Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá,
    com o projeto de licenciamento a terminar o arquiteto sugeriu a elaboração de um projeto de execução por forma a facilitar a obtenção de orçamentos e evitar dores de cabeça mais à frente.
    Percebo que pode ter vantagens mas gostava de saber a vossa opinião, pois será mais uma verba com que vou ter de contar...
    Será que vale mesmo a pena? Quais os prós e contras?
    O investimento no projeto de execução será "recuperado"?
    Agradeço antecipadamente os vossos comentários.
    Obrigado,
    Fernando
  2.  # 2

    Depende so empreiteiro e do fiscal que contratar
  3.  # 3

    Colocado por: ArmXavpor forma a facilitar a obtenção de orçamentos
    para isso basta um mapa de quantidades bem feito..

    Colocado por: ArmXavSerá que vale mesmo a pena? Quais os prós e contras?
    depende do que pretende a nível de execução da obra. tem detalhes que façam com que vale a pena?

    Colocado por: ArmXavO investimento no projeto de execução será "recuperado"?
    com uma boa fiscalização sim
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ArmXav
  4.  # 4

    Mas se quiser gastar 150.000 ou 200.000 no mercado atual, investia em pormenores de execução e não num projeto de execução super detalhado. E um bom mapa de quantidades!
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, antonylemos
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ArmXav
  5.  # 5

    Projeto de execução vale sempre a pena.
    Se no seu caso terá algum retorno, dependo do tipo de projeto que lhe propõem.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ArmXav
  6.  # 6

    Colocado por: antonylemosdepende do que pretende a nível de execução da obra. tem detalhes que façam com que vale a pena?

    Não percebo o que quer dizer com isto :(
    Que (tipo de) detalhes fala?
  7.  # 7

    Colocado por: RicardoPortoMas se quiser gastar 150.000 ou 200.000 no mercado atual, investia em pormenores de execução e não num projeto de execução super detalhado. E um bom mapa de quantidades!

    Mapa de quantidades já vi que será essencial.
    Relativamente aos pormenores de execução, quais? Adicionar material de melhor qualidade?
  8.  # 8

    Projeto de Execução é essencial.

    Apenas com Projeto de Licenciamento, facilmente ocorrem desvios em obra que cobrem e superam o custo do PE.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ArmXav
  9.  # 9

    Colocado por: ArmXavRelativamente aos pormenores de execução, quais?
    Se tiver detalhes que sejam diferentes do “normal”, nao vale a pena um detalhe para assentar um tijolo por exemplo
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ArmXav
  10.  # 10

    Eu partilho da opinião do Tony.
    Mqt.
    Cortes construtivos bem caracterizados.
    Pormenores das coisas que sejam fora do usual. Ou na resolução de detalhes de obra.
    Serralharias, uma is mais diferente, mapas de vãos. Caixa de escadas, zona de lareira /nicho, planta de tectos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ArmXav
  11.  # 11

    Colocado por: Pedro BarradasEu partilho da opinião do Tony.
    Mqt.
    Cortes construtivos bem caracterizados.
    Pormenores das coisas que sejam fora do usual. Ou na resolução de detalhes de obra.
    Serralharias, uma is mais diferente, mapas de vãos. Caixa de escadas, zona de lareira /nicho, planta de tectos.
    E as tomadas, torneiras, duches, e por ai fora?

    Desenho da cozinha ou carpintaria de obra?
  12.  # 12

    Colocado por: DR1982E as tomadas, torneiras, duches, e por ai fora?

    Desenho da cozinha ou carpintaria de obra?


    depende...
    A cozinha faço o layout geral, mas quem tem de fazer aquilo é o fabricante da cozinha. depois posso dar uma olhada, para rever o "boneco".

    O mapa de vãos é normalmente é a carpintaria da obra...detalhes concretos, pode-se decidir com o carpinteiro, no local. é o que costumo fazer.

    Colocado por: DR1982E as tomadas, torneiras, duches, e por ai fora?

    Que tem, se for fora da caixa, é fazer o boneco da IS, como escrevi antes.

    PS: já tive obras com tudo desenhado.. e sinceramente, quase ninguem olhou para a aquilo. Mais que tudo é preciso ter sorte com os artistas da obra, com os executantes, com os sub-empreiteiros.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: DR1982, ArmXav
  13.  # 13

    Colocado por: ArmXavSerá que vale mesmo a pena?


    na teoria acho que sim, que vale a pena, mas depois tb corre o risco de ninguém olhar para aquilo e fazer as coisas como sempre fizeram. assim associado a um projeto de execução tem que ter uma equipa de fiscalização que ande em cima do empreiteiro para ele seguir esse projeto.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ArmXav
  14.  # 14

    Como é que quer que lhe respondamos se o investimento no projeto de execução vai ser "recuperado", se não sabemos a complexidade da obra, se será obra para que valores ou quanto lhe estão a cobrar pela execução?
  15.  # 15

    Colocado por: Pedro Barradas

    depende...
    A cozinha faço o layout geral, mas quem tem de fazer aquilo é o fabricante da cozinha. depois posso dar uma olhada, para rever o "boneco".

    O mapa de vãos é normalmente é a carpintaria da obra...detalhes concretos, pode-se decidir com o carpinteiro, no local. é o que costumo fazer.


    Que tem, se for fora da caixa, é fazer o boneco da IS, como escrevi antes.

    PS: já tive obras com tudo desenhado.. e sinceramente, quase ninguem olhou para a aquilo. Mais que tudo é preciso ter sorte com os artistas da obra, com os executantes, com os sub-empreiteiros.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:DR1982
    Pois mas isso terá de ser o prpjetista que deve ser quem melhor conhece o projeto a decidir o que valerá a pena ou nao, se tiver a sorte de dar com um projetista serio este propõe o que acha necessário, se der com um de encher chouriços este propõe um projeto de execução de encher chouriços.

    Creio que aí devera ser talvez o fiscal a entrar em cena de modo a chegarem a um concenso do que sera realmente necessário
  16.  # 16

    Colocado por: DR1982Creio que aí devera ser talvez o fiscal a entrar em cena


    Era obra com fiscal... residente... é mais um "artista" na obra.
  17.  # 17

    Isto é complicado, ou se dá com pessoal serio ou os DO estão entregues à bicharada :)
  18.  # 18

    Colocado por: DR1982Isto é complicado, ou se dá com pessoal serio ou os DO estão entregues à bicharada :)

    O pessoal até pode ser sério.. Mas, e as competências!? Sem haver competencia, podes ter o melhor projecto do mundo, que nada adiantará.
  19.  # 19

    Colocado por: Pedro Barradas
    O pessoal até pode ser sério.. Mas, e as competências!? Sem haver competencia, podes ter o melhor projecto do mundo, que nada adiantará.
    Com um bom projeto ha muita coisa que nao é preciso ser muito
    Competente, basta alguma capacidade para interpretar o “manual de instruções” e vontade de querer fazer bem
  20.  # 20

    Colocado por: DR1982e vontade de querer fazer bem

    Mais que a capacidade técnica, este é o requisito principal que todos os intervenientes devem cumprir.
    Desde a conceção passando pela fiscalização e terminando na execução, se houver vontade de querer fazer bem as coisas correm sobre rodas.
    Projetistas, fiscalização e executantes não são super homens nem seres dotados de capacidades acima da média. São pessoas e as pessoas erram e têm falhas.
    Se houver essa consciência e todos estiverem a remar para o mesmo lado, a falha de um é prontamente corrigida pelo seguinte.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
 
0.0223 seg. NEW