Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Lembrei-me de criar este tópico para os conscientes com os gastos, para que possam partilhar oportunidades de manterem € no bolso ao fim do mês. Penso que não existe outro tópico semelhante, mas se existir é apagar este e fazer um "bump" a esse. Sei que haverá outros forums, sites, etc, mas eu gosto deste :-)

    Começo eu:

    No intermarché, até 8 de Março, campanha de "prova" de comida para gatos "Pro" da marca própria. Podem comprar-se 4 sacos de comida seca diferentes (1 de cada) e três latas de comida húmida (1 de cada também) e ser reembolsado na íntegra. Limite de 5000 participações.
    Concordam com este comentário: polomotion
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mafgod, polomotion, Casa da Horta, HAL_9000, Beto1980
  2.  # 2

    De 28 a 6 Março, Óleo Fula a 1,99€ Pingo Doce
    Estas pessoas agradeceram este comentário: eu, bluthunder82, RUIOLI
  3.  # 3

    Colocado por: PJ2022De 28 a 6 Março, Óleo Fula a 1,99€ Pingo Doce


    Também está no continente a esse preço (não sei se todos, vi em Coimbra/Eiras) e ainda há os 15% para quem ainda não usou.
  4.  # 4

    Colocado por: pcspinheiro

    Também está no continente a esse preço (não sei se todos, vi em Coimbra/Eiras) e ainda há os 15% para quem ainda não usou.

    Vamos lá amanhã com os 15 % 😉
  5.  # 5

    Entretanto validaram a minha factura das comidas de gato para a oferta, parece que vai haver desculpa para manter o bicho mais algum tempo :-)))
  6.  # 6

    Colocado por: pcspinheiroEntretanto validaram a minha factura das comidas de gato para a oferta,
    Vou tentar lá ir amanha, se bem que está limitado a 5000 participações
  7.  # 7

    Verdade, mas como aquilo só aparece no website (e ao desta loja, quem é que lá vai...), é provável que ainda não tenha esgotado. De qualquer modo devem validar as participações em poucos dias, se não o fizerem tem sempre a opção de devolver dentro de 8 dias da compra.
  8.  # 8

    Colocado por: pcspinheiro

    Também está no continente a esse preço (não sei se todos, vi em Coimbra/Eiras) e ainda há os 15% para quem ainda não usou.

    No modelo do alto de Algés o que estava a 1,99 era um ranhoso. O fula puro girasol estava na promoção dos 2,64.

    Mas vim de lá escandalizado com o aumento de preço na papa cerelac com menos 40% açúcar. Aumentou 2 euros dos 6 qq coisa para os 8 e tal! Esta descaradez não vai ter fim, pois não?
  9.  # 9

    Ah, aqui era mesmo o fula 100% girassol.
    Sim, é verdade que os aumentos de preços são absolutamente ridículos. Eram justificados pelo preços da energia e combustíveis, mas agora que normalizaram para valores pré-guerra, o que alimenta estas subidas senão a ganância das grandes superfícies??? Não há justificação possível, nem para isso nem para o facto de aumentarem todos ao menos tempo! Só que lá está, a comida é essencial e as pessoas vão cortar primeiro noutras coisas. E não há quem lhes dê nas unhas...
    Concordam com este comentário: Casa da Horta, HAL_9000
    • AMVP
    • 1 março 2023 editado

     # 10

    Colocado por: pcspinheiroas pessoas vão cortar primeiro noutras coisa

    Parece que não é assim, parece que em 2022 cortaram na comida.

    veja aqui
    https://www.dinheirovivo.pt/economia/familias-fazem-corte-recorde-no-volume-de-comida-em-2022-mas-nunca-gastaram-tanto-15921375.html
  10.  # 11

    É de facto ainda mais triste... Quero MESMO ver os lucros destes grupos para perceber se a inflação é só para o povo encher os bolsos dos grandes.
    • AMVP
    • 1 março 2023

     # 12

    Já há muitos meses que vários de nós falavam do preço dos alimentos por aqui. Eu falei muito do preço das bolachas marias e do Leite, não por um qualquer fetiche mas sim porque são bens essenciais para os mais pobres. O preço que esses alimentos atingiram tornaram-nos mais inacessíveis e essas pessoas. O grande problema é que depois dessa ser a comida a que se pode aceder, o que resta às pessoas?
    Disse-o aqui, e fora daqui, que há bens que deveriam estar tabelados, pela simples razão de que um Estado deve garantir, tanto quanto possível, que a população tem acesso a alimentação, é o mínimo, para mim é claro.
    Concordam com este comentário: Dom
  11.  # 13

    Tabelar preços é meio caminho andado para esses produtos desapareceram das prateleiras.
    • AMVP
    • 1 março 2023

     # 14

    Colocado por: rjmsilvaTabelar preços é meio caminho andado para esses produtos desapareceram das prateleiras.

    tem razão não me expliquei bem, devem ser tabelados mas com o estado a subsidiar, pois caso contrário, tem toda a razão, não haverá produto.
    E falo dos bens essenciais mesmo dos mais básicos.
  12.  # 15

    nao sou contra os hipermercados mas há muito que passo ao lado. Em qualquer loja mais pequena há sempre bens mais baratos. Não tem tanta variedade mas tem o essencial e em conta e da mesma marca que os grandes vendem. Pode ser só impressão minha mas não vou atrás de promoções todos fins de semana.
    • AMG1
    • 1 março 2023

     # 16

    Colocado por: pcspinheiroAh, aqui era mesmo o fula 100% girassol.
    Sim, é verdade que os aumentos de preços são absolutamente ridículos. Eram justificados pelo preços da energia e combustíveis, mas agora que normalizaram para valores pré-guerra, o que alimenta estas subidas senão a ganância das grandes superfícies??? Não há justificação possível, nem para isso nem para o facto de aumentarem todos ao menos tempo! Só que lá está, a comida é essencial e as pessoas vão cortar primeiro noutras coisas. E não há quem lhes dê nas unhas...
    Concordam com este comentário:Casa da Horta


    Nem se propósito!
    Hoje fui comprar oleo a num Pingo Doce. O garrafão de oleo fula de 3 litros estava a 9,99 e o garrafão da azeite virgem (nao era marca branca) a 11,99€. Agora pasme-se tinham em simultâneo uma promoção de garrafa de 1 litro de oleo fula a 1,59.
    Eu ha muito tempo que tenho a percepção de que comida andava demasiado "salgada", mas por norma (e erradamente) nao ligo muito a preços nem a promoções, mas hoje saltou-me a tampa. Pedi o livro de reclamações e soltei a caneta e a língua.
    Os culpados são vocês com estes tópicos.
    Haviam de ver o gerente da loja, coitado nao sabia o que dizer, limitava-se a repetir que ja vinha tudo indicado e eles só punham nas prateleiras.
    Sinceramente isto nao tem explicação, a sensação que tive foi que me estavam a gozar, a mim e a todos os outros que iam comprar óleo.
    Os bananas da DECO que nao servem para nada, bem podiam encabeçar um protesto sério contra estas coisas, por exemplo um boicote à cadeia de distribuição que semanalmente apresente os preços mais elevados num cabaz básico.
    Concordam com este comentário: HAL_9000, Beto1980
    • AMVP
    • 1 março 2023

     # 17

    Colocado por: joaomgfnao sou contra os hipermercados mas há muito que passo ao lado. Em qualquer loja mais pequena há sempre bens mais baratos. Não tem tanta variedade mas tem o essencial e em conta e da mesma marca que os grandes vendem. Pode ser só impressão minha mas não vou atrás de promoções todos fins de semana.

    Eu por aqui o que constato é que os hipers subiram tanto os preços, que conseguiram igual os preços que as mercearias vendem, refiro-me a bens como detergentes, leite e afins. Os legumes e fruta há muito que não compro em supers, há fruta melhor e mais barata nas frutarias e mercados. A carne, bom essa já muitas vezes está mais cara nos hipers do que no talho, mas no talho tb chego a observar diferenças de 3/kg, para o mesmo nível de qualidade. O peixe, bom esse parece-me que já é o absurdo em todo o lado.
    • AMVP
    • 1 março 2023 editado

     # 18

    Colocado por: AMG1O garrafão de oleo fula de 3 litros estava a 9,99 e o garrafão da azeite virgem (nao era marca branca) a 11,99€. Agora pasme-se tinham em simultâneo uma promoção de garrafa de 1 litro de oleo fula a 1,59.

    Sim, desde há algum tempo para cá que os produtos em embalagens de maior quantidade ficam na verdade mais caras ao Kg/Lts.
    O que me anda a fazer espécie é a frequência com que fazem promoções de 60% nos detergens.
  13.  # 19

    Colocado por: AMVPfrequência com que fazem promoções de 60% nos detergens.


    Porque o preço "normal" é falso e sem sentido, e mesmo nas ditas promoções é um exagero para o que é! É detergente, poça, não é engenharia aeroespacial nem genética molecular!
    Concordam com este comentário: eu
  14.  # 20

    Mas o que mais me dá a volta é a roubalheira nos produtos em si! O Nestum familiar costumava ter 750g, agora vem na mesma caixa enorme mas com 600g, e custa mais!

    As polpas de tomate de marcas próprias são cada vez mais aguadas, é absurdo! Pagar quase 1€ por água ou 1.40 por polpa de marca dá que pensar... No Lidl os pacotinhos de 200 mL já me tinham saído sa lista porque começaram a ser água de tomate (e não dava para ver) virei para os frascos, mas este fds os que comprei para as pizas já eram também mais aguados que os anteriores. É como a história da rã na panela ao lume: se aquecer devagarinho não dá conta....

    Igual para as latas de atum, que agora é só água ou óleo e um bocado de atum. E nos hipers ainda anunciam o preço/kg escorrido, como deve ser, mas no LIDL colocam o preço/peso bruto, o que leva a crer que é muito mais barato que nos outros.
 
0.0516 seg. NEW