Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 41

    Se era comigo: Lx

    Colocado por: Paramontezona?
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 42

    Colocado por: Paramontezona?


    arganil - coimbra
  4.  # 43

    Lx é uma zona de pouca chuva, comparada c\ Coimbra, isso abona a favor do kykuio / escalracho.
    Dizem-me que de ano a ano, ou de 2 em 2 se dever dar um tratamento (q não é só adubo) ao relvado. Qual é?
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 44

    eu aconselho a ir ao D-mail e comprar umas solas com picos próprias para o efeito, para ir picando a terra. de resto só adubo do azul e água...

    ah, coimbra tem mais geada do q lisboa
  7.  # 45

    Tenho umas sapatas dessas e posso atestar q não funcionam no meu caso. Penso q a operação deve ser mais radical
  8.  # 46

    Colocado por: ParamonteTenho umas sapatas dessas e posso atestar q não funcionam no meu caso. Penso q a operação deve ser mais radical


    isso tb pode estar relacionado com o tipo de terreno. pode ser mais barrento. o que eu posso afirmar, é que se algum destes tipos de gramado não funcionar, tb não é a relva que funciona...

    há uma outra possibilidade de tratamento: a escarificação, mas com a grama não funciona muito bem, pois como esta tem aqueles "braços", o escarificador acaba por arrancá-la ao invés de cortá-la.
  9.  # 47

    A minha terra é muito dura (barrenta) o que fiz foi misturar uma tonelada de areia do rio e uns sacos de terra
    e melhorou bastante, já mandei mais alguma areia para coime entretanto e a relva está optima!!


    Colocado por: pirika

    isso tb pode estar relacionado com o tipo de terreno. pode ser mais barrento. o que eu posso afirmar, é que se algum destes tipos de gramado não funcionar, tb não é a relva que funciona...

    há uma outra possibilidade de tratamento: a escarificação, mas com a grama não funciona muito bem, pois como esta tem aqueles "braços", o escarificador acaba por arrancá-la ao invés de cortá-la.
  10.  # 48

    sim isso é uma possibilidade, mas com um inconveniente: tanto a areia do rio como a areia têm um nível muito baixo de permeabilidade (precisam de muita água), que no caso do system32 está resolvido com o facto da terra inferior ser barrenta, mas é sempre algo a ter em conta...

    outra questão que eu não aconselho: crivar a terra. Devem-se retirar as pedras maiores mais nunca se deve crivar a terra, pois caso se faça ela fica muito compacta e as ervas, sejam elas quais forem, têm maior dificuldades em germinar e desenvolver. (na minha terra diz-se que as pedras são os ossos da terra e é a realidade)
  11.  # 49

    os ingleses dão um tratamento anual à relva chamada "mulching" q consieste em colocar uma camada de material orgânico sobre a relva. Pode ser feito com caruma triturada. Mais uma vez: alguem sabe onde poço comprar om triturador de folhas (um triturador de troncos não dá, por + estranho q pareça, as folhas e caruma passa inteirinha
  12.  # 50

    Eu faço compostagem com a relva que corto. No ano seguinte espalho o resultado na relva!


    Colocado por: Paramonteos ingleses dão um tratamento anual à relva chamada "mulching" q consieste em colocar uma camada de material orgânico sobre a relva. Pode ser feito com caruma triturada. Mais uma vez: alguem sabe onde poço comprar om triturador de folhas (um triturador de troncos não dá, por + estranho q pareça, as folhas e caruma passa inteirinha
  13.  # 51

    faça assim:
    - com uma rede forme um cilindro com cerca de 1 metro de diâmetro e coloque numa área de térrea. depois pode ir colocando a respectiva caruma, as cascas das batatas, etc (todas as verduras e frutas que não tenham gordura), inclusivé a grama ou relva cortada, e vá colocando alguma terra espalhada por cima. passados 2 a 3 meses a parte de baixo está completamente composta e dá para o efeito. a isto chama-se compostagem. existem compostores à venda, mas como são caros, esta alternativa é viável.
    ah, convém ir colocando alguma água por cima, afinal os príncipios da compostagem são: ar, humidade e material para decompor.
    se logo me lembrar de tirar algumas fotos ao meu compostor caseiro, amanhã posto aqui.
  14.  # 52

    Tenho compostagem directamente na terra (já tive compostor mas transformou-se numa atração para os ratos) mas a ideia dea rede pareceme boa, excepto que a caruma ocupa muitissimo espaço é leva 2 anos a decompor, se apanhar a caruma do quintal dá logo para encher para aí 2 ou 3 compostores dos grandes
  15.  # 53

    daí até poder construir mais do que um...

    neste momento só tenho um, e quando tiver 10 ou 15 min disponíveis vou fazer outro, pois assim, depois de encher um por completo não lge mexo e encho o outro.

    relativamente ao facto da caruma demorar bastante tempo a decompor, sobreponha camadas... eu, á semelhança do system32 tb faço compostagem com os resíduos da grama do jardim e vou misturando as cascas das batatas, as folhas das alfaces que não se aproveitam, as ervas daninhas das culturas, as folhas das árvores de fruto e das videiras, alguma fruta que caía das árvores e se estrague, etc, e vou colocando um pá de terra por cima. rego em abundância, uma vez que não tem chovido, e ao fim de 3 meses nem se nota o que lá estava...
    • eu
    • 12 Abril 2012

     # 54

    Bem, é a minha vez de fazer o relvado. Vou semear kikuyo, mas tenho medo que a temperatura ainda seja demasiado baixa...

    O que acham?
  16.  # 55

    dè mais uns 15 dias, o kikuyo e os escalracho só crecem qdo a temperatura não desce abaixo dos 20º
    Estas pessoas agradeceram este comentário: eu
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 56

    depois de toda a geada que veio durante o passado inverno, o meu jardim ficou 90% castanho. o fim da geada, um leve aumento da temperatura, um cortezito e a chuvazita que já cá fazia falta e no espaço de 15 dias ficou radicalmente diferente. agora é 90% verde (ainda se notam algumas folhas castanhas, mas daqui por 1 ou 2 semanas nem se nota)
    • eu
    • 15 Junho 2012

     # 57

    Fiz uma experiência (numa pequena área) de sementeira do kikuyo em Maio e confirmo que cresce a uma velocidade impressionante. Em dois meses atingiu 20 cm de altura !!!

    No início de Junho fiz a sementeira geral, mas tive um problema terrível que me estragou a sementeira: formigas! As malandras, num único dia, roubaram para aí 90% das sementes! Elas conseguem cheirar as sementes enterradas, escavam a terra e levam tudo!

    Agora tenho a grama a nascer só em certas zonas...
  19.  # 58

    o kykuyo é bom, o único senão é o preço, qto lhe custou?
  20.  # 59

    A descrição do kikuyo, Pennisetum clandestinum, mete medo.
  21.  # 60

    Tive um amigo que plantou kikuyo no quintal e um dia de manhã quando acordou tinha uma ramada da relva enrolado à volta do pescoço, foi por pouco que não morria esganado!!
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">