se isso compensa a potencial perda de clientes que gostavam se usar dinheiro fisico? pelos vistos eles acham que sim.
    • ibyt
    • 12 abril 2022

     # 9

    Não podem recusar pagamentos em numerário até 50 moedas ou €3000.
    Faça queixa deles ao Banco de Portugal!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Teulada
  9.  # 10

    Colocado por: pauloagsantosnão sei se poderá haver medidas temporárias por causa da covid a dar suporte legal, mas legal ou ilegal ninguém se vai chatear por dois paposecos.

    vejo isso como uma politica interna da padaria. nem vale a pena chatear a funcionária, porque ela apenas segue a ordens do patrão. Podia ter pedido o livre de reclamações e escrever algo.

    até pode fazer algum sentido. não existindo dinheiro físico minimiza-se a probabilidade de roubos, de enganos nos trocos, o ter que fazer a abertura de caixa e o fecho, com a preocupação de ir ao banco depositar o dinheiro e de ter que arranjar trocos etc. Se isso compensa a potencial perda de clientes que gostavam se usar dinheiro fisico? pelos vistos eles acham que sim.

    Não sei até que ponto uma Padaria terá motivos para tal, mas pronto é mais um daqueles serviços para complicar a vida ao pessoal mais idoso, muitos dos quais nem a caderneta da CGD tem... #thefutureisnowoldmen
  10.  # 11

    Eu não percebo é como é que perdem tempo com isto. Não querem, paciência, como o pão noutro lado.
    Concordam com este comentário: Apostador, bettencourt
  11.  # 12

    Vá lá outra vez e chame a polícia ou saia sem pagar
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães
    • ibyt
    • 12 abril 2022

     # 13

    Não existe nenhuma medida temporária que dê suporte legal a este comportamento. Só existem recomendações da DGS para evitar pagamentos em numerário em determinadas actividades, mas continua a ser obrigatório aceitar os pagamentos em numerário.

    Se tiver vontade de se divertir, compre o produto mais barato que eles vendem na loja e pague com um cartão de crédito mas sem usar contactless. As comissões serão mais altas do que o lucro!
  12.  # 14

    Colocado por: Vítor Magalhães
    Não sei até que ponto uma Padaria terá motivos para tal, mas pronto é mais um daqueles serviços para complicar a vida ao pessoal mais idoso, muitos dos quais nem a caderneta da CGD tem... #thefutureisnowoldmen


    Por exemplo.
  13.  # 15

    Colocado por: PickaxeEu não percebo é como é que perdem tempo com isto. Não querem, paciência, como o pão noutro lado.


    Sei lá, gosto de perder tempo com pessoas que dizem à descarada que o advogado deles lhes disse que podem violar a lei.
    Concordam com este comentário: Edna
  14.  # 16

    Colocado por: ibytNão existe nenhuma medida temporária que dê suporte legal a este comportamento. Só existem recomendações da DGS para evitar pagamentos em numerário em determinadas actividades, mas continua a ser obrigatório aceitar os pagamentos em numerário.

    Se tiver vontade de se divertir, compre o produto mais barato que eles vendem na loja e pague com um cartão de crédito mas sem usar contactless. As comissões serão mais altas do que o lucro!


    ah ah, este seria o caso. É que era mesmo um montante irrisório. Uma cretinada toda a situação, mas uma cretinada que viola a lei.
  15.  # 17

    Depois de você ter referido umas 3 vezes que o papo seco é caro, o que é irrelevante para a questão, fiquei curioso em saber o preço.
    • ibyt
    • 12 abril 2022

     # 18

    Gleba

    Acho que é um daqueles negócios que apareceu primeiro na Internet e só depois abriram uma loja. E ao que parece tratam a venda na loja como uma encomenda pela Internet sem pagar portes.
  16.  # 19

    Colocado por: rjmsilvafiquei curioso em saber o preço.

    https://mygleba.com/pt/loja?price=0-6&order_by=price_asc
    a partir dos 0,54€...
  17.  # 20

    Colocado por: rjmsilvaDepois de você ter referido umas 3 vezes que o papo seco é caro, o que é irrelevante para a questão, fiquei curioso em saber o preço.
    Estive a ler até agora só para ver se alguém fazia a pergunta mais importante para mim :)
 
0.0223 seg. NEW