Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 21

    Caros amigos

    Penso que os VE são uma boa opção para a voltas nas cidades e para quem faça deslocações de cerca de 100 km (aliás para as grandes cidades a grande opção deveriam ser as scooters elétricas, mas por cá a oferta e quase inexistente), pois mesmo atualmente a autonomia dos ditos veículos ainda é bastante limitada (o meu CI faço mais de 900 km com um deposito).

    Para além da autonomia, o outro problema (ainda, embora esteja a haver grandes evoluções) é o tempo de carregamento. Se formos fazer uma viagem de 400 km, podemos sempre planear carregar a "meio caminho", mas será difícil que esse carregamento seja realmente eficaz se não demorar menos de duas horas, tempo mais do que suficiente para um almoço.

    Finalmente, e aqui também se verifica uma boa evolução que é do preço final ao consumidor.
    Também acredito que o custo da energia necessária veja a subir e bastante quando houver 30%, 40% de veículos elétricos, pois será mais uma vez a lei da oferta e da procura a funcionar,...

    Assim e em minha opinião faz mais sentido ter atualmente um VE para as voltas na cidade, e quando necessário fazer um aluger de um CI para as grandes viagens,... Naturalmente que cada caso é um caso e nem todos se podem rever nesta ideia,... Aliás só assim poderá ser pois até já vi taxis da Tesla,....

    Cumprimentos
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

    • eu
    • 21 Maio 2019

     # 22

    Colocado por: mafgodFalta agora reduzir o consumo...

    Isso é muito difícil, pois o rendimento dos melhores motores elétricos atuais já é superior a 90%.
  3.  # 23

    Atrito ao rolamento (aerodinâmica por exemplo)

  4.  # 24

    Colocado por: eu
    Isso é muito difícil, pois o rendimento dos melhores motores elétricos atuais já é superior a 90%.


    Colocado por: manelvcAtrito ao rolamento (aerodinâmica por exemplo)

    Por exemplo aumentar a regeneração, a eficiência de carga, reduzir consumos nos componentes auxiliares....
  5.  # 25

    Colocado por: jocazezeCaros amigos

    Penso que os VE são uma boa opção para a voltas nas cidades e para quem faça deslocações de cerca de 100 km (aliás para as grandes cidades a grande opção deveriam ser as scooters elétricas, mas por cá a oferta e quase inexistente), pois mesmo atualmente a autonomia dos ditos veículos ainda é bastante limitada (o meu CI faço mais de 900 km com um deposito).

    Para além da autonomia, o outro problema (ainda, embora esteja a haver grandes evoluções) é o tempo de carregamento. Se formos fazer uma viagem de 400 km, podemos sempre planear carregar a "meio caminho", mas será difícil que esse carregamento seja realmente eficaz se não demorar menos de duas horas, tempo mais do que suficiente para um almoço.

    Finalmente, e aqui também se verifica uma boa evolução que é do preço final ao consumidor.
    Também acredito que o custo da energia necessária veja a subir e bastante quando houver 30%, 40% de veículos elétricos, pois será mais uma vez a lei da oferta e da procura a funcionar,...

    Assim e em minha opinião faz mais sentido ter atualmente um VE para as voltas na cidade, e quando necessário fazer um aluger de um CI para as grandes viagens,... Naturalmente que cada caso é um caso e nem todos se podem rever nesta ideia,... Aliás só assim poderá ser pois até já vi taxis da Tesla,....

    Cumprimentos
    É uma opinião como qualquer outra.
    Contudo tenho a contrapor a minha experiência.
    Sou possuidor de um VE desde 2014 (faz hoje precisamente 5 anos!), um Leaf MK1 com quase 150.000km e baterias originais que me permitem fazer o percurso casa-emprego-casa com uma única carga (~80km).
    Despachei o outro carro que tinha, um CI de 2013 e troquei há um ano (abril 2018) pelo novo Leaf40.
    Nos praticamente 4 anos em que tive um ICE e o VE, o VE era sempre o carro que pensava em primeiro lugar.
    O ICE era usado pela minha esposa casa-emprego nos dias de trabalho, e o VE, andava praticamente todos os dias.
    Só nas férias íamos de ICE já que, tendo uma autonomia a rondar os 100/120kms, obrigaria a várias paragens nos PCRs, coisa que só há poucos anos apareceram na A2.
    Fui no verão passado uns dias a Monte Gordo (~330km trajeto casa/monte gordo) com o Leaf40 onde apenas estive de carregar num PCR (AS de Aljsutrel) cerca de 20min. Foi o tempo de sair, estar na fila da bomba para comprar um gelado, ir ao WC e voltar ao carro.
    Também já fui passar uns dias à Serra da Estrela (~300km trajeto casa/alojamento) onde aproveitei para carregar enquanto almoçava em Coimbra.
    Resumindo, apesar da uutonomia do meu Leaf40 ser abaixo de 300km, basta uns 20 a 30mins num PCR para percorrer metade de Portugal.
    Para mim é mais que suficiente.
    Assim haja uma rede funcional e respeito pelos lugares de carregamento quer possuidores de ICEs como de VEs.

    A respeito do preço da energia aumentar, tudo isso é uma incógnita, contudo, e por enquanto, eu posso produzir a minha energia através de fontes renováveis e carregar o meu carro sem dar nenhuma justificação a ninguém. Se eu produzir biodiesel, e se quiser usa-lo de forma legal, tenho de pagar impostos!

    Sobre a questão da autonomia, eis um video onde o Bjorn faz uma pequena entrevista a um condutor de taxi na Noruega. Vejam os kms que ele faz por dia e onde carrega!

    Em jeito de resumo, um VE faz tanto sentido nas voltinhas pela cidade como em longas distâncias.

    Assim como há ICEs que são mais citadinos e outros mais indicados para longas distâncias, também há VES cuja autonomia são mais indicados para a cidade que longas distâncias.
    Assim como há ICEs que são extremamente baratos e outros ridiculamente caros, o mesmo se passa com os VES.

    Pegar num exemplo de um VE caro, assumir a sua autonomia como se de um barato ou de um mais antigo, e daí concluir que os VEs são carros de brincar nas cidades não faz sentido.
    É como ainda não há muito tempo se dizer que os VEs eram feitos!
    Alguns para o meu gosto são de fato, mas não é por ser um VE, também há vários ICEs muito mais feios!

    Há de tudo e, felizmente, cada vez há mais opções no mercado!
  6.  # 26

    Concessão do Direito de Uso Privativo de Espaço Público para a Instalação de Pontos de Carregamento de Baterias de Veículos Elétricos

    A Câmara Municipal de Mafra informa que se encontram abertas as inscrições no procedimento de concessão do direito de uso privativo de espaço público para a instalação de pontos de carregamento de baterias de veículos elétricos em local público de acesso público no Concelho de Mafra.

    http://www.cm-mafra.pt/sites/default/files/edital93_2019.pdf
  7.  # 27

  8.  # 28

    Colocado por: jocazezeas será difícil que esse carregamento seja realmente eficaz se não demorar menos de duas horas


    Só se for num PCN.
    Concordam com este comentário: mafgod
  9.  # 29

    A pensar...

    Nem os parques naturais escapam ao pedido de prospecção...

    http://mapadominerio.auportugal.eu/?fbclid=IwAR0ohFNp1qrTi4MPJ4HPj-Dqq4OqfGnG-KvIcsEMz4gaSNKDHu9ZPxy9bp4
  10.  # 30

  11.  # 31

    Continuo a achar pouco carro pelo preço, mas a ser verdade vai mexer com o mercado dos EVs

    "Skoda has today launched the all-new CITIGOe iV electric car at an event in Bratislava, Slovakia. [...] The compact electric car is priced ‘well below €20,000’ which suggests a sub-£17,500 in the UK, making it relatively affordable. [...] the new Skoda electric car has 265km (165-miles) of real-world range on the WLTP standards."
  12.  # 32

    sim, pois.... virou moda, carro abaixo dos 20 mil
    Ainda ontem li noticia do VW eletrico abaixo dos 20 mil
    Como o clio abaixo dos 20 mil
    Ou o dacia abaixo dos 15 mil
    etc...
    Esse CITIGOe iV é tipo vw up...
  13.  # 33

    Vai-se a ver e em Portugal custa uns pós menos que um zoe, só para dizer que é mais barato. Eu sou como o outro, quero ver para crer...
  14.  # 34

    Que opções há para hibridos plug in, ou seja carros com 60 km que podem ser carregados electricamente mas depois andam a gasolina
  15.  # 35

    Podes ver aqui um comparativo, é dos USA portanto pode haver versões diferentes das de cá, mas serve para teres uma ideia.
    Falta nessa lista pelo menos o Opel Ampera/Chevrolet Volt e o Volvo V60 Plug-in.

    Contudo, esses 60km que pretendes, só em condições muito particulares... ou seja, dificilmente conseguirás essa autonomia.
    Creio que só o BMW i3 REX terá uma autonomia 100% elétrica bem acima de 60km!

    Alguns, como o Volvo V60, tem um MCI a diesel.
  16. Ícone informação Anunciar aqui?

  17.  # 36

    Colocado por: mafgodPodes veraquium comparativo, é dos USA portanto pode haver versões diferentes das de cá, mas serve para teres uma ideia.
    Falta nessa lista pelo menos o Opel Ampera/Chevrolet Volt e o Volvo V60 Plug-in.

    Contudo, esses 60km que pretendes, só em condições muito particulares... ou seja, dificilmente conseguirás essa autonomia.
    Creio que só o BMW i3 REX terá uma autonomia 100% elétrica bem acima de 60km!

    Alguns, como o Volvo V60, tem um MCI a diesel.


    Dá umas olhadas aqui...
  18.  # 37

    a volvo não faz 60 km.. acho que nem com a bateria nova deste ano (n sei se já começaram a ser entregues com a nova bateria)

    a nova passat GTE tb tem uma bateria maior, mas acho que tb n chega aos 60..
    aliás, nem sei se há algum plugin normal que faça 60 km..

    dps tens uma série de pluguns na kia e hyundai, etc...


    EDIT: o novo 330e diz que faz exatamente 60km
  19.  # 38

    E nas motas, isto só dá mesmo 75km/h?
      Screenshot_20190524-104227.jpg
  20.  # 39

    Colocado por: smdxa volvo não faz 60 km.. acho que nem com a bateria nova deste ano (n sei se já começaram a ser entregues com a nova bateria)

    a nova passat GTE tb tem uma bateria maior, mas acho que tb n chega aos 60..
    aliás, nem sei se há algum plugin normal que faça 60 km..

    dps tens uma série de pluguns na kia e hyundai, etc...


    EDIT: o novo 330e diz que faz exatamente 60km


    O Ampera faz 60km. Nas minhas mãos até já fez 90 :)

    Acho impressionante como um carro de 2012, ainda continua a limpar o rabinho a praticamente todos os Plug-in (Rex) que existem no mercado (incluindo os novos)!
    Concordam com este comentário: JotaP
  21.  # 40

    Colocado por: NTORIONE nas motas, isto só dá mesmo 75km/h?
      Screenshot_20190524-104227.jpg


    Deve dar :) Fazes é muito menos km com ela :)

    Estava uma para test drive no ENVE :) Como anda a trotinete?
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">