Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 61

    Colocado por: joaocosta@ samdoce

    tive um problema semelhante com essa empresa, vejaaquicomo quebrei com o contrato com essa cambada...procure falhas no contrato, esses pseudo-mediadores a tempo parcial e mesmo inteiro, costumam cometer gralhas , algumas graves, a mim nunca mais me chatearam, nem sequer responderam a carta.

    Faça já o contrato de promessa e venda, receba pelo menos de sinal 3000€ , ou seja quantia igual à que a remax exige pelo termino antecipado do contrato, a remax só terá direito a exigir metade do valor de mediação apenas no caso de ser escriturado o negocio com outra empresa ou pessoa antes do termino do contrato. marque a escritura para o dia útil a seguir para os deixar fulos.

    Depois de ter o sinal em seu poder, aí sim pode "brincar" com a remax, por exemplo mostrando indisponibilidade num dado dia, em outro dia não ter a casa arrumada, ter uns electrodomésticos avariados ou ter um "técnico" a simular uma reparação na hora da visita. faça este jogo apenas depois de ter a "nota", até que o seu amigo pode desistir do negocio entretanto e as coisas podem correr mal para os dois lados...


    Se existe tanta gente na mediação imobiliária que o Sr. intitula de pseudos, deixe-me perguntar-lhe uma coisa, o senhor é pseudo que?
    Acho que um pouco de respeito pelas pessoas não se perdia nada,não Sr. João?

    Ahhh curiosamente, a vida dá muitas voltas, muitas mesmo...
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 62

    nao acham que deviam ter uma perspectiva sério sobre o que estao a dizer?
    agora nem os contratos que assinam se respeita? habilidades para falsear? é assim que transmite credebilidade??? tenham vergonha e cumpram com o que se compromentem!!!!
    • 1348
    • 5 Setembro 2009

     # 63

    Só mais uma pergunta para os especialistas. E se tiver um contrato de exclusividade com a dita imobiliaria e vender particularmente, porque tinha em simultâneo o nº de telefone do vendedor?

    E já agora se um possivel comprador entrou em contacto com a agência mas nunca foi visitar o imovel?Apenas houve contactos telefónicos.

    • ngf
    • 10 Setembro 2009

     # 64

    Ora ai está mais uma razão para o Sr. ser sincero, se o possível comprador entrou em contacto com a agência foi pelo trabalho que ela teve em fazer a promoção do imóvel, pelo que acho justo o pagamento da referida comissão.
    Nem que seja em partilha com o proprietário do imóvel, fazendo para isso o trabalho dela que é a gestão de todo o processo até à escritura.

    Só uma pergunta:

    Se o Sr. contratou uma imobiliária em exclusividade porque manteve o seu número de contacto juntamente com o da imobiliária????
    • 1348
    • 10 Setembro 2009

     # 65

    Segundo um comentário anterior a imobiliária não tem que tratar da papelada até à escritura. Fá-lo porque....., pq segundo o comentário não é obrigação.

    Relativamente à promoção do imóvel pôs lá uma placa.
    Quanto ao contacto do vendedor, as agências andam atrás das casas para venda. Quando vêem placas de venda, tb entram em contacto para fazer os contratos. Já sabem de antemão que o vendedor vai manter o seu contacto para venda, ou não?
  4.  # 66

    Boa tarde;

    Eu estive na mesma situação.
    veja o contrato porque no meu havia uma clausula em que qualquer das partes podia renunciar antes do fim do prazo desde que comunicasse á outra com 30 dias de antecedencia em carta registada com AR. Foi o que fiz, mas sem nunca ter dito que tinha outro cliente. Entretanto fiz um recibo de sinal fui empatando com o contrato feito e apos ter passado o prazo assinei com o comprador.

    Existem varias formas de contornar a situação, nunca alegue e que tem quem lhe venda a casa senão então perde toda a razão e la vai mais um caso para tribunal.

    Assim eles tem razão.

    cumprimentos
  5.  # 67

    Este país nunca ira andar para a frente...Sem nos apercebemos devem-nos incutir nas escolas uma veia qualquer de marroquinos, só pode...
    Sinceramente...
    Concordam com este comentário: Cfinanceiro
    Estas pessoas agradeceram este comentário: lobito
  6.  # 68

    Realmente esta gente... Sejam sérios!


    Ps:Não tenho qualquer ligação com a Remax!
    • 1348
    • 15 Setembro 2009

     # 69

    Concordo com os dois últimos comentários, mas as pessoas quando assinam contratos deviam ler e informar-se bem sobre os contratos. e as imobiliarias deveriam informar os clientes, porque para mim, que não tenho nenhuma casa à venda, estou é interessado na compra de uma e, porque está numa agência o valor é acrescido de 20% do preço. Também não me parece correcto, porque para me tratarem do processo eu pago 10% daquele valor. Para imóveis de baixo valor não vale a pena contratar agências porque a comissão é fixa e pode ter um grande impacto no valor final.

    Esta agência particularmente é das que tem comissões mais altas e não dá liberdade a que o vendedor venda particularmente, por isso é que quando eu tive um andar à venda, não quis contrato com essa agência.
  7.  # 70

    Antes de mais quero informar que, não tenho relações comerciais, familiares, ou outras, com a Remax ou qualquer outra imobiliária.
    Dito isto, só para dizer que, há cerca de 3 anos tive um apartamento à venda em várias imobiliárias. Quando terminou o contrato com todas elas, optei pela Remax e, em boa hora o fiz, pois passados 6 meses a casa foi vendida e, nada tenho a apontar, contra esta agência. Claro que o contrato é de exclusividade e, cobram mais pela comissão, mas antes de assinar, fui informado de tudo. Estive de acordo, assinei!.
    Um dos males do nosso povo é assinar tudo que lhe metem à frente, sem ter o cuidado de ler o que lá está.
  8.  # 71

    Pois ... eu não assinei porque quero tentar vender sem recurso a agências, e como tal estes primeiros 6 meses serei eu e mais 3 imobiliárias (que se completam nas formas de promoção) a tentar vender a casa. Se no final desses 6 meses, não conseguir ter sucesso, entrego a venda à Remax.
  9.  # 72

    Colocado por: Hugo S.Pois ... eu não assinei porque quero tentar vender sem recurso a agências, e como tal estes primeiros 6 meses serei eu e mais 3 imobiliárias (que se completam nas formas de promoção) a tentar vender a casa. Se no final desses 6 meses, não conseguir ter sucesso, entrego a venda à Remax.


    e vai ver que vai fazer asneira...

    o meu caso é parecido , tenho a casa a venda desde maio do ano passado, esteve primeiro em regime livre em varias agências e nada, depois fiz exclusivo com ERA e depois LAFORET e também nada, agora esta livre outra vez em varias agências, e por incrível a ERA tem um comprador interessado...

    pelo meu caso deduzo que não vale a pena por a casa em exclusivo, a "tal promoção" que dizem que fazem , não trás muitas vezes os resultado esperados ... acredito que este mercado é um pouco pura sorte.
  10.  # 73

    Colocado por: rui fer
    Colocado por: Hugo S.Pois ... eu não assinei porque quero tentar vender sem recurso a agências, e como tal estes primeiros 6 meses serei eu e mais 3 imobiliárias (que se completam nas formas de promoção) a tentar vender a casa. Se no final desses 6 meses, não conseguir ter sucesso, entrego a venda à Remax.


    e vai ver que vai fazer asneira...

    o meu caso é parecido , tenho a casa a venda desde maio do ano passado, esteve primeiro em regime livre em varias agências e nada, depois fiz exclusivo com ERA e depois LAFORET e também nada, agora esta livre outra vez em varias agências, e por incrível a ERA tem um comprador interessado...

    pelo meu caso deduzo que não vale a pena por a casa em exclusivo, a "tal promoção" que dizem que fazem , não trás muitas vezes os resultado esperados ... acredito que este mercado é um pouco pura sorte.


    Não percebo porque diz que vou fazer asneirta, se depois admite que o mercado é pura sorte.
    Se experimentou os dois modelos en não teve sorte com eles, porque é que apenas dá crédito a um possível comprador numa segunda tentativa de regime livre com a Era? .. Será que não baixou as condições ed comercialização, ou será que como diz teve sorte desta segunda vez?

    É que se o problema for sorte, então não podemos discutir qual o melhor modelo, se com ou sem exclusividade.

    A Minha razão para este modelo, é que em 6 meses deixarei de habitar o imóvel e como tal pretendo deixar a promoção e a venda do mesmo aos especialistas. para já e estando eu a habitar, faço o que a maioria das imobiliárias mais pequenas tb faz.

    Tive propostas de promoção de algumas imobiliárias que a promoção feita seria de colocar o meu imóvel em portais gratuitos ... ora isso já eu tinha feito, e não me cobro 3%, 4% ou 5% + IVA ...
    • jm1982
    • 16 Setembro 2009 editado

     # 74

    Colocado por: rui fer... acredito que este mercado é um pouco pura sorte.

    Como dizia o outro
    Olhe que não, Olhe que não...

    A sorte dá muito trabalho...
  11.  # 75

    Pode rescindir o contrato com pelo menos 10 dias de antecedência do seu termo, através de carta registada com aviso de recepção. Eu pessoalmente não acho justo pagar uma comissão a quem pouco ou nada fez. Eu não faço contratos em regime de exclusividade!!
  12. Ícone informação Anunciar aqui?

  13.  # 76

    Boa noite a todos, gostaria de dar a minha opinião sobre a materia.
    Quando se assina qualquer contrato (seja ele com a REMAX ou com uma instituição bancária afim de um crédito) tem que ser cumprido até ao fim, salvo as excepções contidas no mesmo.
    Uma imobiliária, seja ela qual for, com ou sem exclusividade, tem as suas contas para pagar( se as margens são ou não altas isso tambem vem bem explicito no contrato), se voce tiver um carro para vender e me disser, se arranjares quem me compre este carro dou-te 100€, eu encontro um comprador, fazes o negocio e depois, resolves não me dar o que acordaste comigo? achas isso uma atitude madura e responsável? Pois é disto que se trata esta discução, não é se cobram muito ou pouco, mas sim dos principios de cada um e como cada um encara as leis e a vida do dia a dia.
  14.  # 77

    Samdoce, conheço uma situação muito parecida com a sua, aliás deve haver centenas de situções dessas pelo país todo.
    1-Não se preocupe que é muito facil "dar a volta" a contratos com imobiliarias, pois legalmente eles só tem direito a comissão em caso de venda, não é obrigado a pagar a publicidade.
    2- O contrato de exclusividade, serve apenas para não assinar contrato com mais nenhuma imobiliária, mas repare, peça ao seu amigo para lhe apresentar o cliente interessado e a venda é como se tivesse sido feita por si, a remax não tem onde pegar.
    3-Acredite em mim a remax, em particular e as imobiliárias em geral, ameaçam com isto e aquilo mas depois não fazem nada, pois para além do mau efeito publicitario para elas andarem a colocar clientes em tribunal, eles sabem que não tem hipotese.
  15.  # 78

    Contratos de exclusividade, vai lá vai... Prefiro contratar uma comissão mais alta e ser livre de vender a casa a quem quiser do que ficar amarrado a uma só imobiliária!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: dd
    • nmnm
    • 28 Outubro 2009

     # 79

    Alto e pára o baile!
    Fiz uma pesquisa num motor de busca com as palavras "remax" e "fórum". Queria encontrar alguns testemunhos sobre quem trabalha, ou trabalhou, na Remax de modo a tirar algumas ilações para um motivo que para aqui não interessa. Não me surpreendeu encontrar esta "discussão" porque, na maioria das vezes, encontramos tudo menos o que nos realmente faz falta. De qualquer modo, um "bichinho" levou-me a fazer alguns comentários.
    As opiniões são o que valem. E estas, são perspectivas de cada um, aliadas a uma experiência, seja ela má ou boa. São baseadas em estudo, em conhecimento de causa ou apenas comuns ideias do que possam ser. O absurdo está em ser ridículo ao ponto de ridicularizar o outro só porque não entende a diferença. Não tenho uma certeza sobre o que será melhor: exclusividade ou não. Tenho apenas uma generalizada. Na exclusividade, por defeito, deve ser garantido um melhor serviço, certo? Penso que esse serviço, para além de outros pormenores, passa pela publicidade intensiva, maior dedicação no serviço contratado e outras garantias. Uma dessas garantias, será de que é a única a ter acesso ao imóvel e, por isso, é responsável pelas chaves (se as perder, substitui, como já me aconteceu) e é responsável pela integridade do imóvel (deve deixá-lo, dentro das suas possibilidades, seguro contra anomalias, como já me aconteceu deixarem a janela aberta e os pombos fazerem ninho no imóvel). Tendo o contrato com várias imobiliárias, corre-se o risco de imputarem a culpa de uns para os outros e com muita dificuldade vão ter os vossos direitos garantidos. Por outro lado, muitas imobiliárias, dá-nos aquela sensação de ter muitos "funcionários" a trabalhar para nós pela mesma "remuneração" (a comissão) e publicidade do nosso imóvel em mais lojas e, provavelmente e de preferência, perto do imóvel. Para além destas duas possibilidades, pode sempre vender particularmente. Dá trabalho e pode desconhecer alguns passos do processo, mas também poupa dinheiro. Não entendo o porquê de tanto sussuru. É escolher uma das situações, ponderar os benefícios e os prejuízos e saber que pode sempre trocar porque nada é definitivo. No caso específico, houve uma escolha. E, também especificamente, a atitude correcta e civilizada a tomar é, encaminhar o cliente interessado a quem detém o contrato de serviço de mediação imobiliária, informar outras mediadoras que contactem que já existe um contrato de exclusividade em vigor e encaminhar estas para a detentora do serviço. A verdade é esta e é incontornável: foi contratado um serviço que obedece a regras e direitos. Regras estas que foram lidas e aceites pelas partes envolvidas. A mediadora imobiliária, após o contrato gastou meios e tempo, seja ele qual for o custo, para que no fim consiga lucrar nessa actividade. Cada mediadora administra a sua actividade da melhor forma que achar viável para alcançar o lucro, cabe a nós aceitar, ou não, esse serviço e cumpri-lo integralmente sob pena de ser incorrecto e, até mesmo, ilegal.
  16.  # 80

    HHEHEEHEHEHEHE

    Tanta guerra por causa de um contrato.

    Neste momento também estou a tentar vender a minha casa e assinei contracto com a remax...

    Já tive uma "semi-proposta" que encaminhei para a angariadora, de quem, de facto tenho, confiança, pois caso tenha um problema semelhante é só expor e conversar...

    Apostei na remax pela exclusividade e pelo facto da angariadora me parecer competente e de saber que ela vai fazer mais publicidade do que eu alguma x faria, pois ela vive deste negócio e precisa dele, além da experiencia que já tem na profissão...:)

    Parece-me que, esta situação é complicada, pois se tem urgência em vender e tem comprador que não aceita comprar pela remax pelos valores que aquela recebe, penso que não estão preenchidos os requisitos para se concretizar o negócio.

    O contrato de compra e venda e a venda efectiva após o terminus da exclusividade é uma opcção, de resto não vale a pena conflitos com tribunais pelo meio, dinheiro gasto para todas as partes hhehehehehehehehehhe.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">