Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 101

    Colocado por: RCF
    Pode ser uma boa solução mas, para isso é necessário rescindir o contrato de construção que tem com o construtor.
    E não se admirem se, apesar de tudo, o construtor ainda exigir dinheiro para rescindir o contrato... Para esse tipo de gente, não há limites...


    Se já tiver em incumprimento, um advogado não pode ajudar nisso?
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

    • Mjdias
    • 11 Setembro 2019 editado

     # 102

    O problema é , ou o lote vale mesmo muito e valorizou o dobro , ou nunca mais vai ver o investimento , na situação em que esta , porque quem vai comprar vai perceber que não acabou por falta de dinheiro ou existe algum problema , vai sempre fazer uma má oferta ( necessidade do cliente).

    Nesta altura o trabalho efectudo , não se eleva a mais de 30 mil euros , tres lajes e pouco mais , fazendo valer o orçamento , e de acordo com os dados publicados aqui na chafarica , cerca de 60 mil , o mapa de pagamentos deveria ser o seguinte mais coisa menos coisa:

    - fundacao 10 mil
    - tecto do piso 0 10 mil
    - tecto do piso 1 10 mil
    -telhado e tijolo 20 mil
    - etics 10 mil

    Total 60 mil

    como se pode ver é facil lá chegar mas o plano de pagamentos deste senhores é completamente diferente .

    - adjudicacao 15 mil
    - fundacao 15 mil
    - tecto do piso 0 15 mil
    - tecto do piso 1 15 mil
    - inicio das alvenar 15 mil

    Total 75 mil

    Como podem ver eles ja mamaram 75 mil e a obra ainda só têm a estrutura.
  3.  # 103

    Colocado por: Nelhas

    Quanto dinheiro têm disponível?


    Nelhas, não sou eu o autor do tópico.
    Só estou a dar a minha opinião
    :)

    • RCF
    • 11 Setembro 2019 editado

     # 104

    Colocado por: Nelhas

    Se já tiver em incumprimento, um advogado não pode ajudar nisso?

    Poder ajudar, pode. Mas, recorrendo a advogado começa logo a gastar dinheiro... e depois, mesmo com advogado, ou chega a acordo com o construtor ou sujeita-se à via judicial, que também tem custos e nem sempre é rápida.
    É necessário ter em conta que, se há coisa que este tipo de gente tem de bom, são os advogados. Normalmente, são bem assessorados juridicamente...

    E mais, o "já estar em incumprimento" é na ótica do Dono de Obra, apenas. Na perspetiva do construtor, não será bem assim. De certeza que eles não admitirão que estão em incumprimento. Não se esqueça que eles tiveram bons advogados a assessorá-los na elaboração do contrato...
  4.  # 105

    Colocado por: RCF
    Pode ser uma boa solução mas, para isso é necessário rescindir o contrato de construção que tem com o construtor.
    E não se admirem se, apesar de tudo, o construtor ainda exigir dinheiro para rescindir o contrato... Para esse tipo de gente, não há limites...


    É sempre possível, esta malta tem categoria para isso e muito mais. Mas nestes casos dado os valores adiantados, até devem agradecer, fica encerrado para eles, massa ganha.. Não custa tentar.

    Esperar que ele acabem algo é que é insanidade, nunca mais com a licença a decorrer... ! O mercado pode dar uma volta e aí é que ficam sem nada.

    Se não vão andar toda a vida a correr atrás do prejuízo como no casino, afundando cada vez mais... Não vai ser um final feliz.

    Seja recomeçar, seja vender, seja o que for, tudo menos esperar que eles acabem obra.
    Concordam com este comentário: RCF, Ruipsm
    • RCF
    • 11 Setembro 2019

     # 106

    Colocado por: damnedÉ sempre possível, esta malta tem categoria para isso e muito mais. Mas nestes casos dado os valores adiantados, até devem agradecer, fica encerrado para eles, massa ganha.. Não custa tentar.

    De acordo!
    Apenas alertei que pode não ser tão fácil quanto pode parecer... Mas, é isso mesmo, não custa tentar.
    • Nelhas
    • 11 Setembro 2019 editado

     # 107

    Proponha uma reunião com eles e leve advogado.
    Pode ser que aceitem por termo a isto.
    Mas eu partia sempre do ponto de negociação de por termo com a condicionante de completarem um ou dois trabalhos.

    E a partir dai se via.
    Tem de ir para a negociação , tentando obter o melhor acordo para si, e a partir dai logo lê o opositor.

    Se vai logo para por termo assim do nada, e for mesmo a vontade da outra parte, so está a fazer a vontade toda ao "bandido".
  5.  # 108

    Vocês ou vivem em outro mundo ou são muito ingénuos.
  6.  # 109

    Nem mais...
    Ele vendo que não vai pagar mais nada, é isso que quer... ir embora.

    Ele só anda aí porque quer receber mais...
    Enquanto achar que vai receber mais, vai andar...
    Quando perceber que não vai... adeus.

    Portanto, se é para esse tipo de jogo de mandar embora e meter outro... é só fazê-lo ver que não vai receber mais um tostão, ele faz o resto
  7.  # 110

    Caboche eu até gosto do seu discurso , mas ainda não percebeu que está a lidar com a chamada máfia do betão, estas empresas são feitas para falir ?!
  8.  # 111

    Mjdias, eu não, vivo mesmo neste mundo.
    Se tivesse nessa situação e tendo eu dinheiro, ele não metia lá mais os pés, não tenhas dúvidas disso.

    Mas isso era fácil...
  9.  # 112

    Colocado por: MjdiasCaboche eu até gosto do seu discurso , mas ainda não percebeu que está a lidar com a chamada máfia do betão, estas empresas são feitas para falir ?!


    Eu sei, por isso e não tendo outra opção tentava a minha.
    Não estou a dizer que é o certo Mjdias. Aliás sei que não é.
    Mas era a melhor solução para o meu problema.
  10.  # 113

    Eles estão vocacionados para fazerem isto queira ou não queira eles vão vencer .
  11.  # 114

    Colocado por: MjdiasEles estão vocacionados para fazerem isto queira ou não queira eles vão vencer .


    Eu sei...
    Mas isso é fácil dizer...
    Eu imaginando-me nesse situação, não teria hipótese de meter mais lá ninguém.
    Para vender, ninguém daria o valor que devia ao banco...
    Portanto, entre esquecer isso e tentar que eles me metessem as paredes aliciando com mais €30000(obvio que não ia dar) eu tentava.

    Era a minha única opção MJdias. Se eles não metessem, ficava exactamente na mesma situação que estava antes
    Concordam com este comentário: Carla Alexa Costa
  12.  # 115

    Até temos aqui um bom exemplo (não a mesma situação) em que a generalidade das opiniões foram:
    Vender a casa
    Tirar já o empreiteiro de lá...

    E a pessoa, até conseguiu que o empreiteiro voltasse e corrigisse algumas coisas...
    Com a ajuda de alguém, bem sabemos, mas voltou, e aparentemente está a correr bem.

    Na altura todos disseram, venda... chute já daí o empreiteiro
  13. Ícone informação Anunciar aqui?

    • RCF
    • 11 Setembro 2019 editado

     # 116

    Colocado por: cabocheNem mais...
    Ele vendo que não vai pagar mais nada, é isso que quer... ir embora.

    Ele só anda aí porque quer receber mais...
    Enquanto achar que vai receber mais, vai andar...
    Quando perceber que não vai... adeus.

    Portanto, se é para esse tipo de jogo de mandar embora e meter outro... é só fazê-lo ver que não vai receber mais um tostão, ele faz o resto

    Desculpe, mas acho que, se calhar, o comentário do Mjdias era para si... pois acho que está a ser ingénuo...

    Uma qualquer situação, mesmo quando está má, pode piorar. A situação do Dono de Obra está má, mas pode piorar. E essas empresas, experientes e especialistas nestes jogos, sabem e apostam nisso.
    Por isso, mesmo naquelas situações em que o DO já entregou 100 e a obra ainda só tem investidos 80 pelo construtor/empresa, eles vão tentar ir buscar mais. Eles não se vão contentar... e o tempo joga a favor deles pois, quem tem pressa é o DO e não eles.

    Normalmente, o DO, quando vê as coisas mal paradas e percebe que entregou 100, mas o construtor apenas gastou 80, começa por se contentar se o construtor lhe devolver 10 (e até prescinde dos outros 10) e rescindem contato.
    Passados 2 meses, continuando tudo igual e porque o construtor não aceitou aquele acordo e nem lhe responde sequer aos contactos, o DO já aceita rescindir, sem receber nada em troca do construtor.
    Passados 6 meses, continuando tudo igual.... o DO já admite dar mais €10k ao construtor, para ele lhe assinar a rescisão do contrato, acompanhado de uma declaração dos seus técnicos, especialmente do autor do projeto, em como prescinde dos direitos de autor.

    Infelizmente, é assim... ou, pelo menos, é assim frequentemente.
  14.  # 117

    Não precisa pedir desculpa, que eu sei que o comentário era para mim.
    E não o levei a mal...

    Tentar pedir dinheiro de volta? Nunca falei nisso. Isso é o mesmo que extremar posições e acabar, nunca mais lá meter os pés.

    Podem dizer o que quiserem, que eu tenho a minha opinião. Certa ou errada é a minha.
    Se ele levou para lá os tijolos e o cimento... com alguma intenção foi.
    A intenção neste momento não é de desaparecer, podem dizer que é a intenção de receber mais dinheiro e aí concordo.
    Jogue com isso, era o que faria!
    Concordam com este comentário: Carla Alexa Costa
  15.  # 118

    Colocado por: cabocheAté temos aqui um bom exemplo (não a mesma situação) em que a generalidade das opiniões foram:
    Vender a casa
    Tirar já o empreiteiro de lá...

    E a pessoa, até conseguiu que o empreiteiro voltasse e corrigisse algumas coisas...
    Com a ajuda de alguém, bem sabemos, mas voltou, e aparentemente está a correr bem.

    Na altura todos disseram, venda... chute já daí o empreiteiro


    Estava acabada a da f.....
  16.  # 119

    Colocado por: cabocheNão precisa pedir desculpa, que eu sei que o comentário era para mim.
    E não o levei a mal...

    Tentar pedir dinheiro de volta? Nunca falei nisso. Isso é o mesmo que extremar posições e acabar, nunca mais lá meter os pés.

    Podem dizer o que quiserem, que eu tenho a minha opinião. Certa ou errada é a minha.
    Se ele levou para lá os tijolos e o cimento... com alguma intenção foi.
    A intenção neste momento não é de desaparecer, podem dizer que é a intenção de receber mais dinheiro e aí concordo.
    Jogue com isso, era o que faria!


    A intenção é a próxima tranche , não leve a mal falei na ingenuidade, devido a você e outros acreditarem no empreiteiro, eu já trabalhei em todos os lados da barricada , e sei como isto funciona .
  17.  # 120

    Colocado por: Mjdias

    A intenção é a próxima tranche , não leve a mal falei na ingenuidade, devido a você e outros acreditarem no empreiteiro, eu já trabalhei em todos os lados da barricada , e sei como isto funciona .


    Tal como eu disse...
    É fazer acreditar que a próxima tranche está quase a chegar...
    Mas que só a da quando vir gente na obra...
    Depois só a da quando vir gente a trabalhar...
    Depois não teve tempo...
    Depois e depois...
    E tentar levar a que ele faça as paredes...

    Mjdias, se o ia conseguir (que ele fizesse qualquer coisa), quase de certeza que não...
    Mas era o que eu faria.

    Eu não estou contra a tua opinião. Sei que tens razão, mas mesmo assim te digo que eu preferia perder o meu tempo a tentar levar o gajo a fazer mais qualquer coisa, que desistir.
    Só isso.

    Repara, que estou a falar numa situação de limite... não em alguém que pudesse esquecer €15000, assim era fácil.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">