Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 101

    Colocado por: bruno_bfb
    A tinta Vinyl Matte não faz parte das tintas consideráveis laváveis. Acabei de receber essa indicação do apoio ao cliente da CIN, pois no mesmo momento que criei este post, enviei-lhes um e-mail.

    Dizem que sendo uma tinta extra mate, quando sujeita à limpeza, a pelicula da tinta fica com uma diferença de brilho/textura e uma aureola de diferença de cor na zona.

    Referem que para evitar este tipo de patologias, recomendam a utilização da Vynil Clean, o que para o meu caso neste momento é impensával, pois a casa foi pintada há menos de 1 ano.
    verifique na ficha tecnica do Vinylmatt , é lavavel o quanto basta ... todas as tintas cumprem um determinado ciclo de lavagens , é óbvio que o Vinylmatt não é um vinyl clean mas por amor da santa ... Dentro de uma moradia e com o uso geral da mesma tem que ser possivel lavar uma tinta com estes valores e qualidade , na nossa marca temos duas tintas similares que era o Dyrutex e o Dyrustar e qualquer uma delas tem uma capacidade de lavagem muito boa , principalmente o actual Dyrustar , estou a ter em conta o uso Normal numa limpeza normal ... uma mão suja na parede , uma sola de sapato , á volta dos interruptores da luz , aquela sujidade do dia a dia normal vá !
  2.  # 102

    Colocado por: Ana_Dadoprecisamente da Vynil Clean,
    é facil , é só ter em conta o tempo de cura da tinta que pode variar em varias semanas de secagem por completo , se dentro disso alguém for lá meter agua dá raia ... acontece nos produtos similares das marcas todas .
  3.  # 103

    Colocado por: rafaelisidoroverifique na ficha tecnica do Vinylmatt , é lavavel o quanto basta ... todas as tintas cumprem um determinado ciclo de lavagens , é óbvio que o Vinylmatt não é um vinyl clean mas por amor da santa ... Dentro de uma moradia e com o uso geral da mesma tem que ser possivel lavar uma tinta com estes valores e qualidade , na nossa marca temos duas tintas similares que era o Dyrutex e o Dyrustar e qualquer uma delas tem uma capacidade de lavagem muito boa , principalmente o actual Dyrustar , estou a ter em conta o uso Normal numa limpeza normal ... uma mão suja na parede , uma sola de sapato , á volta dos interruptores da luz , aquela sujidade do dia a dia normal vá !

    Em relação à lavagem na ficha técnica da mesma, refere o seguinte:
    Resistência à lavagem e à esfrega húmida: Tipo II (5000 ciclos de esfrega húmida)
  4.  # 104

    Colocado por: rafaelisidoroé lavavel o quanto basta


    Recomendo que se limpe apenas com toalhitas de limpar os rabinhos aos bebés. Funciona muito bem.
  5.  # 105

    Colocado por: bruno_bfb
    Em relação à lavagem na ficha técnica da mesma, refere o seguinte:
    Resistência à lavagem e à esfrega húmida: Tipo II (5000 ciclos de esfrega húmida)
    pronto é lavável ... poderia acontecer alguma anomalia momentânea em alguma cor mais forte feita em base transparente devido a secagem , mas numa moradia quando falamos em limpar uma parede isso tem que poder ser lavada e esfregada embora da maneira que eu disse ...
  6.  # 106

    olha ainda faço um video para verem o que é limpar o dyrustar !
    Concordam com este comentário: JMHouse
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Ana_Dado
  7.  # 107

    Colocado por: rafaelisidoroé facil , é só ter em conta o tempo de cura da tinta que pode variar em varias semanas de secagem por completo , se dentro disso alguém for lá meter agua dá raia ... acontece nos produtos similares das marcas todas .


    Não sei se a pintura era muito recente ou não, talvez pudesse ser, sei que ficou com marcas usando apenas um pano. Inicialmente utilizou cif e levou nas orelhas de alguns membros, mas utilizou posteriormente noutros locais pano húmido e ficou igualmente com o efeito polido.
  8.  # 108

    Colocado por: rafaelisidoronão, a dyrustar é o melhor que pode comprar actualmente , há pessoas que não conseguem evoluir mais que isso
    Boas, aproveito o tópico para colocar a minha questão, a todos e em especial ao Rafaelisidoro. Estou a planear a aquisição das tintas para pintar o interior da minha moradia ( primeira pintura). O esquema que me foi proposto foi o seguinte:
    primatio cin ep/gc 300
    Tectos cin vinylmatt
    Paredes cin vinylclean

    Contudo os preços da dyrup estão bastante mais convidativos, e já tenho uma boa experiência previa com a dyrustar. Qual é o esquema de pintura que me aconselham da dyrup?
  9.  # 109

    Foi esse o esquema que fizeram na minha.

    Colocado por: HAL_9000primatio cin ep/gc 300
    Tectos cin vinylmatt
    Paredes cin vinylclean
  10.  # 110

    Colocado por: HAL_9000Boas, aproveito o tópico para colocar a minha questão, a todos e em especial ao Rafaelisidoro. Estou a planear a aquisição das tintas para pintar o interior da minha moradia ( primeira pintura). O esquema que me foi proposto foi o seguinte:
    primatio cin ep/gc 300
    Tectos cin vinylmatt
    Paredes cin vinylclean

    Contudo os preços da dyrup estão bastante mais convidativos, e já tenho uma boa experiência previa com a dyrustar. Qual é o esquema de pintura que me aconselham da dyrup?


    Não é bem a mesma coisa
  11.  # 111

    Colocado por: BigmouseFoi esse o esquema que fizeram na minha.
    E está satisfeito?

    No geral falam-me bastante bem destas tintas, mas estava a tentar obter a melhor relação qualidade/preço possível


    Colocado por: bettencourt

    Não é bem a mesma coisa
    Eu sei que não, a dyrustar não é lavável como a vinylclean, mas como ainda faz 40 euros de diferença em cada lata, estava a tentar saber se ficaria ou não bem servido.
  12.  # 112

    Para já estou. Mas só no futuro se verá melhor.

    Colocado por: HAL_9000E está satisfeito?



    E os rendimentos também é equivalente?

    Colocado por: HAL_9000Eu sei que não, a dyrustar não é lavável como a vinylclean, mas como ainda faz 40 euros de diferença em cada lata, estava a tentar saber se ficaria ou não bem servido.
  13.  # 113

    Eu estava para usar esse esquema, mas o pintor disse me que preferia Robbialac e fiz lhe a vontade, do que já testei até agora não podia estar mais satisfeito, tenho 2 miúdos pequenos e as dedadas nas paredes são constantes limpa se e fica impecável sem se notar nada.

    Primário- Selastuc
    Tetos- Stucomat
    Paredes- Vynilrep
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HAL_9000
  14.  # 114

    Colocado por: BigmousePara já estou. Mas só no futuro se verá melhor.
    Os tetos da cozinha e WCs, também pintou com a vinylmatt?



    Colocado por: BigmouseE os rendimentos também é equivalente?
    Não faço ideia, estou neste momento a calcular as áreas a pintar, e depois vou ler a fichas técnicas. Obrigado por lembrar esse "pormenor"
  15.  # 115

    Cozinha e banhos use a robbiotel
    Concordam com este comentário: Bricoleiro, tigoncal
  16.  # 116

    Colocado por: HAL_9000Boas, aproveito o tópico para colocar a minha questão, a todos e em especial ao Rafaelisidoro. Estou a planear a aquisição das tintas para pintar o interior da minha moradia ( primeira pintura). O esquema que me foi proposto foi o seguinte:
    primatio cin ep/gc 300
    Tectos cin vinylmatt
    Paredes cin vinylclean

    Contudo os preços da dyrup estão bastante mais convidativos, e já tenho uma boa experiência previa com a dyrustar. Qual é o esquema de pintura que me aconselham da dyrup?
    para interior , Dyprolite + Dyrustar é o mais comum , a não ser que tenha algo diferente que requeira algum primario específico , se trata-se de uma pintura ou repintura normal é este o esquema .
  17.  # 117

    Colocado por: rafaelisidorose trata-se de uma pintura ou repintura normal é este o esquema .
    Desde já muito obrigado pela resposta. Trata-se É pintura normal dos interiores ( 1a pintura) . Tetos falsos em pladur com barramento total, e paredes estanhadas.
  18.  # 118

    Colocado por: HAL_9000Desde já muito obrigado pela resposta. Trata-se É pintura normal dos interiores ( 1a pintura) . Tetos falsos em pladur com barramento total, e paredes estanhadas.
    otimo , serve este que lhe disse ou a aplicação do produto DYRUPLAD directo sem primário , como acabamento final o Dyrustar para mim é mais requintado mas o Dyruplad tem um acabamento diferente pode ser que goste , por vezes existe promoções muito boas no Dyruplad , se puder experimente compre 5lt de Dyruplad aplique 3 demãos para fazer um teste se não gostar do acabamento gaste o restante como primário para o Dyrustar ... ( o Dyruplad é uma tinta de acabamento e primário para outras tintas sobre Pladur ) .
    Concordam com este comentário: HAL_9000
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HAL_9000
    • Ruipsm
    • 18 outubro 2021 editado

     # 119

    Colocado por: ricardo.rodrigues

    Recomendo que se limpe apenas com toalhitas de limpar os rabinhos aos bebés. Funciona muito bem.


    Tenho utilizado a esponja mágica e mesmo assim fica também uma sombra na zona que limpei. Como alguns users aqui referiram anteriormente, ou seja não é 100% lavável pois fica sempre marcado. E com crianças em casa é quase impossível não ser necessário de vez em quando ir limpar algo a uma parede.

    A casa foi pintada com vinyl Matt da CIN. É normal ficar assim? Para não ficar marca tinha que ter sido com vinyl clean é isso?
  19.  # 120

    Foi o problema que detetei na Cin depois de se limpar fica a marca, daí desta vez ter optado por Robbialac.
 
0.0332 seg. NEW