Iniciar sessão ou registar-se
    • RLBM
    • 28 Agosto 2019 editado

     # 1

    Ha e outra coisa....hoje em dia todos os gabinetes ou trabalham com Revit ou Sketchup que basicamente é so fazer plantas...cortes e alçados são executados automaticamente e os 3D é so embelezar...não é como antigamente feitos em Autocad que tinham de ser todos desenhados e para não falar do tempo que eram feitos a mão...quanto mais facil se torna menos se quer fazer e mais caro que se quer pedir...
    ha e sem falar que por exemplo qualquer sistema BIM bem feito o mapa de mediçoes tambem ja sai automaticamente e com os preços...o que da trabalho e as empresas criarem as suas bibliotecas...coisa que em portugal não acontece mas posso dizer que em alguns paises da europa muitas firmas tem pessoal apenas para isso...
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 2

    Colocado por: RLBM
    a 15/20 anos atras todos os projetos incluiam mapa de medições e os desenhos levavam os detalhes de promenor etc, etc....hoje em dia quanto menos melhor e os preços dos projetos são carissimos


    Esta completamente enganado!
  3.  # 3

    Colocado por: RLBMHa e outra coisa....hoje em dia todos os gabinetes ou trabalham com Revit ou Sketchup que basicamente é so fazer plantas...cortes e alçados são executados automaticamente e os 3D é so embelezar...não é como antigamente feitos em Autocad que tinham de ser todos desenhados e para não falar do tempo que eram feitos a mão...quanto mais facil se torna menos se quer fazer e mais caro que se quer pedir...
    ha e sem falar que por exemplo qualquer sistema BIM bem feito o mapa de mediçoes tambem ja sai automaticamente e com os preços...o que da trabalho e as empresas criarem as suas bibliotecas...coisa que em portugal não acontece mas posso dizer que em alguns paises da europa muitas firmas tem pessoal apenas para isso...


    Mais uma vez a falar do que não sabe!

  4.  # 4

    Colocado por: RLBMa 15/20 anos atras todos os projetos incluiam mapa de medições e os desenhos levavam os detalhes de promenor etc, etc....hoje em dia quanto menos melhor e os preços dos projetos são carissimos


    em que país!!!? Vai-me desculpar, mas está redondamente enganado!!! posso lhe adiantar que é precisamente o contrário!!! Em 1998, as coisas eram , muito, mas muito menos complexas, menos responsabilidade e ganhava-se muito mais dinheiro!!!!
    Concordam com este comentário: JoelM, ADROatelier, callinas, Keepper, VCAC, N Miguel Oliveira
    • RLBM
    • 28 Agosto 2019 editado

     # 5

    Colocado por: JoelM

    Mais uma vez a falar do que não sabe!


    Amigo sou desenhador de Projectos a mais de 25 anos não me diga que não sei do que falo...um projecto hoje em dia feito em revit ou sketchup demora 1/3 do tempo isto se tiverem as bibliotecas bem criadas coisa que muito poucas firmas ca em Portugal o tem...agora se não sabe usar o Revit no seu potencial completo...a culpa jã mao é minha o melhor e informar-se bem

    todas as firmas onde trabalhei apresentavamos tudo bem discrito...agora se aqui tem muitas pessoas que não o faziam não sei...

    Fico por aqui com os meus comentarios...cada um puxa a brasa pro seu lado...eu falo da minha experiencia e do que vivi e vi...actuamente as coisas estão muito diferentes...
  5.  # 6

    Colocado por: RLBMHa e outra coisa....hoje em dia todos os gabinetes ou trabalham com Revit ou Sketchup que basicamente é so fazer plantas...cortes e alçados são executados automaticamente e os 3D é so embelezar...não é como antigamente feitos em Autocad que tinham de ser todos desenhados e para não falar do tempo que eram feitos a mão...quanto mais facil se torna menos se quer fazer e mais caro que se quer pedir...
    ha e sem falar que por exemplo qualquer sistema BIM bem feito o mapa de mediçoes tambem ja sai automaticamente e com os preços...o que da trabalho e as empresas criarem as suas bibliotecas...coisa que em portugal não acontece mas posso dizer que em alguns paises da europa muitas firmas tem pessoal apenas para isso...


    Mais um tiro no pé!!! automaticamente, salvo seja amigo!!! Alguém tem de meter os dados, as coisas tem de ser desenhadas, é preciso programar, criar bibliotecas... o software avançado , paga-se e paga-se caro... é necessário formação especializada... e as horas de trabalho continuam lá... ajuda isso , tudo ajuda, mas também se exige mais, as ferramentas permitem criar mais variantes, alterar, verificar ensombramentos, palas, ajustes, optimizar... ou seja permite fornecer ao cliente, uma serie de soluções e/ou variantes dentro de um prazo, compatível ( muitas vezes extravasas) com a proposta de preço fornecida ao cliente.

    Também actualmente, um profissional de arquitectura (ARQUITECTO) tem de ter um conhecimento ainda mais abrangente e informado do que há 15/ 20 anos atrás, é que não tenha duvidas!!!
    Pegando num situação simples, que é uma moradia: Termica, acustica, SCIE, Acessibilidades, ventilação, energia, infra-estruturas... etc.. uma serie de assuntos que em 1998 ou em 2004, mesmo existindo, não tem a complexidade e importância que hoje tem.
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira
    Estas pessoas agradeceram este comentário: N Miguel Oliveira
    • JoelM
    • 28 Agosto 2019 editado

     # 7

    Colocado por: RLBM

    Amigo sou desenhador de Projectos a mais de 25 anos não me diga que não sei do que falo...um projecto hoje em dia feito em revit ou sketchup demora 1/3 do tempo isto se tiverem as bibliotecas bem criadas coisa que muito poucas firmas ca em Portugal o


    Começam logo as contradições aqui

    Colocado por: RLBMhoje em dia todos os gabinetes ou trabalham com Revit ou Sketchup que basicamente é so fazer plantas...cortes e alçados são executados automaticamente e os 3D é so embelezar..


    Para desenhador, devia perceber mais do assunto e saber que revit é sketchup estão a KM de distância um do outro mas não vou entrar em pormenores de software porque nada acrescenta a esta conversa!

    O BIM é uma ferramente fundamental hoje em dia, 90% dos gabinetes em Portugal não a usa, e dos que projectam moradias arriscava a dizer que a percentagem é ainda maior.
  6.  # 8

    Há vinte anos todos os projectos levavam mapa de medições?!

    Colocado por: RLBM
    a 15/20 anos atras todos os projetos incluiam mapa de medições
  7.  # 9

    Isto não corresponde á verdade!...
    Basicamente fazer plantas?... Fácil?... Mais caro?
    Colocado por: RLBMHa e outra coisa....hoje em dia todos os gabinetes ou trabalham com Revit ou Sketchup que basicamente é so fazer plantas...cortes e alçados são executados automaticamente e os 3D é so embelezar...não é como antigamente feitos em Autocad que tinham de ser todos desenhados e para não falar do tempo que eram feitos a mão...quanto mais facil se torna menos se quer fazer e mais caro que se quer pedir...
    ha e sem falar que por exemplo qualquer sistema BIM bem feito o mapa de mediçoes tambem ja sai automaticamente e com os preços...o que da trabalho e as empresas criarem as suas bibliotecas...coisa que em portugal não acontece mas posso dizer que em alguns paises da europa muitas firmas tem pessoal apenas para isso...
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, N Miguel Oliveira
  8.  # 10

    Verdade! Muito verdade.
    Um arquitecto, que seja sério e competente, para um projecto nada complexo, tem que deter um vastíssimo conhecimento inter-disciplinar, uma sólida fundação legal e muitas valências.


    Colocado por: Pedro Barradas

    em que país!!!? Vai-me desculpar, mas está redondamente enganado!!! posso lhe adiantar que é precisamente o contrário!!! Em 1998, as coisas eram , muito, mas muito menos complexas, menos responsabilidade e ganhava-se muito mais dinheiro!!!!
    Concordam com este comentário:JoelM,ADROatelier
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira
  9.  # 11

    Colocado por: RLBMAmigo sou desenhador de Projectos a mais de 25 anos não me diga que não sei do que falo...u


    Olhe e eu sou Arquitecto há mais de 20 anos... Portanto também sei do que falo!!! Lido com muitos colegas de profissão...
    A sua realidade é diferente da minha concerteza... Voce está num meio em regressão (é pena), eu estou num meio que é o contrario ( eu só vejo mais exigencia, mais requisitos a preencher)...

    Também lhe digo que cada vez há necessidade de não ter desenhadores, o software permite ao técnico ( Arquitecto/ Engenheiro) ter absoluto controlo do que está a fazer e ter os outputs que necessita mais rapidamente... Nesse sentido, é verdade os serviços de desenhador de construção civil, cada vez fazem menos sentido em gabinetes de projecto.



    Colocado por: RLBMtodas as firmas onde trabalhei apresentavamos tudo bem discrito...agora se aqui tem muitas pessoas que não o faziam não sei...

    em relação a quê?

    Colocado por: RLBMada um puxa a brasa pro seu lado...eu falo da minha experiencia e do que vivi e vi...actuamente as coisas estão muito diferentes...


    Nisso tem toda a razão... eu descrevi a minha...
    Concordam com este comentário: ADROatelier, N Miguel Oliveira
    • RLBM
    • 28 Agosto 2019

     # 12

    Colocado por: Pedro Barradas

    Olhe e eu sou Arquitecto há mais de 20 anos... Portanto também sei do que falo!!! Lido com muitos colegas de profissão...
    A sua realidade é diferente da minha concerteza... Voce está num meio em regressão (é pena), eu estou num meio que é o contrario ( eu só vejo mais exigencia, mais requisitos a preencher)...

    Também lhe digo que cada vez há necessidade de não ter desenhadores, o software permite ao técnico ( Arquitecto/ Engenheiro) ter absoluto controlo do que está a fazer e ter os outputs que necessita mais rapidamente... Nesse sentido, é verdade os serviços de desenhador de construção civil, cada vez fazem menos sentido em gabinetes de projecto.


    já trabalhei com muitos Arquitectos e muitos Engenheiros e posso afirmar que 80% deles nao sabe trabalhar como deve ser em softwares de desenho seja la Autocad, revit, sketchup, em caso de engenheiros solidworks ou mesmo tekla...sabem se mexer por ali ou acolá...a serio...nem por isso...os 20% que sabiam nao trabalhavam como Arquitetos nem engenharos mas sim como desenhadores, esses de arquitecto so mesmo no papel...e com o tempo e formação sabiam o que faziam...porque quem trabalha como Arquitecto e como Engenheiro tem lá tempo para desenhar...voce fala em exigencia...mas antigamente nem se falava não incluir as mediçoes nos projectos elas ja la iam e estavam no preço apresentado...hoje...incluem se as pedirem ou pagarem a parte...se me disser que hoje existe maior burocracia...concordo consigo...ainda a pouco tive uma reunião com um empreiteiro que me disse que se la chegasse com mapa de mediçoes detalhado que chutava um preço elevado para se precaver...se chama a isso exigencia eu chamo preguisa...exigencia e ele receber e executar um orçamento como deve ser, pedindo cotação sobre os materiais apresentados, mesmo aplicando a sua margem de lucro...e fazer isso demora....antigamente existiam numa firma desenhador, medidores e orçamentistas hoje em dia existe um desenhador/medidor/orcamentista, isto quando a formação para tal nao é a mesma nem de perto nem de longe. Cá em portugal fala-se que uma pessoa deve ser multifacetada...la fora procuram-se especialistas em cada ramo...
    É o pais em que vivemos...
  10.  # 13

    Antigamente o preço do projecto era um. Hoje em dia é outro - e é bem menor, face ao numero de tarefas a realizar e responsabilidade associada.
    Sabe que as empresas só podem fornecer serviços se o cliente estiver disponível para pagar...

    O panorama do projecto e da obra está em transformação em Portugal.
    Pelo modo como fala, parece ser alguém experiente e já com alguma idade. Qual é a zona do pais onde trabalha, se posso perguntar?

    Colocado por: RLBM

    já trabalhei com muitos Arquitectos e muitos Engenheiros e posso afirmar que 80% deles nao sabe trabalhar como deve ser em softwares de desenho seja la Autocad, revit, sketchup, em caso de engenheiros solidworks ou mesmo tekla...sabem se mexer por ali ou acolá...a serio...nem por isso...os 20% que sabiam nao trabalhavam como Arquitetos nem engenharos mas sim como desenhadores, esses de arquitecto so mesmo no papel...e com o tempo e formação sabiam o que faziam...porque quem trabalha como Arquitecto e como Engenheiro tem lá tempo para desenhar...voce fala em exigencia...mas antigamente nem se falava não incluir as mediçoes nos projectos elas ja la iam e estavam no preço apresentado...hoje...incluem se as pedirem ou pagarem a parte...se me disser que hoje existe maior burocracia...concordo consigo...ainda a pouco tive uma reunião com um empreiteiro que me disse que se la chegasse com mapa de mediçoes detalhado que chutava um preço elevado para se precaver...se chama a isso exigencia eu chamo preguisa...exigencia e ele receber e executar um orçamento como deve ser, pedindo cotação sobre os materiais apresentados, mesmo aplicando a sua margem de lucro...e fazer isso demora....antigamente existiam numa firma desenhador, medidores e orçamentistas hoje em dia existe um desenhador/medidor/orcamentista, isto quando a formação para tal nao é a mesma nem de perto nem de longe. Cá em portugal fala-se que uma pessoa deve ser multifacetada...la fora procuram-se especialistas em cada ramo...
    É o pais em que vivemos...
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira
  11.  # 14

    RLBM

    que visão tão distorcida.

    Apenas o seguinte: há 20/30 anos ganhava-se dinheiro com os projetos, plantas com paredes de 30 cm uns cortes com tudo certinho e uns alçados bonitos e estava feito, seguia para licenciamento e estava feito. o DO desaparecia e ia para a terra do empreiteiro x e lá se entendiam em tudo e mais alguma coisa.
    hoje em dia quem projeta é bombardeado com as mais ínfimas questões sobre a construção e no entanto muitas vezes o seu trabalho é visto ainda á luz em termos de custos com a mesma ligeireza desses anos. face quer á informação disponível, quer da legislação, quer da deterioração da relação construtor / DO, etc etc etc

    não há Bim que lhe valha, o rigor exigido antes da construção é muito mais complexo em todos os aspetos
    é claro que o comercialismo e falta de rigor de alguns continua e sempre haverá.
    ganhar dinheiro hoje em dia nos projetos não é tarefa fácil mesmo com todo o desenvolvimento das tecnologias ao dispor.
    já reparou que mesmo o autocad quando apareceu veio facilitar mas mesmo já ai aumentou de tal forma o rigor em relação a um projeto feito a caneta? facilitou o desenho mas complicou e aumentou o rigor.
    por outro lado ainda os próprios construtores hoje em dia também de uma forma geral já não podem fazer o passe mágico de antigamente e fazer o cozinhado
    enfim o paradigma mudou e muito. quanto mais tecnologia maior o rigor e precisão envolvidos portanto mais trabalho e custos portanto uma série de questões
    que em tudo contradizem tudo aquilo que escreveu.
    mas o mais simples para o contradizer é fazer-lhe um desafio e experimente fazer um projeto mesmo que muito simples mas com qualidade em BIM e depois veja se realmente é assim tão expedito esse automatismo de que fala.
    Concordam com este comentário: JoelM, Pedro Barradas, N Miguel Oliveira
  12.  # 15

    Colocado por: RLBMjá trabalhei com muitos Arquitectos e muitos Engenheiros e posso afirmar que 80% deles nao sabe trabalhar como deve ser em softwares de desenho seja la Autocad, revit, sketchup, em caso de engenheiros solidworks ou mesmo tekla...sabem se mexer por ali ou acolá...a serio..

    Isso concordo, sou um deles... não dá para tudo. Mas também não vou contratar um desenhador... Se vou delegar trabalhos menores ou de repetição, tento arranjar logo um arquitecto, pelo menos terei a mais valia da concepção, ou a autonomia de projecto noutras situações.


    Colocado por: RLBM.porque quem trabalha como Arquitecto e como Engenheiro tem lá tempo para desenhar.

    Hoje em dia. isso está subjacente ao acto de projectar... em particular na arquitectura. Pelo menos eu revejo-me nessa situação, pelo que o "desenhar", é feito ao mesmo tempo do projectar... depois é certo pode ter de ser passado a limpo e/ou dependendo dos outputs utilizados, rever para elaboração de fase de licencimento e/ou execução.

    Colocado por: RLBMmas antigamente nem se falava não incluir as mediçoes nos projectos elas ja la iam e estavam no preço apresentado..

    Isso só acontecia e acontece em projecto para obras publicas... de resto não, não havia cá medições e orçamentos, mas havendo metia-se o valor à parte, como uma opção e actualmente faço o mesmo, aliás com amsi frequencia, porue os clientes cada vez mais decidem contratar o mapa de quantidades...
    Por curiosidade qual é o tipo de mercado que trabalhou/ trabalha, é que os nichos de mercado fazem muita diferença na percepção das exigencias de trabalho...
    Normalmente quem trabalha( elabora projectos) para empreiteiros, pelo que me apercebo.. não tem qq tipo de exigência, desde que passe na camara, o empreiteiro depois resolve o resto... eu não tenho clientes desses, nem quero.


    Colocado por: RLBMainda a pouco tive uma reunião com um empreiteiro que me disse que se la chegasse com mapa de mediçoes detalhado que chutava um preço elevado para se precaver...se chama a isso exigencia eu chamo preguisa...exigencia e ele receber e executar um orçamento como deve ser, pedindo cotação sobre os materiais apresentados, mesmo aplicando a sua margem de lucro...e fazer isso demora....antigamente existiam numa firma desenhador, medidores e orçamentistas hoje em dia existe um desenhador/medidor/orcamentista, isto quando a formação para tal nao é a mesma nem de perto nem de longe

    bom, mas isso já é uma situação que ultrapassa a questão dos projectos e dos projectistas.. é o lado do empreiteiro... e sim nisto concordo, pois quando elaboro mapas de quantidades e tenho o trabalho de análise das diversas propostas, o que vejo, é isso mesmo... chutam para bola qq coisa, e o que lhes interessa é o valor global final.

    Colocado por: RLBMÉ o pais em que vivemos...
    Exacto, e é nessa realidade que temos de conviver...

    Estes são os meus pensamentos sobre o assunto.
    Concordam com este comentário: ADROatelier, N Miguel Oliveira
    Estas pessoas agradeceram este comentário: N Miguel Oliveira
  13. Ícone informação Anunciar aqui?

    • RLBM
    • 28 Agosto 2019

     # 16

    Concordo que os preços eram bem diferentes...mas hoje em dia tambem é "mais facil e rapido" fazer um projecto...hoje em dia e vou lhe dar um exemplo estive envolvido num projecto de uma barragem a 1 ano atras em que eramos 5 firmas diferentes a trabalhar no mesmo projecto...isto porque o Software em questao assim o permite não é necessario andar a mandar ficheiros de um lado para o outro e esperar que um acabe para o outro começar, as coisas estao mais centralizadas e a meu ver mais facilitadas...o que é complicado é conseguir ter pessoas bem formadas para tal...alias nem é bem isso é mais estar disposto a PAGAR para ter essas pessoas...cá em portugal quererem pagar 600 euros por isso e é ridiculo...como existem muitos arquitetos e engenheiros ca a ganhar isso, e não que eu concorde com tal.
    • RLBM
    • 28 Agosto 2019

     # 17

    eu ja trabalhei tanto em grandes obras "arte", como ja trabalhei em arquitectura e até em Metalomecanica.
    O mercado de trabalho assim exige que seja assim hoje em dia...ser multifacetado...infelismente o desenhador especializado em só uma coisa acabou...ou se sabe um pouco de tudo ou ja era...
  14.  # 18

    Colocado por: RLBMmais facil e rapido" fazer um projecto...


    Quer você dizer desenhar... O problema é que essa é uma parte mínima de todo o processo! (sendo desenhador devia saber isso)
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira
  15.  # 19

    Colocado por: JoelMdesenhador


    desenhador não é o mesmo que designer?
  16.  # 20

    Colocado por: RLBMestive envolvido num projecto de uma barragem


    Está a ver, é outra realidade... é um nicho pequeno. E muito bem , num projecto dessa envergadura deve ser fetio atráves de metodos colaborativos de trabalho, assim como em arranha-ceus, shopping centers, retails parks, etc... Aliás nesse tipo de projectos o BIM, é muito util... pois há muita especialidade envolvida e depois a fabricação...
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">