Iniciar sessão ou registar-se
    • eu
    • 9 junho 2021

     # 41

    Colocado por: luisvvQue maravilha, poder pagar mais caro, não é?


    É a favor da concorrência desleal ?
  1.  # 42

    Um abuso é o país estar entegue aos privados...
    Economia local? Isto é mais uma lei "encomendada" pelos gigantes.. o resto é conversa.
  2.  # 43

    Ainda não explicaram como e que isto beneficia o comércio local mas ok
  3.  # 44

    Colocado por: eu

    É a favor da concorrência desleal ?


    Conhecia quem abastecia no Martim Moniz peças de roupa e acessórios mercadoria a 2 euros e vendia a 40 . Concorrência desleal ou ganância de quem vende?
  4.  # 45

    Colocado por: macinblacktem uma infinidade de coisas que a geração que está na casa dos 50 e 60 não tinham, e isso acarreta mais custos que nos também ajuda a retirar poder de compra do que realmente importa.
    E não tem outras coisas, como segurança laboral, ordenados de jeito, perfectivas de futuro, etc, etc.

    As compras que falo são coisas de pequeno valor, cabos, componentes eletrónicos, etc, etc. Ninguém no seu perfeito juízo vai investir centenas de euros em aliexpress para comprar o telefone da moda.

    Não discordo de si, apenas aportava outros pontos de vista à discussão.
  5.  # 46

    Colocado por: Reduto25Ainda não explicaram como e que isto beneficia o comércio local mas ok


    Posso-lhe dar o meu exemplo, antes comprava bastante eletrónica na China, depois os preços começaram a encarecer e comecei a procurar produtos europeus que eram um pouco mais caros, mas com garantia e rápidos a entregar.

    Neste momento, com esta medida, definitivamente comprarei algo deste género na China, só mesmo o que for difícil de obter cá.
    Concordam com este comentário: eu
  6.  # 47

    Colocado por: euÉ a favor da concorrência desleal ?
    Tendo em conta o nosso poder de compra?

    O que faz o estado com os combustíveis, tb n é concorrência desleal com a nossa carteira?

    Como sei que o dinheiro cobrado com esta medida, muito provavelmente vai ser mal investido, sinceramente preferia poder continuar a comprar as coisas a baixo custo
  7.  # 48

    Colocado por: macinblack

    Posso-lhe dar o meu exemplo, antes comprava bastante eletrónica na China, depois os preços começaram a encarecer e comecei a procurar produtos europeus que eram um pouco mais caros, mas com garantia e rápidos a entregar.

    Neste momento, com esta medida, definitivamente comprarei algo deste género na China, só mesmo o que for difícil de obter cá.


    Mas compra em Portugal ou manda vir de um país da UE?

    Eu não compro eletrônicos no ali , mas compro suportes capas para o telemóvel , compro tintas para pintar , pincéis , pulseiras coisas pequenas .

    Eletrónica compro sempre na amazon
  8.  # 49

    Na minha opinião a eliminação da barreira dos 22€ nem será tanto pelos 5 paus que o estado mete ao bolso, mas também pelas facturas marteladas com valores abaixo dos tais 22€ só para não parar na alfandega.

    Em termos práticos, eu prefiro pagar 30€ numa loja física do que 22 num xingling, claro está que na loja física os lucros ávidos pelos 200% também não são nada apetecíveis e esses 30€ na verdade são 55 paus... É o custo da "garantia" e do serviço.
  9.  # 50

    Colocado por: HAL_9000Tendo em conta o nosso poder de compra?

    O que faz o estado com os combustíveis, tb n é concorrência desleal com a nossa carteira?

    Como sei que o dinheiro cobrado com esta medida, muito provavelmente vai ser mal investido, sinceramente preferia poder continuar a comprar as coisas a baixo custo


    Tem sempre opção de comprar, continuarão a existir meios ilegais para obter os produtos, e nem precisa de pesquisar muito. Todas as lojas tem reencaminhamento de encomendas provenientes da China, como já foi mencionado aqui.
  10.  # 51

    Colocado por: Reduto25Ainda não explicaram como e que isto beneficia o comércio local mas ok


    Economia local / nacional. Que paga impostos em PT.
  11.  # 52

    Colocado por: Vítor Magalhães

    Economia local / nacional. Que paga impostos em PT.


    Mas esta medida não vai fazer as pessoas ir a uma loja nacional digo eu ..quando pode comprar na Amazon ou mesmo pelo AliExpress com armazéns europeus por um preço muito mais reduzido. Até alguns produtos usados no OLX muitos deles são mais caros do que novos na Amazon devemos viver num mundo a parte
  12.  # 53

    Colocado por: macinblackTem sempre opção de comprar, continuarão a existir meios ilegais para obter os produtos, e nem precisa de pesquisar muito.
    Eu mal uso esses sites, falava apenas da possibilidade.
    por exemplo há uns meses precisava de comprar um cabo para ligar um sistema de som antigo a uma TV moderna. Fui à Worten, radio popular, loja de eletrónica, etc, etc. o preço médio eram 30 euros (eu nem tinha garantia se ia funcionar o que pretendia).
    Pois bem, mandei vir exatamente o mesmo cabo (acho que até a marca xipingsipong era a mesma) por 3.50 euros.

    O problema para a nossa economia, é também o pessoal que em vez de mandar vir 1, manda vir 100, e depois vai para o olx vender a 15 euros sem fatura. Da worten não tenho pena, porque claramente estava com uma margem brutal, mesmo considerando impostos.
    Concordam com este comentário: Reduto25
  13.  # 54

    Colocado por: Reduto25Mas esta medida não vai fazer as pessoas ir a uma loja nacional digo eu ..quando pode comprar na Amazon ou mesmo pelo AliExpress com armazéns europeus por um preço muito mais reduzido. Até alguns produtos usados no OLX muitos deles são mais caros do que novos na Amazon devemos viver num mundo a parte


    Nem sempre é mais barato lá fora, eu normalmente comparo sempre com as amazon's europeias os produtos (informáticos e não só) que quero comprar, e já compre várias produtos que na Amazon era mais caro.

    Ainda agora ando à procura de um monitor QHD e já vi alguns modelos mais baratos de comprar cá que na Amazon ES por exemplo.
  14.  # 55

    Colocado por: macinblack

    Nem sempre é mais barato lá fora, eu normalmente comparo sempre com as amazon's europeias os produtos (informáticos e não só) que quero comprar, e já compre várias produtos que na Amazon era mais caro.

    Ainda agora ando à procura de um monitor QHD e já vi alguns modelos mais baratos de comprar cá que na Amazon ES por exemplo.


    Mas acho que ninguém manda vir monitores do AliExpress digo eu .. acho que serve para comprar acessórios e coisinhas ..
  15.  # 56

    Eu prefiro a garantia da Amazon a qualquer garantia dada em loja física nacional , cá tentam sempre arranjar algum motivo para não estar dentro na Amazon resolvem logo sem grandes perguntas nas experiências que tive
  16.  # 57

    Colocado por: Reduto25

    Mas acho que ninguém manda vir monitores do AliExpress digo eu .. acho que serve para comprar acessórios e coisinhas ..


    Onde é que escrevi aliexpress? Escrevi Amazon's europeias. Tirando estas, só considero a pccomponentes que também já comprei e fiquei satisfeito.
  17.  # 58

    Quando compram na Amazon/Ebay, etc... europeus não pagam IVA?
  18.  # 59

    Colocado por: macinblack

    Onde é que escrevi aliexpress? Escrevi Amazon's europeias. Tirando estas, só considero a pccomponentes que também já comprei e fiquei satisfeito.


    Mas estamos a falar do impacto desta medida de limitar as compras nos AliExpress para beneficiar o comércio local , se não compra monitores no AliExpress esse produto não entra em equação compre onde comprar
  19.  # 60

    Colocado por: Vítor MagalhãesEconomia local / nacional. Que paga impostos em PT.


    Parte da questão é mesmo essa.
    Por cá queremos estado social, proteção no emprego, e salários condignos, mas também queremos poder comprar coisas baratas.

    A questão é que para comprar uma t-shirt feita em PT ou qq pais europeu, nunca pode ficar ao preço de uma feita na China onde nada dessas "regalias" de primeiro mundo existem.

    Não é este o único factor a trazer o preço deles para baixo, mas é talvez o mais relevante para a nossa concorrência.

    Depois claro, há a escala a que eles operam que lhes permite em investir em tecnologia de produção que qq empresa do vale do ave só podia sonhar com. Há os apoios do Estado que por cá nem são permitidos, etc
 
0.0401 seg. NEW