Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 41

    Colocado por: enf.magalhaes
    O arquitecto esboça tudo do zero ! O engenheiro só tem de cumprir o que o Cype debita!


    O arquitecto desenha o eng diz se é possível e assume a responsabilidade, se cair a responsabilidade é do engenheiro.

    O arquitecto é um artista ou pelo menos alguns são.
  2.  # 42

  3.  # 43

    Colocado por: enf.magalhaesO engenheiro só tem de cumprir o que o Cype debita!

    Quando não se sabe do que se fala mais vale estar calado.

    Quem assume a responsabilidade pela segurança de estruturas de edifícios, de pontes, de barragens, de viadutos, de estradas, de obras geotécnicas, etc., etc. é uma e apenas uma classe de profissionais: os engenheiros civis que são os únicos com competência reconhecida para isso. Não me estou a lembrar de outra classe profissional que, tantas vezes, com um termo de responsabilidade se atravesse por centenas ou milhares de vidas e por milhões de euros.
    Concordam com este comentário: TicMic
  4.  # 44

    Colocado por: J.Fernandes
    Quando não se sabe do que se fala mais vale estar calado.

    Quem assume a responsabilidade pela segurança de estruturas de edifícios, de pontes, de barragens, de viadutos, de estradas, de obras geotécnicas, etc., etc. é uma e apenas uma classe de profissionais: os engenheiros civis que são os únicos com competência reconhecida para isso. Não me estou a lembrar de outra classe profissional que, tantas vezes, com um termo de responsabilidade se atravesse por centenas ou milhares de vidas e por milhões de euros.

    Então o engenheiro tem mais responsabilidade e mais importância do que um arquitecto ?
  5.  # 45

    Colocado por: enf.magalhaesEntão o engenheiro tem mais responsabilidade e mais importância do que um arquitecto ?

    Cada um tem as suas funções, mas em termos de segurança das estruturas o engenheiro civil é o responsável, não é o arquitecto.
  6.  # 46

    sem bons trabalhos de engenharia não há arquitetura que se safe.
  7.  # 47

    Colocado por: marco1sem bons trabalhos de engenharia não há arquitetura que se safe.

    Então são ambas importantes , com mesmo nível de responsabilidade , apesar de responsabilidades diferentes .?
    •  
      marco1
    • 22 dezembro 2019 editado

     # 48

    enf

    sim, já reparou que cada especialidade segue acompanhada de um termo de responsabilidade e também no processo segue um termo de responsabilidade do coordenador de projeto portanto está tudo muito claramente explicito no que concerne a responsabilidades.
  8.  # 49

    Colocado por: enf.magalhaescom mesmo nível de responsabilidade ,

    A arquitectura é muito importante, viver numa casa com falhas ao nível da insolação, da distribuição de espaços e desadequação de áreas é frustrante. Mas falhas ao nível estrutural que podem colocar em risco a nossa família, por exemplo na eventualidade de um sismo, é uma coisa muito mais grave.
  9.  # 50

    A diferença é que no publico pagam te para fazeres absolutamente nada não digo todos mas uma grande parte , no privado tens que fazer de tudo , os patrões como são agarrados ao dinheiro e bons gestores acabas por fazer o trabalho de 3 pessoas
  10.  # 51

    Colocado por: Reduto25A diferença é que no publico pagam te para fazeres absolutamente nada não digo todos mas uma grande parte , no privado tens que fazer de tudo , os patrões como são agarrados ao dinheiro e bons gestores acabas por fazer o trabalho de 3 pessoas
    Não diria isso, porque há muitos FP que dão o litro, mas há muitos também que picam o ponto. O problema do público é que pagam independentemente de trabalharem ou não. E isso claro é injusto para um efectivamente trabalha, e para quem paga impostos. Se houvesse supervisão efectiva, ficariam todos a ganhar, os que trabalham veriam os seus rendimentos atualizados, os que nada fazem seria dispensados e deixariam se estar a consumir recursos.
    Concordam com este comentário: smart
    • eu
    • 22 dezembro 2019

     # 52

    Colocado por: HAL_9000O problema do público é que pagam independentemente de trabalharem ou não

    Para mim esse é o grande problema. Quem não tem um desempenho aceitável devia ser despedido e quem tem um desempenho acima da média devia ter bónus salarial.

    Mas, à velha maneira comunista, ganham todos o mesmo.
    Concordam com este comentário: HAL_9000
  11.  # 53

    Colocado por: euPara mim esse é o grande problema. Quem não tem um desempenho aceitável devia ser despedido e quem tem um desempenho acima da média devia ter bónus salarial.

    Mas, à velha maneira comunista, ganham todos o mesmo.

    Quando, sempre que o dinheiro não chega (e ele nunca chega), se pode sempre extorquir mais um bocado ao contribuinte, não há incentivo para se gerir bem e exigir produtividade aos funcionários. Ainda para mais quando estes são o último reduto do sindicalismo bolchevique com todas as consequências eleitorais que se sabe.

    Querem mais eficiência? Basta o estado entregar mais serviços a privados.
  12.  # 54

    Colocado por: marco1enf

    sim, já reparou que cada especialidade segue acompanhada de um termo de responsabilidade e também no processo segue um termo de responsabilidade do coordenador de projeto portanto está tudo muito claramente explicito no que concerne a responsabilidades.

    Estava a ser irônico . Todos reconhecem que na sua própria área de actuacao tem responsabilidade e importancia . Mas na area dos outros isso já irrelevante.
  13.  # 55

    Colocado por: J.Fernandes
    Quando, sempre que o dinheiro não chega (e ele nunca chega), se pode sempre extorquir mais um bocado ao contribuinte, não há incentivo para se gerir bem e exigir produtividade aos funcionários. Ainda para mais quando estes são o último reduto do sindicalismo bolchevique com todas as consequências eleitorais que se sabe.

    Querem mais eficiência? Basta o estado entregar mais serviços a privados.

    Como os CTT ? Ou a EDP? Ou determinadas operadoras de telecomunicações ? Ou como explica a dimensão dos óbitos na saúde materna em hospitais privados ?
    E a eficiência na construção civil ? Basta passar os olhos neste forum para coisas alarmantes .... etc....
    Nos temos uma matriz cultural indentica... tanto no público como no privado existe de tudo !!!
  14.  # 56

    Colocado por: enf.magalhaesComo os CTT ?

    Sim. Os CTT estão a reduzir estrutura porque o volume de correio se tem vindo a reduzir enormemente. Caso estivessem no público a fatura para o contribuinte estaria a aumentar dramaticamente.


    Colocado por: enf.magalhaesOu a EDP?

    Sim. Apesar de tudo o mercado elétrico funciona incomparavelmente melhor do que quando a EDP era pública.


    Colocado por: enf.magalhaesOu determinadas operadoras de telecomunicações ?

    Então aqui a diferença é do vinho para a água. Ainda me lembro de estar à espera um mês, nos anos noventa, para os TLP me ligarem uma linha telefónica em casa. Este é um bom exemplo do que a concorrência faz pelo consumidor: a minha fatura de telecom (TV, internet, móveis e fixo) tem vindo sempre a reduzir-se nos últimos quinze anos e o serviço tem vindo a melhorar.

    Colocado por: enf.magalhaesE a eficiência na construção civil ? Basta passar os olhos neste forum para coisas alarmantes .... etc....

    Imagine que eram empresas públicas de construção...
  15.  # 57

    Colocado por: enf.magalhaesNos temos uma matriz cultural indentica... tanto no público como no privado existe de tudo !!!

    Não tem nada a ver com matriz cultural, tem sim a ver com incentivos, ou falta deles, para se ser eficiente.
  16.  # 58

    Colocado por: enf.magalhaes
    Então o engenheiro tem mais responsabilidade e mais importância do que um arquitecto ?


    Depende do que previligias. Se só pudesses ter um eng Civil ou um arq encarregado da casa onde vais colocar a família o que é que escolhes? Eu sei bem.
  17.  # 59

    Colocado por: TicMic

    Depende do que previligias. Se só pudesses ter um eng Civil ou um arq encarregado da casa onde vais colocar a família o que é que escolhes? Eu sei bem.

    pelo seu grau de exigência até nem era preciso nenhum dos dois, um empreiteiro experiente fazia isso sem cair.
    Concordam com este comentário: TicMic
  18.  # 60

    Colocado por: marco1
    pelo seu grau de exigência até nem era preciso nenhum dos dois, um empreiteiro experiente fazia isso sem cair.


    Sim claro que fazia sem problemas, que as casas feitas á 50 anos pelo menos na zona onde vivo não caiu nenhuma, e eram feitas por pessoas que não sabiam ler nem escrever mas até hoje não cairam, claro que o mundo felizmente evoluiu.
 
0.0665 seg. NEW