Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 81

    Alfredo...
    Descodifique lá esse texto que meteu à frente de cada uma das gamas de tinta da KEIM... Para mim isso é "palha"" ;)
    aliás isso até deveria ir apra outra discussão que o que está a apresentar não responde ao tema.
    Obrigado.

    PS: acho que existe um qq topico aqui no forum relativo a marca KEIM. procure, actualize, etc.
    • HO2017
    • 5 março 2021 editado

     # 82

    Boa tarde.


    Nestes últimos dias andei a pintar duas paredes que lá tinha em casa.
    Além de terem umas fissuras que reparei, não tinham nada de especial.
    Limpei as paredes.
    Utilizei Cinaqua Branco e até não desgosto do acabamento.
    A única coisa que notei, foi uma espécie de nervuras que apareceram junto a uma ficha.
    A minha questão é, será que isto se deve a má limpeza da parede da minha parte ?
      IMG_20210305_012952.jpg
  2.  # 83

    Colocado por: HO2017Boa tarde.


    Nestes últimos dias andei a pintar duas paredes que lá tinha em casa.
    Além de terem umas fissuras que reparei, não tinham nada de especial.
    Limpei as paredes.
    Utilizei Cinaqua Branco e até não desgosto do acabamento.
    A única coisa que notei, foi uma espécie de nervuras que apareceram junto a uma ficha.
    A minha questão é, será que isto se deve a má limpeza da parede da minha parte ?
      IMG_20210305_012952.jpg
    normalmente são microfissuras reparadas ou cheias com tinta , quando isso acontece é porque a parede está com contrações ...
    Concordam com este comentário: nbastos
  3.  # 84

    Realmente é estranho.
    As paredes tinham sim fissuras que eu reparei e lixei como deve ser.
    Mas realmente nesta zona, não tinha nada, pelo menos a olho nu.
    Ainda estive para lixar e dar nova camada de tinta, mas também na zona que é não se vê muito.
  4.  # 85

    Colocado por: HO2017Realmente é estranho.
    As paredes tinham sim fissuras que eu reparei e lixei como deve ser.
    Mas realmente nesta zona, não tinha nada, pelo menos a olho nu.
    Ainda estive para lixar e dar nova camada de tinta, mas também na zona que é não se vê muito.
    É uma pena ter gasto tinta dessa qualidade para obter esse resultado. Parece que pintou com tinta texturada😒
    Provavelmente não se apercebeu, mas o suporte não estava em boas condições para ser revestido. Além dessas fissuras notam-se aí muitas imperfeições que deveriam ter sido tratadas.
  5.  # 86

    Quais são as outras imperfeições que nota (tirando um lixo ou outro).
    O pintor (eu) também é fraco :)
    A minha intenção é tentar melhorar para uma próxima intervenção.
  6.  # 87

    Parece que ficou com casca de laranja, a tinta foi bem esticada?
    Tambem naonentendo nada de pintura mas o resultado nao foi realmente o melhor
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HO2017
  7.  # 88

    Colocado por: HO2017Quais são as outras imperfeições que nota (tirando um lixo ou outro).
    O pintor (eu) também é fraco :)
    A minha intenção é tentar melhorar para uma próxima intervenção.
    Pois... um lixo ou outro já faz diferença, mas esses escorridos à volta da tomada e outras imperfeições que se notam, dão para perceber que a base que aí tinha já não era propriamente lisa.
    No minimo deveria ter havido um despolimento dessas imperfeições antes de aplicar mais tinta, isto porque de cada vez que pintar só estará a realçar cada vez mais essas imperfeições.
    Digamos que para autodidata não está mal, mas tem muita margem de progressão😉 e muitas sessões de treino pela frente🙂
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HO2017
    • HO2017
    • 6 março 2021 editado

     # 89

    A ideia é mesmo aprender aqui e ali, de forma a um dia dar uma geral no interior da casa.
    O escorrido á volta da ficha realmente podia e devia ter polido.
    A minha técnica de pintura é sempre a mesma, e se calhar necessita de ser melhorada.

    Começo sempre da direita para a esquerda, e fasso os seguintes movimentos.

    Começo de baixo para cima + cima para baixo + baixo para cima+ cima para baixo + baixo para cima.
    Depois repito esta ordem na mesma zona a puxar da esquerda para a direita.
    Depois dou o relevo da tinta sempre de cima para baixo (sentido direita para a esquerda).
    E depois repito tudo na zona seguinte.

    O rolo utilizado foi este:
    https://www.universal-portugal.pt/produto/antigota/


    A parede já estava pintada, por isso não dei primário ( já tinha sido aplicado na pintura original ).
    Tirando estas questões, a parede não tem manchas e o acabamento está certo, mas realmente pelas fotos podia estar melhor.

    Ficam mais algumas fotos
      IMG_20210306_011922.jpg
      IMG_20210306_011954.jpg
      IMG_20210306_012059.jpg
    • HO2017
    • 8 março 2021 editado

     # 90

    Boas.

    Gostaria da vossa opinião, no meu caso.
    Estive ontem a ver a parede que pintei vs a pintura de origem, e realmente a minha nota-se mais a rugosidade da tinta do que na pintura de origem.

    No entanto e segundo opinião de um conhecido meu, a pintura de origem já por si também apresenta alguma rugosidade em excesso, isto na opinião dele.

    Assim sendo estou a pensar gastar a restante tinta numa outra parede, mas antes de pintar lixar a parede na totalidade, e aplicar um novo primário, em conformidade com a tinta da CIN.
    Acaba por ser um ensaio final.

    A pintura de origem, tem o seguinte aspecto (claro que o aspecto é amplificado pela foto)

    Como é natural olhando normalmente para a parede, este aspecto é muito pouco visível.
      IMG_20210307_181856.jpg
  8.  # 91

    Colocado por: HO2017Boas.

    Gostaria da vossa opinião, no meu caso.
    Estive ontem a ver a parede que pintei vs a pintura de origem, e realmente a minha nota-se mais a rugosidade da tinta do que na pintura de origem.

    No entanto e segundo opinião de um conhecido meu, a pintura de origem já por si também apresenta alguma rugosidade em excesso, isto na opinião dele.

    Assim sendo estou a pensar gastar a restante tinta numa outra parede, mas antes de pintar lixar a parede na totalidade, e aplicar um novo primário, em conformidade com a tinta da CIN.
    Acaba por ser um ensaio final.

    A pintura de origem, tem o seguinte aspecto (claro que o aspecto é amplificado pela foto)

    Como é natural olhando normalmente para a parede, este aspecto é muito pouco visível.
      IMG_20210307_181856.jpg
    o que apresenta são 3 problemas , falta de diluição da tinta , rolo de qualidade duvidosa e falta de jeito , a solução é usar a lixa , aplicar o primário e tinta com as diluições corretas .
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HO2017
  9.  # 92

    A diluição da tinta original, não sei como foi feita.
    Mas nesta pintura da minha parte, coloquei a água exactamente como manda o fabricante.
    O Rolo foi o referido, mesmo assim vou comprar um rolo da pardal para o próximo ensaio.
    Primário é que preciso de pouco, afinal vou fazer uma pequena parede, só tenho aí 2l de tinta que sobrou.
  10.  # 93

    Colocado por: HO2017A diluição da tinta original, não sei como foi feita.
    Mas nesta pintura da minha parte, coloquei a água exactamente como manda o fabricante.
    O Rolo foi o referido, mesmo assim vou comprar um rolo da pardal para o próximo ensaio.
    Primário é que preciso de pouco, afinal vou fazer uma pequena parede, só tenho aí 2l de tinta que sobrou.
    só dei 3 factores para acontecer o que mostrou , tem ali uma parte em que o rolo tocou na parede e não rolou mas deslizou , faz um arrasto , pode ser por falta de qualidade do rolo , falta de experiência no rolar , tinta mais basta ... mas se continuar a pintar isso vai melhorar .
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HO2017
  11.  # 94

    É mesmo falta de jeito. Ofereça a pintura na casa de amigos para ganhar experiência e só depois pinte a sua. Abraço
    •  
      CMartin
    • 13 março 2021 editado

     # 95

    Fora do tópico, mas há opiniões que queiram partilhar sobre a tinta da Robbialac, uma velours ? Não conhecia e tenho uma cliente que está a pedir para a sua casa.
    https://tintasrobbialac.pt/catalogo-de-produtos/paredes-e-tectos/tintas-para-interior/velours
  12.  # 96

    Colocado por: CMartinFora do tópico, mas há opiniões que queiram partilhar sobre a tinta da Robbialac, uma velours ? Não conhecia e tenho uma cliente que está a pedir para a sua casa.
    https://tintasrobbialac.pt/catalogo-de-produtos/paredes-e-tectos/tintas-para-interior/velours
    é o Charme versão mate , tipo Classe Dyrup , Cashmere Cin só que está na versão sem brilho .
    Estas pessoas agradeceram este comentário: CMartin
  13.  # 97

    Na minha habitação nova com 1 ano, colocaram-me a Vinyl Matte da CIN nas interiores.

    Foi a pior coisa que me fizeram!

    Estou super insatisfeito. Mancha-se com facilidade e se tento limpar, nem que seja com simples água, fica com um horroroso polimento, mais feio, mais escuro e maior do que a sujidade inicial que pretendíamos limpar.

    Alguém tem experiência com esta tinta?
    Haverá alguma maneira eficiente de a limpar?
    Deixaram-me uma lata com um resto dessa tinta. Poderei pintar por cima dessas manchas? Ou poderá ainda piorar a situação?
  14.  # 98

    Colocado por: bruno_bfbNa minha habitação nova com 1 ano, colocaram-me a Vinyl Matte da CIN nas interiores.

    Foi a pior coisa que me fizeram!

    Estou super insatisfeito. Mancha-se com facilidade e se tento limpar, nem que seja com simples água, fica com um horroroso polimento, mais feio, mais escuro e maior do que a sujidade inicial que pretendíamos limpar.

    Alguém tem experiência com esta tinta?
    Haverá alguma maneira eficiente de a limpar?
    Deixaram-me uma lata com um resto dessa tinta. Poderei pintar por cima dessas manchas? Ou poderá ainda piorar a situação?
    a ser Vinylmatt normalmente não acontece isso , já verificou se não tem um problema com o que limpa ( pano , esponja etc etc ) , a tinta em si é uma tinta que se lava até com facilidade sendo mate não se deve friccionar muito porque poderá ganhar algum brilho e se for de cor acentua-se ainda mais o problema , tintas deste genero lava-se com uma esponja da loiça e um pouco de fary depois de bem dissolvido e não se fricciona nem se aperta com brutalidade , é suave.
  15.  # 99

    Colocado por: rafaelisidoroa ser Vinylmatt normalmente não acontece isso , já verificou se não tem um problema com o que limpa ( pano , esponja etc etc ) , a tinta em si é uma tinta que se lava até com facilidade sendo mate não se deve friccionar muito porque poderá ganhar algum brilho e se for de cor acentua-se ainda mais o problema , tintas deste genero lava-se com uma esponja da loiça e um pouco de fary depois de bem dissolvido e não se fricciona nem se aperta com brutalidade , é suave.

    A tinta Vinyl Matte não faz parte das tintas consideráveis laváveis. Acabei de receber essa indicação do apoio ao cliente da CIN, pois no mesmo momento que criei este post, enviei-lhes um e-mail.

    Dizem que sendo uma tinta extra mate, quando sujeita à limpeza, a pelicula da tinta fica com uma diferença de brilho/textura e uma aureola de diferença de cor na zona.

    Referem que para evitar este tipo de patologias, recomendam a utilização da Vynil Clean, o que para o meu caso neste momento é impensával, pois a casa foi pintada há menos de 1 ano.
  16.  # 100

    A parte gira é que já li algures pelo fórum um outro user a queixar-se precisamente da Vynil Clean, com essa sim, fiquei surpreendida, nem sei como acabou a história.
 
0.0336 seg. NEW