Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 121

    Colocado por: euÉ que a maior parte dos particulares não encaminha o óleo usado para o circuito de recolha oficial.


    Isto é que é uma grande polémica.
    Porque há um contrasenso entre a venda livre e postos de recolha (que não existem para particulares).
    A informação oficial é que se pode entregar numa oficina, mas se não for lá cliente elas não aceitam ser depósito de óleos velhos nem têm de aceitar porque pagam taxa de ecolub pela quantidade que mandam recolher.
    Concordam com este comentário: two-rok
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 122

    Colocado por: eu
    Eu tenho um A4 que teve atualização do software e não notei diferenças nem no consumo nem no desempenho.

    As únicas alterações que notei foi o barulho do motor em baixas e mais regenerações do FAP...

    Médias, continuam entre os 5,8 e os 6,0...


    Essa A4 deve ser motor 2.0 o meu é 1.6 a actualizaçao e totalmente diferente e foi o que notei e se procurar existe muitas pessoas a queixarem se do mesmo.
  4.  # 123

    Não me admiro nada que haja gente a despejar os óleos de motor usados de mudas feitas em casa em moloks de óleos alimentares por não ter onde o entregar.
    Isto é muito preocupante.
    Concordam com este comentário: two-rok

  5.  # 124

    Colocado por: Bricoleiro

    Isto é que é uma grande polémica.
    Porque há um contrasenso entre a venda livre e postos de recolha (que não existem para particulares).
    A informação oficial é que se pode entregar numa oficina, mas se não for lá cliente elas não aceitam ser depósito de óleos velhos nem têm de aceitar porque pagam taxa de ecolub pela quantidade que mandam recolher.


    Alguns concelhos tem tanques de recolha de oleos usados publicos , junto as ilhas de reciclagem .
  6.  # 125

    Colocado por: Bricoleiro

    O objectivo da actualização de software da Vw é reduzir Nox.
    Tudo depende da mistura ar/combustível e das quantidades.


    Certo, por isso é que, alegamente, aumentou o consumo e consequentemente o CO2. Baixando desta forma o NOx.
    • eu
    • 9 Outubro 2017

     # 126

    Colocado por: larkheEssa A4 deve ser motor 2.0 o meu é 1.6 a actualizaçao e totalmente diferente e foi o que notei e se procurar existe muitas pessoas a queixarem se do mesmo.

    Sim, é o 2.0 de 143 cv...

    Não sabia que os 1.6 estavam a dar esses problemas... espero que as associações de consumidores façam o seu trabalho e coloquem uma ação contra a VW...
  7.  # 127

    Colocado por: euEm primeiro lugar: não seria boa ideia proibir a venda a particulares? É que a maior parte dos particulares não encaminha o óleo usado para o circuito de recolha oficial. Desconfio que alguns até despejam o óleo velho nos esgotos, provocando danos ambientais incalculáveis.
    já reparou que tudo na vida tem esta faceta ... o oleo , o plastico , as pilhas , os consumismos eletronicos , os pneus , tintas etc etc ... é tudo uma questão de respeito e sociedade , achava um absurdo proibir a venda de um produto auxiliar para a manutenção automóvel ... as marcas de lubrificantes pagam muitos impostos para que o produto usado vá parar ao sitio certo sem qualquer tipo de encargo para quem se quiser desfazer dele ...
    por pouco mais de 3€ o litro eles comprem o melhor oleo ... não se percebe é que depois debitem ao cliente a 20€ o lt ...


    Colocado por: euOutra polémica é a qualidade do óleo. Será que nas oficinas colocam o óleo correto? Por vezes nós pagamos balúrdios por óleo sintético xpto long life, mas... o que nos garante que é mesmo esse óleo caro que é colocado? Para as oficinas deve ser muito tentador cobrar pelo óleo caro e espetar lá um mineral rasca de 3 euros o litro...
  8.  # 128

    Colocado por: larkhe

    Alguns concelhos tem tanques de recolha de oleos usados publicos , junto as ilhas de reciclagem .


    Mas só para óleos alimentares, não para óleos de motores.
  9.  # 129

    Colocado por: tostex

    Certo, por isso é que, alegamente, aumentou o consumo e consequentemente o CO2. Baixando desta forma o NOx.


    o NOx só baixa se diminuir a temperatura da queima, não é apenas com mais combustível ou com mais ar que ele diminui. Aqui a palavra forte é compressão. Num motor a diesel este é injetado numa mistura de ar fortemente comprimido que resulta no aumento abrupto da temperatura, atingindo níveis que propiciam a formação de NOx. O que não acontece com motores a gasolina.
    • eu
    • 9 Outubro 2017

     # 130

    Colocado por: rafaelisidorojá reparou que tudo na vida tem esta faceta ... o oleo , o plastico , as pilhas , os consumismos eletronicos , os pneus , tintas etc etc

    Mas os óleos são muito mais poluentes, um único litro de óleo polui milhares e milhares de litros de água... e é muito difícil de descontaminar, ao contrário dos pneus ou plásticos...
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
  10.  # 131

    Colocado por: eu
    Mas os óleos são muito mais poluentes, um único litro de óleo polui milhares e milhares de litros de água... e é muito difícil de descontaminar, ao contrário dos pneus ou plásticos...
    Concordam com este comentário:Bricoleiro


    Este é o maior motivo que me faz inverter a posição de preferência dum automóvel a combustão vs elétrico. Para quem gosta de carros e aprecia a competição automóvel e não os vê só e apenas como um meio de transporte é sabido que um carro a combustão dá mais prazer de condução e emoção, no entanto a respeito de óleos um elétrico é um descanso. Não se baba, não pinga, não suja, não polui directamente.
  11.  # 132

    Colocado por: eu
    Mas os óleos são muito mais poluentes, um único litro de óleo polui milhares e milhares de litros de água... e é muito difícil de descontaminar, ao contrário dos pneus ou plásticos...
    Concordam com este comentário:Bricoleiro
    não disse o contrario , apenas referi que é uma questão de civismo ... não custa muito pegar no telefone e ligar para a camara e pedir uma recolha ...
    • joao2
    • 9 Outubro 2017 editado

     # 133

    Colocado por: larkhe
    Concordo plenamente e ficou mais barulhento

    JA fiz na minha Skoda com esse motor no inicio de Agosto,, não notei nada de especial na actualizaçao tirando o facto de ter ficado a consumir mais quase 1 litro aos 100km e ter ficado um pouco mais forte , ainda não tive oportunidade de ir a um banco de potencia, mas quase de certeza que tem mais 5 ou 10 cv.
  12.  # 134

    Colocado por: eu
    Eu tenho um A4 que teve atualização do software e não notei diferenças nem no consumo nem no desempenho.

    As únicas alterações que notei foi o barulho do motor em baixas e mais regenerações do FAP...

    Médias, continuam entre os 5,8 e os 6,0...


    Se aumentou o número de regenerações e os consumos não subiram, é porque não estão a contabilizar o gasóleo da regeneração.
    • eu
    • 9 Outubro 2017 editado

     # 135

    Colocado por: ClioII
    Se aumentou o número de regenerações e os consumos não subiram, é porque não estão a contabilizar o gasóleo da regeneração.

    Se calhar o diesel gasto na regeneração é muito pouco (em percentagem) quando comparado com o que é gasto no motor... ou seja, é quase irrelevante nas contas do consumo...

    Para tirar as teimas, tenho que aferir outra vez os consumos reportados pelo CB, não esteja esse computador... com um "bug" VW...
  13. Ícone informação Anunciar aqui?

  14.  # 136

    Colocado por: euPara tirar as teimas, tenho que aferir outra vez os consumos reportados pelo CB, não esteja esse computador... com um "bug" VW...


    Todos os CB que conheço sofrem dum ligeiro bug por defeito. O meu carro não é Vw e no CB faz sempre menos meio litro do que calculado à mão.
  15.  # 137

    Colocado por: eu
    Se calhar o diesel gasto na regeneração é muito pouco (em percentagem) quando comparado com o que é gasto no motor... ou seja, é quase irrelevante nas contas do consumo...

    Para tirar as teimas, tenho que aferir outra vez os consumos reportados pelo CB, não esteja esse computador... com um "bug" VW...


    O meu Kia contabiliza o gasóleo extra gasto nas regenerações, e nota-se bem...
  16.  # 138

    As medias que falei foram calculadas , raramente me guio pelo Cb
    • eu
    • 9 Outubro 2017 editado

     # 139

    Colocado por: ClioII
    O meu Kia contabiliza o gasóleo extra gasto nas regenerações, e nota-se bem...

    Que fixe! Quanto é que gasta em cada regeneração?

    Já agora, sabe como é feita a injeção do gasóleo para a regeneração? Nos cilindros ou tem um injetor no FAP ?

    Nos primeiros modelos VAG com FAP, o carro nem sequer avisa quando está a regenerar, quanto mais contabilizar o gasóleo gasto nessa operação..
    • eu
    • 9 Outubro 2017

     # 140

    Colocado por: BricoleiroTodos os CB que conheço sofrem dum ligeiro bug por defeito

    Eu aferi há uns tempos os meus dois carros.

    No A4, o CB batia certo com os consumos. Na Espace, curiosamente, o consumo reportado pelo CB era superior numas décimas de litro ao consumo real ;)
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">