Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Estou a construir uma casa e verifiquei que, antes de colocarem o betão, os ferros não estavam de acordo com o projeto. Muito mais espaço entre ferros e mnos ferros.
    Falei com o diretor da obra que disse que estava tudo bem porque o ferro que o projeto tinha era a mais.
    Fiquei muio preocupado e ainda me disse que é normal em obra o empreiteiro alterar para ficar melhor. Perguntei se tinha falado com o engenheiro do projeto. Disse-me que não, que estava tudo bem e que não me preocupasse.

    O empreiteiro não tem de obedecer ao projeto?
    Já me disseram que antes de se colocar betão, os ferros devem ser vistos pelo diretor da obra, para este dar autorização para encher com betão. Perguntei ao construtor se o diretor de obra tinha ido à obra ver se estava tudo bem e ele disse-me que não, e que dada a situação da pandemia é tudo normal, que estava tudo bem.
    Pode acontecer uma coisa destas?

    Soube por um amigo, que já construiu, que apesar de ser eu a pagar o diretor de obra ele assinou um contrato com o empreiteiro e que não tem de falar comigo, se não quiser. Chego à conclusão que o diretor de obra está "feito" com o empreiteiro.

    Telefonei para a câmara e perguntei se não podia colocar lá alguém da minha confiança para fiscalizar. Responderam-me que fiscalização só existe para obras públicas ou obras de valor muito mais alto. Mesmo assim disse que queria entrar com um pedido de fiscalização de um técnico contratado por mim, já que o diretor de obra não tem contrato contigo, tem com o empreiteiro. Não me conseguiram responder se seria possível uma pequena obra particular ter um fiscal da minha parte.

    Estou preocupadíssimo e não sei o que fazer.
    Daqui a dias vai despejar betão outra vez.
    Que atitude devo tomar?
    Construir uma casa não é nada barato, estou a fazer muitos sacrifícios e acho que estou a ser enganado.

    Ajudem-me por favor. Colocar este assunto aqui no fórum é já por desespero e de não saber o que fazer.
    Não quero parar a obra mas quero que a construção seja seguida por um técnico da minha confiança.
    Mto obrigado pela vossa atenção
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Fala com o Zé Silva e tens aí um bom fiscal...ou com o Riscos.

    Malta que trabalha bem.
    Concordam com este comentário: Joao Dias
  4.  # 3

    Mas quem manda na obra? Não é você? Comigo parava já a obra, arranjava um fiscal externo da minha confiança e marcava reunião com o gabinete de projecto e empreiteiro na obra. Só espero que não seja gabinete de projecto do construtor tambem. Mas sem dúvida pode e deve ter fiscalização independente por sua conta.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: johnny19
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    Colocado por: johnny19que apesar de ser eu a pagar o diretor de obra ele assinou um contrato com o empreiteiro e que não tem de falar comigo, se não quiser. Chego à conclusão que o diretor de obra está "feito" com o empreiteiro.


    Essa pessoa é empregada e representante do empreiteiro, não tinha nada de pagar. ( pagar iria sempre, mas estaria diluido nos custos da obra)

    Você é obrigado a ter e apagar um Director de fiscalização de OBRa, é o tecnico que irá fiscalizar a obra e defende os SEUS interesses.

    Colocado por: johnny19Chego à conclusão que o diretor de obra está "feito" com o empreiteiro.

    quem arranjou esse técnico?Foi o empreiteirio? quais as qualificações do mesmo?

    O MAIGO tendo essas questões, deveria e DEVERÁ abordar os seus projectistas.



    Colocado por: johnny19ntes de colocarem o betão, os ferros não estavam de acordo com o projeto. Muito mais espaço entre ferros e menos ferros.
    Falei com o diretor da obra que disse que estava tudo bem porque o ferro que o projeto tinha era a mais.


    Isso depende... pode dar-se o caso de terem convertido as armaduras, mantendo ou aumentado a secção estipulada em projecto.... e afinal estar tudo bem. Mas essas alterações não devem ser efectuadas de ânimo leve...

    Deve pagar uma visita á obra ao autor do projecto de estruturas, por forma a verificar se realmente o construído cumpre.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: johnny19
  7.  # 5

    Colocado por: johnny19Telefonei para a câmara e perguntei se não podia colocar lá alguém da minha confiança para fiscalizar. Responderam-me que fiscalização só existe para obras públicas ou obras de valor muito mais alto. Mesmo assim disse que queria entrar com um pedido de fiscalização de um técnico contratado por mim, já que o diretor de obra não tem contrato contigo, tem com o empreiteiro. Não me conseguiram responder se seria possível uma pequena obra particular ter um fiscal da minha parte.


    O que lhe disseram nessa Câmara tem pressupostos errados... Essa gente, tal como em mais câmaras municipais, está a informar mal os cidadãos. Já tive chatices com isso... Eu a dizer aos clientes que é preciso contratar Fiscalização, e depois na Secretaria do urbanismo, dizerem aos clientes que não, não é preciso, isso não é obrigatório...( eu a ficar em xeque!! ainda pro cima informo que devem contratar a Fiscalização a outro técnico diferente da equipa de projecto).
    Depois chega-se ao final. e a´te é necessário o termo de Director de Fiscalização, para pedido da Licença de autorizarão de utilização...
    A Fiscalização de obra, é igualmente parte das obras particulares. Tal como lhe disse anteriormente.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: johnny19
    • ik
    • 16 Maio 2020

     # 6

    Quando for pagar faça um desconto e diga que é dinheiro a mais o que estava no contrato e assim é que fica bem

    Ou então diga-lhe isso mesmo, vai ver que muda de postura
    Estas pessoas agradeceram este comentário: johnny19
  8.  # 7

    É verdade.
    Algumas câmaras quando o processo tramita por Licenciamento não pedem DFO.
    Já quando tramita por Comunicação Prévia, pedem sempre DTO e DFO.
    A Fiscalização faz sempre falta, mesmo que não fosse obrigatório.

    Colocado por: Pedro Barradas

    O que lhe disseram nessa Câmara tem pressupostos errados... Essa gente, tal como em mais câmaras municipais, está a informar mal os cidadãos. Já tive chatices com isso... Eu a dizer aos clientes que é preciso contratar Fiscalização, e depois na Secretaria do urbanismo, dizerem aos clientes que não, não é preciso, isso não é obrigatório...( eu a ficar em xeque!! ainda pro cima informo que devem contratar a Fiscalização a outro técnico diferente da equipa de projecto).
    Depois chega-se ao final. e até é necessário o termo de Director de Fiscalização, para pedido da Licença de autorizarão de utilização...
    A Fiscalização de obra, é igualmente parte das obras particulares. Tal como lhe disse anteriormente.
  9.  # 8

    Obrigado pela vossa atenção.
    Quanto à questão de ser eu a mandar, o empreiteiro disse que não tm de falar comigo por causa dessas coisas. Se fosse para saber onde colocar as tomadas isso sim.
    Disse-me que ele e o diretor de obra tinham total autonomia para gerir a obra e que não me preocupasse.

    Sendo eu leigo na matéria não posso ficar descansado pois olho para os desenhos do ferro e parece-me que é ferro a menos.
    Por exemplo naqueles ferros transversais e colocados à volta dos outros (serão estribos?) no projeto está que a diferença entre cada um é 15cm mas na obra estão afastados de 25cm entre cada um. Noutros elementos nas pontas junto aos pilares, no projeto é 10 cm, mas continua na obra com 25cm..
  10.  # 9

    Olha outro.

    Houve um inteligente aqui há a tempos que lançou a ideia de existir um livro onde se pudesse saber como construir uma casa. Para saber quais etapas e responsabilidades é que existem neste processo.

    Esse "inteligente" foi comido vivo!
    Agora, johnny19, vai ter que lamber muitas botas, para saber o que fazer!

    Boa sorte e aqui fica o link: https://forumdacasa.com/discussion/68269/1/aprender-a-consturir-uma-casa/
  11.  # 10

    Diga lhe que é você que paga, suspenda a obra ate ter um fiscal que o defenda.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, nasys007
    • ik
    • 16 Maio 2020

     # 11

    Colocado por: johnny19Obrigado pela vossa atenção.
    Quanto à questão de ser eu a mandar, o empreiteiro disse que não tm de falar comigo por causa dessas coisas. Se fosse para saber onde colocar as tomadas isso sim.
    Disse-me que ele e o diretor de obra tinham total autonomia para gerir a obra e que não me preocupasse.

    Sendo eu leigo na matéria não posso ficar descansado pois olho para os desenhos do ferro e parece-me que é ferro a menos.
    Por exemplo naqueles ferros transversais e colocados à volta dos outros (serão estribos?) no projeto está que a diferença entre cada um é 15cm mas na obra estão afastados de 25cm entre cada um. Noutros elementos nas pontas junto aos pilares, no projeto é 10 cm, mas continua na obra com 25cm..


    Precisa de testemunhas, tem material suficiente para o entalar, fale com um advogado
  12.  # 12

    Colocado por: CanosAgora, johnny19, vai ter que lamber muitas botas, para saber o que fazer!

    Saber o que fazer!?, é simpless e já aqui foi indicado como: Deve contratar um tecnico com capacidade técnica e com a responsabilidade que lhe é auferida na nomeação de director técnico de fiscalização. É um trabalho remunerado e não pode/ deve ser efectuado por um qualquer.
    Concordam com este comentário: nasys007
  13.  # 13

    ik

    Pois ainda podia acreditar nisso se houvesse justiça em PT - Infelizmente tenho experiência propria de que não existe.

    Quero ter alguém na obra da minha confiança.
    Pelo que li várias respostas acho que vou insistir com a Câmara Municipal para "agregar"(?) ao processo um técnico de fiscalização da minha confiança.
    Irei pagar dois técnicos, o diretor de obra (que já é pago por mim mas parece estar a defender o empreiteiro) e o de fiscalizacão que irá realmente defender os meus interesses (o que se encontra projetado), analisando tudo o que está a ser feito em obra.

    A Câmara poderá recusar a entrada de um técnico de fiscalização numa obra particular?
    Não sei como irão encarar a entrada de requerimento e a entrega de todos os documentos do técnico de fiscalização. Que resposta darão...

    Obrigado a todos pelas vossas prontas respostas
    • ik
    • 16 Maio 2020

     # 14

    Colocado por: johnny19ik

    Pois ainda podia acreditar nisso se houvesse justiça em PT - Infelizmente tenho experiência propria de que não existe.

    Quero ter alguém na obra da minha confiança.
    Pelo que li várias respostas acho que vou insistir com a Câmara Municipal para "agregar"(?) ao processo um técnico de fiscalização da minha confiança.
    Irei pagar dois técnicos, o diretor de obra (que já é pago por mim mas parece estar a defender o empreiteiro) e o de fiscalizacão que irá realmente defender os meus interesses (o que se encontra projetado), analisando tudo o que está a ser feito em obra.

    A Câmara poderá recusar a entrada de um técnico de fiscalização numa obra particular?
    Não sei como irão encarar a entrada de requerimento e a entrega de todos os documentos do técnico de fiscalização. Que resposta darão...

    Obrigado a todos pelas vossas prontas respostas


    A obra é sua. Até pode impedir o empreiteiro de continuar os trabalhos (fale com advogado)
  14.  # 15

    Se tiver na altura de pagamento de alguma fase da obra não o faça, comece já por aí para começar a ganhar alguma vantagem. Pare a obra ate ter fiscal. A uns anos a trás caiu uma casa que andavam a construir lá perto da minha, o Zé da silva deve saber qual é, o empreiteiro abriu falência e o dono de obra é que ficou a arder. Sorte ter caído ao fim do dia e não ter apanhado nimguem, andavam a acentar a tijoleira
    Concordam com este comentário: nasys007
  15. Ícone informação Anunciar aqui?

  16.  # 16

    Os vestígios da casa
      IMG_20200516_105227.jpg
    • imo
    • 16 Maio 2020 editado

     # 17

    johnny
    O dono da obra é você.
    Quem paga é quem manda.
    Ponto final
    Concordam com este comentário: Costa82
  17.  # 18

    Para simplificar o seu entendimento:

    - Constructor tem um director técnico de obra contratado por ele para orientar a obra do proprio construtor.

    - você como dono de obra deve ter um FISCAL de obra contrato por você a parte, sem ter relação com o construtor, para salvaguardar que o projecto é cumprido tal como os diversos projectos foram feitos, protegendo a si.


    No seu caso adiava a betonagem e tirava a limpo quem assinou no livro de obra como "fiscal", deve ser um amigo do construtor pelos vistos, e deve a seguir questionar muito bem se aprova tal alteração.

    Mas é assim em relação ao facto de terem retirado ferro nas armações pode não ter consequências mensuráveis na estrutura, mas uma coisa é certa o construtor poupou uns quantos euros nessa alteração...

    É como já foi dito o "Dono da obra" o homem do plimplim é você!

    É normal o construtor "sugerir" alterações aos projectos as vezes com a justificação de "ficar melhor" ...mas normalmente é para poupar uns euros do orçamento fornecido por ele. ..se tivesse um fiscal SEU filtrava melhor essas supostas alterações.

    Tenha sempre em mente que o objectivo do construtor é o dinheiro e o lucro e nada mais...ng é amigo.
    Concordam com este comentário: Costa82
    Estas pessoas agradeceram este comentário: johnny19
  18.  # 19

    Colocado por: CanosAgora, johnny19, vai ter que lamber muitas botas, para saber o que fazer!

    isso agora não convém muito, dizem que o vírus pode andar agarrado à sola dos sapatos.
    Concordam com este comentário: johnny19
  19.  # 20

    Colocado por: ikPrecisa de testemunhas, tem material suficiente para o entalar, fale com um advogado

    Mas qual advogado, problemas já o homem tem, ele precisa de de um fiscal competente.
    Concordam com este comentário: antonylemos, Costa82, falcon16
    Estas pessoas agradeceram este comentário: johnny19
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">