Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Colocado por: Joao Dias
    Sempre bastou e sempre bastará!!

    No mundo da fantasia. Nem no monopólio o dinheiro é infinito.
    Concordam com este comentário: RUIOLI
  2.  # 2

    Colocado por: fm2023Ruioli, pelo que percebi a sua construção é na zona de Loures, a minha também irá ser, pode por favor facultar o nome do seu empreiteiro?
    Agradecida.


    Deixe o seu e-mail que eu partilho por email.
  3.  # 3

    Colocado por: Sasapo
    No mundo da fantasia. Nem no monopólio o dinheiro é infinito.
    Concordam com este comentário:RUIOLI


    Já tive essa ideia mais presente...
  4.  # 4

    Colocado por: Sasapo
    No mundo da fantasia. Nem no monopólio o dinheiro é infinito.
    Concordam com este comentário:RUIOLI

    Meu caro, você como DO ou futuro DO, é o principal interessado que seja como eu escrevi.
    Desgraçadinhos dos DO quando assim não for.
    No dia em que faltar trabalho a equipas com provas dadas e altamente referenciadas, mal irá este Pais…
    Mas isso é que é uma fantasia da cabeça de alguns DO aqui do Burgo.
    No mundo real, quando é a doer, esteja descansado que as pessoas acabam por saber a que portas têm de ir bater.
    Principalmente quando as coisas correm mal. O que não acontece assim tão poucas vezes…
  5.  # 5

    Colocado por: RUIOLIUma das equipas tem uma qualidade extrema, maquinaria caríssima e diversificada... eu dou os materiais, querem tudo top...


    Já tinha expressado aqui que a compilação dos contactos de empreiteiros/subempreiteiros e demais intervenientes com os comentários/rápida análise do RuiOli tem muito valor potencial para os DO aqui na zona. E há muitos foristas de Odivelas/Loures.

    Reitero. Pago por isso:)
    Concordam com este comentário: MSequeira
    Estas pessoas agradeceram este comentário: MSequeira
  6.  # 6

    Colocado por: RUIOLITenho lá duas equipas em obra, que trabalham com qualidade, só se queixam de que estão a ficar sem trabalho... Hoje estavam a queixar-se ao meu sogro que tinham aceite uma obra com um valor por m2 30% abaixo do que eu paguei...
    Concordam com este comentário:NTORION,fm2023
    Estas pessoas agradeceram este comentário:pguilherme,ricardo.rodrigues


    Já me podes começar a passar contactos, então 😂
  7.  # 7

    Colocado por: pguilhermeConhece 3 sujeitos com capacidade intelectual e financeira para abrirem actividade em países estrangeiros. Excelente!
    Mas qual a expressão que terão face ao número de profissionais que operam no sector da construção em Portugal?


    Por acaso lembrei-me destes 3 carpinteiros, que são os primeiros 3 que me vêm à cabeça quando preciso de qualquer coisa relacionado com a madeira. Podia estar aqui o dia a enumerar uns quantos, de serralheiros a pedreiros, vidraceiros, etc.

    Talvez para os capitalinos possa parecer dificil, estranho, ou complicado emigrar (afinal Lisboa tem tudo o que faz falta), abrir empresa, etc... mas acredite que para muito provinciano, é tão chato emigrar para Lisboa como para qualquer outro lugar, com a diferença que nuns sitios ganha 3, 4, 8x mais que na capital.

    Mas sim, em comparação com o numero total de profissionais talvez não seja significativo, muito menos próximo da capital. Mas insisto, não respondi ao seu "se emigram" (se são muitos ou poucos), mas ao seu "para onde". O mundo é demasiado grande e interessante, para limitarem-se a Lisboa ou ao Algarve. Até porque por vezes conhecem melhor o mercado fora.
    Concordam com este comentário: Nostradamus
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Hugo.
  8.  # 8

    Colocado por: RUIOLI

    Deixe o seu e-mail que eu partilho por email.
  9.  # 9

    morais.faturas2019@gmail.com
    Obrigada
    Estas pessoas agradeceram este comentário: RUIOLI
    • AMG1
    • 18 janeiro 2023

     # 10

    Colocado por: NB_Viseu

    O BCP era gerido pelo Jardim Gonçalves? Quando levou a talhada que levou nas acções? Sim, até o Filipe ter assumido a gestão e depois ter passado para os amigos do Compasso...

    Mas acha que a queda do BCP foi por conta do Jardim Gonçalves ou pelo ataque ao BCP desencadeado pela CGD a mando do amigo Sócas...?

    Realmente, você não sabe muito do que fala. Daqui a pouco é capaz de dizer que a REN foi vendida aos chineses por vontade do Passos Coelho... Ou que o Paulo Portas gastou dinheiro em 3 submarinos que não eram precisos, por sua livre iniciativa e vontade, só para meter algum ao bolso...

    P.S.: estive presente em quase todas as assembleias-gerais do BCP, entre 2005 e 2011. Sei o que vi e como vi, não foi pela comunicação social. Coitado do Jardim Gonçalves... era capaz de ser o melhor gestor bancário que Portugal já viu, desde 1974...


    Meu caro, isto é só mais do mesmo, rebater o que eu disse é que nao. Agora ate ja sabe o que eu vou dizer a seguir. Mas enfim, para quem olha para o que avonteceu no BCP e nao vê mais do que uma guerra entre os amigos do compasso e os amigos da batina, nao seria de esperar mais.
    Mas para lhe facilitar a tarefa e como parece conhecer bem a historia do BCP, aproveito a oportunidade e vou colocar-lhe algumas pequenas questoes, cuja resposta desde ja lhe agradeço, porque nao só me vai esclarecer a mim, mas provavelmente outros, que nao tivemos oportunidade de privar de perto com gente tão relevante para o mundo empresarial português do inicio deste século. Esse mundo onde dominavam as figuras ímpares que corporizaram o famoso "Compromisso Portugal" e que no essencial resultou na venda das empresas ou no estouro, com mais ou menos estrondo, mas quase sempre com bons calotes.


    Então aqui vai:

    - É ou nao verdade que a guerra entre acionistas (ou talvez seja melhor dizer entre gestores) ja existia quando a caixa estupidamente se meteu nela?

    - foi a CGD instrumento do Berardo ou o contrário, ou foram, como eu suspeito e à vez, instrumentos um do outro?

    - qual era a situação existente na administração e entre os principais acionistas do BCP, quando o aldrabilhas do Sócrates mandou a CGD lá meter-se?

    - é ou nao verdade que foi no BCP que a CGD mais dinheiro perdeu nas ultimas duas decadas, seja pela estupidez do emprestimo ao Berardo, mas tambem pelo investimento direto enquanto acionista?

    - como é que a CGD ficou sem a Mundial, a troco de papel do BCP que sofreu uma desvalorização brutal e imediata devido a um aumento de capital que a CGD resolveu "estranhamente" nao acompanhar e quem é que nessa altura estava na administração da CGD?

    Agora uma mais pessoal, mas que não resisto a fazer. Se estava tão por dentro dos negocios do BCP então deveria saber dos esquemas do Jardim Goncalves para manipular o mercado atraves da compra de ações por parte de terceiros com emprestimos do Banco e que so se vieram a descobrir depois dele sair, ou nao era assim tão próximo?

    - ja agora, em sua opinião, qual era o objectivo ultimo da OPA do BCP sobre o BPI, responda se quiser, mas nao vale a pena vir com a ladainha dos propectos oficiais.

    Depois e porque parece apreciar aritmética, também lhe lanço outro desafio, que provavelmente o vai surpreender quanto à qualidade do grande projecto empresarial do Jardim Gonçalves. Imagine que em 1990 investe 100k euros no capital do banco e que desde aí vai a todos os aumentos de capital no montante necessários para manter a posição inicial. Depois deduza todos os dividendos recebidos adicione o valor actual do papel e compare-o com tudo o que investiu. Isso vai demonstrar-lhe a valia desse projecto para um pequeno acionista, como foi e ainda é o meu caso, que só ainda nao vendi esse lixo, porque o guardo para me lembrar do burro que fui em confiar em tão venerável gente.
    • AMG1
    • 18 janeiro 2023

     # 11

    Colocado por: NB_Viseu

    Desde 2011? Não. Veja desde 2007, altura que o Armandinho Vara já lá andava a emprestar ao Berardo e outros pontas-de-lança da "Ordem do Compasso"...

    E sim, ainda não estou sequer a falar do prejuízo da CGD com as acções do BCP que agora ficaram por menos de 90% do valor que financiaram...

    Dividendos da CGD? Aqueles que, no ano passado não chegaram a 400 milhões, sendo a larga maioria encontra-se sujeita a cauções das garantias que o Estado concede à CGD, via Parpública). Mas pior, resultantes de vendas da CGD à própria Parpública. Ou seja, é como vender um automóvel da sua empresa a si mesmo, por 50.000 euros e depois a empresa dar um lucro de 3.000 euros (pelas vendas realizada, nomeadamente, o automóvel) que acaba por lhe entregar como dividendo... Mas o seu património total não aumentou 3.000 euros, perdeu foi 47.000... E é melhor nem falarmos da Finangest e dos "dividendos" que irão advir ao Estado, do arrendamento do edíficio sede da CGD (melhor, do seu fundo de pensões) cuja renda é paga pelo próprio Estado... Só falta dizer que a CGD ainda contribui para o equilíbrio das contas públicas por conta dos impostos sobre rendimentos prediais que vai ter de assumir nas suas contas.

    Realmente, a cegueira ideológica até na aritmética consegue meter areia.

    P.S.: já agora, sabe quem são as entidades participantes no fundo de resolução que assume os prejuízos do BES e, já agora, do BANIF? É o Estado? E o empréstimo estatal a esse Fundo de Resolução não é remunerado? Por certo que não à taxa de rentabilidade dos "dividendos" da CGD.


    Eu nao encontro números desde 2007, apenas depois de 2011, mas se os tem porque nao os mostra?
    Eu muito sinceramente nao sei, mas como prometeu que me ia cair o queixo se soubesse, afinal acabei por ficar curioso.

    Quanto ao resto, muito sinceramente, acho que vou dispensar-me de comentar, porque nem este não é o topico certo para debater este tema, nem me parece que tenha qualquer interesse para a maioria das pessoas que aqui vem.
    Ainda não resisto a dizer-lhe três coisas:

    1. Toda a minha vida profissional ouvi falar em contabilidade criativa, seja para alindar resultados ou para os mascarar e olhe que nunca trabalhei na função pública nem em empresas públicas.

    2. Claro que sei muito bem quem são os participantes do fundo de resolução e até sei que a parte de leão dessa divida fica para a CGD dada a quota de mercado que tem. Quanto à tx de juro, claro que sei, mas que relevância tem isso?
    O importante nao é se o estado vai ganhar alguma coisa com o empréstimo, mas as condições e a altura em que foi forçado a fazê-lo e o que isso significou para todos nós, ou será que já nao se lembra?

    3. Finalmente, não sei se ainda se recorda, mas esta troca de argumentos nao era sobre a qualidade da gestão da CGD, esta ou qualquer outra, até porque seria a última coisa que me passava pela cabeça, mas apenas uma mera tentativa de mostrar que as empresas privadadas também podem ser mal geridas e daí o exemplo do BES, mas parece que você nem esse exemplo aceita, por isso olhe, paciência. Eu fico por aqui.
  10.  # 12

    Colocado por: ricardo.rodriguesReitero. Pago por isso:


    Não é necessário pagar, mas só gosto de fazer avaliações no final... com a obra a decorrer também é difícil ter tempo para fazer algo estruturado.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ricardo.rodrigues
  11.  # 13

    Alguém pode partilhar os preços que se estão a praticar no ferro já com o desconto.
  12.  # 14

    Colocado por: RUIOLI

    Deixe o seu e-mail que eu partilho por email.




    Colocado por: RUIOLI

    Deixe o seu e-mail que eu partilho por email.


    Pode partilhar?
  13.  # 15

    Sobre o betão, tive aumento de 11%, inclusive no resto dos serviços (betonagem, aditivo hidrófugo, provete, etc).
    Concordam com este comentário: RUIOLI
  14.  # 16

    Colocado por: fm2023morais.faturas2019@gmail.com


    Enviado.
  15.  # 17

    Colocado por: PedroeLaraPode partilhar?


    Sim, deixe o seu email.
  16.  # 18

    @RUIOLI

    Boas

    Não querendo abusar mas se a puder partilhar... Obrg !

    flrobalo@gmail.com
  17.  # 19

    Aqui vai o meu e-mail, agradeço partilha info

    Rpmmsantos@gmail.com
  18.  # 20

    Preços de ferro e betão recentes, alguem tem?
    Curiosidade em saber como anda apenas
 
0.0159 seg. NEW