Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas!

    Ando há algum tempo para adquirir um casa.

    Com esta situação da crise os preços estão finalmente baratos?

    Tenho andado a ver...mas a impressão que tenho é que há poucas variações...
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Podem existir pequenas variações, mas por enquanto os preços estão a manter-se. A maioria das pessoas com imóveis para venda está na expectativa a medir o pulso ao mercado, pode aguardar para ver se os preços descem mas, na minha opinião, não veremos quebras muito significativas.
  4.  # 3

    Colocado por: fredcunhaPodem existir pequenas variações, mas por enquanto os preços estão a manter-se. A maioria das pessoas com imóveis para venda está na expectativa a medir o pulso ao mercado, pode aguardar para ver se os preços descem mas, na minha opinião, não veremos quebras muito significativas.


    Pois...muitas gente andava a dizer-me que isto ia tudo rebentar e que os preços vinham por aí abaixo...mas tenho andado a tentar e parece-me que nem por sombras...
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

    • zed
    • 21 Junho 2020

     # 4

    A tentar o quê? Negociar abaixo do preço anunciado ou simplesmente a procurar amigos?
  6.  # 5

    Colocado por: zedA tentar o quê? Negociar abaixo do preço anunciado ou simplesmente a procurar amigos?


    Abaixo do preço anunciado sempre tentei. Até aceitam propostas abaixo do preço anunciado, mas no máximo 10% a 15% e mesmo isso é raro.

    Agora tinha esperança de nem ter de negociar tanto, estava na expectativa de preços bem mais baixos, mas pelo que vejo quase não mexeu!...
    Concordam com este comentário: Caravelle
  7.  # 6

    Colocado por: Gambinomas pelo que vejo quase não mexeu!...

    Porque é que havia de mexer?
  8.  # 7

    Colocado por: Picareta
    Porque é que havia de mexer?


    Porque o mercado esteve parado e penso que continuará em baixo...há um abrandamento económico as pessoas têm menos dinheiro, menos emprego, menos investimento, o que significa menos aquisições de imóveis.
  9.  # 8

    Colocado por: Gambino

    Porque o mercado esteve parado e penso que continuará em baixo...há um abrandamento económico as pessoas têm menos dinheiro, menos emprego, menos investimento, o que significa menos aquisições de imóveis.
    Eu a minha volta vejo que tudo voltouao normal, mas...
    Concordam com este comentário: CarlosOL
  10.  # 9

    Eu tenho uma lista há 8 meses de 27 imóveis dos quais gostaria de adquirir 1.

    Acontece que neste pós pandemia contactei cada um deles (entretanto 4 já foram vendidos) para ver se já aceitavam valores mais abaixo do que me tinham pedido quando os seleccionei...

    A resposta de todos foi um claro "Não!".
  11.  # 10

    Colocado por: GambinoPorque o mercado esteve parado e penso que continuará em baixo...há um abrandamento económico as pessoas têm menos dinheiro, menos emprego, menos investimento, o que significa menos aquisições de imóveis.

    Eu não vejo nada mais barato, supermercado, combustivel, automóvel, roupa e calçado, .... não sei porque é que as casas devia de ser diferente. O pedreiros continuam aganhar o mesmo, os materiais de construção não desceram de preço por isso não espere descontos.
    Pode é encontrar alguém aflito a precisar de liquidez, mas isso é outra coisa.
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira
  12.  # 11

    Colocado por: GambinoAcontece que neste pós pandemia contactei cada um deles (entretanto 4 já foram vendidos) para ver se já aceitavam valores mais abaixo do que me tinham pedido quando os seleccionei...

    A resposta de todos foi um claro "Não!".

    Tava à espera de quê? alguns preferem passar fome do que vender a casa a um oportunista.
    Concordam com este comentário: DR1982, mica
    • AMVP
    • 21 Junho 2020

     # 12

    Colocado por: Picareta
    Eu não vejo nada mais barato, supermercado, combustivel, automóvel, roupa e calçado, .... não sei porque é que as casas devia de ser diferente. O pedreiros continuam aganhar o mesmo, os materiais de construção não desceram de preço por isso não espere descontos.
    Pode é encontrar alguém aflito a precisar de liquidez, mas isso é outra coisa.


    Talvez não veja, mas de acordo com os últimos dados mensais do INE verificou-se uma pequena deflação nos preços em Portugal, como como é obvio cada um diz o que quer sobre o que vê, sabe ou acredita.
    Concordam com este comentário: AlexSa
    • AMVP
    • 21 Junho 2020

     # 13

    Colocado por: GambinoBoas!

    Ando há algum tempo para adquirir um casa.

    Com esta situação da crise os preços estão finalmente baratos?

    Tenho andado a ver...mas a impressão que tenho é que há poucas variações...


    Eu diria que é uma questão de pensar por si e decidir, mas vir a um Fórum destes perguntar isso talvez não obtenha as análises mais isentas. Olhando para as perspetivas do PIB dos diversos países seria natural tudo descer, todos sabemos que até a comida desce por via das promoções, agora tb há quem acredite que o mercado imobiliário é estratosférico e o dinheiro aparece sempre pq os compradores com dinheiro virão sabe-se lá de onde, acho que desta vez nem Angola.

    Mas pronto, cada um pensa da forma que pensa e o resto é uma questão de fé.

    Conheço quem tenha a casa à venda há quase 6 meses e desde que esta questão do vírus começou teve uma visita. Já sei, o preço/casa não está ajustado ao mercado, pois é aí exatamente que as coisas acontecem, ajustar ao mercado.
    • PoisÉ
    • 21 Junho 2020 editado

     # 14

    Colocado por: Picaretaalguns preferem passar fome do que vender a casa a um oportunista.

    Estou a ver que o Picareta tem sido muito picado. :D
    É só abutres aí de volta da porta não?

    Colocado por: GambinoCom esta situação da crise os preços estão finalmente baratos?

    Tenho andado a ver...mas a impressão que tenho é que há poucas variações...

    Tem que esperar para ver o que vai acontecer.
    Uma coisa acho que é certa: subir os preços, não vão subir, pelo menos aqui pela zona de Lisboa - a disparidade rendimento/custo da habitação é cada vez maior e não sei se tem espaço para crescer mais.
    Por isso, é esperar.
    Aliás, é isto que eu aconselho a todos: não gostam dos preços, não comprem - essa é a única maneira dos preços baixarem, se estiverem muito inflacionados face ao seu custo.

    Depois, deve saber que há casas que estão anunciadas mas não estão à venda, o dono lançou o barro à parede e quer ver se cola, algum vizinho vendeu a um parvo qualquer uma coisa parecida e agora acham que a deles vale o mesmo ou mais ainda. Por isso, o que pode estar a ver nos anúncios é só isto: casas que inflacionam o panorama, nada mais. Casas que estão à venda anos seguidos, que já passaram por 20 imobiliárias e que dão a impressão que está tudo caro. Já têm lugares cativos nas listagens. Estas casas não estão verdadeiramente à venda, faça como se não existissem, ignore-as.
    As casas que são colocadas à venda pelo preço certo não duram dias ou semanas nas listagens, desaparecem rapidamente, pelo que 90% das listagens é lixo.

    O único truque que precisa de saber para comprar uma casa actualmente: saber quem está a vender.
    Saber porque é que está a vender, saber se tem pressa em vender, saber se está aberto a negociação, saber (imaginar) por quanto comprou. Quanta mais informação tiver, melhor.
    Lembre-se no entanto que não pode tratar da compra de uma casa de 50 anos da mesma forma que uma casa nova, os custos foram completamente diferentes e isso reflecte-se no preço final.

    Se for um construtor civil, esqueça. Pode baixar alguma coisita mas, normalmente, eles preferem entregar as casas ao banco ou deixa-las amadurecer, mas também depende muito de quanto recorreram ao crédito e qual a estratégia actual do banco a que recorreram.

    Se for um remodela-rápido (compra barato, remodela em meses, vende com mais valia), depende do preço a que comprou e do que gastou na remodelação. Alguns deles alavancaram demasiado e podem estar aflitos, por outro lado, costumam carregar bem na mais valia. Negoceie.

    Se for um particular que vai mudar para uma casa maior ou para outro sítio, depende muito de quando comprou e do quão aflito está.
    Está desempregado? Tem um negócio em dificuldades? Precisa do dinheiro para não perder uma oportunidade?

    Se for um particular que comprou há 40 anos, tem bem espaço para negociar. Se comprou há 10 anos deve ter algum espaço. Se comprou de há 5 anos para cá, não deve ter quase nenhum espaço para negociar.
    É uma primeira e única habitação? Pode haver espaço para negociar, caso se verifiquem as condições acima.
    É uma habitação secundária? Pode haver mais espaço para negociar - está a vender por alguma razão mais forte e encara as potenciais perdas como pouco importantes desde que despache o assunto.

    Depende também do perfil psicológico do vendedor: é uma pessoa orgulhosa? É razoável? É teimoso? Aceita compromissos? Aceita negociações?

    Resumindo: ignore casas que não estão verdadeiramente à venda e interesse-se verdadeiramente pelas que estão à venda.
    Como é que as distingue? Fale com o vendedor e pergunte, discretamente, pela história da casa, tente perceber quem é o vendedor, quais os seus motivos, e pelo que lhe disse acima, avalie se vale a pena perder tempo ou não - leia os sinais.
    Isto se anda há pouco tempo à procura.
    Se anda há muito tempo, já identifica isto tudo só de olhar para o anúncio.
    Concordam com este comentário: devidamenteinscrito, Pablo OS
    Estas pessoas agradeceram este comentário: prcsc, ricardo.rodrigues, buraburamono
  13.  # 15

    Colocado por: Picareta
    Tava à espera de quê? alguns preferem passar fome do que vender a casa a um oportunista.
    Concordam com este comentário:DR1982



    Sim, mas era isso que estava à espera de encontrar. Pessoas que entretanto deixaram de conseguir pagar crédito, ou pessoas que deixaram de conseguir explorar os imóveis em regime de AL.

    Mas não, mesmo os que seleccionei que sei que estavam em AL e que inclusive antes disto tudo já estavam à venda na mesma...os donos mostraram-se perfeitamente indiferentes ao facto de agora nem terem clientes.

    Fiquei surpreendido porque ouvi mesmo muita gente dizer que agora é ia ser fácil comprar...e não se passa mesmo nada disso.

    Pior, fui ao banco para ver se as condições de crédito que analizei há cerca de 6/7 meses atrás estavam mais \"relaxadas\" e adivinhem...estão muito mais \"duras\", os bancos estão ainda mais defensivos no crédito habitação do que já estavam, disse-me logo o gestor de conta!
  14. Ícone informação Anunciar aqui?

  15.  # 16

    O lume ainda está brando.
    Concordam com este comentário: zed, ptalcides
  16.  # 17

    Colocado por: PoisÉ
    Estou a ver que o Picareta tem sido muito picado. :D
    É só abutres aí de volta da porta não?


    Tem que esperar para ver o que vai acontecer.
    Uma coisa acho que é certa: subir os preços, não vão subir, pelo menos aqui pela zona de Lisboa - a disparidade rendimento/custo da habitação é cada vez maior e não sei se tem espaço para crescer mais.
    Por isso, é esperar.
    Aliás, é isto que eu aconselho a todos: não gostam dos preços, não comprem - essa é a única maneira dos preços baixarem, se estiverem muito inflacionados face ao seu custo.

    Depois, deve saber que há casas que estão anunciadas mas não estão à venda, o dono lançou o barro à parede e quer ver se cola, algum vizinho vendeu a um parvo qualquer uma coisa parecida e agora acham que a deles vale o mesmo ou mais ainda. Por isso, o que pode estar a ver nos anúncios é só isto: casas que inflacionam o panorama, nada mais. Casas que estão à venda anos seguidos, que já passaram por 20 imobiliárias e que dão a impressão que está tudo caro. Já têm lugares cativos nas listagens. Estas casas não estão verdadeiramente à venda, faça como se não existissem, ignore-as.
    As casas que são colocadas à venda pelo preço certo não duram dias ou semanas nas listagens, desaparecem rapidamente, pelo que 90% das listagens é lixo.

    O único truque que precisa de saber para comprar uma casa actualmente: saber quem está a vender.
    Saber porque é que está a vender, saber se tem pressa em vender, saber se está aberto a negociação, saber (imaginar) por quanto comprou. Quanta mais informação tiver, melhor.
    Lembre-se no entanto que não pode tratar da compra de uma casa de 50 anos da mesma forma que uma casa nova, os custos foram completamente diferentes e isso reflecte-se no preço final.

    Se for um construtor civil, esqueça. Pode baixar alguma coisita mas, normalmente, eles preferem entregar as casas ao banco ou deixa-las amadurecer, mas também depende muito de quanto recorreram ao crédito e qual a estratégia actual do banco a que recorreram.

    Se for um remodela-rápido (compra barato, remodela em meses, vende com mais valia), depende do preço a que comprou e do que gastou na remodelação. Alguns deles alavancaram demasiado e podem estar aflitos, por outro lado, costumam carregar bem na mais valia. Negoceie.

    Se for um particular que vai mudar para uma casa maior ou para outro sítio, depende muito de quando comprou e do quão aflito está.
    Está desempregado? Tem um negócio em dificuldades? Precisa do dinheiro para não perder uma oportunidade?

    Se for um particular que comprou há 40 anos, tem bem espaço para negociar. Se comprou há 10 anos deve ter algum espaço. Se comprou de há 5 anos para cá, não deve ter quase nenhum espaço para negociar.
    É uma primeira e única habitação? Pode haver espaço para negociar, caso se verifiquem as condições acima.
    É uma habitação secundária? Pode haver mais espaço para negociar - está a vender por alguma razão mais forte e encara as potenciais perdas como pouco importantes desde que despache o assunto.

    Depende também do perfil psicológico do vendedor: é uma pessoa orgulhosa? É razoável? É teimoso? Aceita compromissos? Aceita negociações?

    Resumindo: ignore casas que não estão verdadeiramente à venda e interesse-se verdadeiramente pelas que estão à venda.
    Como é que as distingue? Fale com o vendedor e pergunte, discretamente, pela história da casa, tente perceber quem é o vendedor, quais os seus motivos, e pelo que lhe disse acima, avalie se vale a pena perder tempo ou não - leia os sinais.
    Isto se anda há pouco tempo à procura.
    Se anda há muito tempo, já identifica isto tudo só de olhar para o anúncio.



    Se ler atentamente o que escrevi vai verificar que já negociei. Já tentei negociar mais e mais, mas nada.

    Nos 27 imóveis que selecionei tenho de tudo, mas nenhum negoceia mais de 20mil e isso é o máximo que encontrei, a maioria negoceia 3mil a 5mil, um ou outro negoceia 10 a 15mil!

    O que negoceia até 20mil é um particular, mas o imóvel está à venda por por 270mil! E ele só baixa até 250mil, eu preciso que vá até aos 200mil, quando lhe digo isto ele simplesmente quase que perde o interesse em falar mais comigo.

    Os restantes é a mesma coisa mas por valores de negociação mais baixa. Uns estão por 220mil, eu peço 200mil, respondem sempre que é impossível, máximo 215mil. Outros estão por 240mil, peço 200mil, dizem que até aos 230, 225mil tudo bem, menos é impossível.

    Portanto, negociar, já eu negoceio o máximo, mas não há abertura nenhuma e pensei que agora negociavam mais que há uns meses atrás, puro engano meu...não mudaram 1 centimo.
  17.  # 18

    Colocado por: Gambino


    Sim, mas era isso que estava à espera de encontrar. Pessoas que entretanto deixaram de conseguir pagar crédito, ou pessoas que deixaram de conseguir explorar os imóveis em regime de AL.

    Mas não, mesmo os que seleccionei que sei que estavam em AL e que inclusive antes disto tudo já estavam à venda na mesma...os donos mostraram-se perfeitamente indiferentes ao facto de agora nem terem clientes.

    Fiquei surpreendido porque ouvi mesmo muita gente dizer que agora é ia ser fácil comprar...e não se passa mesmo nada disso.

    Pior, fui ao banco para ver se as condições de crédito que analizei há cerca de 6/7 meses atrás estavam mais \"relaxadas\" e adivinhem...estão muito mais \"duras\", os bancos estão ainda mais defensivos no crédito habitação do que já estavam, disse-me logo o gestor de conta!

    Entao o que esperava? Se a situação dos vendedores esta mais incerta como diz, a sua como comprador tambem, normal os bancos precaverem-se!
  18.  # 19

    Colocado por: PoisÉO lume ainda está brando.


    Brando?!

    Infelizmente não vejo lume nenhum.

    Em 23 imóveis ter exactamente a mesma resposta de preço agora que tive há 8 meses, é desapontante. E pior, ainda ouvir do banco que agora as condições de acesso ao crédito ainda são mais difíceis!...
  19.  # 20

    Colocado por: DR1982
    Entao o que esperava? Se a situação dos vendedores esta mais incerta como diz, a sua como comprador tambem, normal os bancos precaverem-se!


    POis, mas pelo menos isso devia ter impacto no preço dos imóveis, porque crédito mais dificil = menos vendas.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">