Iniciar sessão ou registar-se
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 1

    ...
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 2

    ...
  1.  # 3

    Bancarrota, um mar de analfabetos e pedintes dependentes do estado...
    Concordam com este comentário: NLuz, Marcos_20
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 4

    ...
    Concordam com este comentário: Sandra_cc
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 5

    ...
    • Bondi
    • 14 junho 2022 editado

     # 6

    Colocado por: AMVP
    Essa parte custa-me a aceitar, a natureza não nos fez mais burros do que outros povos.


    Ainda esta semana estava com alguns miúdos que entraram este ano na faculdade e uma simples pergunta como quanto é 7x7 e eles não conseguiram responder. Só indo à calculadora do telemóvel...........................
    Uma tristeza de educação..

    Edit: Já para não falar de outros assuntos de caracacá que não sabem responder.
  2.  # 7

    Colocado por: AMVP
    Essa parte custa-me a aceitar, a natureza não nos fez mais burros do que outros povos.

    pois não, alias devemos ser o pais com mais chicos espertos por m2, entretanto a estrutura e organização enquanto sociedade roça sempre a tal mexicanização, somos todos culpados, está-nos no sangue.
    ainda não decidimos se queremos antes de ser ricos (efemeramente quase sempre, e só se formos chicos espertos) ser evoluidos primeiro que isso sim seria a maior riqueza e por arrasto o desenvolvimento e ai sim a riqueza material.
    Concordam com este comentário: AMVP
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 8

    ...
    Concordam com este comentário: JP94
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 9

    ...
  3.  # 10

    A minha irmã é professora no uk, teve de emigrar na altura do sócrates...
    Ela conta que os miúdos lá são bem burros, mas burros mesmo e não conseguem entender um simples exercício que lhes obrigue a pensar.
    Aqui é igual e isto é só uma parte do problema. A educação para as estatísticas ajuda nisto...

    Mas o nosso problema não se fica na educação, veja-se o problema da saúde. Criar mecanismos para termos uma saúde privada a tomar conta de tudo, enquanto se vangloria o SNS. Os mais pobres, esses coitados vão ter de gramar com o SNS pois não podem pagar um seguro qq.
    Justiça na lama, segurança nacional não faz parte dos planos, forças armadas postas de lado.
    Um país de pedintes e dependentes do estado é o que se está a criar.
    Concordam com este comentário: AMVP
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 11

    ...
  4.  # 12

    se a moda pega o futuro de Portugal é ser conquistado por Espanha , pelo menos vou me rir daqueles assemblados todos mais os primos e as primas amigos e amigas .
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 13

    ...
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 14

    ...
    • SrR
    • 14 junho 2022

     # 15

    Proponho mudar o nome do topico para (Arautos da desgraça)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: palmstroke
  5.  # 16

    Colocado por: SrRProponho mudar o nome do topico para (Arautos da desgraça)


    Mais, viver no mundo real...
    • AMVP
    • 14 junho 2022 editado

     # 17

    .
  6.  # 18

    O futuro de Portugal passa por uma contínua degradação de todos os sectores e por um cada vez maior afastamento da realidade socioeconómica da europa ocidental.
  7.  # 19

    Colocado por: AMVP
    Mas olhe que neste questão as Ordens fazem mais parte do problema do que da solução.
    E algum órgão de comunicação social fala do turismo de saúde?


    Não compreendo essa ideia das ordens serem um problema, pode explicar?

    O turismo da saúde é uma falácia. A saúde é um sector muito débil em Portugal.
  8.  # 20

    O futuro será igual ao que está a acontecer na Austrália, Inglaterra, etc. onde as novas gerações vão regressar a profissões que voltarão a ser bem pagas porque não há ninguém:

    Carpinteiro, serralheiro, eletricista, pedreiro, etc.
 
0.0411 seg. NEW