Iniciar sessão ou registar-se
    • Gaspia
    • 9 setembro 2020 editado

     # 61

    • zed
    • 9 setembro 2020

     # 62

    Colocado por: HFRCuriosamente as zonas que estão com menos exposição solar, são que ainda sobrevivem, mas sem a cor e o vigor que já vi no passado.


    Se for o Blissus leucopterus é perfeitamente natural, ele ataca primeiro nas zonas que têm sol o dia todo, que é onde a relva está sobre mais pressão.

    Mas já se meteu de joelhos a procurar se tem bicho ou não? Nas zonas ainda verdes adjacentes às zonas atacadas.

    Qual a forma das zonas atacadas antes de alastrar por completo? Um fungo não se espalha de forma tão irregular como o percevejo.
  1.  # 63

    Pessoal... já chega de dizer que é fungo. Á custa de dessa falsa informação, muitas vezes até dada por engenheiros, anda-se a comprar fungicida e o bicho continua a alastrar e nós a gastar dinheiro e a pensarmos que temos o relvado tratado. Vão ao vosso relvado e procurem o bicho perto das zonas mortas da relva. O video que o Gaspia postou mostra o bicho. Inseticida peretroide nisso (Decis). Pelo menos é a solução que eu ACHO mais eficaz mas não é defenitiva. Já tou a pensar infestar os relvados com o kikuyu a ver se toma conta do escalracho.
  2.  # 64

  3.  # 65

    Boas, sou novo por aqui e novo nesta matéria. Ando a informar me sobre os diferentes tipos de relva e tinha chegado á conclusão que o popularmente conhecido por escalracho, seria a melhor opção para mim. Eis se não quando, dou com esta "discussão" sobre o que anda a acontecer. Calculo que nada tenha mudado e que neste momento seja mandar dinheiro ao lixo. Vivo em Palmela, este bicho que anda a assassinar o escalracho é por todo o país?
  4.  # 66

    Boas, sou novo por aqui e novo nesta matéria. Ando a informar me sobre os diferentes tipos de relva e tinha chegado á conclusão que o popularmente conhecido por escalracho, seria a melhor opção para mim. Eis se não quando, dou com esta "discussão" sobre o que anda a acontecer. Calculo que nada tenha mudado e que neste momento seja mandar dinheiro ao lixo. Vivo em Palmela, este bicho que anda a assassinar o escalracho é por todo o país?



    Principalmente na zona sul, sou de Azeitão e por aqui é uma praga, mas também no Estoril, Caparica, Aroeira há relatos da sua existência
  5.  # 67

    Colocado por: GaspiaBoas, sou novo por aqui e novo nesta matéria. Ando a informar me sobre os diferentes tipos de relva e tinha chegado á conclusão que o popularmente conhecido por escalracho, seria a melhor opção para mim. Eis se não quando, dou com esta "discussão" sobre o que anda a acontecer. Calculo que nada tenha mudado e que neste momento seja mandar dinheiro ao lixo. Vivo em Palmela, este bicho que anda a assassinar o escalracho é por todo o país?



    Principalmente na zona sul, sou de Azeitão e por aqui é uma praga, mas também no Estoril, Caparica, Aroeira há relatos da sua existência
  6.  # 68

    Obrigado Gaspia, acho que o melhor é mesmo aguardar por uma solução para o problema então.
  7.  # 69

    Aqui pela Apelação/Loures ficou assim... tem sido uma luta... rebenta de um lado... morre do outro...

    20200913-172307
    20200913-172317
  8.  # 70

  9.  # 71

    Colocado por: ParamontePara aqueles que falam em aplicar pesticid aqui vai a minha opinião:

    https://www.publico.pt/2019/02/19/ciencia/noticia/exposicao-glifosato-aumentar-41-risco-linfoma-1862546

    https://www.dn.pt/pais/contaminacao-por-glifosato-esta-espalhada-por-todo-o-pais-10615768.html


    Desculpme, mas os tópicos que coloquei referem-se a um herbicida
  10.  # 72

    Entendo perfeitamente a preocupação..mas alternativas para substituir o Roundup/glifosato, deixo aqui umas dicas:
    -Água quente
    -jacto de água
    -lona/plástico a cobrir a zona a tratar
    3 dias(verão) 7 dias(inverno)
    -sal
    -agua/lixívia
    -agua/ácido
    -maçarico
    -roçadora
    -enchada
    -velhinha sachola
    E há mais mas neste momento não me ocorre.
    No entanto para combater uma praga como esta que o Escalracho enfrenta sem ser com um insecticida, no meu caso, optei por um dos menos agressivos com composto de Lambda-Cialotrina..se existe uma alternativa, estou aberto a sugestões.
    • zed
    • 16 setembro 2020

     # 73

    Colocado por: SérgiojfNo entanto para combater uma praga como esta que o Escalracho enfrenta sem ser com um insecticida, no meu caso, optei por um dos menos agressivos com composto de Lambda-Cialotrina..se existe uma alternativa, estou aberto a sugestões.

    Eu optei um tratamento à base de óleo de Neem (Nim). O óleo tem uma substância que afecta o sistema nervoso dos insectos e que só actua por ingestão, não afectando por isso os outros insectos que não estiverem a atacar a grama. A preparação é simples, é fazer uma suspensão do óleo em água com um pouco de detergente da loiça (ou do carro no meu caso).

    Fiz uma primeira aplicação no dia 5 de setembro. O meu método não é cientifico pois simplesmente examino várias secções de relvado para ver quantos percevejos tem mas após esta aplicação os bichos como que desapareceram. Passado seis dias já tinha mais percevejos de novo, mas em menor quantidade do que antes dos tratamentos. Fiz então nova aplicação e agora é esperar para ver.

    Paralelamente com isto não tenho notado deterioração no relvado. É possível que os percevejos permaneçam mas fiquem afectados pelo Neem.

    http://versicolor.ca/lawnsoldsite/secC1.html#neem
    Estas pessoas agradeceram este comentário: eu
  11.  # 74

    Colocado por: zedEu optei um tratamento à base de óleo de Neem (Nim).



    Já na semana passada andava a ver onde comprar online.

    Algum local sem seronline para comprar?
  12.  # 75

    Urbicult, em Coimbra...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Paramonte
  13.  # 76

    Segundo percebi, em Azeitão há uma praga.

    Apesar de no forum existirem várias posições dizendo que é um fungo, o que encontrei foi um pequeno "escaravelho", com cerca de 3 ou 4 milímetros que creio ser o Blissus Leucopterus, de acordo com o que pesquisei (não sou técnico).

    Apliquei granulado de lamda-cialotrina (ercole) e vou aguardar para ver os resultados.

    Alguém tem experiência de utilização deste produto? Que resultados obteve?

    Cumprimentos
    Concordam com este comentário: Sérgiojf
    • eu
    • 19 setembro 2020

     # 77

    Mas o inseticida não vai resolver o problema apenas temporariamente ?
    • zed
    • 19 setembro 2020

     # 78

    Já estamos a chegar ao fim da época de actividade do Blissus leucopterus portanto por este ano as coisas deverão sossegar, independentemente de tratamentos.
  14.  # 79

    E para o ano há mais
    Cada vez mais penso que o uso de quimicos só piora. Vão adquirindo resistências e depois é uma escalada inútil e muito prejudicial.
    Limpeza, arejamento/exposição, plantas que atraiam insectos auxiliares e pássaros, resolve
    Concordam com este comentário: Paramonte, zed
    • zed
    • 19 setembro 2020

     # 80

    É de evitar. Até porque com detecção precoce penso que se consegue depois eliminar usando métodos "suaves".

    Se é para usar insecticidas então o indicado é rodar os princípios activos a casa aplicação, justamente para não criar resistência.
    Concordam com este comentário: Sérgiojf
 
0.0405 seg. NEW