Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 61

    Aqui à uns tempos, meti no meu blog um post sobre a nossa opinião de como gerir a construção. O tema focou-se bastante no trabalho a realizar para a selecção de empreiteiros.

    Estou longe de ter a obra terminada, mas pelo que vi até ao momento, os pontos seguintes parecem-me a ter em consideração, quando de escolhe um empreteiro:

    Estes são alguns pontos que nós tivemos em consideração quando avaliámos os orçamentos recebidos:

    Simplificação da Lista - Ordenando os orçamentos pelo preço, retirar o mais caro e o mais barato. Estes são colocados de lado e não são considerados.

    Tem "Alvará"? - Os que não têm alvará são igualmente colocados de lado. Os empreiteiros podem não ter alvará, cobram uns aos outros e as obras fazem-se. Mas é como ir num passeio de autocarro, com um condutor sem carta... Além de irresponsável, é ILEGAL e dá direito a uma multa considerável.

    Compreensão das diferentes fases - Nada pior para se ler, do que um orçamento que passa da estrutura para os móveis da casa de banho e depois está nas fundações novamente. Quando o orçamento é feito com profissionalismo, isto não acontece. As diferentes tarefas são agrupadas em fases e à medida que se lê o orçamento "lê-se" a casa a crescer.

    Omissões e afins - Nem sempre está tudo explícito nos orçamentos. Para detectar estas falhas, o ideial é criar uma tabela onde se descrevem as diferentes fases e as diferentes tarefas. De seguida, analisa-se cada orçamento e identifica-se o que está descrito e orçamentado e o que falta. Não tem mal nenhum um orçamento não ter o preço dos paineis solares, apenas tem que referir isso. Cuidado com a omissão a referência de valores de IVA... Se quiserem uma tabela de comparação, arranja-se uma, é só pedir.

    Valores adiantados... - Os pagamentos adiantados devem ser evitados. Quando referem valores de 30% ou 40% na adjudicação, são bons indicadores para meter os orçamentos para o lado. Muitas vezes estes valores vão direitinhos para pagar dívidas de obras anteriores, imaginem que não existe obra a seguir a vossa... Mais, os empreiteiros pagam o material vários dias depois do mesmo chegar à obra, portanto, não é preciso ter muitas pressas. Situações especiais, devem ser analisadas (custos para máquinas, escavações, contadores, etc...) e tratadas na hora.


    Eu não considero que os valores adiantados devam ser recusados na sua totalidade. Mas acho que devem ser evitados. Agora, compreendo que por vezes existem determinadas despesas que devem ser pagas adiantado ou no acto de entrega...

    Coisas da Casa
    Concordam com este comentário: Carlos ***
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 62

    Estou com um problema no módulo de cálculo dos cashflow, mas assim que estiver reparado, meto a demonstração de desde que o dono de obra pague mensalmente (prazo de pagamento a 10 dias), o empreiteiro nunca financia o dono de obra, mesmo sem adiantamentos.
  4.  # 63

    Trabalho numa empresa de revestimentos, e as modalidades de pagamento são "No final do revestimento/Trabalho XPTO, será feita factura no valor e a liquidação desta, será a pronto pagamento." depois do trabalho efectuado! Imaginemos que a obra demora mais mais tempo, no contrato já fica estipulado em que altura devem ser feitos os pagamentos, mas sempre depois de efectuados os trabalhos.. E acho que deveria ser assim em tudo, claro que existem clientes "duvidosos" aí pedimos adiantado, se não aceitarem mais tarde tb não dão dor de cabeça!!
    Concordam com este comentário: Carlos ***
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Linus
  5.  # 64

    Trago este tópico para cima por causa deste ponto:

    "6 – Precipitações

    Muitas vezes, derivado da situação anterior, apenas se pede um orçamento ou adjudicam ao primeiro que vos aparece. È o erro que mais dinheiro vos custa. Menos de 3 orçamentos é loucura, 5 orçamentos é razoável, dai para cima, quantos mais melhor. Com a crise que ai está, não é difícil de conseguir."


    Curiosamente pedi 6 orçamentos para a obra da minha nova casa, foram todos prontamente lá a casa ver e disseram "ah sim sim, para a semana envio". Passaram-se meses e nada, alguns nem respondem aos emails ou aos telefonemas que faço.
    ...
    Nisto tudo, só recebi 2 orçamentos. DOIS!

    :S
  6.  # 65

    Colocado por: deinhacNisto tudo, só recebi 2 orçamentos. DOIS!

    pergunta? mandou mapa de quantidade ou só os desenhos? Acompanhei 3 processos de consultas com mapa de quantidades e houve sempre um numero de respostas satisfatório. Num caso, em 8 responderam 5, no outro em 5 responderam 3

    Sabe, no meu departamento estamos com rácios inferiores a 5% de respostas e fazemos centenas de consultas por mês. As coisas estão a chegar a um ponto, que terei de contratar um orçamentista, só para electricdade e avacs, senão deixo de conseguir responder. É a treta das adjudicações pelo preço mais baixo, como só sobrevivem as empresas que não têm estruturas, as que existem, não têm gente para responder aos orçamentos. terá de pedir mais.
  7.  # 66

    Mas então porque raio perderam o seu tempo (e o meu) a ir lá a casa quando não têm tempo para fazer o orçamento? E sabiam tim-tim por tim-tim o que eu queria fazer na casa! Tudo explicadinho. Repare Paulo que é uma remodelação numa moradia já existente, não é uma construção de raiz...
    Até houve quem lá fosse uma vez e depois me pediu para lá voltar, para ver melhor, e mesmo assim nunca mais respondeu, orçamento da obra nunca o vi.

    Pergunto: para quê?
  8.  # 67

    Colocado por: deinhacRepare Paulo que é uma remodelação numa moradia já existente, não é uma construção de raiz...

    Pior ainda, as remodelações são sempre mais chatas de fazer que a obra nova, que é simples, e não dá dores de cabeça a ninguém. Numa remodelação é preciso pensar, coisa que esta gente não gosta e não sabe.

    Porque é que lá vão? para ver se interessa e dão uma de interessados. Se não tiverem mais trabalho, respondem, se entretanto aparecer alguma coisa, esquece.
    Ás vezes até podia ser uma remodelação fácil, daquelas de lavar a cara e toca a andar e nesse caso, estavam interessados. Que quer, esta malta nem a falir abre os olhos.

    Sinceramente, nem sei o que dizer, porque se calhar não há nada para dizer, sei bem o que passo por causa disso.
  9.  # 68

    Olhe, eu tenho esta: em Janeiro recebemos uns orçamentos para impermeabilizar um terraço, em Março reunimos, em final de Maio contactámos a empresa "ganhadora" e ........não conseguimos. Cadê eles ??
  10.  # 69

    Até posso entender isso, mas um telefonema que fosse a dizer que analisaram o caso e afinal não têm tempo. Seria uma simples justificação para um potencial cliente. Era simples e caía bem.
    Agora deixar o cliente pendurado à espera de Nª Sra Orçamentista... é que é foleiro.
    Mas isto é a minha maneira de ver a coisa...
  11.  # 70

    Colocado por: deinhacAgora deixar o cliente pendurado à espera de Nª Sra Orçamentista..

    essa malta não têm srº orçamentista. è o patrão que faz tudo

    Oiça, há 2 semanas, tive uma obra de electricidade para adjudicar no valor de +/-50.000€.nem sequer era concurso, era directo. Não arranjei ninguém, estava tudo de férias ou não podiam. raios os partam a eles todos. Depois sabem vir chorar.

    Eu tive de aprender a orçamentar imensas coisas, porque os subempreiteiros cada vez respondem menos, agora só para obra e é preciso pedir. Mas estamos em crise, ou sou eu que estou no século errado?.

    Percebe agora porque nunca recomendo ninguém aqui no Fórum? Ainda fico mal visto desnecessariamente
  12.  # 71

    Ó Paulo,
    Para que é que se perde tempo a ver uma obra e depois não se envia o orçamento?
    Se calhar é por isso tudo e... porque todos temos uma relativa facilidade em enviar "operacionais" para recolher elementos dessas casas para remodelar - porque a malta das obras passa a vida de um lado para o outro - e depois, no escritório, falha o "departamento de orçamentação"... porque estão sempre a aparecer obras mais apetecíveis do que remodelações de 10-20mil euros (que dão quase tanto trabalho como uma construção de uma moradia de raiz).
  13.  # 72

    Colocado por: PauloCorreia

    Percebe agora porque nunca recomendo ninguém aqui no Fórum? Ainda fico mal visto desnecessariamente


    Compreendo perfeitamente e faz você muitíssimo bem.
  14.  # 73

    Luis, a minha obra garantidamente não é de 10, 20 mil... é bem mais acima disso, por acaso. Mas nem é isso que está em causa, mas sim a atitude de dar uma mera justificação.
    • eu
    • 11 Agosto 2009

     # 74

    No meu caso, quando pedi os orçamentos deixei logo na folha de rosto, em letras bem grandes, que não seriam feitos adiantamentos. Os empreiteiros que não concordaram com esta cláusula, nem sequer perderam tempo a fazer o orçamento.

    Felizmente muitos outros concordaram. Actalmente a casa está a ser construída, e felizmente tenho a sorte de ter pessoas honestas a trabalhar. Eu estou a retribuir, pagando as diversas fases da obra religiosamente na data combinada.
  15.  # 75

    Boas!

    Conforme um tópico que coloquei na área das "remodelações", estou a pensar remodelar totalmente a minha primeira casa (apartamento T1). Para tal, comecei por pedir orçamentos a um conjunto de empresas que têm contactos na internet e facultam orçamentos gratuitos. Enviei o "caderno de encargos" e a planta do imóvel e posso dizer que metade enviaram orçamentos, ainda que, com apresentações e conteúdos muito diversos... desde uma folha excel, passando pela mera adição de dados às rubricas indicadas, até um slide de powerpoint de difícil leitura... Compreendo e admito que não seja a melhor forma, mas é verdade que apenas 50% das empresas responderam (já lá vai mais de um mês). Mesmo que não estivessem interessadas, pelo menos, uma resposta... "Penso eu de que..."
  16. Ícone informação Anunciar aqui?

  17.  # 76

    Não existe regras para a resposta a orçamentos, podemos responder a um tipo de orçamento hoje e amanhã já não respondiamos, depende muito do trabalho que o orçamento dá, do tempo disponivel, da carga de trabalho e ás vezes atira-se ao ar os papeis e responde-se ao que ficarem virados para cima.

    Só posso dizer uma coisa, Peçam mais, existem ai sites para isso, quem não grita, não é ouvido. Telefonem para lá a perguntar pelo orçamento, ás vezes faz maravilhas (eu que o diga)
  18.  # 77

    Colocado por: PauloCorreia

    1- Adiantamentos e pagamentos
    Se a empresa exigir um adiantamento, sem o qual, não faz a obra, desconfiem. Pode bem significar que está numa situação desesperada e precisa do vosso dinheiro para pagar dívidas antigas ou terminar trabalhos antigos. E irá precisar do dinheiro do próximo para pagar o vosso. O problema é se não existir próximo. Esquema D. Branca, lembram-se?

    Qualquer empresa têm crédito nos fornecedores a 30 ou 60 dias, pelo que a desculpa de o dinhero servir para comprar materiais, não serve. Um sistema de pagamento justo para ambas as partes, evitando que vocês adiantem dinheiro ou que o empreiteiro financie os vossos sonhos é o seguinte: Ao dia 20, faz-se o auto de medição (cálculo dos trabalhos já executados) e paga-se ao empreiteiro no dia 25, para ele poder pagar ao pessoal no dia 30.


    Paulo,

    Discordo totalmente consigo! Vá trabalhar no ramo da construção (seja qual for a área), comece a fazer as obras com o seu dinheiro sem o cliente fazer um adiantamento! Quando lhe começarem a não pagar e dar calotes, Garanto-lhe que se não fala assim!!, quando tiver que ir para tribunal, ter que pagar para fazerem avaliações na obra onde você aplicou os materiais, ter que pagar a solicitadores e advogados, ter que estar anos à espera para TENTAR RECEBER O QUE É SEU, mais as custas do processo, e tudo porquê?? Porque agimos de boa fé.. Enfim..

    Não posso dizer mais nada senão ainda sou criticada..! :(
    Concordam com este comentário: Carlos ***
  19.  # 78

    Colocado por: Dynamic444Discordo totalmente consigo! Vá trabalhar no ramo da construção (seja qual for a área), comece a fazer as obras com o seu dinheiro sem o cliente fazer um adiantamento! Quando lhe começarem a não pagar e dar calotes, Garanto-lhe que se não fala assim!!, quando tiver que ir para tribunal, ter que pagar para fazerem avaliações na obra onde você aplicou os materiais, ter que pagar a solicitadores e advogados, ter que estar anos à espera paraTENTAR RECEBERO QUE É SEU, mais as custas do processo, e tudo porquê?? Porque agimos de boa fé.. Enfim..

    Não posso dizer mais nada senão ainda sou criticada..! :(

    Pois é bem verdade o que diz, mas infelizmente o inverso ainda é mais verdade, gente a receber os adiantamentos e depois logo se vê e nesta altura de crises, pior ainda. Mas têm a solução no ponto 10: Garantias bancárias

    PS: E por aqui defendo os clientes, na empresa, já é outra história. è uma questão de lados
  20.  # 79

    Colocado por: PauloCorreia
    Pois é bem verdade o que diz, mas infelizmente o inverso ainda é mais verdade, gente a receber os adiantamentos e depois logo se vê e nesta altura de crises, pior ainda.


    O meu vizinho do lado ainda está à espera das chapas da vedação e de uma porta de um Wc no quintal, que já pagou há 2 anos.
  21.  # 80

    Colocado por: PauloCorreia
    Pois é bem verdade o que diz, mas infelizmente o inverso ainda é mais verdade, gente a receber os adiantamentos e depois logo se vê e nesta altura de crises, pior ainda. Mas têm a solução no ponto 10: Garantias bancárias

    PS: E por aqui defendo os clientes, na empresa, já é outra história. è uma questão de lados



    Isso é tudo muito bonito mas nem vou comentar senão ainda sou enxovalhada.. Eu já fui demasiado escaldada! É complicado Paulo. Muito complicado.. ..E nem faço uma obra sequer sem um contracto com tudo bem explicito, todas as clausulas tudo preto no branco em duplicado e cada folha rubricada!
    Concordam com este comentário: Carlos ***
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">