Iniciar sessão ou registar-se
  1. Colocado por: maria rodriguesVamos ver se percebi as suas explicações: deitam as sementes no terreno no espaço deixado pelas couves que, entretanto, arrancaram porque já estavam no tamanho certo para colher
    semeamos as sementes no lugar fixo com o mesmo espaço quando se planta , costumamos fazer isso agora fins de Agosto o mais tardar principios de Setembro , hoje vou semear as minhas ...

    o resto é como a Maria disse , com as aguas de Outubro já se planta o que se desbasta e Novembro já chega as couves que dura até ao Natal .
  2. Colocado por: ultrahipermegaTb está na altura de semear a "navinha" pois os grelos no natal acompanhados de batata e alheira são bem bons.
    agente "navinha "semeava era milho , facilitava a vindima porque dividia o rego ahahahahha .
  3. Por cá a norma é plantar em princípios de Setembro as couves para o Natal.
  4. Colocado por: rafaelisidoroagente "navinha "semeava era milho , facilitava a vindima porque dividia o rego ahahahahha .


    Por estes lados "na vinha" só mesmo as videiras. A "navinha" semeava-se na horta para desinfectar a terra, colher os grelos e ainda aproveitar os nabos para os "récos". :))
  5. Colocado por: dedaoOnde foi arranjar tal coisa? desconhecia.


    Comprei as sementes num site Alemão.
  6. Colocado por: ultrahipermega

    Por estes lados "na vinha" só mesmo as videiras. A "navinha" semeava-se na horta para desinfectar a terra, colher os grelos e ainda aproveitar os nabos para os "récos". :))
    o que são os récos ????? Marrecos será ???
  7. Colocado por: rafaelisidoroo que são os récos ????? Marrecos será ???


    Recos = Porcos
    Concordam com este comentário: ultrahipermega
  8. ó rafael quem te fale num balanceiro, um bronze, uma válvula de escape ou uma cambota estará sempre bem. :))
  9. Colocado por: ultrahipermegaó rafael quem te fale num balanceiro, um bronze, uma válvula de escape ou uma cambota estará sempre bem. :))
    bem Lixado ahahahaha
  10. nunca vi um porco com este nome ahaahah
  11. Colocado por: rafaelisidorobem Lixado ahahahaha


    já não me lembrava que o mecanico é o teu irmão, tu só queres internet. :))


    Colocado por: rafaelisidoronunca vi um porco com este nome ahaahah


    Porcos á muitos... as pias é que serão sempre as mesmas...
  12. Colocado por: ultrahipermegaPor estes lados "na vinha" só mesmo as videiras. A "navinha" semeava-se na horta para desinfectar a terra, colher os grelos e ainda aproveitar os nabos para os "récos". :))

    A "navinha" - semente de nabo - é normal semear-se em Setembro, ali nas primeiras chuvas; mesmo que não chova e se a terra já estiver preparada para a semente, pode-se lançar no terreno e aguardar que chova. Esta resiste debaixo da terra e mal chova começa a germinar. Por isso se diz: Lançai-me no pó e de mim não tenham dó.
  13. Colocado por: ultrahipermega

    já não me lembrava que o mecanico é o teu irmão, tu só queres internet. :))




    Porcos á muitos... as pias é que serão sempre as mesmas...
    bem eu também sei abrir e fechar um motor , de carro , moto , motocultivador enfim faço o trabalho todo de mecânica ... Apenas um mecânico bom não é só isso ... É o perceber a coisa sozinho , olhando e calculando , o saber até aonde vai o limite ... O procurar a informação , o trabalhar detalhadamente a informação e nisso posso afirmar fossem muitos mecânicos como ele ...é a diferença entre eu e ele , como trabalho com ele não preciso esfolar a cabeça mas se nos visses juntos , eu com a NET e ele com o cérebro UI UI ...

    Quanto as pias dou-te toda a razão ...
  14. Ja agora, quando se semeia o naval, primeiro arranja-se a terra, depois semeia-se. A minha duvida começa aqui. Como a semente do naval e muito pequena, existe necessidade de voltar a passar o escarificador?
    pergunto isto porque e a 2ª vez que vou semear e a 1ª vez não correu la muito bem, o naval nasceu muito pouco. Teria eu enterrado muito as sementes?
  15. O ideal é fazer o nabal em terreno anteriormente cultivado. Por exemplo: em chão (terreno) de batatas, em que a terra já foi amanhada e estrumada, quase não é preciso grande trabalho com o escarificador. Qualquer enxada tradicional serve, a não ser que o terreno esteja muito espezinhado.Tendo já havido cultivo, o terreno está mais leve. Depois da terra remexida, espalham-se as sementes a lanço e, com a ajuda de um ancinho, mexe-se a terra, na vertical ou na horizontal, para tapar as sementes e dar um ar de terra semeada. Agora é só esperar que chova. Posteriormente, depois de bem nascidos e já com, mais ou menos, um palmo acima do solo toca a desbastar, e mondar. Nessa altura, são óptimos para fazer sopa de nabiças; se preferirem podem cozer feijão frade e nabiças, cortadas em juliana, acompanhadas de jaquinzinhos fritos, ou outro peixe frito, a gosto. Come-se bem escorrido, temperado no prato, de azeite e vinagre. Para quem gosta é um pitéu!
    Voltando ao desbaste do nabal, deixam-se os melhores espécimes relativamente afastados, para se obterem boas cabeças de nabo.
  16. Mas eu nao quero nabos nem vou semear nabos, vou semear só para grelos.
  17. Colocado por: ultrahipermegaMas eu nao quero nabos nem vou semear nabos, vou semear só para grelos.

    Muito bem: só precisa de lançar à terra sementes de nabo para grelos. O processo não será diferente. Só terá grelos de nabo quando eles já estiverem encorpados. Esqueço-me que a agricultura, hoje, é diferente daquela que se fazia nos anos sessenta e setenta do século passado.
  18. O que os meus tios faziam era espalhar a semente dos nabos (que tanto serviam para dar cabeças pros animais como para grelos e nabiças) na terra antes de se arrancarem, as batatas. Assim as batatas ao serem arrancadas à enxada iam enterrando a semente.
    No fim era passar com um gancho (ancinho de metal, vá) para lisar e espera que chovesse.
  19. Colocado por: quim.betoO que os meus tios faziam era espalhar a semente dos nabos (que tanto serviam para dar cabeças pros animais como para grelos e nabiças) na terra antes de se arrancarem, as batatas. Assim as batatas ao serem arrancadas à enxada iam enterrando a semente.
    No fim era passar com um gancho (ancinho de metal, vá) para lisar e espera que chovesse.

    Sem tirar nem pôr. Ora antes de se arrancarem as batatas ou depois delas arrancadas, o que importa é remexer a terra e lançar a semente. Depois é só ajeitar a terra com o ancinho e esperar pela chuva. E, sim! A semente dava para tudo: nabiças, grelos e cabeças de nabo.