Iniciar sessão ou registar-se
  1. Por aqui 4 paineis instalados e a primeira conclusão é a de que «isto» é um excelente negócio para a EDP pois ao longo do dia é muita a energia injectada na Rede...de borla, sendo que, para os mais incautos, ainda é paga.
    _________
    O Shelly é de facto uma grande ajuda para controlar esta «mama».....
    Concordam com este comentário: joaodias7
  2. Colocado por: Sansoni7Por aqui 4 paineis instalados e a primeira conclusão é a de que «isto» é um excelente negócio para a EDP pois ao longo do dia é muita a energia injectada na Rede...de borla, sendo que, para os mais incautos, ainda é paga.
    _________
    O Shelly é de facto uma grande ajuda para controlar esta «mama».....
    Concordam com este comentário:joaodias7


    Como poderiam pagar o que injetam?

    Obg.
  3. Se o contador não for adequado, conta como consumo aquilo que é injectado...
    Concordam com este comentário: Sansoni7
  4. Colocado por: Sansoni7Por aqui 4 paineis instalados e a primeira conclusão é a de que «isto» é um excelente negócio para a EDP pois ao longo do dia é muita a energia injectada na Rede...de borla, sendo que, para os mais incautos, ainda é paga.
    _________
    O Shelly é de facto uma grande ajuda para controlar esta «mama».....
    Concordam com este comentário:joaodias7

    Mais dia menos dia começamos a pagar para poder injetar na rede.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: jomavi
  5. Bom, isso já acontece se não se fizer a comunicação obrigatória e caso o contador precise mesmo de ser trocado. Aí está a oferecer à rede e a pagar por cima :-)

    Mas como princípio, não, acho que isso não faz sentido. Só se houvesse excesso de produção e a rede tivesse de arranjar como lidar com esse excesso.
  6. Colocado por: rjmpiresMais dia menos dia começamos a pagar para poder injetar na rede.


    Espanha já teve esse política, porque havia excesso de injeção por parte das UPAC.

    Alguma injeção residual é benéfico pois anula as perdas na rede, mas em excesso é um problema pois as entradas e saídas na rede têm que somar zero. E uma produção individual descontrolada causa problemas de sobre-oferta na rede.

    O principal problema de gestão da capacidade é que o solar é algo imprevisível e se um grupo grande de produção solar (uma zona de UPACs ou mesmo uma central solar) deixa de produzir de uma hora para a outra, não é fácil arrancar uma hídrica ou gas natural de um momento para o outro.
  7. Colocado por: Bruno.AlvesBom, isso já acontece se não se fizer a comunicação obrigatória e caso o contador precise mesmo de ser trocado. Aí está a oferecer à rede e a pagar por cima :-)

    Mas como princípio, não, acho que isso não faz sentido. Só se houvesse excesso de produção e a rede tivesse de arranjar como lidar com esse excesso.

    Não deve faltar muito para o excesso ser tanto que começam a cobrar a gestão.
  8. Achas? Não tenho mesmo qualquer conhecimento sobre isso, mas olhando por exemplo para o mercado ibérico e energia transaccionada é tanta e tão constante que não parece mesmo, mesmo nada que estejamos a caminhar para um excesso de produção descentralizada.

    Lá arranjarem uma taxa de gestão, ah isso não me surpreendia :-)
  9. Depois dos paineis instalados, o que fazer?
    Posso começar a usufruir do autoconsumo?
    Só o posso fazer depois da «vistoria» de alguma entidade ERedes/DGEG?
    Como sei se o meu contador não conta a energia injectada na rede?
    Posso vender o excedente da produção á EDP? O que devo fazer? Custos?

    Fui ao site da ERedes e não fiquei esclarecido.
    Obrigado pela ajuda.
  10. O problema não é o excesso de energia na rede, isso eles têm margens para isso e conseguem controlar facilmente, o problema é a falta de energia na rede e haver um pico de consumo elevado, isso é que provoca problemas e cortes de energia. Onde trabalho temos isso constantemente.
  11. Colocado por: Sansoni7Depois dos paineis instalados, o que fazer?
    Posso começar a usufruir do autoconsumo?
    Só o posso fazer depois da «vistoria» de alguma entidade ERedes/DGEG?
    Como sei se o meu contador não conta a energia injectada na rede?
    Posso vender o excedente da produção á EDP? O que devo fazer? Custos?

    Fui ao site da ERedes e não fiquei esclarecido.
    Obrigado pela ajuda.


    A instalação deve ficar registada na DGEG, geralmente a empresa que instala os painéis faz o registo, pois tem de ser feito por uma entidade credenciada. Se o contador não estiver apto para isso, ao fazer o processo de registo, vai ser enviada informação sobre troca de contador, e custos disso. Para poder vender excedente, é necessário estabelecer um contrato de venda com um comercializador, EDP acho que não faz, mas tem por exemplo o comercializador de último recurso (S.U eletricidade) e algumas outras empresas como Ecochoice ou Energia Simples. Aviso que é necessário abrir actividade nas finanças, e envolve alguma burocracia, pelo menos pelos casos pioneiros que vi relatados.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Sansoni7
  12. Obrigado ruicalov

    Enquanto não recebo a comunicação da DGEG e partindo do princípio que o contador que tenho é bidireccional, permitindo injectar energia na rede ( sem contar como consumida segundo disse o instalador), posso consumir desde já a energia produzida, ou tenho que aguardar pela tal comunicação da DGEG?
  13. Colocado por: Sansoni7Obrigadoruicalov

    Enquanto não recebo a comunicação da DGEG e partindo do princípio que o contador que tenho é bidireccional, permitindo injectar energia na rede ( sem contar como consumida segundo disse o instalador), posso consumir desde já a energia produzida, ou tenho que aguardar pela tal comunicação da DGEG?

    Eu também estou à espera que seja feita a comunicação e já estou a gastar dos painéis solares, o meu contador já tinha sido mudado em Agosto e já é dos novos
  14. Dá para colocar uma imagem do contador para eu comparar com o meu?
    Obrigado
  15. Por norma, quando produzimos mais do que gastamos no contador há uma indicação, normalmente com o sinal de "-".
    O fato de terem alterado o contado há tempos não é razão suficinete para ser um dos que percebe se estamos a injetar ou não :-)
  16. Malta, venho aqui com questões que provavelmente já foram esclarecidas no tópico, ao fim de 100 páginas, pelo que peço desculpa em adiantado, mas deixo a dúvida. Quais as diferenças entre paineis monocristalinos e os outros?

    Alguém que esteja a vender excedente à rede que possa dar feedback se compensa e o que teve que fazer, ao certo?
  17. Colocado por: JotaPAlguém que esteja a vender excedente à rede que possa dar feedback se compensa e o que teve que fazer, ao certo?


    Estou em processos de...
    Vale a pena? é melhor do que oferecer....
    e neste momento o indexado tem estado alto. cerca de 20 ctms o kw. Mas pode baixar para 2,3,4, 5 ctms entretanto... vai oscilando.
    o Valor fixo é a volta dos 6 ctms se nao me engano.

    Tem de abrir actividade especifica e é feita autofaturacao. Nestes valores anuais, pode pedir isenção do iva.
 
1.0322 seg. NEW