Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 101

    Colocado por: bruno_bfb
    Com esta chuva que tem caído não rego.
    Quando não chover, vai ser 1 rega semanal durante 1 hora.


    Nao existe necessidade. Com cortar a relva em pouco tempo acabam por morrer. E temporário e por haver demasiada água na terra, acontece me isso na primavera
    Estas pessoas agradeceram este comentário: bruno_bfb
  2.  # 102

    Estive este fim de semana em Tróia, o bicho já lá chegou e começou a arrasar, vi muitos relvados verdadeiramente destruídos, acho que o bicho está a atacar mais a sul por causa das temperaturas mais altas, isto ainda vai dar muito que falar e durante muito tempo
  3.  # 103

    O meu jardim está já empestado. ( zona de Fernão Ferro/Seixal) Uma desgraça. Mas hoje consegui ver o causador. São ás centenas/milhares de bichos destes junto ás raízes. São tantas mas tantas lagartas. As mais pequeninas são verdes alface e as maiores são mais escuras. Coloco aqui fotos dos bichinhos para verem. Que produto recomendam? Vou tentar um produto próprio para lagarta das hortícolas e arvores de fruto. Cortei mais curta a relva para o produto entrar melhor. Logo dou noticias do resultado. Mas agradeço sugestões.
      45.jpg
      37.jpg
      64.jpg
  4.  # 104

    Eu tenho uma praga de larvas de escaravelho ("lagarta branca"), que também está a dar cabo do meu relvado (alimentam-se das raízes, o relvado parece uma carpete, levanta-se como tal).

    Como se tal não bastasse, tenho uma zona do relvado minada com túneis escavados por toupeira. Imagino que com a ploriferação das lagartas brancas as toupeiras venham atrás, mas se as lagartas causam danos, as toupeiras são ainda piores.

    Numa loja de produtos fitofarmacêuticos recomendaram-me Epik, que é o mesmo produto que se aplica nos citrinos para combater a Psila.
    Não sei se será eficaz, mas daqui a uns dias confirmo.

    Outra hipótese é recorrer a nemátodos que tenham "apetite" por essas lagartas (terá de identificar as mesmas com mais exatidão). Os nemátodos são uma espécie de parasitas microscópicos que se alojam nas larvas e acabam por matá-las. É uma forma biológica de controlar estas pragas.
  5.  # 105

    Tenho essa **** no meu relvado..se esse inseticida funcionar, deixe cá o feedback para dar tratamento igual :)
  6.  # 106

    Boa noite a todos,

    Lancei o ano passado esta preocupação sobre o problema que afeta o escalrracho. Fui confrontado com o primeiro caso que aqui foi dado conhecimento em casa do meu irmão.
    Só tinha quatro jardins a meu cargo que em alturas diferentes foram afetados. Depois de muita pesquisa e após algumas tentativas erro, concebi um produto simples que para o meu entendimento iria resolver o problema. Apliquei, e após controlar a evolução durante seis semanas cheguei à conclusão que tinha conseguido salvar os jardins.

    Nada disse a ninguém, a solução era demasiado simples e pensei que passaria pelo ridículo.

    Quando existiu este ano pela altura da primavera uma nova vaga do problema toda a gente abordou o problema culpando o "bichinho". Quem era eu, mau grado a experiência de 28 anos para contrariar toda as vozes que se levantavam. Então até agora já gastei mais de 500€ em fitofármacos, tanto líquidos como em microgranulos. E se me perguntarem se deu resultado... Um redondo não!

    O dono da empresa onde adquiro os produtos perguntou-me se estava a ter resultados positivos com os produtos, disse-lhe que não, e ele disse-me que para ele isto não é um problema de insetos, mas sim um fungo.

    Faz na próxima sexta-feira 5 semanas que que identifiquei o problema do escalrracho num cliente que tenho com 3.600 m2. Estavam já cerca de 40 m2 com manchas ponderei e decidi em vez de aplicar qualquer insecticida, aplicar novamente a mezinha que eu criara.

    O que vos posso dizer é que logo na segunda semana a infecção parou de alastrar e a relva teve um crescimento mais rápido. Só realmente vendo no local tal como o disse hoje ao Sérgio, sim o Sérgio que também aqui participa pois somos amigos.

    Mas dizer o que aplico é ridiculo.

    O certo, e depois de já ter gasto tanto dinheiro e continuar a ver os jardins a morrer, (é que agora são 36) é que agora vou corrê-los todos com o meu produto, que por sinal é inócuo para animais, pessoas e outras espécies.

    Mesmo que venha a ser ridicularizado, afirmo é um fungo, e estou a recuperar os meus relvados com o produto mais simples e barato que existe.

    Obrigado
  7.  # 107

    Tanta coisa e n disse qual e a mezinha
  8.  # 108

    Apostava que é água com vinagre.
  9.  # 109

    Boa noite,

    Passe o ridículo que poderão achar a mezinha, é tão somente o seguinte:

    Para 10 litros de água,

    200 ml de lixívia pura sem qualquer tipo de aditivos ou perfumadas.

    Para quem não desligue a rega nesse dia, deve adicionar duas colheres de sopa de azeite.

    Se, o desinfetante caseiro aqui apresentado também afeta o tão proclamado bichinho, não sei. Mas que tenho tido resultados 100% satisfatórios tenho.

    Esta é a informação que posso contribuir com a experiência que tenho tido.

    Obrigado
  10.  # 110

    Portanto solução de lixívia con concentração de 0.2% e aplicar sobre a relva?
  11.  # 111

    Se o Trump descobre que o estão a plagiar...
  12.  # 112

    Colocado por: sbcnvPortanto solução de lixívia con concentração de 0.2% e aplicar sobre a relva?
    Não são 0,2% são 2%😉
    • eu
    • 1 outubro 2020

     # 113

    Colocado por: Poolgardeno meu produto, que por sinal é inócuo para animais, pessoas e outras espécies.

    A lixívia não é inócua.
  13.  # 114

    Colocado por: KduvidasNão são 0,2% são 2%😉


    Nao sei onde fez as contas, mas 200 ml em 10 litros são 0.2% no máximo.

    A lixívia em si tem apenas concentração de 5 a 10% portanto, na melhor das hipóteses, assumindo lixívia con concentração mais alta, estamos a falar de uma solução de 0.2%. que e a concentração normal dos produtos de spray de casa de banho para borrifar/desinfectar superfícies
    Concordam com este comentário: rjmpires
  14.  # 115

    Lixívia é um termo comercial.
    Agora em relação à quantidade de hipoclorito de sódio só o Poolgarden pode ajudar 😝
    • eu
    • 1 outubro 2020 editado

     # 116

    apagar
  15.  # 117

    Não é necessário complicar o que é fácil e comigo resultou. Só o partilho para que possam resolver o vosso problema. Não existe qualquer truque, trata-se apenas de lixívia comercial que se vende em qualquer drogaria ou supermercado.
    Não estamos a falar de hipoclorito de sódio em que a concentração é altíssima, e a equação da dosagem obviamente teria de ser outra.

    Não pretendo que este tema seja alvo de chacota porque existem muitas interrogações no que toca ao percevejo das gramíneas.

    1° O escalrracho é uma planta e não uma gramínea.
    2°As zonas com maior afectação são as de maior exposição solar. (melhores condições de propagação de fungos, ou então o bicho gosta de comida quente).
    3° Os resultados com insecticidas líquidos ou em microgranulos tem-se mostrado ineficazes, embora diminuindo a população de insectos mas continuando os relvados a morrer.
    4° E por último a experiência que tive o ano passado e que tinha abandonado, e que há 5 semanas atrás como já referi farto de gastar dinheiro com químicos voltei a usar incentivado pela opinião de uma pessoa ligada à comercialização de fitofármacos, e que mais uma vez se voltou a mostrar eficaz.

    Isto é o que posso partilhar com todos vós.

    Obrigado
    Estas pessoas agradeceram este comentário: elnunes, rjmpires
    • eu
    • 1 outubro 2020

     # 118

    Colocado por: Poolgarden1° O escalrracho é uma planta e não uma gramínea.

    As gramíneas também são plantas.
    • eu
    • 1 outubro 2020

     # 119

    Colocado por: PoolgardenAs zonas com maior afectação são as de maior exposição solar. (melhores condições de propagação de fungos

    Os fungos gostam é de sombra.
  16.  # 120

    Colocado por: sbcnv

    Nao sei onde fez as contas, mas 200 ml em 10 litros são 0.2% no máximo.

    A lixívia em si tem apenas concentração de 5 a 10% portanto, na melhor das hipóteses, assumindo lixívia con concentração mais alta, estamos a falar de uma solução de 0.2%. que e a concentração normal dos produtos de spray de casa de banho para borrifar/desinfectar superfícies
    Concordam com este comentário:rjmpires
    Pois. Mas não estamos a falar de concentração mas sim de proporção.
    É como eu interpreto a forma como foi explicado.

    Se o Poolgarden quiser fazer o favor de esclarecer...
 
0.0365 seg. NEW